Plasencia e Vale do Jerte: o que visitar e fazer | Roteiro

Plasencia e Vale do Jerte: o que visitar e fazer | Roteiro

Visitar Plasencia e o Vale do Jerte é conhecer uma face completamente distinta da Extremadura. Aqui as extensas planícies e montados, que usualmente se associam a esta região de Espanha, dão lugar a majestosas montanhas que abraçam um vale encantado onde se escondem lagoas e cascatas idílicas e mais de dois milhões de cerejeiras cujas flores, na primavera, o pintam de branco criando um quadro paisagístico simplesmente mágico. E para compor o ramalhete há ainda um riquíssimo património histórico para explorar em Plasencia, que foi outrora a capital da Extremadura.

Plasencia e Vale do Jerte: o que visitar e fazer | Roteiro
Garganta Nogaledas – Roteiro para visitar Plasencia e Vale do Jerte

Para que não perca pitada do muito que a região de Plasencia tem para lhe oferecer, neste artigo partilhamos consigo um roteiro com o que ver e fazer em Plasencia e Vale do Jerte (e arredores), com os locais verdadeiramente imperdíveis, os melhores trilhos, os miradouros mais arrebatadores e as cascatas mais apaixonantes. E, claro, encontra também as nossas habituais dicas VagaMundos, sugestões de alojamentos e restaurantes, e um mapa orientador para @ ajudar a descobrir os muitos encantos de Plasencia e Vale do Jerte, um dos melhores destinos de Espanha perto de Portugal.

Plasencia e Vale do Jerte: o que visitar e fazer | Roteiro
Cerejeiras em flor no Vale do Jerte
Na preparação da sua viagem para visitar Plasencia e o Vale do Jerte, não deixe de ler também o nosso guia e roteiro para visitar a Extremadura.

Onde fica e como chegar a Plasencia e Vale do Jerte?

Plasencia e Vale do Jerte: o que visitar e fazer | Roteiro
Plaza Mayor – Roteiro para visitar Plasencia e Vale do Jerte

Plasencia e o Vale do Jerte pertencem à província espanhola de Cáceres que, por sua vez, integra a comunidade autónoma da Extremadura. Situada no norte da província de Cáceres, a região de Plasencia faz fronteira com Portugal, mais concretamente com a região da Beira Baixa. Para que fique com uma ideia da proximidade, Plasencia dista de somente 80 km da fronteira com Portugal e de sensivelmente 150 km de Castelo Branco.

Se vai visitar Plasencia e o Vale do Jerte a partir de Portugal, a forma mais prática e rápida de chegar é de carro próprio. A distância Lisboa – Plasencia é de cerca de 400 km via Badajoz, e de cerca de 380 km do Porto via Vilar Formoso.

Quando visitar Plasencia e Vale do Jerte?

Plasencia e Vale do Jerte: o que visitar e fazer | Roteiro
Plaza de San Nicolás – Roteiro para visitar Plasencia e Vale do Jerte

Em nossa opinião a melhor época do ano para visitar Plasencia e Vale do Jerte é durante a primavera e o outono. As temperaturas amenas tornam ambas as estações perfeitas para explorar a cidade de Plasencia e os pueblos do Vale do Jerte, e, sobretudo, para usufruir do imenso potencial de atividades outdoor que a região oferece.

Plasencia e Vale do Jerte: o que visitar e fazer | Roteiro
Cascatas do Vale de Jerte

Na primavera, os cursos de água exibem-se em todo o seu esplendor. Se for logo no início da estação (entre o final de março e o início de abril), tem ainda o bónus de assistir ao espetáculo natural que são as cerejeiras em flor, que pincelam o vale de branco criando um cenário de cair de amores. Já no outono, os carvalhos e amieiros do Vale do Jerte criam uma palete de tons quentes outonais simplesmente divinal.

Plasencia e Vale do Jerte: o que visitar e fazer | Roteiro
Cerejeiras em flor, uma das melhores alturas para visitar Plasencia

O calor do verão de Plasencia e Vale do Jerte é inclemente, principalmente em julho e agosto com temperaturas bem acima dos 30ºC. Se visitar Plasencia nesta estação, vai facilmente perceber porque é que os nossos vizinhos gostam tanto da siesta. Logo, sugerimos que faça como os locais e concentre as suas atividades nas horas de menor calor e que aproveite as lagoas do Vale do Jerte para dar um refrescante “chapuzón”.

