Ponte de Sor e Montargil: o que visitar, ver e fazer

Ponte de Sor e Montargil: o que visitar, ver e fazer

Visitar Ponte de Sor e Montargil vai brindá-l@ com algumas das paisagens mais encantadoras do Alto Alentejo, desde o mar de sobreiros que debruam o montado ao plácido espelho de água da albufeira de Montargil. Ponto de passagem da milenar via romana que ligava Lisboa a Mérida, cuja ponte sobre a Ribeira de Sor lhe deu nome, o concelho de Ponte de Sor é hoje a porta de entrada da mítica Estrada Nacional N2 no Alentejo, e um destino estupendo para uma relaxante escapadinha, para contrariar o cansaço do trabalho, fugir da rotina e renovar energias.

Ponte de Sor e Montargil: o que visitar, ver e fazer

Para que não perca pitada do muito que o concelho de Ponte de Sor tem para lhe oferecer, neste artigo partilhamos consigo um roteiro com o que ver e fazer em Ponte de Sor e Montargil, e respetivos arredores. E, claro, encontra também as nossas habituais dicas VagaMundos, sugestões de alojamentos e restaurantes, e um mapa orientador para @ ajudar a descobrir os muitos encantos de Ponte de Sor e Montargil.

Ponte de Sor e Montargil: o que visitar, ver e fazer

 Na preparação da sua viagem para visitar Ponte de Sor e Montargil, sugerimos que leia também os seguintes artigos:

Onde ficam Ponte de Sor e Montargil

Ponte de Sor e Montargil: o que visitar, ver e fazer Ponte de Sor é uma cidade sede de município do distrito de Portalegre, na região do Alentejo e sub-região do Alto Alentejo Litoral. Já Montargil é um pitoresco vilarejo do concelho de Ponte de Sor, plantado nas margens da homónima albufeira.

Ponte de Sor dista de 60 km de Portalegre, 140 km de Lisboa e 275 km do Porto. Tem como concelhos vizinhos Abrantes, Alter do Chão, Avis, Chamusca, Coruche, Crato, Gavião e Mora.

Quando visitar Ponte de Sor e Montargil

Ponte de Sor e Montargil: o que visitar, ver e fazer
Maior mosaico do mundo feito com rolhas de cortiça

Na verdade, todas as estações são boas para uma escapadinha a Ponte de Sor e Montargil. A escolha da melhor época do ano para visitar Ponte de Sor e Montargil depende acima de tudo dos seus interesses e do tipo de atividades que pretende realizar.

Moinhos de Água de Tramaga – Roteiro para visitar Ponte de Sor e Montargil

Por exemplo, a primavera e o outono são estações perfeitas para os adeptos de caminhadas na natureza, entre os quais nos incluímos. Para mais, são duas estações muito coloridas no Alentejo, sendo que na primavera tem ainda a vantagem de poder ver a Ribeira de Ponte de Sor e a Albufeira de Montargil em todo o seu esplendor.

Ponte de Sor e Montargil: o que visitar, ver e fazer
Albufeira de Montargil

Contudo, para praticar desportos náuticos e dar uns mergulhos na Albufeira de Montargil nada bate o verão, que chega a ser tórrido nos meses de julho e agosto, altura em que por norma os termómetros superam os 30ºC, dia sim, dia sim.

Ponte de Sor e Montargil: o que visitar, ver e fazer
Ribeira de Sor no outono

No extremo oposto, os invernos são frios, havendo noites com temperaturas negativas, daquelas que convidam a serões de conversa patrocinados por um bom vinho e petiscos, com o abraço aconchegante e o som tranquilizante do crepitar numa lareira acesa.

Onde ficar a dormir em Ponte de Sor e Montargil? Sugestões de alojamento

Escolher bem onde ficar em Ponte de Sor e Montargil é meio caminho andado para uma escapadinha perfeita no Alentejo. Independentemente da sua preferência de categoria de alojamento, hotéis ou alojamentos de turismo rural, encontra qualidade a preços acessíveis.

