Roteiro São Miguel (Açores): o que visitar em viagem de 3, 5 e 7 dias

Roteiro São Miguel (Açores): o que visitar em viagem de 3, 5 e 7 dias

O Arquipélago dos Açores é um dos destinos de natureza mais fabulosos, não só de Portugal, mas de todo o planeta. A Forbes deu-lhe o cognome de “Hawai do Atlântico”. Mas face à sua beleza onírica, nós preferimos chamar-lhe de “Jardim do Éden do Atlântico”. E uma das maiores pérolas deste pedacinho do céu perdido no meio do oceano é a fabulosa Ilha de São Miguel, a maior de todo o arquipélago dos Açores. Para lhe dar uma mãozinha a abrir os portões do paraíso, deitamos mãos à obra e escrevemos um guia e roteiro para visitar São Miguel, com os nossos lugares favoritos e muitas dicas práticas que lhe vão facilitar a logística e permitir desfrutar ao máximo da sua viagem pela Ilha de São Miguel.

Razões para visitar São Miguel | Açores

Roteiro São Miguel (Açores): o que visitar em viagem de 3, 5 e 7 dias
Lagoa das 7 Cidades e Lagoa de Santiago – Roteiro para visitar São Miguel | Açores

Vamos ser honestos consigo. É tão fácil encontrar razões para visitar São Miguel! A tarefa hercúlea seria encontrar motivos para não visitar São Miguel, sobretudo para quem, como nós, adora natureza e atividades outdoor. É certo que a Ilha de São Miguel tem somente 65 km de comprimento e 15 km de largura, mas não se deixe enganar. O que lhe falta em tamanho, sobeja-lhe em belezas naturais de classe mundial.

Roteiro São Miguel (Açores): o que visitar em viagem de 3, 5 e 7 dias
Lagoa do Congro – Roteiro para visitar São Miguel | Açores

À sua espera tem imponentes vulcões cujas crateras deram lugar a lagoas idílicas; florestas mágicas onde se escondem indomáveis ribeiras com cascatas de sonho; borbulhantes fumarolas e espaços místicos de águas termais; praias incríveis de areia preta e piscinas naturais vulcânicas de água quente…

Roteiro São Miguel (Açores): o que visitar em viagem de 3, 5 e 7 dias
Spa na Caldeira Velha – Roteiro para visitar São Miguel | Açores

E uma miríade de paisagens naturais surpreendentes que @ vão obrigar a beliscar-se para ter a certeza que ainda está no Planeta Terra. E o melhor de tudo é que a ilha oferece várias mãos cheias de miradouros para poder desfrutar do deslumbrante quadro paisagístico de São Miguel.

Roteiro São Miguel (Açores): o que visitar em viagem de 3, 5 e 7 dias
Miradouro do Pôr-do-Sol – Roteiro para visitar São Miguel | Açores

Some-lhe os emocionantes passeios de barco para observar golfinhos, baleias e outros cetáceos, a deliciosa gastronomia (ai! O Cozido das Furnas e o Bife à Regional!), o riquíssimo património histórico, a cultura singular e a simpatia das suas gentes, que nos fazem sentir em casa, e já fica com uma boa ideia do que @ espera na sua viagem a São Miguel. Na verdade, há tanto para ver e fazer que até custa a acreditar que a ilha é tão pequena. E como tudo fica relativamente perto, não vai perder muito tempo com viagens.

Quando visitar a Ilha de São Miguel | Açores

Roteiro São Miguel (Açores): o que visitar em viagem de 3, 5 e 7 dias
Vista aérea das Fumarolas da Lagoa das Furnas – Roteiro para visitar São Miguel | Açores

A melhor altura para visitar São Miguel é tão variável como o tempo. A máxima “4 estações num dia” não é força de expressão, é um facto bem real. O tempo em São Miguel é imprevisível (afirmação extensível a todas as ilhas dos Açores) durante todo o ano. A última vez que visitamos São Miguel foi em finais de agosto e início de setembro, a ao longo dos dez dias que por lá passamos sentimos tudo na pele.

Roteiro São Miguel (Açores): o que visitar em viagem de 3, 5 e 7 dias
Ruínas do Forte de São Caetano – Roteiro para visitar São Miguel | Açores

Tão depressa brilhava o sol como caia uma carga de água. No entremeio era capaz de surgir um arco-íris que nos prendia o olhar enquanto tiritávamos de frio ou suávamos em bica. Dependia se o vento soprava de norte ou tínhamos 99% de humidade no ar a 23ºC. De pouco lhe podemos valer na hora de fazer a mala. O melhor conselho que podemos dar é: um impermeável é indispensável!

Roteiro São Miguel (Açores): o que visitar em viagem de 3, 5 e 7 dias
Praia das Milícias – Roteiro para visitar São Miguel | Açores

Ainda assim, parece que os especialistas em meteorologia encontraram um padrão: inverno com temperaturas médias de 13ºC e muita chuva; verão com temperaturas médias de 23ºC e muita humidade.

Posto isto, e apesar de haver uma enorme probabilidade de chover durante todo o ano, os meses entre junho e setembro são por norma os de menor pluviosidade e mais horas de sol, sendo também os que apresentam temperaturas mais convidativas para desfrutar das praias e piscinas naturais de São Miguel.

Roteiro São Miguel (Açores): o que visitar em viagem de 3, 5 e 7 dias
Maio e Outubro são excelentes apostas para percorrer os trilhos de São Miguel

O reverso da medalha é que são também os meses mais procurados. Logo, não se livra de encontrar muitas pessoas nos principais locais de interesse e de pagar mais pelos alojamentos e aluguer de carro. Se ir a banhos não for a sua prioridade, quiser fintar as multidões e poupar algum dinheiro, maio e outubro também são boas apostas para visitar São Miguel.

Quantos dias são necessários para visitar São Miguel | Açores?

Roteiro São Miguel (Açores): o que visitar em viagem de 3, 5 e 7 dias
Portas da Cidade em Ponta Delgada – Roteiro para visitar São Miguel | Açores

Como referimos atrás, a área da Ilha de São Miguel é relativamente pequena, mas tem imenso que ver e fazer. Os 748,82 km2 da ilha escondem uma miríade de tesouros que demoram bem mais do que 3 ou 4 dias a explorar.

Roteiro São Miguel (Açores): o que visitar em viagem de 3, 5 e 7 dias
Cascata Salto do Prego – Roteiro para visitar São Miguel | Açores

Em nossa opinião, 7 dias é o ideal para uma primeira visita a São Miguel. Numa semana conseguirá visitar os locais mais emblemáticos da ilha, fazer um passeio de barco para observar golfinhos e baleias, percorrer uma mão cheia de trilhos que lhe vão revelar cascatas paradisíacas, desfrutar de uns relaxantes banhos termais nas Furnas ou na Caldeira Velha e dar uns mergulhos numa das muitas praias e piscinas naturais vulcânicas de São Miguel.

Roteiro São Miguel (Açores): o que visitar em viagem de 3, 5 e 7 dias
Tanque de água termal no Parque Terra Nostra – Roteiro para visitar São Miguel | Açores

Só tem entre 3 a 5 dias disponíveis para visitar São Miguel? Não deixe de ir! Obviamente que terá de deixar para outra viagem alguns dos locais que destacamos no roteiro de 7 dias para visitar São Miguel… E de cortar em algumas caminhadas e dias de praia. Ainda assim, acredite que vai regressar a casa igualmente maravilhado. Se for esse o seu caso, espreite as nossas sugestões de roteiros para visitar São Miguel em 3 e 5 dias.

Onde fica e como chegar à Ilha de São Miguel | Açores – dicas de voos

Roteiro São Miguel (Açores): o que visitar em viagem de 3, 5 e 7 dias
Miradouro do Pico do Ferro – Roteiro para visitar São Miguel | Açores

A Ilha de São Miguel é a maior ilha dos Açores e fica situada a sensivelmente 1500 km a oeste de Lisboa, fazendo parte do Grupo Oriental do Arquipélago dos Açores, na companhia da Ilha de Santa Maria. Os outros grupos de ilhas do Arquipélago dos Açores são o Ocidental, onde se encontram as ilhas das Flores e do Corvo, e o Central, onde se encontram as ilhas do Faial, da Graciosa, do Pico, de São Jorge e da Terceira.

Devido à distância a que se encontra de Portugal Continental, o fuso horário dos Açores é GMT-1, ou seja uma hora a menos que em Portugal Continental e Madeira.

Existem vários voos diários de Lisboa e do Porto para São Miguel (Ponta Delgada) e a viagem demora cerca de 2:30h de Lisboa e do Porto.

