Visitar Parque Nacional de Triglav | Eslovénia: Guia e Roteiro de Viagem

Visitar Parque Nacional de Triglav

O Parque Nacional de Triglav situa-se na Eslovénia, em plenos Alpes Julianos, e é um dos parques nacionais mais antigos da Europa com uma área de mais de 800 km2, o que corresponde a aproximadamente 4% de toda a Eslovénia. O ponto mais alto do parque (do qual deriva o seu nome) é o imponente Monte Triglav, com quase 2900 metros de altura.

Visitar Parque Nacional de TriglavTodos os anos o Parque Nacional de Triglav recebe milhares de visitantes e é tão, mas tão fácil de perceber porquê.

Um sem número de belezas naturais, desde montanhas imponentes aos divinais lagos, passando por desfiladeiros, rios cristalinos, cascatas e bosques idílicos, a somar à infinidade de atividades de outdoors que se pode praticar, como sejam caminhadas, escalada, rafting e canyoning, faz deste Parque Nacional um autêntico paraíso para os amantes da natureza.

Visitar Parque Nacional de TriglavFace à tamanha imensidão e tão vasta oferta, o difícil mesmo é escolher o que fazer, sobretudo se está a preparar a sua primeira visita a este santuário natural. Mas não se preocupe que nós damos uma ajuda.

Neste artigo vamos mostrar-lhe os principais pontos de interesse do Parque Nacional de Triglav, sugerir-lhe as melhores atividades de outdoors para a sua primeira visita e propor-lhe um roteiro de carro que o vai deixar completamente apaixonado por este cantinho do planeta.

Clique para ler o nosso roteiro de carro pela Eslovénia

Conteúdo deste Artigo

Onde fica o Parque Nacional de Triglav e como chegar

Visitar Parque Nacional de TriglavO Parque Nacional de Triglav fica localizado no noroeste da Eslovénia perto da fronteira com a Áustria e a Itália. A capital da Eslovénia, Liubliana, fica a somente 60 km do Parque Nacional de Triglav (zona do Lago Bled), uma viagem que se faz em menos de uma hora.

Existem transportes públicos regulares entre Liubliana e Bled, mas, para explorar o parque, o melhor mesmo é alugar um carro ou fazer uma excursão, visto que a maior parte dos pontos de interesse não são servidos de transportes públicos.

Quais as principais zonas do Parque

O Parque Nacional de Triglav pode ser dividido em quatro zonas:

  • Zona do Lago Bled
  • Zona do Lago Bohinj
  • Zona de Kranjska Gora
  • Zona do Vale do Soča

Mais abaixo neste artigo partilhamos os principais pontos de interesse de cada zona.

Quando visitar o Parque Nacional de Triglav?

O Parque Nacional de Triglav pode ser visitado durante todo o ano. A melhor estação depende muito dos locais que pretende visitar e das atividades que lhe interessam.

Visitar Parque Nacional de TriglavPessoalmente achamos que os melhores meses para visitar vão de maio a outubro. Os meses de maio,junho, setembro e outubro são excelentes para visitar a maioria dos locais de interesse e para grande parte das atividades de outdoors. O tempo já é decente, não apanha multidões e os preços dos alojamentos e demais serviços turísticos são bem mais em conta.

Parque Nacional de TriglavOs meses de Verão são, à priori, os melhores para a prática de outdoors sendo até possível ir a banhos nos inúmeros rios, lagos e cascatas do Parque Nacional de Triglav. O único senão são os preços e o elevado número de turistas.

O inverno é a estação menos concorrida, mas se gosta de neve vai adorar o Parque Nacional de Triglav nesta estação, sobretudo a enorme estância de Kranjska Gora.

Onde ficar no Parque Nacional de Triglav – Sugestões de localidades para procurar alojamento

Quando se prepara uma viagem ao Parque Nacional de Triglav é conveniente ter em conta as distâncias entre as diversas áreas do Parque Natural. Em nossa opinião, o ideal é dividir as noites de hospedagem por duas ou três localidades, ao invés de ficar sempre alojado na mesma.

Sabemos bem que é chato estar a mudar de quarto todas as noites, mas é ainda mais chato perder horas sem conta na estrada para trás e para a frente e depois faltar tempo (e energia) para se conhecer os principais pontos de interesse do Parque Nacional de Triglav.