Plasencia e Vale do Jerte: o que visitar e fazer | Roteiro
Garganta de los Infiernos – Roteiro para visitar Plasencia e Vale do Jerte

Já os invernos são precisamente a face oposta da moeda, ou seja, frios. Nas montanhas que rodeiam o Vale do Jerte neva com relativa frequência. Ainda assim, nada que seja insuportável. Portanto, não descarte esta época do ano para visitar Plasencia e o Vale do Jerte. Para ter uma ideia, não difere muito do frio que encontra na região da Serra da Estrela.

Quantos dias para visitar Plasencia e Vale do Jerte?

Plasencia e Vale do Jerte: o que visitar e fazer | Roteiro
Ruelas de Plasencia

Na nossa opinião, 3 dias ou 4 dias a visitar Plasencia e Vale do Jerte permitem desfrutar do roteiro perfeito. Além de poder conhecer, sem pressas, os lugares históricos mais importantes de Plasencia, terá tempo para percorrer os trilhos mais emblemáticos do Vale do Jerte e conhecer as suas mais belas cascatas e lagoas.

Cascata del Caozo – Roteiro para visitar Plasencia e Vale do Jerte

Se tiver uma semana para visitar Plasencia e Vale do Jerte, tanto melhor. Assim já terá tempo para partir à descoberta de lugares surpreendentes perto de Plasencia, como sejam as Ruínas Romanas de Cáparra, a vila medieval Granadilla, o Meandro de Melero ou o Parque Nacional de Monfragüe. No final do artigo apresentamos algumas sugestões nesse sentido e damos dicas extras do que ver e fazer perto de Plasencia e Vale do Jerte.

Parque Nacional de Monfragüe

Caso só tenha um par de dias para visitar Plasencia e o Vale do Jerte recomendamos que foque a sua visita na cidade de Plasencia e na Reserva Natural Garganta de los Infiernos, o maior cartão postal da região.

Onde ficar em Plasencia e Vale do Jerte? Sugestões de alojamento

Palacio Carvajal Girón, um dos melhores alojamentos onde ficar em Plasencia

A oferta de alojamento em Plasencia e Vale do Jerte é bastante variada, desde hotéis económicos com todas as comodidades para uma noite de estada, ao luxo duma pousada, passando pela modernidade dum alojamento local citadino ou pela tranquilidade e privacidade dum Turismo Rural em casas típicas.

Abaixo encontra os nossos alojamentos favoritos em Plasencia e no Vale do Jerte, todos eles com uma estupenda relação qualidade/preço.

Exe Alfonso VIII

Senhorial, clássico e elegante, o Exe Alfonso VIII apresenta 55 quartos apreciados especialmente pelas dimensões, a qualidade das camas, a simpatia e afabilidade dos funcionários e a localização invejável em pleno centro histórico de Plasencia. Pode optar pela tarifa com ou sem pequeno-almoço. Elogiado também pelo restaurante com um menu de qualidade. Tem estacionamento privado mediante um custo extra, mas encontra estacionamento gratuito na zona.

Parador de Plasencia

Mantendo a arquitetura impressionante e original do Convento de Santo Domingo, incluindo corredores espaçosos, arcos e pátios, o Parador de Plasencia apresenta o luxo e a qualidade de serviço por que são conhecidos os Paradores de Espanha. As linhas clássicas harmonizam-se com a identidade do edifício do século XV, sem beliscar minimamente as comodidades modernas para satisfação do hóspede mais exigente.

Palacio Carvajal Girón

No coração da Antiga Judiaria e muito próximo da Catedral de Plasencia, o Palacio Carvajal Girón é para quem busca algo diferente. Também ocupa um edifício histórico, mas as linhas minimalistas com detalhes de requinte conferem-lhe um ambiente mais intimista. Destaca-se ainda pelo terraço com vistas para a catedral, o restaurante com opções sem glúten e as duas piscinas sazonais. Vale a pena pagar pelo pequeno almoço que é fabuloso. O único “senão” é o preço do estacionamento.