Os voos são operados pela TAP, pela Sata e pela Ryanair, senda esta última a companhia aérea que, por norma, tem as ofertas mais económicas. Para que tenha uma ideia dos preços dos voos para São Miguel, nós pagamos sensivelmente 70€ por pessoa no verão de 2021, ida e volta, já com uma mala de porão incluída na tarifa. Se apanhar boas promoções e viajar na época baixa ou shoulder season, pode até pagar consideravelmente menos.

Para obter os melhores preços sugerimos que faça várias simulações e que reserve o voo com (pelo menos) três meses de antecedência. Clique para ler as nossas dicas para comprar voos baratos.

Alugar carro para visitar São Miguel (Açores)

Roteiro São Miguel (Açores): o que visitar em viagem de 3, 5 e 7 diasA grande maioria dos locais de interesse de São Miguel são belezas naturais que, na sua maioria, não são servidas por transportes públicos. Por isso, a não ser que pretenda recorrer sempre a tours para fazer as suas visitas, diríamos que é crucial alugar um carro. Só assim conseguirá desfrutar em pleno das maravilhas naturais de São Miguel.

Para além de conseguir ir aos locais mais recônditos da ilha, onde poderá desfrutar de paisagens maravilhosas, terá muito mais flexibilidade para alterar os seus planos. Um plano de viagem flexível em São Miguel é extremamente importante, visto que as condições climatéricas mudam com imensa frequência. Como já referimos, viver as “quatro estações num só dia” é o prato do dia em São Miguel.

Na hora de alugar o carro recomendamos vivamente que o faça através da AutoEurope, pois permite comparar os preços de dezenas de empresas de rent-a-car (e assim encontrar o melhor preço disponível), sendo ainda possível cancelar o aluguer sem qualquer custo até 48h antes da partida, algo que valorizamos mesmo muito. É sempre a nossa primeira opção.

Clique para ver todas as opções de aluguer de carro em São Miguel

Seguro de Viagem para São Miguel | Açores

Roteiro São Miguel (Açores): o que visitar em viagem de 3, 5 e 7 diasNo atual contexto epidemiológico é de crucial importância fazer um seguro de viagem que tenha cobertura COVID-19. Só assim é possível viajar com tranquilidade.

A pensar nisso mesmo, a IATI Seguros criou o IATI Escapadinhas, um seguro de viagem que oferece cobertura em caso de contágio por COVID-19 (exames médicos, transporte sanitário, assistência médica, hospitalização, quarentena obrigatória e repatriação). E se optar pela cobertura de cancelamento em caso de resultado positivo para COVID-19 em Portugal (do próprio segurado, pais ou filhos, se isto impede iniciar a viagem na data prevista), recupera o dinheiro que havia gasto na sua viagem.

O seguro de viagem IATI Escapadinhas é super económico. Para ter uma ideia, na nossa última viagem aos Açores pagamos menos de 10€/pessoa para 10 dias de viagem, já com a opção de cancelamento incluída. Por estes valores, não vale de todo a pena correr riscos e (eventualmente) “ficar a arder” no caso de ter de cancelar a viagem devido à Covid-19.

Clique para fazer uma simulação para a sua viagem a São Miguel e não se esqueça que, ao utilizar o nosso link, terá um desconto de 5% na compra seu seguro de viagem.

Tours, excursões e atividades na Ilha de São Miguel | Açores

Roteiro São Miguel (Açores): o que visitar em viagem de 3, 5 e 7 dias
Orca ao largo de São Miguel

Existem inúmeras excursões e atividades que pode fazer em São Miguel. Entre elas destacamos os passeios de barco pela costa, para observação de baleias e golfinhos, uma das atividades que consideramos imperdíveis num roteiro para visitar São Miguel.

Se gosta de caminhadas, mas não se sente confortável em percorrer os trilhos de São Miguel sozinh@, pode também juntar-se a um pequeno grupo acompanhado por um guia experiente durante todo o percurso.

Roteiro São Miguel (Açores): o que visitar em viagem de 3, 5 e 7 dias
Miradouro da Vista do Rei – uma das melhores vistas sobre a Lagoa das 7 Cidades

Se não pretende alugar carro em São Miguel, recomendamos vivamente que recorra a um tour local para explorar belezas naturais e pontos de interesse mais recônditos da Ilha de São Miguel.

Abaixo colocamos os nossos tours e atividades favoritas em São Miguel de acordo com a sua tipologia. Clique nos respetivos links para consultar os programas:

Passeios de Barco e de Caiaque

Caminhadas pelos Trilhos de São Miguel e Canyoning com Guia

Excursões de Carro em São Miguel (dia inteiro)

Excelentes opções se não pretende alugar carro.

Dica VagaMundos: na escolha dos tours, e porque os imprevistos acontecem, evite sempre reservar tours que não permitam cancelamento gratuito. Dê prioridade às excursões e atividades que tenham boas reviews e permitam cancelar sem custos com (pelo menos) 48h de antecedência.

Onde ficar em São Miguel | Açores? Sugestões de alojamento

A primeira grande decisão a tomar quando se começa a planear uma viagem a São Miguel é escolher os locais onde ficar alojado. Apesar da Ilha de São Miguel não ser propriamente gigante, se for com muito pouco tempo, recomendamos que opte por dividir as noites de hospedagem por várias localidades ao invés de ficar sempre alojado na mesma localidade. Assim ganha mais tempo (e energia) para conhecer os principais pontos de interesse de São Miguel.

As localidades que sugerimos para passar a noite nos nossos roteiros de São Miguel são Ponta Delgada (a nossa favorita), Furnas, Ribeira Grande, Mosteiros e Nordeste, mas pode fazer pequenas alterações aos roteiros e optar por ficar noutras localidades vizinhas. Para além das referidas atrás, as melhores apostas são Caloura, Vila Franca de Campo e Povoação.

Como deve saber, São Miguel (e os Açores em geral) é um dos destinos mais procurados de Portugal. Logo, recomendamos que reserve o seu alojamento com o máximo de antecedência possível de forma a garantir os melhores preços. Clique nos links abaixo para procurar alojamento nas respetivas localidades e opte sempre por reservar unidades hoteleiras que permitam o cancelamento, não vá ter algum imprevisto.

Caso vá com mais tempo, considere montar base numa só localidade e fazer os seus passeios a partir daí, visto que exige menos logística e torna a experiência mais relaxante (andar a fazer e desfazer malas todos os dias é sempre chato, sobretudo se viajar com crianças).

Se escolher esta opção, sem dúvida alguma que a melhor localidade para montar base é Ponta Delgada. Tem mais oferta de alojamentos e serviços turísticos, conta com excelentes acessos para toda a ilha e acaba por ser a localidade que fica mais equidistante da maioria dos pontos de interesse de São Miguel.

Abaixo encontra os nossos alojamentos favoritos em Ponta Delgada – testados e aprovados por nós – que apresentam a melhor relação qualidade-preço.

Out of the Blue

Com acesso Wi-Fi gratuito em todas as áreas e um terraço, o Out of the Blue é um hostel upscale que providencia dormitórios e quartos duplos ou twin com casas de banho partilhadas ou privativas. Alguns quartos têm um terraço ou uma varanda. Este hostel estupendo disponibiliza cozinha partilhada e beneficia de uma localização perfeita para explorar cidade e ilha: longe do ruído da cidade mas apenas a 3 minutos a pé do centro.

Hotel Alcides

Os quartos privados do Hotel Alcides esgotam rápido por causa da localização central e preços económicos. Na zona histórica de Ponta Delgada, este hotel de 2 estrelas oferece quartos espaçosos, com ar condicionado, TV, WiFi e secretária. Dispõe de restaurante, terraço e bar. Pequeno almoço incluído e uma equipa simpática e afável que sabe bem receber. Afinal, no Alcides não percebem só de bife regional! (Leia a secção “onde comer” e perceberá.)

Azor Hotel

Com 123 quartos amplos, a maioria com varandas com vistas mar deslumbrantes, o Azor Hotel é o hotel mais luxuoso de Ponta Delgada. Um hotel animado e cosmopolita com uma piscina exterior no rooftop e um bar para aquela bebida relaxante de fim de tarde. Tem restaurante,  Spa e centro de fitness. Pequeno almoço soberbo, adequado a muitas dietas, incluído no preço.

Herdade do Ananás

Uma excelente opção para quem gosta de alojamentos de Turismo Rural com personalidade. Com bicicletas gratuitas, a ecológica Herdade do Ananás está localizada a menos de 3 km das Portas da Cidade. Os quartos privados emanam harmonia na conjugação de mobiliário antigo e comodidades modernas. Garantem tranquilidade, conforto e espaço. Há um jardim e um salão partilhado. Estacionamento privado e WiFi gratuitos.