As nossas localidades favoritas para pernoitar são Bled, Bovec e Kobarid. Bled é a base perfeita para explorar o Lago de Bled e o Lago Bohinj. Para explorar a secção do Vale do Soča nada bate Bovec e Kobarid. A estância de Kranjska Gora também é uma boa opção, sobretudo se for com o objetivo de praticar desportos de inverno.

Escolhemos estas localidades em detrimento de outras pois têm excelentes acessos, todo o tipo de serviços de que precisamos e imensa oferta de alojamento. Como tal é relativamente fácil encontrar quartos a bons preços, sobretudo se reservar alojamento com alguma antecedência.

Na nossa última passagem pelo Parque Nacional de Triglav, optamos por ficar alojados em Bled e Kobarid.

Em Bled dormimos no Hotel Triglav e gostamos muito da relação preço/qualidade. Os quartos são muito confortáveis e o nosso tinha vista para o Lago Bled. Está super bem localizado (a somente 200 metros a pé do lago), oferece um pequeno-almoço muito completo, e ainda tem piscina interior e estacionamento privado gratuito.

Em Kobarid montamos a nossa base no Hotel Hvala, que fica localizado mesmo no centro da cidade. O staff é super simpático, o quarto super espaçoso e bem equipado e o pequeno-almoço, que já está incluído no preço da estadia, é mesmo de excelência. Oferece ainda estacionamento privado gratuito.

Clique nos links abaixo para ver outras opções de alojamento nas respetivas localidades do Parque Nacional de Triglav.

Principais Pontos de Interesse, Trilhos e Atividades de Natureza

Zona do Lago Bled

Lago Bled

Parque Nacional de TriglavO paradisíaco Lago Bled é o cartão postal da Eslovénia. Por mais fotos que tenha visto desta maravilha da natureza vai ficar boquiaberto com tamanha beleza.

Não deixe de fazer uma caminhada ao redor do lago, de visitar a Ilha de Bled (onde fica a Igreja da Anunciação) e o Castelo de Bled, que parece recortado de um conto de fadas.

Alugue um barco a remos ou um caiaque e desfrute das plácidas águas do Lago Bled. Se for no verão, aproveite e dê um mergulho. Por incrível que pareça, as águas do lago chegam à atingir 26 graus pois é alimentado por fontes termais.

Para a melhor vista sobre o maravilhoso Lago de Bled e as montanhas circundantes suba ao miradouro Ojstrica (trilho com cerca de 1,5km, ida e volta, partindo da zona do Parque de Campismo de Bled, onde existe um parque de estacionamento). Garantimos que vai ser recompensado pelo esforço e que vai tirar uma selfie épica!

Informações práticas sobre o Trilho do Miradouro Ojstrica

  • Distância: 1,6 km ida (3,2 km ida e volta)
  • Circular: não
  • Dificuldade Técnica: fácil
  • Local de Partida/Chegada: parque de estacionamento junto ao Parque de Campismo de Bled

Garganta de Vintgar (Vintgar Gorge)

A Garganta de Vintgar é um desfiladeiro com cerca de 1,6 km localizado a somente 5 km de Bled. O desfiladeiro foi esculpido pelo rio Radovna, um rio cristalino verde-esmeralda simplesmente irresistível.

É possível percorrer a pé toda a extensão do desfiladeiro através de assombrosos passadiços suspensos sobre o rio. Ao longo do percurso vai cruzar o rio Radovna várias vezes, passar sobre rápidos, cascatas e pequenas piscinas naturais, até chegar à enorme Cascata Sum (Sum Slap) com 16 metros de altura.

Informações práticas sobre a Garganta de Vintgar

  • Distância: 1,6 km ida (3,2 km ida e volta)
  • Preço: Adultos 10 €
  • Estacionamento no local: 5€
  • Localização: 5 km a noroeste de Bled (10 minutos de carro)

Visite o site oficial da Garganta de Vintgar para consultar os preços atualizados e os horários de funcionamento, que variam de acordo com a época do ano.

Zona do Lago Bohinj

Lago Bohinj

O Lago Bohinj está localizado num maravilhoso vale glacial e compreende quase 100 milhões de metros cúbicos de água, o que faz dele o maior lago do Parque Nacional de Triglav.