Hospedería Valle del Jerte

A Hospedería Valle del Jerte ocupa um antigo edifício de curtumes, que no século XX foi convertido num lagar de azeite. Agora é um impressionante hotel de 4 estrelas! O cuidadoso restauro combina uma grande parte da sua estrutura original com a elegância e modernidade das suas novas instalações. A cafetaria, a sala de eventos e o restaurante, juntamente com as áreas ajardinadas e a espetacular piscina de beiral infinito, fazem deste hotel o local ideal para desfrutar do vale e dos seus arredores.

Glamping El Regajo Valle del Jerte

Na nossa última escapadinha a Plasencia, ficamos alojados no Glamping El Regajo, um paraíso no Vale do Jerte, ideal para uma escapadinha romântica. Os tradicionais chozos foram transformados em encantadoras cabanas panorâmicas habitadas por design irrepreensível. Oferecem um refúgio perfeito de bem-estar e de glamour combinado com a natureza. Nelas, tem tudo pronto para desfrutar ao máximo: pequeno-almoço, jacuzzi, terraço privado, tranquilidade e um céu de estrelas!

Clique para ver mais opções de alojamento em Plasencia e Vale do Jerte

O que ver e fazer na cidade de Plasencia? Locais a visitar e experiências a não perder

Plasencia e Vale do Jerte: o que visitar e fazer | Roteiro
Catedral Velha e a Catedral Nova de Plasencia

Na cidade de Plasencia tem à sua espera um dos centros históricos mais encantadores da Extremadura. Passear pelas ruas e ruelas empedradas do Casco Viejo de Plasencia, ladeadas de solares, palácios e catedrais, faz qualquer um apaixonar-se pela outrora capital da Extremadura.

Os locais de visita obrigatória e as experiências a não perder em Plasencia são as seguintes:

  • Visitar a Catedral Velha e a Catedral Nova de Plasencia que se encontram “coladas” uma à outra dando a ilusão de serem uma só. A Catedral Velha remonta ao século XIII e apresenta um estilo românico/gótico. No seu interior destacamos o claustro e o retábulo em estilo português. Já a sua irmã mais nova remonta ao século XV e é uma autêntica obra prima do gótico, sendo considerada o templo religioso mais sumptuoso da Extremadura. Os seus maiores tesouros são a Puerta del Enlosado, as Abóbodas Cruzadas e o Retábulo da Capela Maior. São paragem obrigatória num roteiro a visitar Plasencia!
  • Apreciar a arquitetura medieval/renascentista da Casa del Deán, também conhecida como Palácio Paniagua. Nela viveram alguns dos diáconos das catedrais de Plasencia.
  • Atravessar a Porta do Sol, a mais monumental de todas as portas da muralha que dão acesso à cidade velha de Plasencia. Do lado de fora irá encontrar a Estátua Equestre do Rei Afonso VIII, o fundador de Plasencia.
  • Subir à Torre Lucía, que atualmente acolhe o Centro de Interpretação da Fortaleza e da Cidade Medieval de Plasencia.
  • Plaza Mayor de Plasencia, o lugar perfeito para parar, descansar, tomar uma bebida e comer umas boas tapas numa das esplanadas dos muitos cafés/restaurantes da praça.
  • Ayuntamiento de Plasencia, o edifício mais vistoso da Plaza Mayor, de estilo gótico renascentista. Na torre do relógio vive o “avô Mayorga”, que toca os sinos de hora em hora.
  • Visitar o Palácio Monroy, também conhecido pelo nome de Casa das Duas Torres, apesar do terramoto de Lisboa o ter deixado eternamente órfão de uma delas. O palácio data do século XIV, o que faz dele o mais antigo de Plasencia.
  • Plaza de San Nicolás uma das praças mais bonitas de Plasencia, onde se encontra o renascentista Palácio do Marquês de Mirabel, construído pelos Duques de Plasencia no século XV.
  • Visitar a Igreja Românica de San Nicolás, que data do século XIII.
  • Deambular pelas ruas e ruelas do antigo bairro judeu que fica situado ao redor da Plaza de San Nicolás.
  • Plaza de San Vicente Ferrer, uma formosa praça retangular ladeada por laranjeiras com uma escadaria no centro onde se encontra a Igreja de San Vicente Ferrer. Aqui encontra também o antigo Convento de Santo Domingo, também conhecido pelo nome de Convento de San Vicente Ferrer. Presentemente o complexo conventual alberga o luxuoso Parador de Plasencia.
  • Visitar as Igrejas de San Martín e San Salvador e as ruínas da Igreja de la Magdalena.
  • Passear pelos jardins exteriores das imponentes muralhas de Plasencia, desde a Porta de Berrozanas à Porta de Trujillo que alberga a Ermita de la Salud. Pelo caminho irá passar também pela modesta Porta de Coria.
  • Ir admirar o Aqueduto Medieval, com os seus impressionantes 300 metros de comprimento e 55 arcos preservados. Aproveite para fazer um passeio pelo vizinho Parque de los Pinos.
  • Dar um passeio pelo Parque da Ilha junto ao rio Jerte. Se visitar Plasencia no verão, aproveite para ir a banhos na sua praia fluvial.
Plasencia e Vale do Jerte: o que visitar e fazer | Roteiro
Catedral Nova de Plasencia
Ayuntamiento de Plasencia
Dica VagaMundos: uma das melhores maneiras de iniciar uma visita a Plasencia é fazendo um walking tour. É uma excelente introdução à cidade. Se a língua espanhola não for entrave para si, espreite este super bem cotado Free Walking Tour da Civitatis. Não tem preço fixo, mas os guias vivem das gratificações dadas consoante a satisfação do cliente.