Casa do Contador – Exclusive Suites & Pool

Suites e estúdios privados com cozinha para quem quer autonomia. A Casa do Contador é um lugar de sossego e aconchego no meio da cidade com pequenos detalhes vintage. Acomodações modernas que se destacam pela decoração e limpeza primorosas. O jardim, piscina exterior e terraço são deliciosos para relaxar e o pequeno almoço, incluído no preço, é simplesmente fabuloso.

My Story Hotel Vila Nova

O My Story Hotel Vila Nova é um hotel de 3 estrelas com uma tentadora relação qualidade-preço, principalmente quando lança campanhas de desconto. Quartos privados (duplos, twins e suites) espaçosos, com varanda (vistas mar e cidade), camas kingsize e todas as ameneties essenciais. Disponibiliza piscina exterior e salão de jogos. Compensa optar pela tarifa pequeno-almoço incluído. Tem ainda restaurante e bar para sua comodidade.

Clique para ver mais opções de alojamento em São Miguel

O Melhor de São Miguel (Açores) num Roteiro de 7 dias (1 semana): lugares a visitar na Ilha de São Miguel

Roteiro São Miguel (Açores): o que visitar em viagem de 3, 5 e 7 dias
Lagoa do Fogo – Roteiro para visitar São Miguel | Açores

É importante referir que o número de dias que sugerimos para o roteiro de 7 dias para visitar São Miguel não inclui os dias de viagem do ponto de origem para São Miguel e vice-versa. Logo, a não ser que o seu voo de ida seja matutino e o de regresso mais tardio (existem várias opções nesse sentido), terá sempre de acrescentar mais dois dias para a ida e volta desde o seu ponto de partida até Ponta Delgada, o ponto de início e fim deste roteiro para visitar a Ilha de São Miguel.

Roteiro São Miguel (Açores): o que visitar em viagem de 3, 5 e 7 dias
Praia de Água D´Alto – Roteiro para visitar São Miguel | Açores

Na verdade, este roteiro foi desenhado para permitir tanto a opção de ficar sediado em Ponta Delgada, como a de ir mudando de alojamento durante a sua viagem. Ao longo do roteiro, informamos sobre as melhores localidades para ficar alojado dia a dia, caso não queira dormir sempre em Ponta Delgada.

Roteiro São Miguel (Açores): o que visitar em viagem de 3, 5 e 7 dias
Fumarolas das Caldeiras das Furnas – Roteiro para visitar São Miguel | Açores

Se é nosso leitor assíduo, já sabe que nos nossos roteiros o número de dias é meramente indicativo. Se abdicar de fazer algumas das atividades que sugerimos ou cortar alguns pontos de interesse, pode fazer este roteiro em menos dias. Por isso mesmo, já a jogar na antecipação, desenhamos também um roteiro de 3 e 5 dias para visitar São Miguel. Pode consultar ambos logo abaixo do roteiro de 7 dias.

Roteiro São Miguel (Açores): o que visitar em viagem de 3, 5 e 7 dias
Miradouro da Grota do Inferno – Roteiro para visitar São Miguel | Açores

No sentido inverso, caso queira fazer mais algumas atividades náuticas ou caminhadas, passar o dia a relaxar num dos vários espaços termais ou ir a banhos numa das muitas praias e piscinas naturais da Ilha de São Miguel, acrescente mais uns dias e alargue este roteiro para visitar São Miguel para 10 ou 15 dias. Ao longo do roteiro vamos dar-lhe algumas sugestões nesse sentido. É só estar atent@ às nossas habituais Dicas VagaMundos.

Roteiro São Miguel (Açores): o que visitar em viagem de 3, 5 e 7 dias
Piscinas Naturais dos Caneiros – Roteiro para visitar São Miguel | Açores

Por último, queremos chamar-lhe a atenção que, face à instabilidade do clima em São Miguel, deve estar preparad@ para ir fazendo alterações ao roteiro durante a sua estadia. Se não o fizer, arrisca-se a encontrar muitos dos locais mais emblemáticos (como a Lagoa das 7 Cidades ou a Lagoa do Forno) completamente envoltos em nevoeiro.

Roteiro São Miguel (Açores): o que visitar em viagem de 3, 5 e 7 dias
Cascata da Caldeira Velha – Roteiro para visitar São Miguel | Açores

O ideal é consultar amiúde as câmaras live do site SpotAzores (clique para ver) para avaliar o estado do tempo nas zonas da ilha que pretende visitar nesse dia. Se vir que está muito nublado, não hesite em mudar os planos. Até porque, por vezes, está um sol de raiar numa ponta da ilha e uma tempestade de pôr um ateu a rezar na outra. Nós perdemos a conta ao número de vezes em que tivemos de alterar os planos. Mas essa flexibilidade foi sempre bem recompensada!

Roteiro para visitar São Miguel | Açores: Dia 1

Ponta Delgada – Miradouro do Ilhéu de Rosto de Cão – Praia das Milícias – Forte de São Caetano – Praia do Pópulo – Plantação de Ananases

O primeiro dia do roteiro para visitar São Miguel vai ser dedicado a explorar a encantadora cidade de Ponta Delgada (e arredores).

Marina de Ponta Delgada

A pequena vila de pescadores de outrora deu lugar a uma cidade cosmopolita, económica e culturalmente ativa, digna de capa de revista. Ponta Delgada é conhecida pelas igrejas, conventos e casas senhoriais, bairros típicos, ruas estreitas, praças airosas e jardins urbanos exuberantes que marcam o centro histórico. E pela graciosa marginal virada ao Atlântico, que lhe desenha o perfil, preenchida de esplanadas, bares e restaurantes que servem o melhor da cozinha regional e internacional.

Roteiro São Miguel (Açores): o que visitar em viagem de 3, 5 e 7 dias
Cento Histórico de Ponta Delgada

Mas antes de partir à descoberta dos encantos de Ponta Delgada, sugerimos vivamente que comece o 1º dia do seu roteiro para visitar São Miguel com um passeio de barco para observar golfinhos e baleias. É uma das atividades que consideramos verdadeiramente imperdível numa visita aos Açores, até porque observar baleias em alto mar (whale watching) foi das experiências mais singulares que já vivemos e que recomendamos sem hesitar. Estreamo-nos em Boston e repetimos em São Miguel, um dos melhores destinos para observação de cetáceos do mundo.

Mergulho da Baleia

A maioria das empresas mais seguras e éticas operam a partir da Marina de Ponta Delgada. Os passeios saem, geralmente, de manhã ou hora de almoço e duram cerca de 3 horas (menos do que isso, é de desconfiar).

Golfinho

Nós reservámos este passeio de catamarã (clique para ver) através do GetYourGuide e adoramos a experiência, tendo sido possível observar cachalotes e várias famílias de golfinhos. O preço é rigorosamente o mesmo que comprando no local e tem cancelamento gratuito até 24 horas de antecedência. Assim garantimos o nosso lugar no passeio para o dia que queríamos, sem correr qualquer risco nem pagar mais por isso.

Forte de São Brás

Depois do passeio de barco, sugerimos que continue o seu roteiro para visitar São Miguel com um passeio pela fantástica marginal de Ponta Delgada desde as Portas do Mar até ao Forte de São Brás, que presentemente alberga o Museu Militar dos Açores.

Portas da Cidade

Depois parta à descoberta do riquíssimo património e dos encantos do centro histórico da capital dos Açores, com as suas casas brancas adornadas pelo basalto negro dos esbeltos conventos e igrejas, das fachadas dos edifícios históricos e da típica calçada portuguesa que embeleza ruas e praças. Entre os muitos locais que pode visitar destacamos os seguintes:

  • Portas da Cidade, o monumento mais icónico de Ponta Delgada
  • Igreja Matriz de São Sebastião
  • Edifício da Câmara Municipal de Ponta Delgada (que tem à frente a Estátua de São Miguel Arcanjo, o padroeiro da Ilha de São Miguel)
  • Torre do Relógio (é possível subir para obter vistas panorâmicas sobre a cidade)
  • Campo de São Francisco, onde irá encontrar a Igreja de São José e o imperdível Santuário do Senhor Santo Cristo dos Milagres
  • Igreja do Colégio dos Jesuítas (e Jardim Antero de Quental aka Jardim dos Namorados)
  • Jardim António Borges (jardim botânico com trilhos e grutas)
  • Mercado da Graça
  • Igreja de São Pedro
  • Ermida da Mãe de Deus
  • Palácio da Conceição
  • Coliseu Micaelense e Teatro Micaelense
Quer mais dicas sobre a cidade de Ponta Delgada? Então, clique para ler o nosso roteiro para visitar Ponta Delgada.

Ao final da tarde, se ainda tiver tempo, pegue no carro e percorra a linha costeira entre Ponta Delgada e a Praia do Pópulo, uma das praias favoritas dos ponta-delgadenses. São apenas 5 km desde o centro da capital de São Miguel, mas pelo caminho tem mais de uma mão cheia de pontos de interesse.