Sugerimos que faça um tranquilo passeio pelas margens do Bohinj (a volta completa ao lago são cerca de 12 km que se fazem bem em 4 horas) e que visite a igreja de São Batista. À semelhança do que acontece no Lago Bled, também é possível alugar barcos a remo no lago Bohinj.

Cascata Savica

A Cascata de Savica (Savica Slap) conta com uns impressionantes 78 metros de altura. Para ir do parque de estacionamento até à base da cascata é preciso percorrer um curto trilho linear pelo meio da floresta. Apesar do percurso pedestre ser curto (1,6km ida e volta) exige subir cerca de 500 degraus. Mas acredite que ver in loco esta maravilha da natureza vale a pena o esforço. Não é à toa que é a cascata mais visitada da Eslovénia.

Trilho até à Cascata Mostnica

Este é o nosso percurso de pequena rota favorito do Lago Bohinj. Até chegar à Cascata de Mostnica vai atravessar densas florestas, caminhar ao longo do canyon e do rio Mostnica e cruzar um vale rodeado de gigantescas montanhas.

Informações práticas sobre o Trilho da Cascata Mostnica

  • Distância: 6 km (ida e volta 12 km)
  • Circular: não
  • Dificuldade Técnica: moderado
  • Local de Partida/Chegada: Stara Fuzina

Prado alpino de Vogel

O prado alpino de Vogel é o lugar de onde se obtêm as melhores vistas sobre o Lago Bohinj e as montanhas que o rodeiam. Para lá chegar tanto pode ir de carro como subir de teleférico até ao Monte Vogel, que fica a 1535 metros de altitude.

Planalto de Pokljuka

Pokljuka é um planalto cársico situado a uma altitude entre os 1.200 e 1.500 metros, sendo famoso pelas suas idílicas florestas e pastos de montanha. O planalto conta com cerca de 80 km de trilhos, o que o torna num destino fantástico para todos os amantes de caminhadas ou de BTT.

Zona de Kranjska Gora

Cascata de Pericnik

A Cascata de Pericnik tem 52 metros de altura e é uma das nossas cascatas favoritas da Eslovénia. Do estacionamento até à cascata são pouco mais de 800 metros a pé por um trilho muito bem marcado (1,6 km ida e volta). Imperdível!

Reserva Natural Zelenci

A Reserva Natural Zelenci está situada no extremo norte do Parque Nacional Triglav a somente 5 km de Kranjska Gora. Apesar de ser uma reserva relativamente pequena é verdadeiramente paradisíaca. O grande destaque da reserva é o Lago Zelenci, local onde nasce o rio Sava, o maior rio da Eslovénia. Por incrível que pareça estas águas não congelam, mesmo nos invernos mais rigorosos, mantendo uma temperatura constante nos 6 graus centígrados. Como as águas são super cristalinas é possível ver a nascente do Sava a borbulhar como se fosse composta por dezenas de pequenos vulcões.

Lago Jasna

O Lago Jasna fica mesmo à saída de Kranjska Gora, na direção da Estrada Russa, sendo rodeado pelas imponentes montanhas dos Alpes Julianos. É aqui que se encontra a estátua do famoso Zlatorog, a cabra montanhesa que serve de símbolo do Parque Nacional de Triglav.

Estrada Russa – Vršič Pass

A lendária Vršič Pass, a passagem de alta montanha pelos Alpes Julianos, que liga Kranjska Gora a Bovec é a estrada mais mítica da Eslovénia.

A estrada foi mandada construir pela Alemanha e o Império Austro-Húngaro durante a Primeira Guerra Mundial, sendo que a maior parte do árduo trabalho foi levada a cabo por prisioneiros de guerra russos. Por essa razão esta estrada é também designada de Estrada Russa.

Como seria de esperar, a estrada é estreita e extremamente sinuosa, sobretudo entre Kranjska Gora e o Vale do Trenta (cerca de 25km), com curvas e contracurvas super fechadas, entre elas 50 cotovelos (sim leu bem, são mesmo 50), capazes de pôr a teste os seus dotes de condução.

Com tanto ziguezague não há espaço para pressas nem distrações ao volante, mas ao longo dos 50 km, existem muitos pontos onde pode estacionar o carro e desfrutar das fantásticas vistas de alta montanha. E acredite que o vai querer fazer pois as paisagens são simplesmente brutais!

