Visitar Porto: o melhor do Porto num roteiro de 2 dias

Visitar Porto Roteiro de 2 dias

Na encosta norte onde o rio Douro se faz ao mar, ergue-se a Invicta cidade do Porto. Visitar o Porto, a segunda maior cidade de Portugal, é palmilhar as veias duma cidade mercantil por excelência.

visitar-porto

O vinho roubou-lhe o nome mas deu-lhe fama. O rio Douro beija-lhe os pés, às vezes os joelhos. A Ribeira já foi bairro de fugir a sete pés, agora é trendy e instagramável.

Nesta proposta de roteiro de 2 dias pelo Porto vai ter a oportunidade de conhecer o melhor da cidade Invicta.

Porquê visitar?

visitar-Porto-jardim-do-morro

Património Mundial listado pela UNESCO desde 1996, o centro histórico, a Ponte Luiz I e o Mosteiro da Serra do Pilar em Gaia, são os lugares imperdíveis a visitar no Porto em qualquer roteiro de viagem.

Surpreende sempre pela diversidade e riqueza do seu legado histórico, cultural e arquitetónico.

visitar-portoA Torre dos Clérigos de estilo barroco, o casario típico, as muralhas fernandinas, as igrejas barrocas, as ruas históricas compactas e a Sé Catedral são os pontos de interesse turístico mais emblemáticos que atraem milhares de visitantes à cidade do Porto.


Leia também os nossos roteiros de Aveiro, BragaGerês, Guimarães e Viana do Castelo


Quando visitar o Porto?

visitar-porto-rio-douro

Pode visitar o Porto em qualquer altura do ano, dependendo dos seus interesses do que quer ver e fazer na Invicta. Só tem que fazer um plano de roteiro que se adeque às condições atmosféricas.

A melhor altura para visitar o Porto vai de maio a setembro.

Julho e agosto, meses de época alta, são mais quentes e secos, enquanto que de dezembro a fevereiro a chuva vem para fazer das suas. São também meses frios, portanto o melhor é levar um bom agasalho e programar visitas a museus e espaços cobertos.

Na primavera e no outono, as temperaturas são já amenas o suficiente para visitar o Porto a pé e sempre aproveita preços mais económicos no alojamento.

Contudo, há sempre algo a acontecer no Porto. Festivais são mais que muitos; eventos de dança, música e teatro dum lado e provas desportivas do outro.  Junte-lhe as feiras e as festas religiosas e verá que o calendário está sempre preenchido.

Eventos e Festivais no Porto

quando-visitar-porto

Só para abrir o apetite!

  • O Ano Novo abre com pompa e circunstância no célebre fogo de artifício da Baixa do Porto;
  • Os cinéfilos não falham um Fantasporto em fevereiro;
  • Em maio os estudantes universitários despedem-se das pestanas queimadas na Queima das Fitas;
  • O São João do Porto transfigura a cidade e dispensa qualquer apresentação: festa, fogos e martelinhos;
  • O Vinho do Porto é celebrado na Ribeira em julho no Porto Wine Fest;
  • Outubro honra a incontornável francesinha;
  • Em dezembro o brilho e cor das luzes de Natal até nos fazem esquecer o frio enquanto passeamos pelos mercados de Natal.

Onde ficar no Porto – Sugestões de Alojamento

Se não sabe onde dormir no Porto, sugerimos alguns dos melhores alojamentos entre económico, mid-range e de luxo.

Sport Hostel in Porto

Para quem procura uma solução económica e com uma excelente localização (Rua de Santa Catarina) no centro histórico do Porto, o Sport Hostel in Porto é a resposta. Sem mordomias mas limpo e prático. Foi a nossa escolha para uma visita relâmpago ao Porto e optámos pelo quarto individual com cama de casal e casa de banho partilhada mas tem camas em dormitório. Disponibiliza ainda uma kitchenette para preparar refeições rápidas mas como fica na zona comercial há muitas soluções para comer fora nas redondezas.

Oporto City Hostel

Outra alternativa económica e bem localizada é o Oporto City Hostel. A vantagem aqui é que alguns quartos têm casa de banho privativa. Os quartos com uma decoração minimalista são muito agradáveis e as camas confortáveis. Aliás, toda a decoração do hostel, renovado recentemente, é muito gira. O staff é simpático e prestável e em termos de limpeza não temos nada a apontar. Tem uma cozinha partilhada para preparar uma refeição rápida. O terraço é para nós uma mais-valia deste hostel.