Abaixo encontra os nossos alojamentos favoritos onde ficar numa escapadinha a Ponte de Sor e Montargil – testados e aprovados por nós – que apresentam a melhor relação qualidade-preço da região.

Hotel Ponte Sor

Este petit hôtel de charme, fica no coração da cidade de Ponte de Sôr e a 20 minutos da Barragem de Montargil. O Hotel Ponte Sor dispõe de quartos confortáveis e modernos, de single a familiares, com casa de banho privada e, alguns, com varanda. Limpeza e modernidade estendem-se ao bar e ao terraço lounge. O pequeno almoço é muito bom, com escolha variada e produtos frescos.

Lago Montargil – Conference & SPA

O Lago Montargil – Conference & SPA é um dos nossos alojamentos favoritos desta região. É verdade que existem opção mais económicas nas redondezas da Albufeira de Montagil, mas se reservar com antecedência pode conseguir excelentes negócios. E acredite que merece o investimento. Os quartos são super luxuosos, o pequeno-almoço é delicioso e tem uma piscina e um spa fantásticos. A relação qualidade-preço é simplesmente estupenda quando se consegue aproveitar as campanhas promocionais.

Quinta da Saudade

O que deseja? O sossego duma casinha do Alentejo? O romantismo duma casa à beira do lago? A Quinta da Saudade tem! Este aldeamento turístico a 11 km de Ponte de Sor, onde até pode dormir numa caravana, apresenta casas e estúdios totalmente equipados ideias para desligar do mundo numa escapadinha romântica ou numas férias em família. Os animais da quinta dão as boas-vindas. Os funcionários desdobram-se em atenções. Os espaços são um mimo. A decoração harmoniosa convida ao relaxamento e a quinta, a morosos momentos de lazer. E para se refrescar nos dias de calor, pode optar pela piscina exterior ou pela praia fluvial.

Clique para ver mais opções de alojamento em Ponte de Sor e Montargil

O que ver e fazer em Ponte de Sor: locais a visitar e experiências a não perder

Ponte de Sor e Montargil: o que visitar, ver e fazer
Igreja Matriz – Roteiro para visitar Ponte de Sor e Montargil

O que visitar em Ponte de Sor? Bem, para a cidade propriamente dita, uma tarde ou uma manhã inteira são suficientes para conhecer os seus principais pontos de interesse. Depois pode partir à descoberta da vasta riqueza patrimonial, natural e cultural espalhada pelo concelho e arredores.

Ponte Pedonal – Roteiro para visitar Ponte de Sor e Montargil

Posto isto, os locais de visita obrigatória e as experiências a não perder na cidade de Ponte de Sor são os seguintes:

  • Passear pelo parque ribeirinho e pela contígua marginal da Ribeira de Sor, que liga a antiga ponte à fotogénica ponte pedonal, uma autêntica obra de arte da autoria do artista Leonel Moura inaugurada em 2012. Não deixe também de lá dar um saltinho à noite para apreciar a sua sublime iluminação.
  • Visitar o Centro de Artes e Cultura de Ponte de Sor, um espaço cultural multidisciplinar instalado numa antiga fábrica de moagem de cereais e descasque de arroz, onde irá encontrar dois núcleos de arqueologia industrial da antiga fábrica e diversos espaços expositivos de arte. É lá que se encontra o maior mosaico do mundo feito com rolhas de cortiça, uma colossal obra de arte do artista albanês Saimir Strati dedicado ao galardoado escritor José Saramago. Imperdível!
  • Deambular pelo centro histórico de Ponte de Sor, para apreciar as suas curiosas obras de street art.
  • Visitar a Igreja Matriz de Ponte de Sor, em cujo interior brilha um lindo altar dourado.
  • Apreciar a fachada do antigo edifício dos Paços do Concelho (que também serviu de cadeia) e provar a água da Fonte da Vila. Diz que quem dela bebe cai de amores por Ponte de Sor.
  • Passear pelo aprazível Jardim do Campo da Restauração, onde se encontra o marco comemorativo dos 75 anos da Estrada Nacional 2.
Ponte de Sor e Montargil: o que visitar, ver e fazer
Marginal da Ribeira de Sor
Maior mosaico do mundo feito com rolhas de cortiça

Depois de visitar a cidade de Ponte de Sor, pegue no carro e siga pela Estrada Nacional 2 até Montargil, cujos principais locais de interesse lhe vamos revelar na próxima secção deste artigo.

