Roteiro Região Oeste de Portugal: o que visitar numa roadtrip pelo Oeste

Roteiro Região Oeste de Portugal: o que visitar numa roadtrip pelo Oeste

Visitar a Região Oeste de Portugal é como abrir uma caixinha de surpresas, repleta de segredos e recantos escondidos, de pequenas maravilhas guardadas num mesmo baú de tesouros. E, acredite, num roteiro pelo Oeste de Portugal há tesouros para todos os gostos, ou não fosse esta região um dos destinos turísticos mais fascinantes e diversificados do Centro de Portugal.

Roteiro Região Oeste de Portugal: o que visitar numa roadtrip pelo Oeste
Berlengas – um dos destinos imperdíveis num roteiro pela Região do Oeste de Portugal

Por isso, se procura uma escapadinha que combine uma enorme panóplia de desportos náuticos (afinal, esta é a “casa” das Ondas Gigantes e dos Supertubos), riquíssimas tradições com uma forte ligação ao mar, património histórico de classe mundial, maravilhosas praias e paisagens costeiras, lagoas encantadas, ondulantes montes e serras pinceladas por moinhos, ilhas desertas, vilas piscatórias e uma gastronomia de babar, então a Região do Oeste de Portugal tem mesmo a sua cara.

Roteiro Região Oeste de Portugal: o que visitar numa roadtrip pelo Oeste
Moinhos de Vento da Pinhôa: um cartão postal da Região do Oeste de Portugal

Razões não faltam para partir à descoberta dos mil e um tesouros do Oeste. Precisando de mais uma motivação, desenhamos um roteiro de 2 e 3 dias para visitar a Região Oeste de Portugal com os nossos lugares favoritos deste cantinho do Centro de Portugal. Para além dos principais locais de interesse da Região do Oeste, vai encontrar também muitas sugestões de atividades e dicas práticas que lhe vão facilitar a logística e permitir desfrutar ao máximo da sua roadtrip pela Região do Oeste de Portugal.

Roteiro Região Oeste de Portugal: o que visitar numa roadtrip pelo Oeste
Praia da Nazaré vista do Miradouro do Suberco
Na preparação da sua viagem à Região do Oeste de Portugal sugerimos que leia também os seguintes artigos:

Conteúdo deste Artigo

Onde fica a Região Oeste de Portugal?

Roteiro Região Oeste de Portugal: o que visitar numa roadtrip pelo Oeste
Ilhéu da Papôa – Roteiro para visitar a Região do Oeste

A Região do Oeste fica situada no Centro de Portugal englobando 12 concelhos do distrito de Lisboa e Leiria, nomeadamente: Alcobaça, Alenquer, Arruda dos Vinhos, Bombarral, Cadaval, Caldas da Rainha, Lourinhã, Nazaré, Óbidos, Peniche, Sobral de Monte Agraço e Torres Vedras.

Quando visitar a Região da Costa Oeste de Portugal?

Roteiro Região Oeste de Portugal: o que visitar numa roadtrip pelo Oeste
Nau dos Corvos – Cabo Carvoeiro

A melhor época para visitar a Região Oeste de Portugal é entre maio e setembro. Esta época do ano promete dias mais longos, com mais sol, céus azuis e temperaturas amenas a quentes. Os meses mais quentes são geralmente julho e agosto. Consequentemente, são também os mais populares atraindo maior número de turistas e visitantes.

Roteiro Região Oeste de Portugal: o que visitar numa roadtrip pelo Oeste
Salir do Porto – Roteiro para visitar a Região do Oeste

É verdade que a Região do Oeste é muito concorrida nos meses quentes de junho a setembro como destino de férias de verão por causa das fantásticas praias na orla costeira. Contudo, as maravilhas naturais, o património e a deliciosa gastronomia estão lá para você desfrutar o ano inteiro.

Roteiro Região Oeste de Portugal: o que visitar numa roadtrip pelo Oeste
Santuário de Nossa Senhora da Nazaré – Sítio da Nazaré

Por isso, a Região do Oeste de Portugal é igualmente um destino perfeito para uma escapadinha da azáfama citadina ao longo do ano inteiro ou para um inesquecível roteiro gastronómico. Assim até tem o bónus de poder usufruir dos espaços com mais privacidade.

Roteiro Região Oeste de Portugal: o que visitar numa roadtrip pelo Oeste
Para degustar um belo prato de peixe ou marisco todas as estações são boas para visitar a Região do Oeste de Portugal

Junho e setembro estão na designada shoulder season, logo, com menos turistas e preços mais acessíveis. De setembro a março pode encontrar autênticas pechinchas no alojamento. Quando planear visitar a Região do Oeste de Portugal, lembre-se que também é muito procurada no Natal e Ano Novo, no Carnaval, na Páscoa, e sempre que há campeonatos e competições de surf ou Ondas Gigantes no Canhão da Nazaré.

Roteiro Região Oeste de Portugal: o que visitar numa roadtrip pelo Oeste
Ondas Gigantes da Nazaré – Canhão da Nazaré ©Peter Wilton Davies

Tenha em consideração que, por estar perto do mar, a Região do Oeste tem um clima que pode variar bastante. Conte sempre com vento. Portanto, para além da toalha de praia e fato de banho, leve também um agasalho na mala ou, melhor ainda, um agasalho impermeável… Mesmo nos meses de verão. Mais tarde vai-nos agradecer pela dica!

Estação Náutica do Oeste

Roteiro Região Oeste de Portugal: o que visitar numa roadtrip pelo Oeste
Surf – o desporto de bandeira da Região do Oeste de Portugal

Oeste combina com desportos náuticos! A Estação Náutica do Oeste está integrada na Rede de Estações Náuticas de Portugal e conta com mais de 90 km de orla costeira, desde Torres Vedras à Nazaré e ainda com a idílica Lagoa de Óbidos e as selvagens Ilhas das Berlengas.

Surf no Baleal

O desporto náutico de bandeira da Estação Náutica do Oeste é, sem dúvida alguma, o surf, mas o bom da coisa é que a oferta de desportos náuticos está (muito) longe de se resumir a apanhar algumas das melhores ondas do mundo.