Descobertas Boutique Hotel Porto

Um boutique hotel que é uma descoberta. Um dos favoritos dos hóspedes que decidem visitar o Porto, o Descobertas Boutique Hotel Porto apresenta quartos limpos, espaçosos e confortáveis, áreas comuns super agradáveis, atendimento de primeira e um pequeno almoço fabuloso. O Wifi, gratuito, é valorizado e a localização numa rua pedonal da Ribeira não podia ser melhor.

The Yeatman

“Sinta-se como uma celebridade com o serviço de topo de The Yeatman”, é assim que este hotel de 5 estrelas se apresenta ao público. O hotel vinícola fica do outro lado do Douro, em Vila Nova de Gaia, e tem razões de sobra para uma escolha de luxo: restaurante com duas estrelas Michelin, um bar rooftop com as melhores vistas sobre a cidade do Porto que lhe deram lugar em tops e as provas de degustação de vinho trazem preciosidades únicas à sua mesa. Imagine-se a desfrutar de todo este luxo e conforto na sua varanda-terraço privada com vista para o Porto.

Clique para ver mais opções de Alojamento no Porto

Mapa dos Principais Pontos de Interesse do Roteiro do Porto


Clique no canto superior direito para aumentar

O melhor do Porto num roteiro de 2 dias

visitar-porto-vista-panorâmica

Apesar de ficar numa colina sobranceira ao rio Douro, pode visitar o Porto a pé e este roteiro de 2 dias está preparado com o que ver e fazer sem canseiras. Vamos dar corda aos sapatos e palmilhar aquela que já mereceu lugar de topo nas melhores cidades europeias.

Roteiro Porto: 1º Dia

Mercado do Bolhão

visitar-porto
© Go Porto.

Começar a manhã num mercado, como não? Infelizmente, o verdadeiro Mercado do Bolhão está fechado. As obras de recuperação deste mercado centenário começaram em 2018 e calculam-se dois anos de trabalhos.

Portanto se planeava passar por lá para ver um típico mercado, com sonoros pregões à portuense, não o encontra aqui mas no Centro Comercial La Vie Porto Baixa (Rua Fernandes Tomás) onde abriram um espaço para o mercado temporário.

Avenida dos Aliados

visitar-porto-aliados

A Avenida dos Aliados é no fundo a junção de duas enormes praças onde tudo acontece no Porto. Os Aliados atraem milhares de pessoas sempre que há festa e celebração ou manifestação e indignação populares.

É o centro nevrálgico dos eventos sociais e políticos da cidade do Porto e também centro financeiro. É aqui que se sedia o sobejamente conhecido edifício da Câmara Municipal do Porto.

visitar-porto-aliadosOs edifícios demonstram inequivocamente a importância desta praça, competindo em exuberância dos respetivos estilos arquitetónicos. Paragem obrigatória em qualquer roteiro do Porto!

Reserve já o seu alojamento nos Aliados

Livraria Lello & Irmão

visitar-porto-livraria-lello

Qualquer fan de Harry Potter sabe que a Livraria Lello & Irmão foi a grande detonadora da inspiração de J. K. Rowling para as histórias do pequeno mago.

Esta livraria de design exuberante, escadaria curvilínea em madeira forrada de vermelho é histórica e consta de todos os tops de livrarias mais belas do mundo (se não consta, devia).

Caso queira entrar, tem que reservar com antecedência e pagar uma taxa. Senão, pode sempre ficar-se pelos detalhes da fachada art noveau.

Torre dos Clérigos

visitar-porto-torre-dos-clerigos

A Torre dos Clérigos é um símbolo do Porto. O campanário de 75 metros de altura é talvez o campeão dos pontos de interesse turístico do Porto para usufruir da melhor vista panorâmica sobre a cidade.

A ornamentada Igreja dos Clérigos também é digna de visita. O destaque deste templo barroco vai para o altar em mármore. É, literalmente, um dos pontos mais altos deste roteiro do Porto.

A escassos metros de distância encontra o Jardim da Cordoaria, um agradável espaço verde que encara a Universidade do Porto. Por detrás da Universidade ergue-se a monumental Igreja do Carmo com a sua lateral forrada a azulejo português.