Ponte de Sor e Montargil: o que visitar, ver e fazer Irá percorrer um dos troços mais icónicos da EN2, pois a mesma segue paralela à maravilhosa Albufeira de Montargil, muitas das vezes ladeada por frondosas árvores que formam como que um túnel natural. É virtualmente impossível resistir a fazer um par de paragens para desfrutar da beleza e tranquilidade destas paragens.

O que ver e fazer em Montargil: locais a visitar e experiências a não perder

Ponte de Sor e Montargil: o que visitar, ver e fazer Visitar Montargil é, para muitos, sinónimo de dar uns mergulhos e praticar desportos náuticos na Albufeira da Barragem de Montargil. Sendo verdade que o grande lago do Alto Alentejo é a sua joia da coroa, esta antiga vila portuguesa situada na rota da Estrada Nacional 2 tem mais para oferecer a quem a visita.

Ponte de Sor e Montargil: o que visitar, ver e fazer
Igreja Matriz – Roteiro para visitar Ponte de Sor e Montargil

Para além da sua incontornável albufeira, sobre a qual falaremos em detalhe mais à frente, as experiências a não perder e os locais de visita obrigatória em Montargil são os seguintes:

  • Recorde emoções de criança no Baloiço de Montargil, com vistas sensacionais para a albufeira homónima. Mesmo ao lado encontra o marco comemorativo dos 75 anos da N2. Se estiver a percorrer a estrada mais famosa de Portugal, é selfie na certa!
  • Conhecer o património religioso do centro de Montargil, nomeadamente a Igreja Matriz construída no séc. XVI, a Capela de São Sebastião e a Igreja da Misericórdia.
  • Percorrer a Rua do Comércio, a principal artéria de Montargil, na qual irá encontrar o Pelourinho, símbolo do período em que Montargil foi sede de concelho (entre o séc. XIV e o séc. XIX).
  • Desfrutar das magnificas vistas do Miradouro de Montargil. Aproveite e vá conhecer o vizinho Mural dos Painéis Escolares, que retrata em azulejo os ofícios de outrora.
  • Subir à altaneira Capela Santo António.
Baloiço de Montargil

O que visitar perto de Ponte de Sor e Montargil?

Ponte de Sor e Montargil: o que visitar, ver e fazer
Santuário de São Saturnino – Roteiro para visitar Ponte de Sor e Montargil

Depois de visitar a Ponte de Sor e Montargil parta à descoberta dos muitos tesouros do concelho de Ponte de Sor e arredores. Temos sugestões que tanto dão para uma escapadinha de fim de semana, prolongado de preferência, como para uma relaxante semana de férias.

Albufeira e Praias Fluviais da Barragem de Montargil

Se há algo imperdível num roteiro para visitar Ponte de Sor é ir conhecer e usufruir da maravilhosa Albufeira da Barragem de Montargil onde pode praticar uma miríade de desportos náuticos (como canoagem, jetski ou passeios de lancha), dar uns retemperadores mergulhos (no verão, claro está) ou simplesmente deliciar-se com as paisagens deste cantinho mágico do concelho de Ponte de Sor.

Ponte de Sor e Montargil: o que visitar, ver e fazer É certo que não existe propriamente uma praia fluvial delimitada, mas sim uma mão cheia de locais onde pode mergulhar nas surpreendentemente quentes águas da albufeira. Em nossa opinião os melhores locais para ir à água são junto da pequena localidade de Carvalhoso, mesmo ao lado da Estrada Nacional 2, e na zona da barragem de Montargil, mais concretamente após atravessar a mesma.

Claro que convém não esquecer que as praias fluviais da albufeira de Montargil são selvagens, ou seja, não vá a contar com vigilância nem qualquer tipo de infraestruturas de apoio nas zonas de banhos. Como tal, é imperativo levar merenda para fazer um picnic e ter especial atenção aos mergulhos dos mais novos!