Roteiro Região Oeste de Portugal: o que visitar numa roadtrip pelo Oeste
Windsurf na Lagoa de Óbidos

Para além do surf e bodyboard é possível andar de caiaque pela orla costeira, fazer inesquecíveis passeios de barco, fazer mergulho, aventurar-se na pesca desportiva e praticar SUP, Kitesurf e Windsurf nas calmas águas da Lagoa de Óbidos.

Clique para saber mais sobre as Estações Náuticas do Centro de Portugal

Onde ficar a dormir numa roadtrip pela Região da Costa Oeste de Portugal? Sugestões de alojamento

A primeira grande decisão a tomar quando se começa a planear uma viagem à Região do Oeste de Portugal é escolher as localidades onde ficar alojado.

Se for com pouco tempo, e tendo em conta a imensidão da Região do Oeste, recomendamos que opte por dividir as noites de hospedagem por várias localidades ao invés de ficar sempre alojado no mesmo local. Sabemos bem que é chato estar a mudar de quarto todas as noites, mas é ainda mais chato perder horas sem conta na estrada, para trás e para a frente, e depois faltar tempo (e energia) para conhecer os principais pontos de interesse da Região do Oeste.

Posto isto, as localidades que sugerimos para passar a noite no nosso roteiro para visitar a Região do Oeste de Portugal:

Foz do Arelho | Caldas da Rainha | Nazaré | Peniche | Torres Vedras

Mas pode fazer pequenas alterações ao roteiro e optar por ficar em outras localidades vizinhas com boa oferta de alojamentos, como sejam:

Alcobaça | Baleal | Óbidos | São Martinho do Porto

(Clique nos nomes das respetivas localidades para ver as melhores opções de alojamento e opte sempre por reservar unidades hoteleiras que permitam o cancelamento, não vá ter algum imprevisto.)

Caso vá com mais tempo, considere montar base numa só localidade e fazer os seus passeios a partir daí, visto que exige menos logística e torna a experiência mais relaxante. Afinal, andar a fazer e desfazer malas todos os dias é sempre chato, sobretudo se viajar com crianças.

Se for esta a sua opção, as melhores localidades para montar base são o “triângulo” Peniche, Óbidos e Foz do Arelho, visto que são as localidades mais equidistantes da maioria dos locais de interesse da Região do Oeste de Portugal.

Por último queremos salientar que ao longo do roteiro vamos sugerir-lhe os nossos alojamentos favoritos para cada um dos dias – testados e aprovados por nós – que apresentam a melhor relação qualidade-preço.

O Melhor da Região Oeste de Portugal num roteiro de 3 dias: o que visitar numa roadtrip pela Costa Oeste de Portugal

Roteiro Região Oeste de Portugal: o que visitar numa roadtrip pelo Oeste
Moinho de Vento – um dos maiores símbolos da Região do Oeste de Portugal

O nosso roteiro para visitar a Região do Oeste de Portugal arranca em Torres Vedras e termina na Nazaré. Mas pode fazer o mesmo na ordem inversa sem qualquer problema, ou até mesmo começar em qualquer um dos pontos de interesse sugeridos e, a partir daí, desenhar o seu próprio roteiro.

Roteiro Região Oeste de Portugal: o que visitar numa roadtrip pelo Oeste
Praia de Paimogo – uma das praias selvagens mais bonitas da Região do Oeste de Portugal

É importante referir que o número de dias que sugerimos para o roteiro pela Região do Oeste de Portugal pressupõe que a viagem seja feita de carro ou moto e não inclui os dias de viagem do local de origem para a Região do Oeste. Logo, terá sempre de acrescentar mais dois dias para a ida e volta desde o seu ponto de partida até à Região do Oeste de Portugal.

Roteiro Região Oeste de Portugal: o que visitar numa roadtrip pelo Oeste
Óbidos – Visitar Região do Oeste

Na verdade, visitar grande parte dos locais de interesse referidos neste artigo sem carro ou sem recorrer a um tour é uma tarefa (praticamente) impossível de realizar. Sobretudo os lugares que se encontram fora das principais localidades. Se estiver sem viatura própria, o melhor mesmo é alugar um carro.

Roteiro Região Oeste de Portugal: o que visitar numa roadtrip pelo Oeste
Caminhada pelas margens do Rio Alcabrichel – Escarpas da Maceira

Se é nosso leitor assíduo, já sabe que nos nossos roteiros o número de dias é meramente indicativo. Se abdicar de fazer algumas das atividades que sugerimos ou cortar alguns pontos de interesse, pode fazer este roteiro em menos dias. Por isso mesmo, já a jogar na antecipação, desenhamos também um roteiro de 2 para visitar a Região do Oeste de Portugal. Pode consultá-lo logo abaixo do roteiro de 3 dias.

Roteiro Região Oeste de Portugal: o que visitar numa roadtrip pelo Oeste
Mosteiro de Alcobaça – Monumento Património UNESCO de visita obrigatória num roteiro pela Região do Oeste de Portugal

No sentido inverso, caso queira visitar mais algumas localidades ou parques temáticos da região, visitar as Ilhas das Berlengas, relaxar ou praticar desportos náuticos numa das muitas praias da Região do Oeste (se for surfista, então é quase inevitável), acrescente mais uns dias e transforme a sua escapadinha pela Região do Oeste num par de semanas de férias. Ao longo do roteiro vamos dar-lhe algumas sugestões nesse sentido e vai ver que não lhe vão faltar coisas para ver e fazer no Oeste.

Aproveite a sua visita à Região Oeste de Portugal e parta à descoberta dos outros encantos e segredos em redor. Leia os seguintes artigos para dicas e inspiração:

Roteiro para visitar a Região Oeste de Portugal: 1º Dia

Torres Vedras – Santa Cruz – Vimeiro – Lourinhã – Consolação – Peniche

Torres Vedras

O nosso roteiro para visitar a Região Oeste de Portugal tem início na cidade de Torres Vedras, sobejamente conhecida pelo seu animado Carnaval e por ser o epicentro das Linhas de Torres, um eficaz sistema defensivo construído para proteger Lisboa das tropas francesas de Napoleão e que se estendia ao longo de mais 85 km entre o oceano Atlântico e o rio Tejo.

