Visitar Peso da Régua: roteiro com o que ver e fazer

Visitar Peso da Régua: roteiro com o que ver e fazer

Bem-vindo a Peso da Régua! Cidade onde a satisfação é vigente, banhada pelo rio Douro e capital da região demarcada do Vinho do Porto.

Visitar Peso da Régua exorta uma inevitável associação ao Vinho do Porto. Peso da Régua é conhecida como a capital da região vinícola demarcada mais antiga do mundo, criada em 1756 pelo Marquês de Pombal. É nas encostas dos montes do deslumbrante vale do Alto Douro Vinhateiro que se produz o célebre Vinho do Porto, uma das maiores bandeiras de Portugal em todo o mundo.

Visitar Peso da Régua: roteiro com o que ver e fazerA soalheira cidade de Peso da Régua espraia-se à beira do rio Douro, rodeada dos fotogénicos e famosos socalcos ondulantes de vinhedo.

Património de Humanidade UNESCO, as paisagens panorâmicas do Douro Vinhateiro são uma obra-prima da natureza agreste moldada pelo esforço e suor despendidos pelo homem na sua transformação. O fruto é, não desprezando a beleza dos espetaculares terraços de vinha, o divinal néctar que aqui se produz há séculos, que era tradicionalmente transportado em barcos rabelos, Douro abaixo, para envelhecer nas caves de Vila Nova de Gaia.

Visitar Peso da Régua: roteiro com o que ver e fazerComo sinónimo de Vinho do Porto, Peso da Régua é o destino perfeito para quem deseja aprender mais sobre a arte e engenho por trás da produção do afamado vinho, visitando uma das muitas quintas de renome que disponibilizam tours às caves/adegas e provas de vinho. É também o lugar preferido de muitos visitantes para fazer o muito apreciado Cruzeiro no Douro.

Visitar Peso da Régua: roteiro com o que ver e fazerContudo, Peso da Régua oferece muito mais que ver e fazer, tanto na cidade como nos arredores. Aqui mostramos-lhe o que não pode perder quando visitar Peso da Régua na sua próxima escapadinha em Portugal.

Quando visitar?

Visitar Peso da Régua: roteiro com o que ver e fazerPeso da Régua é, por mérito próprio, uma experiência única durante todo o ano.

Destino de enoturismo por excelência, os prazeres do paladar (generosos nesta região) são servidos à mesa durante o ano inteiro, independentemente das estações do ano. Obviamente, cada uma traz consigo um colorido diferente às paisagens durienses, e também a possibilidade de desfrutar de diferentes atividades em Peso da Régua.

A primavera é ótima para as caminhadas, BTT ou passeios a cavalo. O verão para os cruzeiros do Douro e banhos nas praias fluviais. O outono para viver a experiência das vindimas e o inverno oferece o bálsamo da paz e tranquilidade rural irmanadas ao esplendor paisagístico.

A verdade é que a Régua é um destino de férias inesgotável, de lazer e prazer, faça chuva ou faça sol.

Eventos e festividades em Peso da Régua

  • Festas de São João do Rio (junho)
  • Jornadas Medievais do Douro (julho)
  • Festas em Honra de Nossa Senhora do Socorro (agosto – alia Festas do Douro, Festival das Francesinhas, Procissão do Triunfo e Arraial do Rio)

Como chegar?

Visitar Peso da Régua: roteiro com o que ver e fazerCurisamente, Peso da Régua fica na encruzilhada de duas estradas míticas de Portugal. Falamos da Estrada Nacional N2, que cruza todo o Portugal de norte a sul, e da paisagística N222, que liga Vila Nova de Gaia a Foz Coa e eleita a mais bonita de Portugal. Seja qual for o seu ponto de partida, procure fazer um pequeno troço de uma delas. Vai adorar a sensação de roadtrip cénica!