Moinhos de Água de Tramaga

Os moinhos de água de rodízio marcam, desde a Idade Média, a paisagem da Ribeira de Sor. Apesar de existirem muitos moinhos espalhados pelo concelho de Ponte de Sor, o seu exemplar melhor preservado é o Moinho Novo de Tramaga que, como o próprio nome deixa antever, se encontra nas imediações da aldeia de Tramaga (pode ver a sua localização exata no mapa que disponibilizamos no final do artigo).

Ponte de Sor e Montargil: o que visitar, ver e fazer Como o Moinho Novo é presentemente propriedade particular, só é possível apreciar a sua arquitetura por fora. Mas a sua idílica localização junto a uma pequena ponte sobranceira ao histórico açude que dá força às águas da Ribeira de Sor, mais do que justificam que o inclua no seu roteiro para visitar Ponte de Sor e Montargil. Com um bocadinho de sorte até vê uma lontra!

Galveias

Ponte de Sor e Montargil: o que visitar, ver e fazer Outro dos locais que recomendamos que adicione ao seu roteiro para visitar Ponte de Sor e Montargil é a aldeia de Galveias, a terra natal de José Luís Peixoto onde em Janeiro de 2024 foi inclusivamente inaugurado um Centro de Interpretação dedicado à vida e obra do escritor.

Deambule pelas suas ruelas empedradas apreciando o seu colorido casario, entre os quais diversos palacetes com majestosas fachadas, e visite o seu riquíssimo património religioso, dos quais destacamos a barroca Igreja da Misericórdia, a Igreja Matriz dedicada a São Lourenço, a Igreja de Santo António e as Capelas de São Pedro e São João. Feche a visita subindo ao altaneiro Santuário de São Saturnino, onde será brindado com vistas de cortar a respiração.

Aviz

A meros 30 km de Ponte de Sor fica a vila de Aviz, que se ergue graciosamente no topo de uma colina sobranceira à Albufeira da Barragem do Maranhão. Avis foi a “casa” da Ordem de São Bento de Avis, uma das ordens militares mais antigas do país, razão mais do que suficiente para a incluir no seu roteiro para visitar Ponte de Sor e Montargil.

Sugerimos que faça um passeio à volta das muralhas do Castelo de Avis e que calcorreie as ruas e praças empedradas da Vila Medieval, onde irá encontrar o Centro Interpretativo da Ordem de Avis (instalado no imponente Convento de São Bento de Avis), os Paços do Concelho, a Igreja Matriz, a Igreja da Misericórdia e o Pelourinho.

Alter do Chão

Sobretudo se for apreciador da arte equestre, Alter do Chão é outro excelente destino para incluir no seu roteiro para visitar Ponte de Sor e Montargil. Afinal de contas a Coudelaria de Alter é a mais antiga e notável coudelaria real portuguesa. Uma visita à coudelaria começa no centro interpretativo nas Casas Altas, e inclui visita ao Páteo das Éguas (e potros), às cavalariças dos garanhões, à Casa dos Trens, e à Falcoaria e Museu da Falcoaria.

Coudelaria visitada sugerimos que faça um passeio pelo centro histórico de Alter do Chão, um autêntico mar de casas brancas com portadas debruadas de amarelo, pincelado de grandiosas casas senhoriais. No que a monumentos diz respeito destacamos o excelso Castelo de Alter do Chão, o Chafariz Quinhentista, a Igreja e Antigo Hospital da Misericórdia e a sua bela Igreja Matriz.

Mora

Mora é um dos concelhos mais surpreendentes do Alentejo, sendo perfeito para incluir num roteiro a visitar Ponte de Sor e Montargil. Abra esta caixinha de surpresas com vagar, aquele que tão bem caracteriza o Alentejo.