O primeiro que destacamos é o Miradouro do Ilhéu de Rosto de Cão, de onde se obtém uma vista privilegiada sobre o ilhéu homónimo (quem está no mar pode observar um enorme rochedo com o formato de um rosto de cão) e de todo o litoral entre a cidade de Ponta Delgada e o vizinho município de Lagoa.

Um pouco mais à frente irá encontrar a fantástica Praia das Milícias, uma das mais afamadas praias de São Miguel. O seu extenso e cénico areal de cor escura (escusado será dizer que é de origem vulcânica) convida não só a um prazenteiro passeio à beira mar, como também ao primeiro mergulho do seu roteiro para visitar São Miguel.

Imediatamente a leste da Praia das Milícias vai encontrar as ruínas do Forte de São Caetano, que outrora protegia a costa micaelense do ataque dos piratas e corsários. É certo que as ruínas encontram-se em péssimo estado mas tem umas vistas sobre a vizinha Praia do Pópulo e o cabo Ponta dos Caetanos simplesmente apaixonante. E, em jeito de bónus, pode ainda admirar as instagramáveis esculturas do escultor nipónico Minoru Nizuma dedicadas ao vulcanismo, à sismicidade e ao basalto, que ficam mesmo à frente da fortaleza.

O primeiro períplo pela costa de São Miguel deste roteiro termina, como já havíamos referido, na Praia do Pópulo, outra linda praia de areal negro, recortada por pequenas dunas verdejantes. Se resistiu ao mergulho na Praia das Milícias tem aqui outra excelente oportunidade para ir banhos.

Para fechar o primeiro dia do roteiro para visitar São Miguel sugerimos uma visita à Plantação de Ananases Augusto Arruda (está aberta até às 20h), uma das mais afamadas da Ilha de São Miguel. As visitas são gratuitas e permitem acompanhar e conhecer todas as fases do crescimento do ananás.

Caso não tenha tempo para realizar todas estas visitas durante o primeiro dia do roteiro para visitar São Miguel, guarde as sugestões para outro final de tarde em Ponta Delgada. Não vão faltar oportunidades!

Onde dormir?

Roteiro para visitar São Miguel | Açores: Dia 2

Miradouro Pico do Carvão – Aqueduto e Lagoa do Carvão – Lagoa das Empadadas, Lagoa Rasa e Miradouro do Pico do Paul – Lagoa do Canário e Miradouro da Boca do Inferno (aka Miradouro Grota do Inferno) – Miradouro da Vista do Rei (ruínas do Hotel Monte Palace) – Miradouro do Cerrado das Freiras – Miradouro da Lagoa de Santiago – Lagoa das Sete Cidades – Mosteiros – Miradouro da Ponta do Escalvado – Ponta da Ferraria

O segundo dia do nosso roteiro para visitar São Miguel vai ser dedicado a explorar a região da Lagoa das Sete Cidades, um dos locais mais emblemáticos dos Açores, e a costa oeste de São Miguel, onde irá encontrar praias e piscinas naturais simplesmente irresistíveis. Não se esqueça do fato de banho nem do seu calçado de caminhadas, pois temos algumas sugestões de pequenos trilhos imperdíveis.

Miradouro Pico do Carvão

A primeira paragem do dia será no Miradouro Pico do Carvão onde será brindado com uma vista fantástica sobre a costa norte e a costa sul de São Miguel, as imponentes montanhas do Maciço das Sete Cidades e o Vulcão do Fogo (em dias de boa visibilidade, claro está).

Um pouco mais acima irá encontrar a pequena Lagoa do Carvão, alojada numa cratera vulcânica, e o fotogénico Aqueduto do Carvão, que outrora tinha a função de levar a água das Lagoas das Empadadas e do Canário até Santa Clara.

Roteiro São Miguel (Açores): o que visitar em viagem de 3, 5 e 7 dias
Vista aérea das Lagoas das Empanadas

E é precisamente das imediações do Aqueduto e Lagoa do Carvão que arranca a primeira caminhada do nosso roteiro para visitar São Miguel. O grande objetivo é ir conhecer as Lagoas das Empanadas, um dos segredos mais bem guardados da Ilha de São Miguel.

Estas duas lagoas encontram-se alojadas em duas crateras vulcânicas distintas, separadas entre si por pequenas faixas de terras, e rodeadas por um exuberante bosque que parece recortado de um conto de fadas. Mas não se fique apenas pelas Lagoas das Empanadas! Adentre-se pela Serra da Devassa e vá visitar também a Lagoa Rasa e desfrutar das maravilhosas paisagens panorâmicas do altaneiro Miradouro do Pico do Paul, de onde se consegue avistar a orla florestada da Lagoa de Pau Pique.

Roteiro São Miguel (Açores): o que visitar em viagem de 3, 5 e 7 dias
Lagoa Rasa

Como já referimos, o trilho arranca nas imediações do Aqueduto do Carvão, mais concretamente do portão que dá acesso às Lagoas das Empadadas (tem placa indicativa no local e o percurso encontra-se bem sinalizado), e tem somente 3,5 km de extensão. As únicas dificuldades do trilho são mesmo as empinadas subidas que dão acesso à Lagoa das Empadadas e ao Miradouro do Pico do Paul. Mas com calma fazem-se bem. Contudo, caso não seja grande adepto de caminhadas, pode sempre ficar-se apenas pelas Lagoas das Empanadas. Nesse caso só terá de percorrer sensivelmente 1,5 km.

Roteiro São Miguel (Açores): o que visitar em viagem de 3, 5 e 7 dias
Vista do Miradouro do Pico do Paul
Atenção: em teoria é possível levar o carro até um estacionamento que fica nas imediações das Lagoas das Empadadas, evitando assim a íngreme subida inicial. Contudo, à data da nossa última viagem a São Miguel em setembro de 2021, o portão que dá acesso às lagoas encontrava-se encerrado. De qualquer das formas, a subida de carro é oficialmente desaconselhada para carros ligeiros (sobretudo em dias de chuva) pois para além do forte pendente é de terra batida.

Depois da caminhada continue o seu roteiro para visitar São Miguel rumando até ao Parque Florestal da Mata do Canário, onde se esconde a bela Lagoa do Canário, rodeada por uma frondosa floresta típica da macaronésia, e o fabuloso Miradouro da Grota do Inferno (aka Miradouro da Boca do Inferno), um dos que ocupa lugar cativo na nossa lista dos mais belos Miradouros de São Miguel.

Roteiro São Miguel (Açores): o que visitar em viagem de 3, 5 e 7 dias
Lagoa do Canário

Do estacionamento que serve o Parque Florestal é um saltinho até à Lagoa do Canário, mas para ir desfrutar das fantásticas vistas do Miradouro da Grota do Inferno, situado a 1000 metros de altitude, terá de fazer uma curta e aprazível caminhada pela Mata do Canário (2,5 km ida e volta). É certo que em teoria é possível levar o carro até um parque de estacionamento que fica localizado junto ao início da subida para o Miradouro da Grota do Inferno. Mas, uma vez mais, encontramos o portão fechado. Por isso o melhor é não ir a contar com essa facilidade.

Trilho até ao Miradouro da Grota do Inferno

De qualquer das formas, o percurso pela Mata do Canário é muito agradável e praticamente plano, excetuando a pequena subida que antecede o Miradouro da Grota do Inferno. Mas estamos plenamente convictos de que não vai dar por mal empregue o esforço.

É que do Miradouro da Grota do Inferno poderá avistar quatro lagoas de uma assentada só, nomeadamente a Lagoa das Sete Cidade, a Lagoa do Canário, a Lagoa Rasa e a Lagoa de Santiago. É um dos quadros paisagísticos mais arrebatadores da ilha de São Miguel, um autêntico postal 3D desenhado a preceito pela natureza ao longo de milhões de anos.

Dica VagaMundos: gosta de uma boa caminhada e tem a possibilidade de acrescentar mais um dia ao seu roteiro para visitar São Miguel? Então não deixe de ir percorrer o trilho PR5 (SMI) Serra Devassa, a maneira mais recompensadora de visitar todos os locais que mencionamos atrás. O percurso tem sensivelmente 9 km de extensão (já com o desvio ao Pico do Paul, Lagoa das Empadadas e Miradouro da Grota do Inferno) e tem um grau de dificuldade moderada. Pode começar o trilho junto ao estacionamento que serve a Mata do Canário (melhor opção) ou junto ao portão que dá acesso às Lagoas das Empadadas.
Se lhe soar a pouco, pode combinar este trilho com uma caminhada até ao Pico da Cruz e ao Miradouro das Cumeeiras, seguindo pelo PR4 (SMI), que liga a Mata do Canário à Lagoa das Sete Cidades. Ir e vir ao Miradouro das Cumeeiras são 14 km, mas até ao Pico da Cruz são apenas 5 km. Fica a dica para os mais aventureiros!