Onde ficar em Peso da Régua? Sugestões de alojamento

Original Douro Hotel

O nome conta a própria história. O Original Douro Hotel é a mais recente renovação do Hotel do Douro, o mais antigo da região, localizado num edifício de 1880. A decoração singular de cada quarto, de tons claros e harmoniosos, são apanágio de ambiente aconchegante e confortável, de requinte clássico em simbiose com o conforto moderno. Essa decoração cuidada confere uma luminosidade relaxante às suites e quartos privados, munidos de todas as amenidades para hóspedes que buscam conforto, qualidade e categoria a bom preço. Alvos de latos elogios são também o pequeno-almoço e o terraço.

Casa de São Domingos

Com vistas para jardim, quinta, socalcos vinhateiros e rio, eis o panorama exterior da Casa de São Domingos, que lhe soma uma piscina exterior para deleite dos hóspedes no verão. Uma casa de campo com um toque nobre e uma irrepreensível receção cortês sem deixar de ser familiar. Se o descanso noturno está garantido pelo conforto e comodidade dos quartos, os espaços comuns transportam-nos às origens agrícolas e tradicionais da quinta. Esse ambiente tradicional é muito acolhedor e espelha-se nos detalhes do mobiliário de linhas clássicas e nos têxteis finos.

Hotel Regua Douro

Por favor, entregue-se de corpo e alma ao relaxamento no Hotel Regua Douro. Não resista ao piano bar, ao terraço com vistas para montes e vale, com o rio Douro a brilhar em todo o fulgor, ao restaurante onde satisfação é a chave de sucesso. À noite, o corpo agradece o toque reconfortante dos lençóis, o abandono a um leito revitalizante, e a alma agradece o bálsamo de bem-estar.

Clique para ver mais opções de alojamento em Peso da Régua

O que visitar em Peso da Régua

Visitar Peso da Régua: roteiro com o que ver e fazerComo maior cidade ribeirinha duriense da região de Trás-os-Montes do Alto Douro Vinhateiro, a Régua cresceu para se tornar no maior entreposto de comércio e transporte do Vinho do Porto. Para além do rio Douro, essa autoestrada fluvial que garantia a chegada dos barris transportados nos tradicionais e elegantes barcos rabelos às caves de Vila Nova de Gaia, há hoje infraestruturas rodoviárias mais modernas e rápidas.

É verdade que esta faceta mais comercial e logística de Peso da Régua leva muitos a desconsiderá-la para uma visita mais demorada. Muitos limitam-se a visitar Peso da Régua para pedir recomendações para as quintas do Douro.

Visitar Peso da Régua: roteiro com o que ver e fazerNão negamos que Peso da Régua é a base ideal para quem deseja visitar conhecer a região do Douro Vinhateiro, fazer uma prova de vinhos, embarcar num prazenteiro cruzeiro pelo Douro ou numa viagem ao passado a bordo do Comboio Histórico do Douro, da Régua ao Tua. O que lhe queremos provar neste artigo é que a cidade merece o seu tempo e o seu olhar atento. Há um charme escondido em pequenos detalhes e, se como nós, lhe der uma oportunidade, verá que será mais surpreendido do que esperava.

Ecopista Ribeirinha – Roteiro para visitar Peso da Régua

Quando chegar, será logo atraído pela agradável e extensa frente ribeirinha. Depressa será abordado para se juntar a um dos famosos passeios de barco no Douro. Esteja de orelha em pé para ouvir o pregão “Olh’ó rebuçado!” e não deixe escapar a oportunidade de ir degustando a guloseima dos Rebuçados da Régua enquanto se passeia, tradição a cumprir por quem visita esta região. Se quiser ir mais além e conhecer a diversidade da flora e fauna do Douro, reserve tempo para conhecer a Ecopista Ribeirinha.

O Museu do Douro é de visita obrigatórias. Dedicado à cultura (sim, vinho é cultura!) e à história do vinho nesta região. A exposição permanente “Douro: Matéria e Espírito” é uma síntese temporal e geográfica da Região Demarcada do Douro (RDD) bem conseguida. Entre o restaurante A Companhia, a Loja, a biblioteca e o Centro de Conservação e Restauro, confessamos que foi a esplanada do Wine Bar, com vistas para o rio, que mais tempo nos tomou, em jeito de celebração. Celebre também a cultura do vinho explorando as suas qualidades sensoriais – observe, cheire e deguste.