Conte com pitorescas aldeias caiadas de branco, inabaláveis guardiãs de um riquíssimo património histórico e etnográfico; montados e sobreirais onde se escondem milenares monumentos megalíticos; surpreendentes capelas e santuários e o oásis natural do Parque Ecológico do Gameiro com uma praia fluvial de tirar o chapéu, passadiços e trilho para toda a família e – a joia da coroa – o extraordinário Fluviário de Mora, um dos maiores aquários de água doce da Europa que faz as delícias de miúdos e graúdos.

Descubra todos os encantos desta vila alentejana lendo o nosso roteiro completo para visitar Mora.

Passadiço do Alamal

Quando visitar Ponte de Sor e Montargil, não perca a oportunidade de conhecer (e percorrer) os fantásticos Passadiço do Alamal, situados no vizinho concelho de Gavião.

O percurso tem início na vistosa Praia Fluvial do Alamal e término junto à Ponte de Belver. Ao longo dos cerca de 2 km que separam estes dois pontos, o Passadiço do Alamal seguem sempre junto ao Tejo, bordejado por vegetação de um lado e pelas plácidas águas do rio do outro. Pelo caminho será brindado com belas paisagens do rio Tejo e o altaneiro castelo de Belver, o secular guardião silencioso destas paragens do Alto Alentejo. Clique para saber mais e descarregar o track GPS do Passadiço do Alamal.

Onde comer em Ponte de Sor e Montargil? Melhores Restaurantes

O Padeiro
Rua Soeiro Pereira Gomes 28, Ponte de Sor

Olivença
Praça da República, Ponte de Sor

Quadrifonia
Rua Cadeirões, Lt 35 fração A, Ponte de Sor

Mapa com a localização dos principais pontos de interesse a visitar em Ponte de Sor e Montargil


Clique no canto superior direito para aumentar o mapa com a localização dos principais pontos de interesse a visitar num roteiro por Ponte de Sor e Montargil.

Outros artigos do Alentejo

Roteiros para uma roadtrip no Alentejo | Roteiro Alto AlentejoRoteiro Costa Vicentina | Roteiro Lago do Alqueva | Roteiro Serra de São Mamede | Aldeias mais bonitas do AlentejoCascatas do AlentejoPraias da Costa Alentejana | Praias da Costa VicentinaPraias Fluviais do Alentejo | Praias de Troia, Comporta e Melides | Alcácer do Sal | Arraiolos | BejaCastelo de Vide | Cromeleque dos Almendres | ElvasÉvoraMarvãoMértolaMonsarazMoraPortalegre | Santiago do Cacém | Serpa | Sines e Porto CovoVila Nova de Mil FontesVila ViçosaZambujeira do MarPassadiço do AlamalPassadiço do GameiroPassadiços de NisaPassadiços da Serra de OssaRota VicentinaTrilhos do Conhal – NisaTrilhos Parque Natural do GuadianaMelhores Hotéis do AlentejoMelhores Hotéis do Alentejo com Piscina InfinitaMelhores Hotéis da Costa VicentinaTurismo Rural no Alqueva

Prepare a sua próxima Viagem

Reserve o seu alojamento através do Booking.com. É onde encontramos sempre as melhores promoções e permite cancelar a reserva sem custos.

No GetYourGuide e na Civitatis encontra sempre as melhores atividades e tours locais e pode ainda reservar o seu transfer do aeroporto e saltar as filas comprando antecipadamente as entradas para os principais monumentos.

Jogue pelo seguro e faça um seguro de viagem na IATI Seguros. É uma agência 100% especializada em viagens e apresenta o melhor rácio custo-benefício do mercado, sendo que todos os seus seguros contam com excelentes coberturas COVID-19. Se utilizar o nosso link terá um desconto de 5% por ser nosso leitor.

Se precisa de alugar um carro para a sua próxima viagem recomendamos que utilize a AutoEurope. Permite comparar os preços de dezenas de empresas de rent-a-car e é possível cancelar o aluguer sem custos até 48h antes da partida.

Esta página contem links afiliados. Só recomendamos marcas que utilizamos e confiamos a 100%. Se efectuar as suas reservas através desses links recebemos uma pequena comissão. Dessa forma está a ajudar o VagaMundos a manter-se vivo. E o melhor de tudo é que você não paga mais por isso. Muito Obrigado!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.