A próxima paragem do nosso roteiro para visitar São Miguel será no Miradouro da Vista do Rei, o miradouro mais famoso da ilha de São Miguel. A vista que se obtém sobre a Lagoa das Sete Cidades, uma das vencedoras das 7 Maravilhas Naturais de Portugal, é simplesmente divinal. A lagoa que nasceu na gigantesca cratera do Vulcão das Sete Cidades encontra-se dividida em duas, a Lagoa Azul e a Lagoa Verde, e do alto do Miradouro da Vista do Rei é perfeitamente possível ter a perceção das diferentes tonalidades das águas das lagoas.

Em dias ensolarados é de deixar qualquer um de queixo caído (não se esqueça de espreitar as condições meteorológicas no site SpotAzores). Não é à toa que é considerado um dos cartões postais mais emblemáticos de todo o Arquipélago dos Açores. E desta feita não precisa de realizar nenhuma caminhada, pois existe parqueamento mesmo ao lado do miradouro.

Atenção: ao lado do Miradouro da Vista do Rei encontram-se as famosas ruínas do Monte Palace Hotel. O acesso está obviamente vedado, até porque é propriedade privada e a estrutura não apresenta condições de segurança. Contudo são muitos os que arriscam visitá-lo, até porque a grande maioria dos sites de viagens incentivam a mesma. Nós aconselhamos vivamente que resista à tentação de o visitar, não só porque é ilegal, mas sobretudo porque existe um sério risco de queda da estrutura. Além do mais, não faltam miradouros onde pode apreciar a beleza da Lagoa das Sete Cidades em total segurança!
Roteiro São Miguel (Açores): o que visitar em viagem de 3, 5 e 7 dias
Vista do Miradouro do Cerrado das Freiras

Do Miradouro da Vista do Rei continue o seu roteiro para visitar São Miguel descendo em direção à lagoa e à pequena vila das Sete Cidades. Mas pelo caminho não deixe de parar no Miradouro do Cerrado das Freiras, de onde poderá apreciar a Lagoa das Sete Cidades de outra perspetiva incrível, e no vizinho Miradouro da Lagoa de Santiago, que oferece vistas privilegiadas sobre a enorme e profunda Lagoa de Santiago, com os seus apaixonantes tons esverdeados e completamente rodeada de exuberante vegetação. Ambos os miradouros estão à borda da estrada e são servidos por estacionamento. É só encostar.

Lagoa de Santiago

Pouco depois irá chegar às verdejantes margens da Lagoa das Setes Cidades. Nas extremidades da icónica Ponte das Sete Cidades, que serve de ponto de divisão entre a Lagoa Verde e a Lagoa Azul, encontrará muitos locais onde pode estacionar o carro, para poder ir ver de perto da beleza da Lagoa das Sete Cidades. Recomendamos vivamente que faça um passeio (ainda que curto) pelas margens de ambas as lagoas e que aproveite para fazer um picnic. É um local simplesmente mágico!

Dica VagaMundos: uma das formas mais divertidas de conhecer a Lagoa das Sete Cidades é fazendo um passeio de caiaque. Na nossa última viagem a São Miguel alugamos um caiaque por 10 € para os dois durante uma hora (clique para ver) através do GetYourGuide e adoramos a experiência. Se estiver apertado de tempo pode alugar por apenas 30 minutos (5€), mas o mais certo é saber-lhe a pouco.

Já na vila das Sete Cidades o grande destaque vai para a Igreja de São Nicolau, de estilo neogótico. A alameda ladeada de criptomérias (árvores trazidas do Japão) que conduz à sua entrada dá-lhe um enquadramento excecional.

Sete Cidades visitada continue o seu roteiro para visitar São Miguel rumando até à costa oeste da ilha, mais concretamente até à colorida vila piscatória de Mosteiros.

Piscinas Naturais dos Caneiros

Recomendamos que comece a sua visita pela Ponta dos Mosteiros de onde poderá fazer uma pequena caminhada, sempre ao lado do mar, até às fantásticas Piscinas Naturais dos Caneiros (também conhecidas por Poço da Pedra), piscinas oceânicas de águas cristalinas resultantes da atividade vulcânica da ilha. É o spot perfeito para o primeiro mergulho do segundo dia do nosso roteiro para visitar São Miguel!

Roteiro São Miguel (Açores): o que visitar em viagem de 3, 5 e 7 dias
Ponta do Castelo

Depois do mergulho siga até à Ponta do Castelo, onde será brindado com vistas privilegiadas para os fotogénicos Ilhéus dos Mosteiros, quatro enormes rochedos, reminiscências da erosão marinha de uma pequena ilha formada por um cone litoral de origem hidromagmática. Não deixe também de visitar o pitoresco porto de pesca de Mosteiros e a sua bonita Igreja Matriz.

Praia dos Mosteiros

Para fechar a visita a Mosteiros com a chave de ouro rume até à Praia dos Mosteiros, uma irreal praia de areia preta de uma beleza invulgar. O contraste da areia negra com o azul cristalino do mar, as verdejantes montanhas e os Ilhéus dos Mosteiros a marcar o horizonte, resulta num quadro paisagístico simplesmente perfeito.

Roteiro São Miguel (Açores): o que visitar em viagem de 3, 5 e 7 diasA próxima paragem do nosso roteiro para visitar São Miguel será no Miradouro da Ponta do Escalvado, construído sobre uma escarpada falésia, onde será brindado com uma das melhores vistas da costa oeste da ilha de São Miguel. Não era à toa que foi durante muitos anos utilizado como ponto de vigia das baleias. Os destaques paisagísticos vão para a vila e ilhéus de Mosteiros e para a Ponta da Ferraria, o local que se segue no nosso roteiro para visitar São Miguel.

Roteiro São Miguel (Açores): o que visitar em viagem de 3, 5 e 7 dias
Ponta da Ferraria vista do Miradouro da Ilha Sabrina

Pelo caminho não deixe de fazer uma breve paragem no Miradouro da Ilha Sabrina, de onde terá uma vista aérea soberba sobre a Ponta da Ferraria (nome dado a um terreno originado da escoação de lava de uma arriba costeira em direção ao mar) e o Farol da Ponta da Ferraria. Onde está a ilha que deu nome ao miradouro? Está debaixo do mar pois surgiu como resultado de uma erupção vulcânica submarina em 1811 e numa questão de meses desapareceu.

Arco Litoral – Ponta da Ferraria

Já na Ponta da Ferraria, espera-@ um dos cenários mais singulares da ilha de São Miguel. É que a Ponta da Ferraria é uma fajã lávica, tendo resultado do contato entre a lava quente expelida pelo Pico das Camarinhas e a água do mar. Para conhecer este lugar ímpar, que é inclusivamente um dos geossítios de bandeira do Geoparque Açores, nada como percorrer o troço da Ponta da Ferraria do trilho PR43 SMI, que tem somente 1 km de extensão. Os principais pontos de interesse do percurso são as vistas para a imponente Arriba Fóssil, o Arco Litoral, o Cone Litoral e a famosa Piscina Natural da Ponta da Ferraria, um dos locais mais badalados de São Miguel. E com todo o mérito!

Piscina Natural da Ponta da Ferraria

É que as águas desta pequena piscina natural são aquecidas por vapores vulcânicos e temperadas pela fria água do mar, o que a torna num local ímpar para se ir a banhos. Não conseguimos imaginar um local melhor para colocar um ponto final no segundo dia do roteiro para visitar São Miguel.

Dica VagaMundos: a temperatura das águas da Piscina Natural da Ponta da Ferraria varia imenso com as marés, podendo ir dos 18/19ºC na maré cheia aos 29/30ºC na maré baixa. Para encontrar a água no ponto o ideal é ir a banhos durante as transições das marés. É um bocadinho como se estivesse a temperar a água na banheira!

Onde dormir?

Roteiro para visitar São Miguel | Açores: Dia 3

Miradouro do Monte Santo (Água de Pau) – Miradouro da Ponta da Galera – Caloura – Miradouro do Pisão – Praia de Água D’Alto – Cascata do Segredo – Vila Franca do Campo – Miradouro da Nossa Senhora da Paz – Lagoa do Congro

No terceiro dia do nosso roteiro para visitar São Miguel irá explorar a costa sul da ilha, descobrir uma cascata “secreta” e visitar uma das lagoas mais apaixonantes de São Miguel.

Ermida de Nossa Senhora do Monte Santo

A primeira paragem do dia será na vila de Água de Pau para ir visitar a altaneira Ermida de Nossa Senhora do Monte Santo e o vizinho Miradouro do Monte Santo, de onde terá excelentes vistas sobre a costa sul de São Miguel e a Serra de Água de Pau.