Escadas da Vitória e a Judiaria Nova do Olival

visitar-porto

As Escadas da Vitória, ou Escadas da Esnoga até há pouco tempo, ligam a Vitória ao Largo de São Domingos. Esta é a zona da Judiaria Nova do Olival e as escadas davam acesso direto à sinagoga que aqui existiu, crê-se no nº9 da Rua de São Miguel. Não perca as vistas da cidade e do rio no Miradouro da Vitória.

Mercado Ferreira Borges

visitar-porto-mercado-ferreira-borges

A encimar o Jardim do Infante Dom Henrique, vemos a estrutura do Mercado Ferreira Borges. Feito em 1885 para substituir o Mercado da Ribeira, pouco uso teve para tal fim.

É representativo da arquitetura em ferro forjado no Porto e hoje acolhe o restaurante-cervejeira O Mercado e o Hard Club, um espaço de eventos musicais e culturais com personalidade.

O edifício e as vistas são atrativos para os entusiastas da fotografia urbana e arquitetónica.

visitar-porto-largo-sao-domingos
A Igreja da Misericórdia do Porto no Largo de São Domingos

A norte do Mercado encontra-se o Palácio das Artes, hoje uma fábrica de talentos para jovens. Um pequeno desvio no Largo de São Domingo, pela Rua das Flores, dá-lhe a possibilidade de ver a monumental Igreja da Misericórdia do Porto.

Palácio da Bolsa

visitar-porto-palacio-da-bolsa

Do claustro da Igreja de São Francisco destruído num fogo durante o Cerco do Porto, nasceu o Palácio da Bolsa. O edifício de estilo neoclássico é um símbolo do Porto.

Não tanto pelo seu exterior imponente mas pelos salões interiores que são dum esplendor que maravilha todos os visitantes.

O Salão Árabe é dos mais louvados pela opulenta e brilhante ornamentação mas cada salão tem uma sumptuosidade rara.

Igreja Conventual de São Francisco do Porto e Museu

visitar-porto-igreja-de-sao-francisco

Subimos a escadaria da Igreja de São Francisco, de cuja decoração gótica original só resta a grande rosácea, sendo os restantes elementos decorativos do período barroco nomeadamente o conjunto interior de talha dourada de grande esplendor.

Chamam-lhe a “igreja de ouro” e quem visita percebe logo porquê. O destaque é sempre dado à Árvore de Jessé, mas não sabemos dizer qual das capelas é mais bela.

Em profundo contraste com a opulência dourada da igreja, há um nicho com uma singela imagem de São Francisco de Assis que nos encantou por fazer jus aos valores da ordem que originou: pobreza e humildade.

Optando por entrar para contemplar o esplendor dos estilos gótico, barroco e Rococó, poderá ainda visitar a Igreja dos Terceiros de São Francisco e o Museu onde se encontra o cemitério catacumbal.

Casas-Torre Medievais do Porto

visitar-porto-rua-da-reboleira

Na Rua da Reboleira há uns segredos a revelar. É o caso da porta nº59 uma casa-torre classificada património nacional como a Torre Medieval da Reboleira e o nº 55 que mantém os pórticos e janelões góticos.

E ao que parece há por aqui mais algumas. Quem deite abaixo o reboco das paredes arrisca-se a encontrar um pedaço de muralha ou torre medieval, foi o que aconteceu no nº13 em novembro de 2018.

Reserve já o seu alojamento em São Nicolau

Miragaia

visitar-porto-miragaia

Percorremos a marginal do Bairro de Miragaia cuja praia foi roubada pela nova Alfândega do Porto.

visitar-porto-miragaiaVamos tomando o gosto a alguns dos aspetos que caracterizam o Porto: as primeiras imagens do casario típico, das estreitas varandas em ferro forradas a vasos de flores, roupa pendurada nas cordas e cortinas de crochet; dos bairros ao nível do rio com os fontanários comunitários como o Chafariz da Colher ou a Fonte do Bicho; das igrejas revestidas a azulejo azul e branco.

Para terminar o seu primeiro dia deste roteiro no Porto pode optar por uma ida aos Jardins do Palácio de Cristal ou as vistas do miradouro do Parque das Virtudes, um favorito dos portuenses para assistir ao pôr do sol. Se tiver tempo, vá até à Foz.

Reserve já o seu alojamento em Miragaia

Foz

visitar-porto-foz

Um roteiro do Porto que não passe na Foz sofre de uma grave lacuna. Aqui, onde o Douro conhece o mar, tem um passeio para fazer com tempo.