Roteiro Região Oeste de Portugal: o que visitar numa roadtrip pelo Oeste
Castelo de Torres Vedras

Os locais que consideramos de visita obrigatória e as experiências a não perder em Torres Vedras são as seguintes:

  • Visitar o Castelo de Torres Vedras (de onde tem a melhor vista sobre a cidade) e a Igreja de Santa Maria do Castelo
  • Passear pelas estreitas ruas e ruelas do bairro do castelo
  • Chafariz dos Canos (considerado um dos melhores exemplares de fontes góticas em Portugal)
  • Visitar a Igreja de São Pedro e a Igreja de São Tiago
  • Apreciar a arquitetura do antigo Edifício dos Paços do Concelho
Roteiro Região Oeste de Portugal: o que visitar numa roadtrip pelo Oeste
Castro do Zambujal – uma viagem no tempo na Região do Oeste de Portugal
  • Comer um delicioso Pastel de Feijão (o doce típico de Torres Vedras)
  • Subir ao altaneiro Forte de São Vicente
  • Passear pelo verdejante Parque da Várzea
  • Visitar o Castro do Zambujal (um dos povoados fortificados mais significativos da Península Ibérica, que fica situado a somente 5 km do centro de Torres Vedras)
  • Aqueduto de Torres Vedras
  • Museu Leonel Trindade
Forte de São Vicente – Linhas de Torres
Dica VagaMundos: o Centro de Interpretação das Linhas de Torres, que fica situado no Castelo de Torres Vedras, é um excelente ponto de partida para ir percorrer a Rota Histórica das Linhas de Torres. Terá é de acrescentar mais um dia ao seu roteiro pela Região do Oeste, pois tem para cima de uma mão cheia de estruturas defensivas para visitar!

Praia de Santa Cruz

Roteiro Região Oeste de Portugal: o que visitar numa roadtrip pelo Oeste
Penedo do Guincho na praia de Santa Cruz

Torres Vedras visitada está na hora de pegar no carro e de rumar em direção à costa para ir conhecer a Praia Santa Cruz, nome pelo qual é conhecido o extenso areal de areia fina recortado por singulares formações rochosas de onde se destaca o esburacado Penedo do Guincho, um dos rochedos mais emblemáticos da Região do Oeste de Portugal.

A Praia de Santa Cruz é no fundo composta por mais de uma dezena de pequenas praias, sendo que as mais conhecidas são as Praias da Física, do Centro, das Amoreiras, de Santa Helena, da Praia Azul, da Formosa, do Navio, do Mirante e do Pisão.

Para além de um incontornável passeio pela aprazível marginal de Santa Cruz e pelos passadiços que unem as várias praias, não deixe também de visitar a sui generis Torre de Santa Cruz (que faz lembrar uma torre veneziana) e a histórica Azenha de Santa Cruz.

Dica VagaMundos: anualmente, entre setembro e outubro, Santa Cruz recebe o Festival da Sapateira. Se gosta de uma boa mariscada, não hesite em rumar à localidade piscatória para um roteiro gastronómico!

Praia de Porto Novo – Vimeiro

Praia de Porto Novo – Vimeiro

A próxima paragem do nosso roteiro para visitar a Região do Oeste de Portugal será no Vimeiro, mais concretamente na Praia de Porto Novo, situada na foz do Rio Alcabrichel. Foi precisamente aqui que, durante as invasões napoleónicas, desembarcaram as tropas britânicas comandadas pelo Duque de Wellington, que mais tarde viriam a combater na Batalha do Vimeiro.

Roteiro Região Oeste de Portugal: o que visitar numa roadtrip pelo Oeste
Passadiço das Escarpas da Maceira

Para além da visita à praia e à Foz do Alcabrichel, pode ainda ir percorrer o Passadiço das Escarpas da Maceira, que une a Praia de Porto Novo à localidade de Maceira (ir e vir são apenas 2 km). Infelizmente o passadiço segue sempre paralelo à estrada e, para sermos honestos, não tem lá grandes vistas sobre as Escarpas da Maceira.

Trilho pelas margens do rio Alcabrichel

Se quer uma experiência mais gratificante, e desfrutar de estonteantes paisagens panorâmicas sobre as Escarpas da Maceira, recomendamos que, ao invés de percorrer o passadiço, siga pela margem do rio Alcabrichel até chegar às Termas do Vimeiro (3 km ida e volta). O caminho é feito sempre por estradão e é completamente plano, o que faz dele uma excelente opção para se fazer com crianças pequenas.

Lourinhã

Roteiro Região Oeste de Portugal: o que visitar numa roadtrip pelo Oeste
Igreja de Santa Maria do Castelo – Lourinhã

Após a caminhada continue o seu roteiro pela Região Oeste de Portugal rumando até à Lourinhã. Na vila em si, os principais pontos de interesse de interesse turístico são a Igreja de Santa Maria do Castelo (de estilo gótico) e o Museu da Lourinhã, onde pode visitar uma das melhores coleções de fósseis do Jurássico Superior a nível mundial.

Roteiro Região Oeste de Portugal: o que visitar numa roadtrip pelo Oeste
Cuidado com os Dinossauros quando visitar a Lourinhã

Mas não se fique pela vila da Lourinhã. Logo ao lado encontra o Dino Parque da Lourinhã, o maior parque temático ao ar livre de Portugal dedicado aos dinossauros, onde irá encontrar para cima de 150 modelos de dinossauros à escala real. Se viajar com crianças, é imperativo.

Moinhos de Vento da Pinhôa

A 9 km a este da vila da Lourinhã, na freguesia de Moita dos Ferreiros, irá encontrar os recuperados Moinhos de Vento da Pinhôa, um verdadeiro cartão postal da Região do Oeste. Já na costa tem à sua espera as belas praias da Areia Branca e a Praia do Paimogo, onde se encontra as ruínas do Forte de Nossa Senhora dos Anjos de Paimogo. Como vê não faltam atrativos à Lourinhã, o difícil mesmo é escolher o que visitar. Até porque o tempo não vai dar para tudo!