Do património da cidade merecem destaque a Biblioteca Municipal, o edifício da antiga Câmara Municipal, o Monumento aos Aviadores Gago Coutinho e Sacadura Cabral, a Casa do Asilo defronte do painel de azulejos modernista A Linha do Douro, ambos na Rua José Vasques Osório, e a Capela do Cruzeiro subindo pela Rua João de Lemos para ver os painéis de azulejo português com cenas da vinha e do vinho do Douro.

Subimos à Igreja Matriz de Peso da Régua, situada na parte mais alta da cidade, bem conservada e onde se realizam a maior parte das cerimónias religiosas mais tradicionais e emblemáticas da cidade. Vale a pena deambular pelo bairro em redor. Foi aqui que descobrimos aquele que designámos de “centro histórico” com detalhes arquitetónicos que nos remeteram para uma Régua de outros tempos, com os solares e as casas brasonadas permeando o casario típico da região.

Cais da Régua

Ao visitar a Régua e assim que a hora do almoço se aproxime, tome a promenade da Avenida João Franco. Vá mirando as cartas nas montras destes restaurantes que mais parecem um “red-light-district” do pecado da gula. E a tentação estende-se ainda pela Rua do Marquês de Pombal e pela Rua dos Camilos. Para agravar ainda mais este estado pecaminoso, juntam-se algumas das melhores experiências gastronómicas da cidade no espaço recuperado do Cais de Mercadorias da Refer. “Comer Douro, beber Douro” é aqui, onde o melhor de região se serve no prato e no copo. No fim, junte o útil ao agradável e desça ao Cais da Régua para passear: desmói a barrigada e enche o olho com as vistas sobre o rio Douro.

Ponte Pedonal sobre o rio Douro – Roteiro para visitar Peso da Régua

Se há lugar que nos atrai como um imane na Régua, é a Ponte Pedonal que nos permite passear por cima do rio Douro. A antiga ponte ferroviária foi convertida numa agradável ponte pedonal, e nenhuma visita a Peso da Régua fica completa sem atravessar a icónica ponte de ferro – irresistível para os amantes da fotografia, dos entusiastas aos profissionais, e para si que quer “aquele” ponto fotogénico da Régua para adicionar ao seu álbum de memórias de viagens ou meter inveja aos amigos no instagram.

Peso da Régua vista da antiga ponte ferroviária

Peso da Régua: mapa dos principais pontos de interesse turístico


Clique no canto superior direito para aumentar o mapa do roteiro para visitar Peso da Régua.

O que ver e fazer perto de Peso da Régua?

Como dissemos anteriormente, Peso da Régua é uma base excelente para descobrir outras maravilhas da região. E não faltam maravilhas por estas bandas! Peso da Régua é uma porta aberta para o Douro Vinhateiro, mas também para a remota região de Trás-os-Montes com todos os seus segredos. Pegue, então, no carro e siga as nossas sugestões.

Miradouro São Leonardo de Galafura

Suba ao Miradouro São Leonardo de Galafura. Situado a 640 metros de altura, nas imediações da aldeia de Covelinhas, este miradouro vai brindá-lo com uma das vistas panorâmicas mais esmagadoras de todo o Douro Vinhateiro. Observar o rio Douro a serpentear os montes tatuados de socalcos, de um lado, e a imponente Serra do Marão, do outro, é deveras inspirador. Que o diga Miguel Torga, que o descreve como ninguém na sua obra “Diário XII”.

O Doiro sublimado (…) Não é um panorama que os olhos contemplam: é um excesso de natureza (…) Um poema geológico. A beleza absoluta. Miguel Torga in “Diário XII”

Se andar pelo Miradouro da Galafura pela hora de almoço, junte o útil ao agradável e espreite as nossas sugestões de restaurantes para comer em Peso da Régua mais abaixo no artigo. Para os caçadores de miradouros, Peso da Régua tem ainda os miradouros de Santo António, do Vale da Cunca, e do Monte Raso para satisfazer o seu apetite por horizontes deslumbrantes.