A Foz é a zona balnear do Porto. A marginal convida a longos passeios o que a torna no ponto favorito de muitos portuenses para esticar as pernas ou fazer um jogging. E tudo isto enquanto desfruta das vistas sobre o Atlântico.

A pé, prepare-se para mais de 6 km duros. Curiosamente, uma das tradições portuenses é terminar a noite de São João com esta caminhada, ida e volta! Por isso é que o São João só acaba de madrugada e põe todos de joelhos.

visitar-porto-elétricoApanhe o Elétrico 1 ou o autocarro 500 que ligam a Ribeira à Foz, sem canseiras.

Reserve já o seu alojamento na Foz

Aconselharemos sempre terminar um dos seus dias do roteiro do Porto (ou até mesmo os dois) à beira rio. Não podia ser doutra maneira porque o Porto e o Douro tem um casamento que já celebrou todas as bodas possíveis e um não vive sem o outro.

Roteiro Porto: 2º Dia

Majestic Café

visitar-porto-majestic-cafe

O 2º dia do roteiro do Porto obriga a madrugar. Como tal nada como iniciar o dia a tomar o nosso cimbalino para abrir a pestana.

O Majestic é um café histórico na Rua de Santa Catarina. Aqui reuniram-se as tertúlias de grandes vultos nacionais das artes e letras.

Foi inaugurado sob o nome “Elite” e, lá está, era aqui que a elite portuense vinha socializar. E ainda vem, porque os preços, só mesmo para a elite.

Mas na Rua de Santa Catarina, o centro comercial a céu aberto do Porto, não faltam confeitarias de outros tempos ou pastelarias mais modernas para o seu café da manhã.

Reserve já o seu alojamento na Rua de Santa Catarina

Coliseu do Porto

coliseu-do-porto

Passe pelo Coliseu do Porto. Pode ser que a sala de espetáculos tenha algo interessante no cartaz que o faça voltar um dia destes.

Praça da Batalha

visitar-porto-igreja-santo-indefonso

Um dos traços mais característicos das igrejas do Porto é a decoração com azulejo português. A Igreja barroca de Santo Ildefonso na Praça da Batalha é um desses exemplos.

O templo atual data do século XVIII, os azulejos só lhe foram acrescentados nos anos 30 e são da autoria de Jorge Rey Colaço, o mesmo ceramista responsável pelos painéis da Estação de São Bento.

visitar-porto-teatro-nacional-sao-joao

Nesta mesma praça estão dois ícones das salas de espetáculos portuenses, o Teatro Nacional São João e o Cinema Batalha. “Entreparedes”, a Cervejaria Gazela convida a degustar um Cachorrinho da Batalha acompanhado duma loira fresquinha.

Estação de São Bento

visitar-porto-estacao-sao-bento

A Estação Ferroviária de São Bento é das mais belas do país e tínhamos de a incluir neste roteiro do Porto. Não há quem não fique embevecido a olhar para os painéis de azulejos com a assinatura de Jorge Rey Colaço que decoram o átrio de entrada.

visitar-porto-azulejo-estacao-sao-bentoUm dos painéis retrata cenas da vida rural do norte, enquanto que os restantes se focam em episódios históricos como a Conquista da Ceuta, a Batalha de Arcos de Valdevez e a apresentação de Egas Moniz ao rei. A inovação dos azulejos está na utilização de cores mais claras (pastel), incomum até à época.

Sé do Porto

visitar-porto-se-catedral

Uma visita à Sé é ponto assente em qualquer roteiro do Porto que se prese. E este não é excepção. Somos recebidos pela casa-torre da Rua D. Pedro Pitões, onde funciona um dos postos de turismo, descoberta aquando das obras de requalificação da Sé do Porto.

visitar-Porto-caminho-de-santiago

A Sé Catedral do Porto domina a parte velha da cidade e é o ponto de partida de eleição do milenar Caminho Central Português de Santiago e do Caminho Português da Costa.

No Terreiro da Sé pode já apreciar as magníficas vistas sobre os telhados do casario portuense, a Torre dos Clérigos, o rio Douro e Gaia.