O que ver e fazer no Vale do Jerte? Locais a visitar e experiências a não perder

Plasencia e Vale do Jerte: o que visitar e fazer | RoteiroDepois de visitar Plasencia, pegue no carro e parta à descoberta dos muitos encantos do Vale do Jerte. Imagine cascatas e lagoas paradisíacas, formações rochosas majestosas, pueblos castiços, altaneiros miradouros e um sem número de soberbos trilhos pedestres e fica com uma ideia do tanto que este vale encantado lhe reserva.

Abaixo encontra os locais e experiências que consideramos verdadeiramente imperdíveis num roteiro para visitar o Vale do Jerte:

Reserva Natural Garganta de los Infiernos

Plasencia e Vale do Jerte: o que visitar e fazer | RoteiroVisitar o Vale do Jerte é quase sinónimo de visitar a Reserva Natural Garganta de los Infiernos, onde se encontram as maravilhosas piscinas naturais Los Pilones, também conhecidas pelo nome de Marmitas de Gigante. Como as piscinas naturais Los Pilones estão inseridas num parque natural, a única maneira de as visitar é mesmo a pé, tendo sido criados dois percursos pedestres para o efeito.

Ambos arrancam junto do Centro de Interpretação da Garganta de los Infiernos, sendo que o trilho principal é circular e tem cerca de 16 km de extensão. É um percurso muito bonito que atravessa o interior da reserva natural e permite contemplar paisagens e recantos apaixonantes da Reserva Natural Garganta de los Infiernos. Para quem vai com mais tempo e gosta de caminhadas, é uma excelente opção.

Não sendo o seu caso, sugerimos que opte antes por percorrer a versão curta do trilho, criada precisamente para quem tem menos tempo disponível e só pretende conhecer as Piscinas Naturais Los Pilones. Neste caso só terá de percorrer pouco mais de 6 km (ida e volta por percurso linear). Na ida é quase sempre a subir (tirando a parte final em que irá descer até aos poços naturais), mas ainda assim faz-se bem e tecnicamente não apresenta qualquer tipo de dificuldades. Se visitar Plasencia e o Vale do Jerte num dia quente de verão, não se esqueça do fato de banho, pois as piscinas naturais Los Pilones são simplesmente irresistíveis.

Trilho das Cascatas da Garganta Nogaledas

Plasencia e Vale do Jerte: o que visitar e fazer | RoteiroSe gosta de caminhadas, nem pestaneje na hora de adicionar o Trilho das Cascatas da Garganta Nogaledas ao seu roteiro para visitar Plasencia e o Vale do Jerte.

O trilho desenvolve-se nas imediações do pueblo Navaconcejo e vai levá-l@ a conhecer duas mãos cheias de idílicas cascatas, cada uma mais bela que a outra. Se o percorrer na época das cerejeiras em flor (entre o final de março e o início de abril), terá o bónus de poder ver o Vale do Jerte completamente pincelado de branco, pois uma parte do percurso é feito pelos campos de cerejeiras.