Vista do Miradouro do Monte Santo
Dica VagaMundos: o Google Maps (e afins) vai dizer-lhe que pode ir de carro até bem perto do miradouro, mas não se fie: o acesso é exclusivamente pedonal. Para não se meter em trabalhos pelas ruelas estreitas de Água de Pau, recomendamos que estacione a sua viatura no parque que se encontra na rua Manuel Egídio de Medeiros e que daí siga a pé até à ermida e ao miradouro. O percurso tem pouco mais de 500 metros.

Depois da curta caminhada, continue o seu roteiro para visitar São Miguel rumando até à costa, mais concretamente até à Ponta da Galera, onde irá encontrar uma aprazível zona balnear integrada na negra rocha vulcânica resultante do movimento da lava. É a primeira oportunidade para ir a banhos no terceiro dia do roteiro de São Miguel!

Da Ponta da Galera siga até à vizinha Praia da Caloura, que devido ao seu microclima é uma das mais soalheiras e menos húmidas de São Miguel. Anichada numa enseada no sopé de uma falésia basáltica, a Praia da Caloura é na verdade uma piscina natural de águas cristalinas às quais se soma uma piscina artificial de água salgada para os mais pequenos. Um pequeno paraíso da ilha de São Miguel.

Lapas Gralhadas do Bar Caloira
Dica VagaMundos: se lhe der a fome e quiser ir petiscar umas lapas grelhadas, vá até ao Bar da Caloura. Não se vai arrepender!

Continue o seu roteiro para visitar São Miguel rumando até à Praia de Água D’Alto, considerada uma das melhores praias de São Miguel. Pelo caminho não deixe de parar no Miradouro do Pisão para desfrutar de uma arrebatadora vista aérea sobre o Porto de Pescas e Piscina Natural de Caloura. Pode deixar o drone a descansar!

Vista do Miradouro do Pisão

Uma vez na Praia de Água D’Alto vai de imediato perceber a razão de tanta fama. É que esta praia do concelho de Vila Franca de Campo roça a perfeição. Está situada numa encantadora baía, que lhe permite ter águas muito calmas, e tem um areal de fina areia negra com uns impressionantes 600 metros de comprimento (é um dos maiores da ilha de São Miguel). E a nível de infraestruturas de apoio não lhe falta rigorosamente nada para um dia de praia em cheio.

A única hesitação que tivemos na hora de incluir a Praia de Água D’Alto do nosso roteiro para visitar São Miguel foi o enorme risco de já não querermos fazer rigorosamente mais nada nesse dia, a não ser tomar banhos de sol e mar. Mas como tínhamos um enorme segredo para desvendar, lá resistimos à tentação.

Roteiro São Miguel (Açores): o que visitar em viagem de 3, 5 e 7 diasEstamos a falar-lhe da Cascata do Segredo, o próximo destino do nosso roteiro para visitar São Miguel. Esta recôndita queda de água, rodeada de frondosa vegetação, é alimentada pelas águas da Ribeira da Praia e forma na sua base uma lagoa simplesmente deliciosa que convida a refrescantes mergulhos.

Poço dos Trinta Reis

Para a ir conhecer rume até ao Lugar da Praia (Trinta Reis) e depois siga a pé pelo trilho pedestre PR 39 SMI – Quatro Fábricas da Luz durante sensivelmente 400 metros (800 ida e volta). O percurso está bem sinalizado e pelo caminho ainda vai encontrar o belo Poço dos Trinta Reis.

Dica VagaMundos: se for com mais tempo e gostar de caminhadas não deixe de percorrer a totalidade do trilho pedestre PR 39 SMI – Quatro Fábricas da Luz, até porque este percurso linear tem somente 2 km de extensão (4 km ida e volta) e permite-lhe visitar as ruínas de quatro fábricas hidroelétricas. Se for esta a sua opção, recomendamos que inicie a caminhada na outra extremidade do percurso, no parque de estacionamento do Parque Escutista dos Lagos, pois tem consideravelmente mais lugares para deixar o seu carro.
Paços do Concelho – Vila Franca de Campo

A próxima paragem do nosso roteiro para visitar São Miguel será na histórica Vila Franca de Campo, que outrora foi a capital da ilha de São Miguel.

Roteiro São Miguel (Açores): o que visitar em viagem de 3, 5 e 7 dias
Ilhéu de Vila Franca

Vila Franca de Campo é sobejamente conhecida por ser o ponto de partida para ir visitar o maravilhoso Ilhéu de Vila Franca, que é no fundo o cone da cratera de um antigo vulcão submerso, presentemente utilizada como piscina natural nos meses de verão.

Da Marina de Vila Franca de Campo, partem barcos para visitar o ilhéu de hora a hora e o percurso demora apenas 10 minutos. Contudo, como o Ilhéu de Vila Franca é uma reserva natural, só pode ser visitado de junho a outubro e tem uma lotação diária limitada a 400 pessoas. Pode adquirir o seu bilhete no quiosque de vendas na Marina. Mas, para não correr o risco de ficar em terra, aconselhamos vivamente que o compre com antecedência através do site oficial do Clube Naval de Vila Franca do Campo.

Praia do Poço Largo

Caso não pretenda (ou não possa) visitar o Ilhéu de Vila Franca, pode sempre apreciá-lo da vila, até porque o ilhéu dista menos de 1 km da costa. Se bem que o ilhéu pode ser visto praticamente de toda a orla costeira de Vila Franca, em nossa opinião as melhores vistas são obtidas da Praia do Poço Largo (que belos momentos de contemplação nos proporcionou na última viagem a São Miguel).

Roteiro São Miguel (Açores): o que visitar em viagem de 3, 5 e 7 dias
Igreja Matriz de São Miguel Arcanjo

Contudo o interesse de Vila Franca está longe de se esgotar no ilhéu homónimo. Entre os muitos locais que pode visitar na vila destacamos os seguintes:

  • Igreja Matriz de São Miguel Arcanjo
  • Paços de Concelho
  • Igreja do Senhor Bom Jesus da Pedra
  • Jardim Antero de Quental
  • Igreja de São Pedro
  • Convento de São Francisco (que presentemente alberga uma luxuosa pousada)
  • Fábrica das Queijadas da Vila do Morgado (onde pode assistir ao fabrico e comprar o doce conventual mais famoso de São Miguel)
  • Praia da Vinha D’Areia

Centro histórico de Vila Franca de Campo visitado continue o seu roteiro por São Miguel subindo ao altaneiro Miradouro da Nossa Senhora da Paz, onde será brindado com uma vista panorâmica sobre Vila Franca, com o Ilhéu de Vila Franca a marcar o horizonte, simplesmente magnífica. Para uma vista ainda melhor suba a extensa escadaria da Ermida de Nossa Senhora da Paz, também ela merecedora de visita.

O último destino do terceiro dia do nosso roteiro para visitar São Miguel será a apaixonante Lagoa do Congro, uma das lagoas mais mágicas de toda a ilha. E parte dessa magia deriva do facto de estar bem escondidinha num frondosa floresta, que de tão bela, parece decalcada de um filme de fantasia.

Esta lagoa de tons esmeralda distingue-se das restantes lagoas de São Miguel porque resulta de uma cratera de “explosão”, ou seja, está encaixada no “buraco” e não no cimo do cone vulcânico como a Lagoas das Sete Cidades ou a Lagoa do Fogo.

Contudo, para ir visitar a Lagoa do Congro só existe uma forma: fazer uma pequena caminhada. Não torça o nariz: esta é daquelas caminhadas que vai dar por muito bem empregue o esforço. Primeiro porque, como já referimos, o bosque que rodeia a lagoa é simplesmente maravilhoso. Segundo, porque o facto de obrigar a uma caminhada afasta as multidões, e permite que a Lagoa do Congro seja um dos melhores locais da ilha de São Miguel para nos conectarmos com a natureza. Vale cada gotinha de suor!

Como chegar à Lagoa do Congro?

Não cometa o erro de colocar Lagoa do Congro no Google Maps ou nunca mais dá com ela. Mais vale ir à moda antiga, ou seja, seguir as placas. De Vila Franca de Campo siga pela EN4-2A em direção às Furnas e cerca de 7 km depois irá encontrar uma placa indicativa para tomar uma estrada batida à sua esquerda. É por aí que deve seguir durante cerca de 1 km, até ao início do trilho que conduz à Lagoa do Congro. Daí até à lagoa são somente 700 metros sempre a descer (1,4 km ida e volta com uma subida bem rasgadinha no regresso).

Contudo, caso tenha chovido muito, o percurso pode estar intransitável a um carro ligeiro. Na nossa última viagem a São Miguel encontramos a estrada de terra batida transformada num batatal. Como tal, tivemos de deixar o carro logo no início da estrada e seguir a pé. Nem 2 km tivemos de somar ao percurso. Nada de grave até porque o caminho é completamente plano até ao início do trilho propriamente dito.