Desde o século VII que é local religioso e no século XII nasce o primeiro templo românico. Do românico mantém o aspeto sólido e quadrangular (terá inclusivamente cumprido funções defensivas), mas ao longo dos séculos sofreu profundas alterações que lhe foram adicionando elementos doutros estilos arquitetónicos.

visitar-porto-sé-catedral-altarNo interior temos o sumptuoso altar barroco do século XVII e os conhecidos órgãos da Sé do Porto e para quem tenha interesse, o Museu Tesouro da Sé do Porto.

O Pelourinho da Sé do Porto não estava na Sé nem é dos tempos em que os pelourinhos passavam claramente a mensagem da justiça praticada nas praças públicas. Contudo, não deixa de impressionar pela elaborada decoração e imponente dimensão.

visitar-porto-paco-episcopal

O Paço Episcopal do Porto é a antiga e grandiosa residência de bispos. Tido como o primeiro palácio do Porto foi projetado logo de início para se destacar pela riqueza dos adornos. A parte mais monumental da atual residência do bispo do Porto, escadarias e salas de audiência, pode ser visitada.

DICA: na sombra da Sé do Porto escondem-se pequenos tesouros da cidade. O Chafariz do Pelicano e o Chafariz do Anjo quase passam despercebidos. E quem foi Vimara Peres? O primeiro conde do Condado Portucalense – e fundador do burgo vimaranense, Guimarães. Nas costas do Paço Episcopal está a Capela da Nossa Senhora das Verdades, reabilitada em 2018 como centro de acolhimento do peregrino do Caminho de Santiago. E um pouco por todo o lado vemos pedaços da Muralha Primitiva do Porto, alguns dos paredões e arcos incorporados nas casas e monumentos.

Reserve já o seu alojamento na Sé

As vielas do Porto

visitar-Porto-rua-santa-ana

Uma das coisas mais saborosas de se fazer no Porto, é descobrir as estreitas vielas da cidade, daquelas onde os carros não cabem e ainda nos dizem bom dia à passagem.

É o caso da Rua de Sant’Ana celebrizada por Almeida Garrett. Fizeram-na os romanos e era essencial para ligar a parte alta da cidade à zona mercantil ribeirinha.

O nome é uma referência ao Arco de Sant’Ana, porta da muralha medieval que aqui existiu. O calcetamento em pedra foi preservado mas do arco só resta o nicho onde a imagem de Santa Ana era venerada.

Igreja dos Grilos

visitar-porto-igreja-dos-grilos

A Rua de Sant’Ana acaba no adro da Igreja e Colégio de São Lourenço mais conhecida como Igreja dos Grilos.

A rua não acabava aqui antigamente, mas a construção do Colégio de São Lourenço cortou a rua a meio.

Por causa de estar escondida, a Igreja dos Grilos é das mais esquecidas do Porto, um segredo bem guardado pois acolhe o Museu de Arte Sacra e Arqueologia do Porto.

A fachada é do estilo maneirista barroco-jesuítico e é pena que só possamos apreciar de passagem porque, diz quem lá mora, que o interior é de pôr uma pessoa de joelhos.

De qualquer maneira é capaz de acabar de joelhos, se decidir subir à Sé pela escadaria. Pode sempre descansar pelo caminho no Miradouro da Rua das Aldas para recuperar o fôlego enquanto aprecia as vistas.

Ponte Luiz I

visitar-porto-ponte-luis-i

Continuamos o nosso roteiro do Porto atravessando o rio Douro. E nenhuma ponte é mais convidativa para o fazer do que a Ponte D. Luís I.

Prepare a câmara pois vai estar num instagram spot do Porto, a plataforma superior onde passa o metro. A linha não tem barreiras portanto esteja atento à passagem das carruagens.

Apesar das afinidades esta não foi projetada por Gustave Eiffel, o autor da Torre Eiffel de Paris. Eiffel assinou a Ponte D. Maria Pia mais a montante do Douro.

visitar-porto-serra-do-pilar

Atravesse para relaxar e usufruir de dois dos melhores miradouros da cidade do Porto, principalmente ao fim do dia:

  • o Miradouro da Serra do Pilar onde se situa o mosteiro do mesmo nome e
  • o Jardim do Morro, onde o verdejante relvado e as vistas a partir de Vila Nova de Gaia são de babar.

Daqui obtém a imagem icónica do Porto que corre os quatro cantos do mundo.