Clique aqui para ler mais informações sobre o Trilho das Cascatas da Garganta Nogaledas e descarregar o track GPS para levar no seu smartphone.

Cascata del Caozo (Cascata Bonal)

Plasencia e Vale do Jerte: o que visitar e fazer | RoteiroA Cascada del Caozo (também conhecida pelo nome de Cascata Bonal) é outro dos tesouros naturais que não pode deixar de incluir no seu roteiro para visitar Plasencia e o Vale do Jerte.

Geralmente, para se desfrutar destes tesouros naturais é o cabo dos trabalhos, mas no caso da Cascada del Caozo é “canja”, pois é possível ir de carro praticamente até à cascata. Apenas terá de percorrer a pé alguns metros, desde o estacionamento até ao passadiço de metal de onde é possível ver a cascata bem de perto e tirar a selfie para decorar o seu mural do Instagram.

Pueblos mais bonitos do Vale do Jerte

O Vale do Jerte conta com um total de 11 castiços pueblos. Apesar de todos serem meritórios de visita, os que mais nos encheram as medidas, e que recomendamos que inclua no seu roteiro para visitar Plasencia e o Vale do Jerte, são os seguintes:

Cabezuela del Valle

Cabezuela del Valle é considerado o pueblo medieval mais bonito do Vale do Jerte, tendo inclusivamente sido declarada Conjunto Histórico Artístico por possuir o maior número de casas construídas com a arquitetura tradicional da região.

Casa abrasonada na Calle el Hondón

Deambule pelas íngremes e labirínticas ruelas da antiga judiaria não deixando de passar pela Calle el Hondón, a rua onde irá encontrar o maior conjunto de casas tradicionais, muitas delas com brasões e anagramas de famílias nobres esculpidos nas suas varandas e fachadas e o Museu da Cereja do Vale do Jerte.

Igreja de San Miguel Arcángel – Roteiro para visitar Plasencia e Vale do Jerte

Praticamente ao lado irá encontrar a Igreja de San Miguel Arcángel, construída no século XV sobre a antiga sinagoga, e a bonita Plaza del Portal Nuevo.

Tornavacas

Ayuntamiento

Tornavacas está localizada no extremo norte do Vale do Jerte sendo atravessada pelo rio homónimo. A sua rua principal possui várias pontes que unem as duas margens do pueblo sendo que as mais importantes são a ponte medieval Puente Cimero e a Puentecilla, que data do século XVIII.

Ponte Medieval

Estas pontes ligam as ruas mais históricas de Tornavacas, nomeadamente a Real de Arriba, a Real de Enmedio e a Real de Abajo. É nelas que se encontram a maioria das casas nobres do pueblo sendo com destaque para a Casa de Carlos V, onde o Imperador do Sacro-Império Germânico se hospedou durante a sua passagem pelo Vale do Jerte.

Igreja de Nossa Senhora da Assunção

No que a património diz respeito, os nossos destaques vão para o edifício do Ayuntamiento, situado na Plaza Mayor, e para a Igreja Barroca de Nossa Senhora da Assunção.

Piornal

Piornal é o pueblo situado a maior altitude de toda a Extremadura (1.175 metros), mas não foi isso que nos levou a incluí-lo no nosso roteiro para visitar Plasencia e o Vale do Jerte. Foram, sim, as suas lindas fontes e a sua sui generis arte urbana que, cobre largas dezenas de fachadas de zinco, transformando a pequena aldeia num autêntico museu a céu aberto.

A outra atração de Piornal é El Jarramplas, uma das festas mais curiosas de Espanha que ocorre anualmente em janeiro. Nela, o El Jarramplas, uma espécie de careto com aspeto demoníaco, é bombardeado pela população durante dois dias com várias toneladas de nabos. Sim, leu bem! Por todo o pueblo irá encontrar referências à peculiar festa, entre elas um mural e uma estátua. Para saber mais sobre esta tradição sugerimos que visite o museu.

Melhores miradouros do Vale do Jerte

Mirador del Castillo – Roteiro para visitar Plasencia e Vale do Jerte

Um roteiro para visitar o Vale do Jerte tem forçosamente de incluir uma visita aos seus fantásticos miradouros. A oferta é mais que muita, sendo que o difícil mesmo é escolher. Para lhe dar uma ajuda na seleção vamos partilhar consigo os nossos miradouros do Vale do Jerte favoritos. Prometemos que, em todos eles, será brindado com paisagens de fazer cair o queixo!