Roteiro Região Oeste de Portugal: o que visitar numa roadtrip pelo Oeste
Forte de Nossa Senhora dos Anjos de Paimogo
Dica VagaMundos: para poder desfrutar do Dino Parque da Lourinhã na sua plenitude, recomendamos vivamente que acrescente mais um dia ao seu roteiro para visitar a Região do Oeste, pois é virtualmente impossível visitar tudo o que lhe sugerimos no primeiro dia do nosso roteiro pelo Oeste e aproveitar o parque ao máximo. Para além da visita jurássica pode aproveitar o dia para ir conhecer o fantástico Bacalhôa Buddha Eden, no concelho vizinho do Bombarral. Assim fica com um programa perfeito para miúdos e graúdos!

Praia da Consolação

Lourinhã visitada aponte a bússola para o Forte da Praia da Consolação, já no concelho de Peniche. A intenção é deixar-se seduzir por um dos seus maiores atrativos: as praias de areal a perder de vista. Passeie-se pelo largo, admire a Igreja Matriz (dedicada obviamente a Nossa Senhora da Consolação), entre no forte, suba às suas muralhas e aprecie as vistas.

Roteiro Região Oeste de Portugal: o que visitar numa roadtrip pelo Oeste
Vista para a Praia da Consolação e Praia do Medão Grande

O contraste entre norte e sul do forte é marcante. A sul, rochas, pedras, lajes e fragas dominam o cenário e o nome de Praia das Rochas dado ao agreste pedaço à beira mar que permite estender a toalha, não podia ser mais adequado.

Praia do Molhe Leste

A norte estende-se um extenso e largo areal que começa com a Praia da Consolação, no meio tem a Praia do Medão Grande, mais conhecida mundialmente como a Praia dos Supertubos – palco, anfiteatro e bastidores de campeonatos de surf mais importantes do mundo – e termina com a Praia do Molhe Leste.

Peniche

Roteiro Região Oeste de Portugal: o que visitar numa roadtrip pelo Oeste
Forte de Peniche

O primeiro dia do nosso roteiro para visitar a Região do Oeste de Portugal termina em Peniche, uma das cidades costeiras mais belas de Portugal. Reclamou para si o título de Capital da Onda. Merecidamente. Próxima do mar, com clima invejável e com condições naturais propícias à prática do surf, Portugal e o mundo sabe que, por estas bandas, encontram-se as melhores ondas para surfar.

Península de Peniche

Tudo é admirável. A cidade, o mar, as vistas, as falésias, as cores, os sabores. A pequena península avança mar adentro, como um desafio de bravura contra um mar inclemente e irado. O resultado desta “guerra infinita” dos elementos é uma das paisagens naturais mais belas e diversificadas de Portugal.

Roteiro Região Oeste de Portugal: o que visitar numa roadtrip pelo Oeste
Nau dos Corvos – Cabo Carvoeiro

Os locais de visita obrigatória e as experiências a não perder em Peniche são as seguintes:

  • Fortaleza de Peniche (antiga prisão política do “Estado Novo” e onde presentemente está instalado o Museu Municipal de Peniche com um interessante sector dedicado à resistência antifascista)
  • Molhe e Farol de Peniche (de onde obtém as melhores vistas sobre o Porto e o Forte de Peniche)
  • Igreja Matriz de Peniche dedicada a São Pedro
  • Museu das Rendas de Bilros de Peniche
  • Praça do Jardim (Praça Jacob Rodrigues Pereira)
  • Parque do Baluarte
  • Igreja da Misericórdia
Capitania de Peniche
  • Edifício da Câmara Municipal, o Pelourinho de Peniche, a Capitania e o “velhinho” Posto de Despacho de Peniche
  • Percorrer a Avenida do Mar (onde ao longo de 350 metros vai encontrar a maior concentração de restaurantes da cidade onde se serve o melhor e mais fresco peixe e marisco, acabados de pescar)
  • Adoçar a boca com uma Renda Doce ou um Penichense
  • Farol e Miradouro do Cabo Carvoeiro (onde pode observar formações rochosas peculiares entre elas a emblemática Nau dos Corvos)
  • Varanda de Pilatos (um extraordinário varandim natural com vista para as Berlengas)
  • Miradouro da Cruz dos Remédios e o Miradouro do Revelim dos Remédios que devem o nome ao belíssimo Santuário de Nossa Senhora dos Remédios.
  • Praia da Gambôa (onde encontra uma série de lojas e escolas de surf se quiser alugar equipamento, inclusive de SUP, ou iniciar-se na arte de apanhar a melhor onda)
  • Ilhéu da Papôa
Quer mais dicas sobre a cidade as suas maravilhosas praias? Então não deixe de ler o nosso Roteiro para visitar Peniche.
Berlengas
Dica VagaMundos: se puder acrescentar mais um dia ao seu roteiro para visitar a Região do Oeste de Portugal, não hesite em ir visitar a Reserva Natural das místicas Ilhas Berlengas a partir de Peniche. Tenha em atenção que as Berlengas têm número limitado de visitantes diários. Para garantir o seu lugar com antecedência, tem a opção de comprar o bilhete de ida e volta de barco de Peniche clicando neste link do GetYourGuide. Tem cancelamento gratuito até 24 hortas de antecedência, o que é perfeito pois os imprevistos acontecem.

Onde ficar a dormir no 1º dia

Ó da Casa

Apetece mesmo gritar à porta “Ó da Casa!”, na brincadeira. Arrisca-se a uma cabeça assomar à porta e dar-lhe as boas-vindas de sorriso rasgado no rosto. Este ambiente acolhedor, familiar e de simpatia marcou a noite que passamos nesta casa tipicamente portuguesa, bem no centro da cidade de Peniche. Nem o nome nem os quartos escaparam à alusão da portugalidade. São os detalhes de bom gosto que lhe atribuem identidade. O azul também é luso: do mar, do céu, do azulejo português, dos frisos das casas… Limpeza irrepreensível, espaço e luz marcam presença nos quartos de tons claros. À noite, tudo é conforto e sossego. Quando encontramos lugares assim, com almofadas onde apetece deitar a cabeça, não hesitamos em recomendar.