Vilarinho dos Freires

Se nas suas viagens gosta de conhecer o património histórico-etnográfico, as aldeias de Vilarinho dos Freires e Poiares podem ser do seu interesse. Vilarinho dos Freires é uma das freguesias mais antigas do concelho do Peso da Régua, sendo anterior à fundação da própria nacionalidade portuguesa. Já Poiares foi a moeda de pagamento do espetáculo de arremedilho dos dois maiores jograis do século XII, Bonamis e seu irmão Acompaniado, os dois atores mais antigos portugueses. Uma verdadeira viagem no tempo, a região prova que tem ocupação humana há milénios, como se pode descobrir na Estação Arqueológica do Alto da Fonte do Milho.

A Régua, cidade, é um centro comercial de bons vinhos, do Douro e do Porto, produzidos ali mesmo na região. Os melhores néctares marcam presença nas lojas dos produtores ou em garrafeiras que são autênticos tesouros de Baco. Contudo, nada bate a experiência de ir “beber da fonte”. Para tal, impõe-se uma visita a uma das quintas do Douro e despertar o enólogo que há em si. É bom que leve algumas quintas já “em carteira” antes de visitar Peso da Régua, senão passe pela Loja Interactiva de Turismo que ser-lhe-ão dadas referências de alguns bons produtores reguenses.

Dica VagaMundos: se quiser aliar um passeio de barco pelo Douro, num típico barco Rabelo, com uma visita a duas Quintas do Douro Vinhateiro (com provas de vinhos incluídas), sugerimos que espreite este tour de um dia do GetYourGuide. Para além do referido incluí ainda pick-up no hotel e almoço com opções vegetarianas. A relação qualidade preço é estupenda!

Parque Termal das Caldas de Moledo

O Parque Termal das Caldas de Moledo era onde a aristocracia fazia férias em tempos idos e não lhes faltava nada. As propriedades termais das águas desta quinta levaram à construção da estância balnear termal com hotéis de luxo, talho e farmácia, telégrafo e estação ferroviária. Nem um casino faltava. Longe dos seus tempos áureos, as Termas de Moledo ainda conseguem cativar a atenção enquanto lhe adivinhamos o charme de outros tempos.

Barragem/Eclusa de Peso da Régua

Atravesse o Douro para ver a Régua da margem sul. Siga viagem até à Barragem/Eclusa de Peso da Régua. Esta barragem tem um desnível de mais de 25 metros, e pela sua eclusa passam os famosos cruzeiros do Douro que navegam entre Peso da Régua e Pinhão. Existe um parque de estacionamento onde pode parquear sem custos e observar os cruzeiros a passar pela eclusa, uma espécie de elevador de água que permite a navegabilidade do Douro transpondo as barragens.

Pinhão

Para fechar, sugerimos um pulinho a Pinhão. Mas tem que ser pela N222. O troço entre Peso da Régua e Pinhão valeu-lhe o título da estrada mais bonita do mundo. São apenas 27 quilómetros, mas terá pela frente nada mais, nada menos do que 93 curvas, sempre com o Douro a fazer-lhe companhia.

Mapa dos principais pontos de interesse turístico a visitar perto de Peso da Régua


Clique no canto superior direito para aumentar o mapa dos principais pontos de interesse turístico a visitar perto de Peso da Régua.

Restaurantes onde comer?

Tasca da Quinta

Se estamos em Peso da Régua pela hora de almoço, não dispensamos ir comer à Tasca da Quinta. O espaço é pequeno em tamanho (convém reservar), mas grande em sabores. O menu é todo ele à base de petiscos, o que permite experimentar uma série de pratos diferentes da região. Os nossos favoritos são a Alheira à Brás, as Costeletinhas em Vinha-d’alhos e a Feijoada de Cogumelos. Nos doces, nada bate o Bolo de Laranja e Amêndoa com Chocolate.