As duas paragens obrigatórias, antes de chegar ao Vale do Trenta, são a Capela Russa, construída no local onde mais de 300 prisioneiros de guerra russos perderam a vida devido a uma avalanche, e o Vršič Pass, o ponto mais alto da estrada a 1611 metros de altitude.

Zona do Vale do Soča

Vale do Trenta e Grande Desfiladeiro do Soča

É no Vale do Trenta que nasce o rio Soča, o rio esmeralda mais esplendoroso da Eslovénia. É precisamente da nascente do Soča que arranca o nosso trilho favorito do Parque Nacional do Triglav: o Trilho do Soča.

Este fantástico percurso pedestre tem 25 km de extensão e liga a nascente do Soča a Bovec. Pelo caminho cruzamos uma série de pitorescas pontes suspensas sobre o rio esmeralda, visitamos o desfiladeiro de Mlinarica, e a pequena e grande Garganta do Soča. Devido à extensão do trilho é preciso um dia inteiro para o percorrer.

Informações práticas sobre o Trilho do Soča

  • Distância: 25 km
  • Circular: não
  • Dificuldade Técnica: moderado/elevado
  • Local de Partida: nascente do rio Soča
  • Local Chegada: Bovec

Kobarid Historical Trail e Cascata Kozjak

O Kobarid Historical Trail é um percurso pedestre circular, com cerca de 8 km, que o vai levar a conhecer a história desta região, desde a antiguidade até a Primeira Guerra Mundial e ainda o vai brindar com fantásticas paisagens e tesouros naturais.

Os principais pontos de interesse do trilho são a o Museu de Kobarid, o Ossário Italiano construído por Mussolini, a Ponte de Napoleão, as trincheiras da linha de defesa Italiana, as ruínas do antigo povoado romano de Tonocov Grad, a ponte suspensa sobre a garganta do Soča e as admiráveis cascatas de Kozjak, onde pode tomar banho no verão.

Informações práticas sobre o Kobarid Historical Trail

  • Distância: 7,5 km
  • Circular: sim
  • Dificuldade Técnica: fácil
  • Local de Partida/Chegada: Centro histórico de Kobarid

Cascata Boka  e Cascata Virje

As cascatas Boka e Virje já ficam na extremidade do Parque Nacional de Triglav mas ambas são merecedoras de visita. Se a primeira impressiona pelo tamanho (tem mais de 130 metros de altura, o que faz dela a maior cascata da Eslovénia), a segunda impressiona pelo idílico cenário envolvente. De todas as cascatas que visitamos na Eslovénia esta é a melhor para ir a banhos.

Desfiladeiro de Tolmin

O Desfiladeiro de Tolmin (Tolmin Gorge), na confluência dos rios de cristalina água azul-turquesa, Tolminka e Zadlaščica, é o ponto mais baixo do Parque Nacional de Triglav.

Ambos os rios escavaram profundos desfiladeiros nas rochas e ao longo de um curto trilho circular de 3 km vai ter a oportunidade de apreciar os desfiladeiros tanto a partir do topo como da parte inferior. Os pontos mais emblemáticos do Desfiladeiro de Tolmin são a confluência dos rios Tolminka e Zadlascica, a pedra Cabeça do Urso, a Caverna de Dante e a vertiginosa Ponte do Diabo (se tiver vertigens não olhe para baixo).

Trilho até ao Lago Krn

O Lago Krn, de origem glaciar, está situado a uma altitude de 1391 metros e tem quase 400 metros de comprimento e 150 metros de largura, o que faz dele o maior lago de alta montanha da Eslovénia.

O trilho para lá chegar tem uma subida bem rasgadinha, mas brinda o caminhante com algumas das paisagens mais bonitas dos Alpes Julianos. Devido à altitude, por norma, só é possível percorrer este trilho entre finais de maio e outubro.

Informações práticas sobre o Trilho do Lago Krn

  • Distância: 12 km
  • Circular: sim
  • Dificuldade Técnica: moderado/elevado
  • Local de Partida/Chegada: Lepena

Desportos Náuticos no rio Soča

O rio Soča é perfeito para a prática da canoagem, rafting e canyoning. Em Bovec e Kobarid existe uma vasta oferta de atividades náuticas que têm o rio Soča como protagonista. Clique nos links abaixo para ver algumas sugestões.