Bukubaki Eco Surf Resort

Torne o sonho de criança realidade e durma, numa casa da árvore no Bukubaki Eco Surf Resort, em Ferrel. Este resort familiar é a resposta para amantes da natureza, do skate e do surf com opção entre maravilhosos bungalows privados e encantadoras tendas (casa de banho partilhada).

MH Peniche

A qualidade de serviços do 4 estrelas MH Peniche faz desta unidade hoteleira, com atitude ecológica e sustentável, a escassos metros da praia da baía do Baleal e às portas de Peniche, uma das favoritas dos hóspedes. Piscinas interior e exterior, sauna, jacuzzi, banho turco e um soberbo pequeno-almoço estarem incluídos no preço conferem-lhe uma relação qualidade-preço imbatível.

Clique para ver mais opções de alojamento em Peniche

Mapa do 1º dia do Roteiro para visitar a Região Oeste de Portugal


Clique no canto superior direito para aumentar o mapa do 1º dia do Roteiro para visitar a Região Oeste de Portugal.

Roteiro para visitar a Região Oeste de Portugal: 2º Dia

Peniche – Baleal – Lagoa de Óbidos – Óbidos – Caldas da Rainha – Foz do Arelho

Baleal

O segundo dia do nosso roteiro para visitar a Região do Oeste de Portugal começa com uma visita à Baía do Baleal, uma maravilha natural que não deixa ninguém indiferente. A meia-lua é formada por um cordão dunar vivo, com um frágil mas diversificado ecossistema.

Começa literalmente às portas da cidadela fortificada de Peniche, na Praia da Gambôa. Segue-se a Praia de Peniche de Cima, a Praia da Cova da Alfarroba, a Praia do Campismo e a Praia Baleal Sul.

Dica VagaMundos: a melhor maneira de conhecer cada uma destas praias é pegando na bicicleta e percorrer os 3 km da ciclovia plana da Avenida da Praia que começa em Peniche e vai até Baleal. Cabelo ao vento e sem canseiras!

Uma vez chegado ao Baleal tem à sua espera uma das mais belas povoações do nosso Portugal, airosa e cheia de graça, um encantamento a que ninguém consegue fugir. No cume dum farilhão de formações rochosas que têm tanto de belo como de assustador. Tem de ver com os seus próprios olhos pois não há palavras nem fotos que lhe façam justiça.

Roteiro Região Oeste de Portugal: o que visitar numa roadtrip pelo OesteAtravesse a língua de areia e perca-se por entre as pitorescas casinhas brancas de frisos coloridos, vielas e escadinhas estreitas. Visite também a Ermida de Santo Estevão do Baleal e as ruínas do fortim na ponta norte da península do Baleal.

Lagoa de Óbidos

Roteiro Região Oeste de Portugal: o que visitar numa roadtrip pelo Oeste
Lagoa de Óbidos – um verdadeiro oásis na Região do Oeste de Portugal

Baleal visitado continue o seu roteiro pela Região do Oeste rumando até à Lagoa de Óbidos, um dos maiores santuários naturais do Oeste. Já beijou as muralhas do Castelo de Óbidos em tempos idos. Hoje, a vista é para a Foz do Arelho. Esta bonita laguna portuguesa é duma beleza ímpar e simplesmente perfeita para a prática de desportos aquáticos, nos quais se destaca a vela, windsurf, canoagem, remo, kiteboard, jetski e standup paddleboarding (SUP).

Praia do Bom Sucesso

Na falta dos dotes para estas aventuras naúticas, pode sempre optar por fazer uma agradável caminhada pelas margens da lagoa. O troço entre a Praia da Lapinha e o Covão dos Musaranhos é particularmente interessante, sendo o nosso spot favorito na Lagoa de Óbidos na hora de esticar as pernas.

Casa típica do Casal da Lapinha

Aproveite para visitar a castiça aldeia piscatória do Casal da Lapinha e para dar um saltinho à Praia do Bom Sucesso, não tanto para ir a banhos mas sim para ir desfrutar das maravilhosas vistas sobre a Lagoa de Óbidos e a Foz do Arelho.

Óbidos

A próxima paragem do nosso roteiro para visitar a Região do Oeste de Portugal será em Óbidos, a vila medieval mais pitoresca e romântica de Portugal. Irradia charme e encanto em cada pedra da muralha do seu castelo imponente, em cada rua empedrada, em cada casa caiada de branco ofuscante e debruada com intenso azul do céu ou ouro do sol.

Atravesse a pomposa Porta da Vila e percorra a Rua Direita, deambule sem pressas pelas labirínticas ruelas da vila, suba ao imponente Castelo de Óbidos, visite as Igrejas da Misericórdia, São Pedro e de Santa Maria, passeie pelas suas centenárias muralhas e beba uma Ginja de Óbidos em copo de chocolate.

Quer mais dicas sobre a vila medieval de Óbidos? Então não deixe de ler o nosso Roteiro para visitar Óbidos.

Caldas da Rainha

Parque D. Carlos I

De Óbidos é um saltinho até às Caldas da Rainha, sobejamente conhecida pelas suas termas, pela sua cerâmica (com um toque picante) e pelo artista Rafael Bordalo Pinheiro o autor da representação popular do Zé Povinho, um símbolo do povo português.