Rua Marquês de Pombal, 42, Peso da Régua (+351) 918 754 102

Castas e Pratos

Deram nova vida ao Cais de Mercadorias da Refer e foram os impulsionadores da nova gastronomia da cidade. Não fossem os donos visionários por trás desta casa cuja qualidade da taparia/garrafeira original fez tudo evoluir para um restaurante dos mais conceituados, e Peso da Régua ainda viveria a pensar que a sua maior riqueza estava só nos vinhos.

Rua José Vasques Osório, Peso da Régua (+351) 254 323 290

Cacho d’Oiro

Pratos de qualidade numa casa com anos de tradição. É elogiado pela boa ementa, pelo ambiente da sala e pelo atendimento. Com a fama que granjeia, a clientela é numerosa, portanto, prepare-se para esperar para degustar as suas especialidades reginais, uma a cada dia. Sobressaem o cabrito assado, o bacalhau com broa e o polvo no forno. A sala ampla e o conforto de bom gosto convidam a celebrar a vida com um dos muitos bons néctares da carta de vinhos.

Rua Branca Martinho, Peso da Régua (+351) 254 321 455

Restaurante Tio Manel

Porta dentro, o Ti Manel desdobra-se em atenções para nos receber “em casa”. Restaurante simples, familiar e tradicional com um atendimento personalizado. As porções são generosas e os preços muito justos. A tábua de queijos e enchidos para entrada é um bom começo. Aqui o elogio vai direto para o bacalhau na grelha e para a feijoada à transmontana. Com tanto paladar, nem nos importamos que a carta de vinhos seja curta: poucos, mas bons.

R. da Ferreirinha 32, Peso da Régua (+351) 254 314 594

Restaurante São Leonardo

Um restaurante bem a moda tradicional, sem floreados, que cozinha um excelente cabrito no forno com um sabor inconfundível. A ementa apresenta ainda mais alguns pratos de cozinha tradicional. Uma seleção de vinhos da região com alguns trunfos, mas se optar pelo vinho da casa também vai bem servido. Um terraço com uma vista esplêndida para o Douro é o mais deleitável dos pratos servidos no São Leonardo, que pede o nome emprestado ao afamado miradouro da Galafura, seu vizinho.

Monte de S.Leonardo, Largo Dr.Francisco Sá Carneiro, Galafura (+351)254 920 839

Outros Roteiros do Norte de Portugal

Arcos de Valdevez | BarcelosBragaChaves | Douro Vinhateiro | Gerês | GuimarãesLamego | Macedo de CavaleirosMelgaçoMontalegre | Pinhão | Ponte da BarcaPonte de LimaPortoPasseios Perto do PortoSerra da FreitaViana do Castelo

Prepare a sua próxima Viagem

Reserve o seu alojamento através do Booking.com. É onde encontramos sempre as melhores promoções e permite cancelar a reserva sem custos.

No GetYourGuide e na Civitatis encontra sempre os melhores tours locais e pode ainda reservar o seu transfer do aeroporto e saltar as filas comprando antecipadamente as entradas para os principais monumentos.

Jogue pelo seguro e faça um seguro de viagem na World Nomads ou na IATI Seguros. São ambas agências 100% especializadas em viagens e apresentam sempre os melhores rácios custo-benefício do mercado. Se optar pela IATI use o nosso link e terá um desconto de 5% por ser nosso leitor.

Anda à procura de voos baratos? Então utilize o Skyscanner para encontrar as melhores tarifas aéreas do mercado

Se precisa de alugar um carro para a sua próxima viagem recomendamos que utilize o Rentalcars. Permite comparar os preços de dezenas de empresas de rent-a-car e é possível cancelar o aluguer sem custos até 48h antes da partida.

Esta página contem links afiliados. Só recomendamos marcas que utilizamos e confiamos a 100%. Se efectuar as suas reservas através desses links recebemos uma pequena comissão. Dessa forma está a ajudar o blog "VagaMundos" a manter-se vivo. E o melhor de tudo é que você não paga mais por isso. Muito Obrigado!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.