Visitar Óbidos | Portugal – Roteiro com o que ver e fazer

Visitar Óbidos - roteiro com o que ver e fazer

Visitar Óbidos é uma viagem na memória do melhor que Portugal tem. Ideal para quem procura as pedras preciosas do nosso Portugal, daquelas que ainda preservam a autenticidade que nos leva a viajar no tempo, daquelas que nos fazem ter orgulho do nosso património, daquelas que nos enaltecem a alma e roubam o coração. Assim é Óbidos.

Porquê visitar Óbidos?

visitar-óbidos-o-que-ver-e-fazer

Óbidos é a vila medieval mais pitoresca e romântica de Portugal. Irradia charme e encanto em cada pedra da muralha do seu castelo imponente, em cada rua empedrada, em cada casa caiada de branco ofuscante e debruada com intenso azul do céu ou ouro do sol. Prenda de reis às suas rainhas, desde que D. Dinis a ofereceu à Rainha Santa Isabel, a povoação beneficiou duma atenção que a tornou numa das mais bem preservadas vilas de Portugal.


Clique para conhecer as melhores escapadinhas a menos de 1 hora de Lisboa. Ideal para fim de semana ou um bate-volta.


visitar-óbidos-o-que-ver-e-fazer

Autêntica e serena, a vila dentro das muralhas tem uma ambiência contagiante de paz e sossego assim que as hordas de turistas se vão embora. É nessas horas de calmia que o cheiro a lenha queimada e odores de comida caseira nos fazem imaginar os serões em família à volta duma lareira. Com tudo isto, não admira que o Castelo de Óbidos seja uma das 7 Maravilhas de Portugal. Arrume a sua mala de viagem e venha connosco descobrir os recantos apaixonantes da “vila das rainhas”.

Quando visitar?

visitar-óbidos-o-que-ver-e-fazer

Óbidos é um destino para todo o ano. A forte característica medieval faz da vila medieval uma excelente escolha para escapadinha de fim de semana, passeio romântico, ou excursão de descoberta em família. Há uma série de eventos ao longo do ano que justificam qualquer visita e é ainda mais inspiradora por altura dos seus quatro grandes eventos.

Festival Internacional de Chocolate (abril)

Não vale a pena nem aguçar o apetite dos gulosos porque todos sabem que Óbidos é feita de chocolate.

Mercado Medieval de Óbidos (julho, agosto)

Traje a rigor e venha provar autêntica cozinha medieval. A vila recebe-o de braços abertos para se encantar com trovadores, danças e momices, aprender ofícios e mesteres d’antão e conhecer cavaleiros andantes.

FOLIO – Festival Literário Internacional de Óbidos (setembro, outubro)

visitar-óbidos-o-que-ver-e-fazer

Outro dos grandes eventos culturais de Óbidos. A vila afirma-se cada vez mais como um destino literário e até Salman Rushdie já marcou presença neste festival.

Óbidos Vila Natal (novembro a janeiro)

A vila transforma-se completamente e enche-se de magia e encanto, veste-se de luz, cor e fantasia e para muitos é a oportunidade de ser de novo criança.

E como se não bastasse, a vila muralhada tem a atmosfera ideal para se somarem as Temporadas de Música Clássica Barroca, de Cravo e o Festival de Ópera com espetáculos ao ar livre no verão.

Mapa dos Principais Pontos de Interesse de Óbidos


Clique no canto superior direito para aumentar

Roteiro de Óbidos com o que ver e fazer

visitar-óbidos-o-que-ver-e-fazer

Óbidos é o setting perfeito do qual são feitas as lendas e as estórias de princesas. As muralhas medievais acolhem um castelo muito bem conservado com as suas torres altaneiras. As labirínticas ruelas da vila são um convite aberto a deliciar-se com a descoberta dos pórticos manuelinos, das alvas casas sempre decoradas com coloridas flores e dos pequenos largos onde o tempo passa sem qualquer pressa.