Os principais pontos de interesse das Caldas da Rainha são:

  • Parque D. Carlos I (provavelmente o jardim mais romântico da Região do Oeste de Portugal)
  • Rota Bordaliana (um percurso com 20 figuras Bordalianas produzidas em escala gigante)
  • Museu de Cerâmica (com especial destaque para o núcleo dedicado a Rafael Bordalo Pinheiro)
  • Museu do Hospital e das Caldas da Rainha (uma autêntica viagem pela história de um dos primeiros Hospitais Termais do Mundo)
  • Museu José Malhoa
  • Hospital Termal Rainha D. Leonor
  • Praça da República (mais conhecida pelo nome de Praça da Fruta por ser o local onde diariamente, da parte da manhã, se realiza um dos mercados mais famosos da Região do Oeste)
  • Chafariz das Cinco Bicas
  • Edifício da Estação dos Caminhos de Ferro
  • Igreja Matriz das Caldas da Rainha
  • Loja da Fábrica Bordallo Pinheiro

Foz do Arelho

O segundo dia do nosso roteiro para visitar a Região do Oeste de Portugal termina na Foz do Arelho, uma das praias mais badaladas do Oeste. E a razão de tal fama é fácil de perceber. Na Praia da Foz do Arelho encontra o melhor de dois mundos. De um lado as ondas do Oceano Atlântico fazem a delícia dos amantes do surf. Do outro as calmas águas da Lagoa de Óbidos encantam as famílias e em particular os mais novos. Um extenso areal e vistas estupendas para as falésias envolventes completam o ramalhete.

Passadiços da Foz do Arelho

Mas não se fique apenas pela praia. A menos de 2 km da praia vai encontrar os fantásticos Passadiços da Foz do Arelho. É certo que não chegam sequer a ter 1 km de extensão, mas o que lhes falta em tamanho, sobeja-lhes em beleza. Dos seus 7 miradouros será brindado com paisagens de cortar a respiração.

A sensação de comunhão com a natureza é simplesmente extraordinária e nos dias limpos até se consegue avistar as Berlengas. Deixe-se ficar para o pôr-do-sol que não se vai arrepender!

Dica VagaMundos: se é fã de passadiços, não deixe de ler o nosso artigo sobre os Melhores Passadiços de Portugal.

Onde ficar a dormir no 2º dia

Quinta da Foz (Foz do Arelho)

Intimista, requintada e histórica, a Quinta da Foz é uma das melhores opções de alojamento de Turismo Rural na Foz do Arelho. A quinta do século XVI tem quartos super espaçosos, decorados e mobilados em estilo clássico, e apartamentos com a privacidade perfeita para uma viagem em família. O pequeno almoço é simplesmente soberbo. Não falta espaço para se entreter em bucólicos passeios pelos meandros da quinta, onde até os animais são autênticos anfitriões. Só lhe falta uma piscina, mas com a praia da Foz do Arelho a apenas um quilómetro nem se vai lembrar dela.

SANA Silver Coast Hotel (Caldas da Rainha)

Condizendo com o edifício neoclássico, o SANA Silver Coast Hotel alia as comodidades dum moderno hotel de 4 estrelas à elegância absoluta. Dispõe de quartos (duplos, twins e suites) com casa de banho privada, muito espaçosos, aclimatizados, onde habita o conforto e o bom gosto na decoração. O mobiliário de linhas contemporâneas e os tecidos de texturas finas estão presentes em todos os espaços, nomeadamente o restaurante, o salão e o bar. Não perca o pequeno almoço para começar bem o dia e uma bebida no terraço para findar ainda melhor. Tudo pensado ao detalhe para o conforto máximo dos hóspedes com um toque de luxo.

Clique para ver mais opções de alojamento na Foz do Arelho

Mapa do 2º dia do Roteiro para visitar a Região Oeste de Portugal


Clique no canto superior direito para aumentar o mapa do 2º dia do Roteiro para visitar a Região Oeste de Portugal

Roteiro para visitar a Região Oeste de Portugal: 3º Dia

Foz do Arelho – Salir do Porto – São Martinho do Porto – Alcobaça – Nazaré

Salir do Porto

O último dia do nosso roteiro para visitar a Região do Oeste de Portugal arranca com uma visita à gigantesca Duna de Salir do Porto, que fica situada mesmo no ponto em que o Rio Tornada se encontra com a Baía de São Martinho do Porto. A duna tem aproximadamente 50 metros de altura, o que faz dela a maior duna de Portugal.

Subir à duna não é tarefa fácil. Contudo, o esforço é bem recompensado. Na verdade, só pela vista sobre a vizinha baía de São Martinho do Porto já valeria a pena. Porém, o melhor de tudo é a experiência radical que é descer a colossal duna. Independente do método utilizado o mais certo é acabar como um “croquete” (é sempre o que nos acontece), mas não se preocupe que na base da duna tem a Praia de Salir do Porto para se livrar da areia (ou maior parte dela).

Passadiços de São Martinho do Porto
Dica VagaMundos: se depois da experiência dunar ainda se sentir com forças, sugerimos que faça um passeio pelos agradáveis Passadiços de São Martinho do Porto, que arrancam da Praia de Salir do Porto e seguem junto à Baía de São Martinho até perto do Parque de Campismo Baía Azul (conte com um pouco mais de 1 km para cada lado). Outra boa experiência é subir às altaneiras Ruínas da Capela de Santa Ana. Também fica a aproximadamente 1 km da duna e as vistas sobre o mar, a baía e a vila de São Martinho do Porto são qualquer coisa de espetacular.

São Martinho do Porto

Como não poderia deixar de ser, a próxima paragem do nosso roteiro para visitar a Região do Oeste de Portugal será em São Martinho do Porto.

Baía de São Martinho do Porto

A maioria das pessoas que visita São Martinho do Porto vem à procura das calmas águas da sua baía (perfeitas para a prática do SUP) e para longos passeios pela sua fantástica marginal. Duas razões mais do que suficientes para colocar São Martinho no seu roteiro pela Costa do Oeste. Mas nós gostamos sempre de explorar os locais menos óbvios. Como tal, vamos desafiá-l@ a ir conhecer a face menos conhecida de São Martinho do Porto.

Para começar, sugerimos que suba até ao Miradouro do Cruzeiro de São Martinho de onde obterá vistas privilegiadas sobre a baía de São Martinho. Depois vem a melhor parte. Siga pela estrada que desce até ao cais da vila e quando vir, do seu lado direito, um caminho de terra batida estacione e siga a pé pelo trilho.