Atividades Náuticas no Parque Nacional de Triglav

Abaixo colocamos os nossos tours e atividades de natureza favoritos no Parque Nacional de Triglav. Clique nos respetivos links para consultar os programas:

Dica VagaMundos: Na escolha dos tours, e porque os imprevistos acontecem, evite sempre reservar tours que não permitam cancelamento gratuito. Dê prioridade às excursões e actividades que têm boas reviews e permitam cancelar sem custos com (pelo menos) 48h de antecedência.

Roteiro pelo Parque Nacional de Triglav (5 dias de carro) – Roadtrip com o melhor do Parque Nacional de Triglav

Visitar Parque Nacional de Triglav | Eslovénia

É importante referir que o número de dias que sugerimos para o roteiro pelo Parque Nacional de Triglav pressupõe que a viagem seja feita de carro e não inclui os dias de viagem até ao Parque Nacional de Triglav e vice-versa. Logo terá sempre de acrescentar mais dois dias para a ida e volta desde o seu ponto de partida até ao Parque Nacional de Triglav. Se estiver sem viatura própria, o melhor mesmo é alugar um carro.

Visitar Parque Nacional de Triglav | EslovéniaComo é habitual nos nossos roteiros, o número de dias é meramente indicativo. Se abdicar de fazer algumas das atividades que sugerimos ou cortar alguns pontos de interesse pode fazer este roteiro em 4 dias sem qualquer problema. Caso queira fazer mais algumas atividades de natureza, ou simplesmente relaxar junto a um dos muitos lagos ou cascatas, acrescente mais um par de dias e alargue este roteiro pelo Parque Nacional de Triglav para 7 dias.

Dia 1 Roteiro Parque Nacional de Triglav

Lago Bled – Ilha de Bled – Castelo de Bled – Garganta de Vintgar

Dia 2 Roteiro Parque Nacional de Triglav

Lago Bohinj – Cascata Slavica – Cascata Mostnica – Prado alpino de Vogar

Dia 3 Roteiro Parque Nacional de Triglav

Cascata de Pericnik – Reserva Natural Zelenci – Lago Jasna – Estrada Russa – Capela Russa – Vrsic Pass – Vale do Trenta – Bovec/Kobarid

Dia 4 Roteiro Parque Nacional de Triglav

No dia 4 apresentamos três opções para o seu roteiro pelo Parque Nacional de Triglav, tendo sempre como base as localidades de Bovec ou Kobarid:

Opção 1: percorrer o Trilho do Soča

Opção 2: praticar desportos náuticos no rio Soča, como seja rafting ou canyoning

Opção 3: percorrer de carro a cénica estrada Mangrtska Cesta – entre Predil e Bovec – outra das estradas lendárias da Eslovénia.

Dia 5 Roteiro Parque Nacional de Triglav

Cascata Boka – Cascata Virje – Kobarid Historical Trail – Desfiladeiro de Tolmin

Mapa com os principais pontos de interesse do Parque Nacional de Triglav


Clique no canto superior direito para aumentar o mapa com os principais pontos de interesse do Parque Nacional de Triglav

Outros artigos da Eslovénia

Prepare a sua próxima Viagem

Reserve o seu alojamento através do Booking.com. É onde encontramos sempre as melhores promoções e permite cancelar a reserva sem custos.

No GetYourGuide encontra sempre os melhores tours locais e pode ainda saltar as filas comprando antecipadamente as entradas para os principais monumentos.

Jogue pelo seguro e faça um seguro de viagem da World Nomads. São rápidos e fáceis de fazer, são a 100% especializados em viagens e apresentam sempre os melhores rácios custo-benefício do mercado.

Anda à procura de voos baratos? Então utilize o Skyscanner para encontrar as melhores tarifas aéreas do mercado

Se precisa de alugar um carro para a sua próxima viagem recomendamos que utilize o Rentalcars. Permite comparar os preços de dezenas de empresas de rent-a-car e é possível cancelar o aluguer sem custos até 48h antes da partida.

Esta página contem links afiliados. Só recomendamos marcas que utilizamos e confiamos a 100%. Se efectuar as suas reservas através desses links recebemos uma pequena comissão. Dessa forma está a ajudar o blog “VagaMundos” a manter-se vivo. E o melhor de tudo é que você não paga mais por isso. Muito Obrigado!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.