Castelo de Óbidos, uma caixinha de surpresas

visitar-castelo-de-óbidos-o-que-ver-e-fazer

A estrela é sem dúvida o Castelo de Óbidos de encanto medieval, com as suas muralhas a permitir um longo passeio com vistas fantásticas. Logo ao entrarmos pela Porta da Vila sentimos que Óbidos nos reserva um manancial de sensações especiais.

visitar-óbidos-o-que-ver-e-fazer

O esplendor da cobertura de azulejos com cenas da Paixão de Cristo que decoram o pórtico barroco não passa despercebido e se formos recebidos pelo músico que habitualmente enche de tons melódicos a bela arcada, então temos o ambiente perfeito para uma entrada triunfal.

visitar-óbidos-o-que-ver-e-fazer

Instintivamente percorremos a Rua Direita. As casas castiças chamam a atenção quer pelos detalhes decorativos da arquitetura quer pela explosão de cor da ornamentação floral.

visitar-óbidos-o-que-ver-e-fazer

Lojas de artesanato suscitam o interesse e curiosidade com a sua alma criativa.

visitar-óbidos-o-que-ver-e-fazer

Cafés acolhedores convidam à toma da célebre bebida, Ginja de Óbidos, e tanto mais saborosa se bebida num copo de chocolate.

visitar-óbidos-o-que-ver-e-fazerOs restaurantes com as suas soalheiras esplanadas puxam por nós para uma refeição que parece ter mais sabor só por estarmos aqui, rodeados de história.

São estas casas familiares que tratam de preservar a gastronomia local, principalmente a caldeirada de peixe que transforma o peixe vindo da Lagoa de Óbidos em autêntico manjar de reis.

visitar-óbidos-o-que-ver-e-fazer

Depressa nos rendemos à sedução da vila e queremos percorrer cada ruela, não se vá la esconder algo que nos faz palpitar o coração. Um banco de jardim onde se prometem os amores, um largo onde tudo pode acontecer, um pórtico de igreja que nos transforma em crentes, uma fonte donde brotam as lendas.

visitar-óbidos-o-que-ver-e-fazer

Como a Porta do Vale ou Senhora da Graça, que prova do que são feitas as lendas e como morrer de amores é possível. No lado nascente da muralha esta capela-oratório esconde-se dos olhos distraídos no interior da arcada de acesso à vila.

visitar-óbidos-o-que-ver-e-fazer

A Igreja Matriz de Santa Maria é o principal templo religioso da vila. Carrega anos de espiritualidade e fé pois sempre foi aqui que os deuses de várias religiões foram adorados, desde o tempo dos visigodos.

visitar-óbidos-o-que-ver-e-fazer
Igreja de São Pedro, Óbidos

Igreja da Misericórdia e Igreja de São Pedro parecem competir pela nossa atenção. Um dos traços admiráveis destes tempos religiosos são os seus altares ricamente decorados e os azulejos que as revestem.

Dentre os museus, é de salientar o Museu Municipal onde pode descobrir a obra religiosa de Josefa d’Óbidos.

muralhas óbidos

E claro uma visita a Óbidos não fica completa sem um passeio pelas suas centenárias muralhas. As vistas para a vila e arredores são verdadeiramente arrebatadoras e vai seguramente ser um dos pontos mais altos do seu roteiro por Óbidos.

visitar-óbidos-o-que-ver-e-fazer

Fora das muralhas, saltam à vista o Aqueduto de Óbidos cujos 6 quilómetros trazem a água da nascente da Usseira ao chafariz da Praça de Santa Maria.

visitar-óbidos-o-que-ver-e-fazer

Aparentemente esquecido está o Cruzeiro da Memória, de estilo manuelino, e pelo que se diz está precisamente no lugar onde Afonso Henriques acampou com as suas tropas para tomar o castelo aos mouros. E conseguiu.

E um monumento único em Portugal pelo seu traçado de forma redonda, o Santuário do Senhor Jesus da Pedra, cujo interior, já de forma hexagonal, tem 3 capelas. No altar da Capela do Calvário está uma estranha representação do Cristo crucificado que recebeu veneração até dos nossos reis.

Lagoa de Óbidos

visitar-óbidos-o-que-ver-e-fazer

Se a água é dos elementos que lhe faz bem, a Lagoa de Óbidos oferece-se para lhe proporcionar aprazíveis banhos de água ou sol no verão, ou caminhadas descontraídas o resto do ano.

Já beijou as muralhas do Castelo de Óbidos em tempos idos. Hoje, a vista é para a Foz do Arelho. Esta bonita laguna portuguesa, a maior pelos vistos, é duma beleza ímpar e infelizmente das menos conhecidas dos portugueses.