Miradouro do Cruzeiro de São Martinho

Cerca de 500 metros depois irá chegar ao Farol do Morro de Santo António, que fica localizado mesmo na extremidade do promontório, no preciso local em que a água do mar entra na baía de São Martinho. Terá a seus pés uma paisagem verdadeiramente indescritível. Nem precisa de trazer o drone!

Praia do Salgado
Dica VagaMundos: se gosta de parapente ou asa-delta (ou se quiser experimentar), acrescente mais um dia ao seu roteiro pelo Oeste e dê um saltinho à vizinha Praia do Salgado. A praia fica situada mesmo no sopé da Serra dos Mangues e por lá vai encontrar uma escola que organiza as ditas experiências radicais. Honestamente, nunca experimentamos, mas já assistimos a vários voos e podemos afiançar que só pelo enquadramento paisagístico até gostaríamos de ganhar asas.

Alcobaça

Mosteiro de Alcobaça

Para visitar o próximo destino do nosso roteiro pela Região Oeste de Portugal terá de dizer um “até já” ao mar. Desta feita vamos levá-lo a visitar a cidade de Alcobaça cujo ex-libris é o Real Mosteiro de Santa Maria de Alcobaça, classificado como Património da Humanidade pela UNESCO e eleito uma das 7 Maravilhas de Portugal.

O Mosteiro de Alcobaça é considerado a primeira obra gótica erguida em solo português, tendo a sua construção sido iniciada em 1178, pela Ordem de Cister. O estilo de construção do mosteiro, que mais tarde recebeu o nome de Gótico Primitivo, foi inspirado na Abadia de Claraval, a sede da Ordem de Cister na França.

Mas os encantos do Mosteiro de Alcobaça estão longe de se resumir à sua fantástica arquitetura. Na sua grandiosa nave central, bem ao centro de cada braço do transepto, repousam D. Pedro e D. Inês de Castro, os símbolos maiores do amor eterno em terras lusas. Os túmulos dos protagonistas da paixão mais trágica da história de Portugal, foram colocados frente a frente, para que, no Dia da Ressurreição, os dois apaixonados se reencontrem de imediato.

Não deixe também de visitar as dependências medievais, sobretudo o Claustro de D. Dinis (ou Claustro do Silêncio), a Sala do Capítulo, a Sala do Monges, o Dormitório, a Cozinha e o Refeitório.

Arco de Cister

Para além do Mosteiro de Santa Maria, os outros locais de interesse de Alcobaça aos quais recomendamos visita são os seguintes:

  • Castelo de Alcobaça (tem as melhores vistas sobre a cidade)
  • Arco de Cister
  • Jardim do Amor
  • Museu do Vinho de Alcobaça
  • Mosteiro de Santa Maria de Coz (este mosteiro feminino da Ordem de Cister fica situado a 7 km do centro de Alcobaça, mas vale bem a pena o desvio)
  • Lagoa das Pataias (é a principal zona húmida do concelho de Alcobaça constituindo um importante polo de Biodiversidade no pinhal litoral. Fica localizada a cerca de 20km a norte da cidade, o que já implica um desvio considerável, mas se vir que tem tempo não hesite em visitar)

Nazaré

Baloiço da Nazaré

O nosso roteiro para visitar a Região do Oeste termina na vila piscatória da Nazaré, sinónimo de mulheres de sete saias, de barcos coloridos, de peixe seco, de extensos areais e ondas gigantes que já correram mundo de tão impressionantes que são.

Museu Vivo do Peixe Seco

Os locais de visita obrigatória e as experiências a não perder na sua escapadinha à Nazaré são as seguintes:

  • Subir ao Sítio da Nazaré de funicular ou a pé pelo caminho da Ladeira do Sitío
  • Baloiço da Ladeira (assistir ao pôr-do-sol deste enquanto baloiça com a Nazaré a seus pés faz qualquer coração bater mais forte)
  • Santuário de Nossa Senhora da Nazaré
  • Capela da Memória
  • Forte de São Miguel Arcanjo
Miradouro do Suberco
  • Miradouro do Suberco (de onde se tem a melhor vista sobre a vila e a praia da Nazaré)
  • Capela de Santo António
  • Museu Vivo do Peixe Seco
  • Comer um bom peixinho fresco grelhado, uma caldeirada ou uma mariscada
Barcos típicos na Praia da Nazaré
  • Passeio a pé pela fantástica marginal da Nazaré
  • Ir a banhos na Praia da Nazaré ou na Praia do Salgado (em dias quentes, claro está)
  • Fazer uma aula de Surf na Praia da Nazaré ou, para os mais valentes, na Praia do Norte, onde fica o famoso “Canhão da Nazaré”
Miradouro da Pederneira
  • Dar um pulinho à Pederneira, uma histórica localidade mesmo ao lado da Nazaré, com pelourinho, igreja matriz e Igreja da Misericórdia, antigos Paços do Concelho e um miradouro que brinda o visitante com uma vista sobre a Nazaré de um ângulo completamente distinto
Quer mais dicas sobre a cidade as suas maravilhosas praias? Então não deixe de ler o nosso Roteiro para visitar a Nazaré.

Onde ficar a dormir no 3º dia

Villamar Style Maison

A piscina deliciosa e o fantástico pequeno almoço são dois dos trunfos do bed & breakfast Villamar Style Maison. Mas há mais. As instalações modernas em excelentes condições, a localização muito próxima à Praia da Nazaré mas numa zona tranquila, o staff super simpático e atento ao bem-estar dos hóspedes. Sem falar nos quartos modernos, acolhedores, confortáveis e super limpos que garantem um santo repouso – mas nada como comprová-lo por si mesmo.

Home Sweet Praia

Confessamos que a Nazaré ganhou outro encanto ao ficarmos hospedados no Home Sweet Praia. Qualquer um dos três apartamentos, munidos de quarto com casa de banho e sala com kitchenette equipada, é ideal para um casal. São mesmo aconchegantes. Mobília e peças de decoração de design contemporâneo potenciam o espaço não beliscando em nada o conforto e a funcionalidade. Nota máxima para o conforto da cama, limpeza dos espaços e para a simpatia dos anfitriões. A classificação de Excecional no booking.com é bem merecida.