Muralhas Fernandinas e Funicular dos Guindais

visitar-porto-muralha-fernandina-funicular-dos-guindais

A este da Ponte Luis I estendem-se as Muralhas Fernandinas, ou o maior troço que sobrevive até aos nossos dias, juntamente com 3 das suas torres.

Se quiser uma vista bem próxima das muralhas, a melhor opção é apanhar o funicular dos Guindais que liga a Batalha à Ribeira. O funicular atual é moderno e seguro, é que o primeiro, de há cem anos atrás, só operou dois anos: um trágico acidente ditou o seu fim.

Visitar as caves do vinho do Porto em Vila Nova de Gaia

visitar-porto-caves-vinho-do-porto

Na margem sul do Douro, as caves do vinho do Porto atraem milhares de visitantes em busca das provas deste néctar que nos celebrizou além fronteiras.

A marginal do rio Douro em Vila Nova de Gaia está sempre cheia de animação, banquinhas onde se vende de tudo um pouco, e, invariavelmente, muitos turistas.

visitar-porto-barco-rabeloOs barcos rabelos flutuam, impávidos e serenos, nas águas do Douro e promovem as várias casas responsáveis por um vinho que não falha presença numa casa portuguesa.

As esplanadas convidam a saborear aquele Porto da sua escolha. Caso não tenha um favorito, atreva-se a entrar numa das caves para saber mais sobre a sua história e produção enquanto degusta a prata da casa.

Vai ser um dos pontos altos do seu roteiro pelo Porto.

Reserve já o seu alojamento em Gaia

Cais da Ribeira

visitar-porto-ribeira

Continuamos o nosso roteiro pelo Porto regressando à margem norte pela (estreita e apinhada) plataforma inferior da ponte para ver a vida passar no Cais da Ribeira. Um olhar atento vê os traços deste bairro que denunciam a antiguidade do Porto.

visitar-porto-cais-da-ribeira

A fisionomia é claramente medieval, nas ruelas estreitas, nas esquinas assimétricas, nos arcos românicos, na desordem organizada duma urbe que nasceu colada a muralhas.

visitar-porto-cais-da-ribeiraÉ claro que, hoje em dia, é preciso ir um pouco além da maquilhagem a que submeteram o casario, a maioria transformado em rentáveis alojamentos locais, e as velhinhas lojas que são hoje trendy (and expensive) bares, restaurantes e afins.

visitar-Porto-cais da-ribeira-artista-de-rua

Apesar disso, visitar o Porto e não passear no Cais da Ribeira é um pecado capital. Ainda se pode cirandar de borla, observar os artistas de rua, ouvir os músicos que tentam a sorte da fama e, quiçá, selecionar o barco que o leve até à Foz para ver a cidade Invicta da perspetiva do rio que lhe beija os pés. É fechar o seu roteiro pelo Porto com chave de ouro.

Reserve já o seu alojamento na Ribeira

Onde comer?

O Porto está muito bem servido de restaurantes, bares e cafetarias para matar a fome. No centro histórico pode escolher entre gastronomia local, típica, internacional, vegetariana e até casas que têm em consideração restrições alimentares. Há para todos os gostos, carteiras e estados de alma.

Não pode é sair de lá sem comer uma francesinha!

Outros Roteiros de Portugal

Prepare a sua próxima Viagem

Reserve o seu alojamento através do Booking.com. É onde encontramos sempre as melhores promoções e permite cancelar a reserva sem custos.

Faça um seguro de viagem na World Nomads ou na Iati. São ambas agências 100% especializadas em viagens e apresentam sempre os melhores rácios custo-benefício do mercado. Se optar pela Iati use o nosso link e terá um desconto de 5% por ser nosso leitor.

Anda à procura de voos baratos? Então utilize o Skyscanner para encontrar as melhores tarifas aéreas do mercado

No GetYourGuide encontra sempre os melhores tours locais e pode ainda saltar as filas comprando antecipadamente as entradas para os principais monumentos.

Se precisa de alugar um carro para a sua próxima viagem recomendamos que utilize o Rentalcars. Permite comparar os preços de dezenas de empresas de rent-a-car e é possível cancelar o aluguer sem custos até 48h antes da partida.

Esta página contem links afiliados. Se efectuar as suas reservas através desses links recebemos uma pequena comissão. Dessa forma está a ajudar o blog “VagaMundos” a manter-se vivo. E o melhor de tudo é que você não paga mais por isso. Muito Obrigado!

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.