Mirador Balcón del Valle

Mirador Balcón del Valle: fica situado nas imediações de Piornal e, para além das visitas de cortar a respiração sobre o Vale do Jerte, irá encontrar várias cabanas tradicionais reconstruídas, que outrora serviam de abrigo para os pastores.

Mirador da Memória: fica localizado perto de El Torno e destaca-se pelas intrigantes esculturas em memória das vítimas da Guerra Civil Espanhola e da Ditadura.

Mirador Puerto de Tornavacas: fica situado a 1275 metros de altitude no extremo oriental do Vale do Jerte, na fronteira entre a Extremadura e Castela e Leão. É uma autêntica varanda para o Vale do Jerte!

Mirador del Castillo: um vertiginoso passadiço de aço suspenso situado a 870 metros de altura perto do pueblo de Cabezabellosa. É o miradouro mais instagramável do Vale do Jerte!

O que visitar perto de Plasencia e Vale do Jerte (para umas férias perfeitas)?

Quando for visitar Plasencia e o Vale do Jerte, aproveite para conhecer outros encantos da região da Extremadura. Até porque bem pertinho de Plasencia encontra várias mãos cheias de locais de interesse para visitar. Abaixo encontra os nossos favoritos.

Parque Nacional de Monfragüe

Castelo de Monfragüe

O Parque Nacional de Monfragüe é um dos melhores locais que pode visitar perto de Plasencia, sobretudo se for um amante de natureza. O seu ex-libris é o Miradouro do Salto del Gitano, de onde se têm as melhores vistas sobre o colossal maciço rochoso que emerge das águas do rio Tejo até atingir 300 metros de altura. Para além do maravilhoso quadro paisagístico, este é um dos pontos privilegiados para observar os famosos abutres-negros e grifos, visto que eles adoram sobrevoar o enorme pico.

O outro grande destaque do parque vai para as ruínas do Castelo de Monfragüe, idilicamente construído no topo de uma empinada montanha. Custa a subir, mas, como recompensa, irá ser brindad@ com esmagadoras vistas panorâmicas 360º sobre o Parque Nacional de Monfragüe.

Dica VagaMundos: se gosta de navegar, não deixe de fazer um cruzeiro de barco pelas plácidas águas do Tejo para poder ver o Parque Nacional de Monfragüe duma perspetiva diferente. Nós reservámos este passeio de barco através da Civitatis (clique para ver) e gostamos bastante da relação qualidade preço.

Ruínas Romanas de Cáparra

Outro dos locais que recomendamos visitar perto de Plasencia são as Ruínas Romanas de Cáparra, uma antiga cidade romana atravessada pela estrada romana Via de La Plata, presentemente uma das rotas mais percorridas do Caminho de Santiago. O seu ex-libris é um Arco Tetrapilone (quatro portas) ímpar na Península Ibérica.

Granadilla, a vila medieval abandonada de Plasencia

Plasencia e Vale do Jerte: o que visitar e fazer | RoteiroA vila medieval de Granadilla é outro dos locais imperdíveis a visitar perto de Plasencia, sendo considerado por muitos o pueblo abandonado mais bonito de toda a Espanha. A histórica Granadilla foi abandonada em 1955 devido à construção da barragem Gabriel y Galán, que fez subir as águas do Jerte quase até às portas da vila muralhada.

Plasencia e Vale do Jerte: o que visitar e fazer | RoteiroFelizmente, Granadilla não ficou submersa e hoje é uma vila-museu que permite ao visitante viajar no tempo ao calcorrear as ruelas empedradas da vila-fortaleza. Para além da incontornável visita ao imponente castelo de Granadilla, não deixe de fazer um passeio pelas muralhas e de visitar a Plaza Mayor e a Igreja da Assunção.

Plasencia e Vale do Jerte: o que visitar e fazer | RoteiroSe quiser esticar as pernas, pode ainda fazer um passeio pelas margens da albufeira Gabriel y Galán. Com um bocadinho de sorte até vê um gamo!

Hervás

Também a 40 km de Plasencia, Hervás é considerado um dos pueblos mais bonitos de Espanha. Fica idilicamente situada no Vale de Ambroz e as belas e estreitas ruelas do seu centro histórico, ladeadas por típico casario feito de adobe branco, foram declaradas Conjunto Histórico Artístico. Como se não bastasse, Hervás é conhecida por preservar um dos maiores bairros judeus de toda a Espanha.