Nazaré Marisol Praia

A privacidade do apartamento Nazaré Marisol Praia pode ser tudo o que precisa para si e para a família. Só que encontra bem mais do que privacidade. A um passo da praia, o apartamento foi recentemente remodelado e ficou um sonho: moderno, com mobiliário de linhas contemporâneas, uma decoração de muito bom gosto que se foca no conforto e bem-estar. Os três quartos, cozinha equipada e a sala comum com vista para o mar estão mesmo a pedir que relaxe na “sua casa de praia”.

Clique para ver mais opções de alojamento na Nazaré

Mapa do 3º dia do Roteiro para visitar a Região Oeste de Portugal


Clique no canto superior direito para aumentar o mapa do 3º dia do Roteiro para visitar a Região Oeste de Portugal.

Dicas para acrescentar mais um dia (ou até mesmo dois ou três) ao seu roteiro pela Região do Oeste de Portugal

Mosteiro da Batalha

Se quiser esticar em mais um dia a sua viagem pela Região do Oeste, sugerimos que combine uma visita ao Mosteiro da Batalha com uma visita à Vila Medieval de Ourém e ao Santuário de Fátima. Caso tenha mais tempo disponível recomendamos também que parta à descoberta do fantástico Parque Natural da Serra de Aire e Candeeiros, um dos nossos destinos de natureza favoritos do Centro de Portugal.

O que comer na Região Oeste de Portugal – Gastronomia do Oeste

Caldeirada – um dos pratos que não pode deixar de provar quando visitar a Região do Oeste de Portugal

O aroma a mar salgado é dominante no Oeste e o peixe é o grande rei e senhor à mesa. A Caldeirada é a rainha desta corte, mas um Arroz de Tamboril, uma Sopa de Peixe e uma boa Lagosta Suada também recebem honras reais.

Sushi no Oeste

Mas há mais, muito mais. Da sardinha ao peixe-imperador, do berbigão à ostra, do caranguejo à santola, da lula ao polvo, passando pelo tradicional peixe seco da Nazaré e pelo inovador sushi… A sabedoria de anos de mar de pescadores e mulheres de pescadores fizeram da cozinha do Oeste uma cozinha de mestria.

Não é lá grande fã de peixe? Não se preocupe pois das serras e vales do Oeste chegam ao prato verdadeiras iguarias capazes de pôr a salivar qualquer amante de carne. As nossas favoritas são o Cabrito no Forno ou à Labrego, a Cachola de Porco e o Frango da Púcara.

Penichenses

Nos doces os destaques vão a Renda Doce de Peniche, os Penichenses, as Cavacas das Caldas, o Pastel de Feijão de Torres Vedras, o Pão-de-Ló de Alfeizerão, e para as Sardinhas Doces da Nazaré. Prepare-se é para longas discussões com a balança no regresso a casa.

Roteiro de 2 dias para visitar a Região do Oeste de Portugal

Miradouro do Cruzeiro de São Martinho – Roteiro para visitar a Região do Oeste

Se só tem 2 dias para visitar a Região do Oeste de Portugal, vai ter naturalmente de abdicar de visitar alguns dos pontos de interesse e localidades que descrevemos atrás. A nossa recomendação é que foque a sua viagem no troço mais emblemático do Oeste, entre Peniche e a Nazaré e que guarde a exploração de Torres Vedras e Lourinhã para uma outra escapadinha pelo Oeste. De forma a maximizar o tempo disponível para as visitas, recomendamos também que opte por dormir em localidades diferentes.

Praia da Areia Branca

Claro que pode sempre optar por condensar o roteiro de 3 dias em 2 dias, mas vai passar demasiado tempo na estrada e pouco tempo nos locais de interesse. E isso acaba por reduzir o prazer da experiência.

Baloiço da Nazaré – um dos novos pontos de interesse da Região do Oeste de Portugal

Abaixo encontra a nossa sugestão de roteiro de 2 dias, podendo ler a respetiva descrição dos locais de interesse no roteiro de 3 dias para visitar a Região do Oeste de Portugal

Dia 1

Peniche – Baleal – Lagoa de Óbidos – Óbidos

Procure alojamento em Óbidos ao melhor preço

Dia 2

Caldas da Rainha – Foz do Arelho – Salir do Porto – São Martinho do Porto – Nazaré

Procure alojamento na Nazaré ao melhor preço

Mapa do Roteiro de 2 dias para visitar a Região do Oeste de Portugal


Clique no canto superior direito para aumentar o mapa do Roteiro de 2 dias para visitar a Região do Oeste de Portugal.

Outros roteiros de carro por Portugal

Prepare a sua próxima Viagem

Reserve o seu alojamento através do Booking.com. É onde encontramos sempre as melhores promoções e permite cancelar a reserva sem custos.

No GetYourGuide e na Civitatis encontra sempre os melhores tours locais e pode ainda reservar o seu transfer do aeroporto e saltar as filas comprando antecipadamente as entradas para os principais monumentos.

Jogue pelo seguro e faça um seguro de viagem na IATI Seguros. É uma agência 100% especializada em viagens e apresenta o melhor rácio custo-benefício do mercado, sendo que todos os seus seguros contam com excelentes coberturas COVID-19. Se utilizar o nosso link terá um desconto de 5% por ser nosso leitor.

Anda à procura de voos baratos? Então utilize o Skyscanner para encontrar as melhores tarifas aéreas do mercado

Se precisa de alugar um carro para a sua próxima viagem recomendamos que utilize a AutoEurope. Permite comparar os preços de dezenas de empresas de rent-a-car e é possível cancelar o aluguer sem custos até 48h antes da partida.

Esta página contem links afiliados. Só recomendamos marcas que utilizamos e confiamos a 100%. Se efectuar as suas reservas através desses links recebemos uma pequena comissão. Dessa forma está a ajudar o VagaMundos a manter-se vivo. E o melhor de tudo é que você não paga mais por isso. Muito Obrigado!

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.