Onde dormir?

Roteiro para visitar São Miguel | Açores: Dia 4

Miradouro do Castelo Branco – Jardim da Lagoa das Furnas – Caldeiras e Fumarolas da Lagoa das Furnas – Caldeiras e Fumarolas da Vila das Furnas – Parque Terra Nostra – Miradouro do Pico do Ferro – Cascata da Ribeira Quente – Praia do Fogo – Poça Dona Beija

O quarto dia do nosso roteiro para visitar São Miguel vai ser todo ele dedicado a explorar a região das Furnas, um dos lugares mais emblemáticos dos Açores.

Abrimos as hostilidades com uma visita ao Miradouro do Castelo Branco, uma recôndita torre construída no topo de um monte entre Vila Franca de Campo e as Furnas. Do topo da torre será brindado com o primeiro vislumbre do Vale e da Lagoa das Furnas. Do outro lado, com uma soberba vista sobre o mar com o Ilhéu de Vila Franca de Campo em destaque.

Vistas desfrutadas, continue o seu roteiro para visitar São Miguel rumando até à margem da deslumbrante Lagoa das Furnas, mais concretamente até ao verdejante Jardim da Lagoa das Furnas.

Para desfrutar de toda a sua beleza sugerimos que faça um prazenteiro passeio pela orla da lagoa até chegar ao Centro de Monitorização e Investigação das Furnas. Pelo caminho poderá ver a icónica Capela da Nossa Senhora das Vitórias, um dos templos mais originais dos Açores, relaxar num dos muitos bancos com vistas estupendas para a lagoa e até mesmo dar um mergulhinho.

Dica VagaMundos: no Jardim da Lagoa das Furnas pode ainda visitar a Mata Jardim José do Canto, que tem como principais atrativos a Cascata do Salto do Rosal e um bosque de sequoias. Contudo, entrada é paga, e tendo em conta que em São Miguel existem largas dezenas de percursos pedestres e cascatas de acesso público e gratuito, nós optamos por não visitar. De qualquer das formas fica a dica para o caso de ter uma opinião contrária.

A próxima paragem do nosso roteiro para visitar São Miguel será no lado oposto da lagoa, onde se situa a Caldeira e Fumarolas da Lagoa das Furnas, o local onde é cozinhado o famoso Cozido das Furnas.

Este é um dos locais da ilha de São Miguel em que a atividade vulcânica mais se manifesta, sendo possível ver um bom número de fumarolas e borbulhantes caldeiras, que podem ser observadas em segurança percorrendo os passadiços criados para o efeito. Vá é preparado para o forte cheiro a enxofre!

Roteiro São Miguel (Açores): o que visitar em viagem de 3, 5 e 7 diasLogo ao lado das fumarolas vai ver vários buracos no chão vulcânico. É nesses buracos que é cozinhado, muito lentamente, com o calor da terra o Cozido das Furnas. Se os buracos estiverem tapados, formando pequenos cones de terra é porque estão lá dentro os tachos dos cozidos. A grande maioria dos buracos são utilizados pelos restaurantes das Furnas, mas também existem vários buracos destinados aos particulares. Ou seja, se for com tempo, pode sempre aventurar-se na confeção de um Cozido das Furnas. Vai ter é que esperar entre 6 a 8 horas para o Vulcão das Furnas fazer o seu trabalho.

Retirada do Cozido das Furnas
Dica VagaMundos: o acesso às fumarolas custa 3€ e é válido para o dia inteiro. Siga esta dica para fazer render o seu dinheiro. A melhor altura do dia para visitar a Caldeira e Fumarolas da Lagoa das Furnas é entre as 11:30h e o 12:30h, pois é quando os funcionários dos restaurantes vão buscar os cozidos para o almoço. Assim, tem o bónus de poder assistir à retirada das panelas, com o Cozido das Furnas, do interior da terra. Pode sempre voltar depois de almoço para uma caminhada pelas margens da lagoa.

Roteiro São Miguel (Açores): o que visitar em viagem de 3, 5 e 7 diasRetirada das panelas do Cozido das Furnas vista, nada como aproveitar a boleia e ir degustar este prato ímpar num dos restaurantes das Furnas. Não se esqueça é de fazer a sua reserva com antecedência, visto que os Cozidos das Furnas são por norma feitos à conta e seria uma pena não incluir esta experiência no seu roteiro para visitar São Miguel. Nós apostamos no Restaurante Tony’s e babámo-nos com o cozido (para mais informações espreite a secção da gastronomia no final deste artigo).

Depois de almoço continue o seu roteiro para visitar São Miguel rumando até ao Parque das Caldeiras e Fumarolas da Vila das Furnas. A entrada é grátis e aqui vai encontrar mais fumarolas, caldeiras com lama borbulhante e ainda nascentes de águas termais verdadeiramente escaldantes. O cheiro a enxofre é ainda mais forte do que se sente nas Fumarolas da Lagoa das Furnas, mas vale a pena suportar o odor intenso para assistir in loco a esta manifestação de força da natureza.

Caldeiras das Furnas visitadas, rume em direção ao Parque Terra Nostra, onde poderá tomar o primeiro banho termal do seu roteiro para visitar São Miguel. Pelo caminho, não deixe de visitar a imponente Igreja Paroquial das Furnas e espreitar a sui generis Casa Invertida.

Roteiro São Miguel (Açores): o que visitar em viagem de 3, 5 e 7 diasA entrada no Parque Terra Nostra é paga (8€), mas vale a pena o investimento, sobretudo se pretender ir a banhos. Como é sabido o ex-libris do parque é o seu gigantesco tanque de água termal, mas os motivos de interesse do parque estão muito muito longe de se resumir ao seu lago de águas férreas quentes.

Roteiro São Miguel (Açores): o que visitar em viagem de 3, 5 e 7 diasO Parque Terra Nostra é um dos mais belos jardins botânicos do mundo sendo possível observar uma miríade de espécies de árvores e plantas, sejam endémicas dos Açores, sejam originárias dos quatro cantos do mundo. Para que não se perca na sua visita, existe um percurso pedestre marcado que o conduzirá pelos jardins, lagos e riachos mais emblemáticos do parque. Recomendamos que comece a sua visita ao Parque Terra Nostra precisamente com a caminhada e que feche com um relaxante banho no lago de água termal ou nos vizinhos jacuzzis rodeados de luxuriante vegetação.

Dica VagaMundos: quando for a banhos no Parque Terra Nostra, aconselhamos vivamente que utilize um fato de banho escuro e assim mais para o velhote. É que as águas férreas vão inevitavelmente tingi-lo nos mais variados tons de laranja!

Banhinho tomado, volte a pegar no carro e continue o seu roteiro para visitar São Miguel rumando até ao Miradouro do Pico do Ferro, que o irá brindar com uma vista sobre o Vale das Furnas e a Lagoa das Furnas de cortar a respiração. Imperdível!

Roteiro São Miguel (Açores): o que visitar em viagem de 3, 5 e 7 diasDepois de desfrutar das sublimes vistas sobre a Lagoa das Furnas diga um “até já” às Furnas e siga em direção ao isolado povoado costeiro da Ribeira Quente. Pelo caminho irá atravessar o túnel mais singular da Ilha de São Miguel. Já vai perceber porquê. Quando entrar no túnel, mantenha-se atent@ ao seu lado direito. Há uma abertura do túnel que permite ver uma esplendorosa queda de água, a Cascata da Ribeira Quente. Surreal!

Dica VagaMundos: ​pela informação que recolhemos, existe um trilho que permite ir perto da Cascata da Ribeira Quente. O problema é que o percurso arranca da tal abertura do túnel que referimos atrás, e não existem, de todo, condições de segurança para circular no túnel a pé. Até que sejam criadas, o melhor é ficar-se mesmo pela “vista relâmpago” do carro.

Roteiro São Miguel (Açores): o que visitar em viagem de 3, 5 e 7 diasUma vez em Ribeira Quente, tem à sua espera a maravilhosa Praia do Fogo, uma das praias mais bonitas de São Miguel. Esta praia de fina areia negra encontra-se situada numa idílica baía de águas cristalinas, completamente rodeada de imponentes e verdejantes montanhas. O enquadramento paisagístico é simplesmente soberbo e o melhor de tudo é que, devido à existência de nascentes hidrotermais submarinas, a temperatura da água do mar é sempre tépida. Vai pensar que foi teletransportado para outras latitudes!