Para além do incontornável passeio pela antiga judiaria (onde na fachada das casas irá encontrar nomes em hebraico, candelabros de sete braços e estrelas de David), não deixe de visitar a monumental Igreja Fortificada de Santa Maria de Águas Vivas, a Igreja de São João Batista e a Ponte Medieval Fuente Chiquita.

Meandro del Melero

Para fechar em beleza o seu roteiro a visitar Plasencia e Vale do Jerte, nada como rumar até às margens do rio Alagón, mais concretamente até ao Miradouro de La Antigua, situado mesmo no limite norte da Extremadura, a 70 km de Plasencia.

Deste fantástico miradouro será brindad@ com uma das mais belas paisagens da Península Ibérica: o Meandro del Melero. Aqui o rio Alagón, afluente do Tejo, forma uma deslumbrante curva tendo como pano de fundo a verdejante paisagem do Parque Natural Las Batuecas-Sierra de Francia. Um autêntico cartão postal desenhado pela meticulosa mão da mãe natureza.

Onde comer ao visitar Plasencia e Vale do Jerte? Melhores Restaurantes

Restaurante Succo
Calle de Las Vidrieras 7, Plasencia

Restaurante Casa Tomás
Av. Salamanca 12, Plasencia

Parada de la Reina
Calle Tornavacas 2, Plasencia

La Cabaña del Jerte
Av. Ramón y Cajal 17, Jerte

Venta Isabel
Av. Jose María Pizarro 28, Navaconcejo

Mapa do roteiro para visitar Plasencia e o Vale do Jerte


Clique no canto superior direito para aumentar o mapa do roteiro para visitar Plasencia e o Vale do Jerte.

Outros artigos de Espanha

Melhores Escapadinhas de Espanha | Melhores praias Sul de Espanha | Melhores praias da Galiza | Melhores Praias de CádizMelhores trilhos de EspanhaRoteiro da Andaluzia | Roteiro das Astúrias | Roteiro da Extremadura | Roteiro da Galiza | Roteiro de Maiorca | Roteiro do País Basco| Roteiro dos Picos da Europa | Roteiro dos Pueblos Blancos | Roteiro Sierra Nevada | Roteiro SomiedoRoteiro Tenerife | Parque Natural Arribes del Duero | Parque Natural Baixa Limia e Serra do Xurés | Ávila | Barcelona | Badajoz | Benidorm | Bilbao | Cáceres | Cádiz | Camino de HierroCórdoba | GibraltarGranadaIlhas Cíes | Ilha de OnsLago de Sanabria | Lalín | Madrid | Málaga | Mérida | OurensePalma de Maiorca | Pontevedra | Puebla de Sanabria | Ronda | Salamanca | San Sebastián | Santiago de Compostela | Segóvia | Sevilha | Toledo | ValênciaVigo | Zamora | Zaragoza

Prepare a sua próxima Viagem

Reserve o seu alojamento através do Booking.com. É onde encontramos sempre as melhores promoções e permite cancelar a reserva sem custos.

No GetYourGuide e na Civitatis encontra sempre as melhores atividades e tours locais e pode ainda reservar o seu transfer do aeroporto e saltar as filas comprando antecipadamente as entradas para os principais monumentos.

Jogue pelo seguro e faça um seguro de viagem na IATI Seguros. É uma agência 100% especializada em viagens e apresenta o melhor rácio custo-benefício do mercado, sendo que todos os seus seguros contam com excelentes coberturas COVID-19. Se utilizar o nosso link terá um desconto de 5% por ser nosso leitor.

Se precisa de alugar um carro para a sua próxima viagem recomendamos que utilize a AutoEurope. Permite comparar os preços de dezenas de empresas de rent-a-car e é possível cancelar o aluguer sem custos até 48h antes da partida.

Esta página contem links afiliados. Só recomendamos marcas que utilizamos e confiamos a 100%. Se efectuar as suas reservas através desses links recebemos uma pequena comissão. Dessa forma está a ajudar o VagaMundos a manter-se vivo. E o melhor de tudo é que você não paga mais por isso. Muito Obrigado!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.