Esse deve ser um dos motivos pelos quais é favorita entre desportistas aquáticos que encontram na Lagoa de Óbidos o spot perfeito para a prática de vela, windsurf, canoagem, remo, kiteboard, jetski e standup paddleboarding (SUP).

Na falta dos dotes para estas aventuras, pode sempre alugar uma gaivota para navegar pelas águas plácidas da lagoa na época balnear. E diga “bom dia” ao pescador na bateira que se cruze na sua rota marítima pela lagoa.

Onde comer?

A Nova Casa de Ramiro é já um clássico das nossas escapadinhas a Óbidos. Tem um porco preto de comer e chorar por mais. E a sobremesa? “Ai meu Deus!”

O Petrarum Domus Bar é um dos nossos preferidos por causa do interior. A decoração em pedra nua cativa-nos de imediato e é ótimo para saborear a variada escolha de pratos. Mas vamos lá mais para tomar um copo num ambiente acolhedor e informal.

Onde dormir?

Se não sabe onde dormir em Óbidos, sugerimos alguns dos melhores alojamentos entre económico, mid-range e de luxo.

Hostel Argonauta

A 200 metros do Castelo de Óbidos, o Hostel Argonauta tem oferta de dormitórios e quartos duplos. Casas de banho partilhadas com produtos de higiéne pessoal e um secador de cabelo. A cozinha partilhada está equipada para preparar refeições rápidas. Sente-se no salão enquanto escolhe as atividades sugeridas pelo balcão de turismo do hostel ou navega na net com acesso WiFi gratuito. E pode guardar a sua bagagem enquanto dá uma volta, antes de se despedir da vila.

The Literary Man Obidos Hotel

Como adoramos livros, The Literary Man Obidos Hotel tinha que ser uma das nossas experiências e não defraudou expetativas. Até superou. É um conceito raro, diferenciador e em Óbidos encontra o melhor da Europa. Situado num antigo convento, o espaço foi pensado à risca para agradar a quem ama tanto os livros como um bom descanso.

Josefa D’Obidos – Hotel

Elegante, com espaços onde tudo foi cuidadosamente selecionado para o conforto dos hóspedes, o Josefa D’Obidos Hotel justifica as 4 estrelas com uma recente renovação que permite experiências imediatas do encanto histórico de Portugal. Os quartos são espaçosos, limpos e climatizados, permitindo que os hóspedes desfrutem de total privacidade.

Pousada Castelo de Óbidos

visitar-óbidos-onde-dormir

Sinta-se como verdadeira realeza na Pousada Castelo de Óbidos. Usufrua dum quarto digno de reis com serviço a condizer. Dormir na suite real de paredes de pedra, numa cama de dossel e lustres de cristal é um sonho realizável neste hotel de 4 estrelas. E o café da manhã é um autêntico banquete, ou como se diz nos nossos dias, buffet. O restaurante propõe excelentes pratos de gastronomia local com assinatura do chef.

Prepare a sua próxima Viagem

Reserve o seu alojamento através do Booking.com. É onde encontramos sempre as melhores promoções e permite cancelar a reserva sem custos.

No GetYourGuide encontra sempre os melhores tours locais e pode ainda saltar as filas comprando antecipadamente as entradas para os principais monumentos.

Jogue pelo seguro e faça um seguro de viagem da World Nomads. São rápidos e fáceis de fazer, são a 100% especializados em viagens e apresentam sempre os melhores rácios custo-benefício do mercado.

Anda à procura de voos baratos? Então utilize o Skyscanner para encontrar as melhores tarifas aéreas do mercado

Se precisa de alugar um carro para a sua próxima viagem recomendamos que utilize o Rentalcars. Permite comparar os preços de dezenas de empresas de rent-a-car e é possível cancelar o aluguer sem custos até 48h antes da partida.

Esta página contem links afiliados. Só recomendamos marcas que utilizamos e confiamos a 100%. Se efectuar as suas reservas através desses links recebemos uma pequena comissão. Dessa forma está a ajudar o blog “VagaMundos” a manter-se vivo. E o melhor de tudo é que você não paga mais por isso. Muito Obrigado!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.