Se ainda não estiver fart@ de banhos, sugerimos que feche o quarto dia do seu roteiro para visitar São Miguel com um relaxante banho de imersão na Poça Dona Beija, outro dos cartões-postais dos Açores. A entrada no parque é paga (6€) e dá acesso a 5 piscinas / tanques de quentes águas termais rodeados de exuberante vegetação. Imagine-se a tomar um banho numa pequena lagoa inserida numa selva tropical e fica com uma ideia do que @ espera. E como a Poça Dona Beija encontra-se aberta até às 23h até pode tomar um banhinho sobre o céu estrelado. Super romântico!

Onde dormir?

Roteiro para visitar São Miguel | Açores: Dia 5

Miradouro do Pico da Barrosa – Miradouro da Lagoa do Fogo – Trilho Lagoa do Fogo – Miradouro da Bela Vista – Monumento Natural da Caldeira Velha – Salto do Cabrito – Caldeiras de Ribeira Grande – Praia do Areal de Santa – Poços de S. Vicente Ferreira – Miradouro das Pedras Negras e Miradouro do Navio – Rabo de Peixe (Restaurante da Associação Agrícola de São Miguel)

O quinto dia do nosso roteiro para visitar São Miguel vai ser dedicado a explorar a Serra de Água de Pau, morada da Lagoa do Fogo e da Caldeira Velha, e uma parte da costa norte da ilha de São Miguel.

A primeira paragem do dia será no altaneiro Miradouro do Pico da Barrosa, situado a mais e 800 metros de altitude, o que faz dele o miradouro mais alto com acesso rodoviário em toda a Serra de Água de Pau. Será dele que irá avistar pela primeira vez a deslumbrante Lagoa do Fogo, que nasceu no interior da cratera do Vulcão do Fogo, a mais jovem caldeira da ilha de São Miguel (a última erupção registou-se no ano de 1563). O contraste das águas azuis da lagoa com o verde da vegetação endémica dos Açores que pinta toda a caldeira do Vulcão do Fogo é de uma beleza onírica.

Dica VagaMundos: se o dia estiver mesmo muito limpo (não se esqueça de espreitar o site SpotAzores) suba a pé até perto das antenas do Pico da Barrosa de onde poderá observar a Lagoa do Fogo de uma perspetiva completamente diferente. Mais alto que isto, só mesmo com drone.

A próxima paragem do roteiro para visitar São Miguel será no Miradouro da Lagoa do Fogo, de onde poderá apreciar a Lagoa do Fogo de mais perto. Mas há mais, é daqui que arranca o trilho pedestre até à paradisíaca Praia Fluvial da Lagoa do Fogo, eleita uma das 7 Maravilhas de Portugal (na categoria de praia selvagem).

Ir e vir até à Praia da Lagoa do Fogo é somente 4 km, mas a descida (e posterior subida) é bastante exigente, pois terá de superar um declive de 120 metros em somente meio quilómetro. Avalie bem a sua condição física antes de se pôr a caminho.

Do Miradouro da Lagoa do Fogo siga em direção ao Monumento Natural da Caldeira Velha. Pelo caminho não deixe de fazer uma breve paragem no Miradouro da Bela Vista, onde será brindado com uma bela vista (lá está) sobre a costa norte da Ilha de São Miguel.

Roteiro São Miguel (Açores): o que visitar em viagem de 3, 5 e 7 diasNa Caldeira Velha tem à sua espera mais três piscinas de águas termais, uma delas com uma cascata, com temperaturas que variam entre os 25ºC e os 38ºC (a mais fria é a piscina da cascata), e campos fumarólicos provenientes do Vulcão do Fogo. Tudo isto num entorno natural simplesmente irreal, com um misto de vegetação típica das florestas de Laurissilva e florestas tropicais, como sejam os exóticos e gigantescos fetos arbóreos. É um dos locais mais paradisíacos de São Miguel!

Para saber mais sobre a origem e importância biológica da Caldeira Velha, não deixe de visitar o interessante Centro de Interpretação Ambiental.

Dicas VagaMundos: para visitar a Caldeira Velha:

  • A entrada na Caldeira Velha é paga. O preço de admissão é de 3€ para visitar o espaço e de 8€ caso queira tomar banho nas piscinas termais. Só os residentes nos Açores é que beneficiam de acesso gratuito.
  • Por ser uma área protegida, existe um número limitado de visitantes por dia na Caldeira Velha e o tempo máximo de permanência no espaço é de 2 horas. Posto isto, e sobretudo se quiser tomar banho, é extremamente recomendável que compre o seu bilhete com antecedência através do site oficial. Nesta última visita, vimos imensas pessoas ficar à porta pois só já havia bilhetes para ir a banhos para daí a três dias.
  • Foi criado recentemente um espaçoso parque de estacionamento um pouco abaixo do portão de acesso à Caldeira Velha. Logo, aqueles relatos de extrema dificuldade de estacionamento que se encontram na maioria dos sites já não se aplica de todo.
  • Há semelhança do que dizemos para o lago termal do Parque da Terra Nostra, utilize um fato de banho velho e escuro para ir a banhos. As águas aqui são também férreas e é inevitável que passem a sua coloração para o seu fato de banho.

A próxima paragem do nosso roteiro para visitar São Miguel será no Salto do Cabrito, uma das cascatas mais bonitas de São Miguel. A queda de água tem uns impressionantes 40 metros de altura e na sua base forma uma lagoa maravilhosa de águas límpidas e cristalinas.

Roteiro São Miguel (Açores): o que visitar em viagem de 3, 5 e 7 diasAo contrário do que acontece com grande parte das cascatas, o acesso à lagoa do Salto do Cabrito está longe de ser complicado. É possível ir de carro até praticamente ao lado da cascata, visto que foi criado um estacionamento junto à vizinha central hidroelétrica. Contudo, os últimos 700 metros da estrada são mesmo muito íngremes. Como tal, em dias de chuva, o melhor é deixar o carro no estacionamento que fica imediatamente antes da descida.

Dica VagaMundos: gosta de uma boa caminhada e quer acrescentar mais um dia ao seu roteiro para visitar São Miguel? Então sugerimos que vá percorrer o trilho pedestre PR29 (SMI) que liga as Caldeiras da Ribeira Grande ao Salto do Cabrito. O percurso arranca e termina nas Caldeiras da Ribeira Grande, tem sensivelmente 10 km de extensão e grau de dificuldade médio/baixo. E no final do percurso pode comer mais um belo cozido das caldeiras cozinhado a preceito pela mãe natureza. Já lhe explicamos como.

Cascata do Salto do Cabrito visitada, continue o seu roteiro para visitar São Miguel rumando até às Caldeiras da Ribeira Grande outra das zonas termais da ilha e onde pode tomar mais um revigorante banho de água termal ou receber uma massagem com lama vulcânica (se seguiu a nossa dica de trilho até ao Salto do Cabrito, vai-lhe saber pela vida). Independentemente de ir a banhos ou não, pode passear gratuitamente pela zona das termas onde irá encontrar uma caldeira de águas azuladas bem quentes e algumas fumarolas.

E se pensava que cozido era só nas Furnas, temos uma surpresa para si. Nas Caldeiras da Ribeira Grande existem 9 buracos onde pode confecionar o seu cozido açoriano com auxílio de um funcionário. E sem pagar rigorosamente nada. Se for fazer o trilho do Salto do Cabrito, pode deixar o cozido a fazer (demora cerca de 6 horas a estar pronto) e quando acabar a caminhada pode comê-lo no merendeiro que fica mesmo ao lado da zona de confeção. Caso prefira, também pode ir degustar a iguaria no Restaurante Bar Caldeiras. Não se esqueça é de encomendar com antecedência.

Roteiro São Miguel (Açores): o que visitar em viagem de 3, 5 e 7 diasPara fechar a visita às Caldeiras da Ribeira Grande, suba até ao Baloiço da Matriz e delicie-se com mais uma bela vista sobre a costa da Ribeira Grande.

Roteiro São Miguel (Açores): o que visitar em viagem de 3, 5 e 7 diasDiga adeus à Serra de Água de Pau e continue o seu roteiro para visitar São Miguel dirigindo-se até à Praia do Areal de Santa Bárbara, a capital do surf dos Açores. Mesmo que apanhar uma onda não seja muito a sua praia, vai delirar com o extenso areal (o maior da costa norte de São Miguel) e com as excelentes infraestruturas de apoio. Não é à toa que esta praia do concelho de Ribeira Grande é uma das mais procuradas pelos locais.

Nas imediações da praia pode ainda visitar as antigas casamatas, uma espécie de bunkers utilizados durante a Segunda Guerra Mundial, e o romântico baloiço da Ribeira Seca, com vista privilegiada para o Areal de Santa Bárbara.

A próxima paragem do nosso roteiro para visitar São Miguel será nos Poços de S. Vicente Ferreira (também conhecidos por Poços de Capelas), uma piscina natural de água salgada delimitada por rochas basálticas e com infraestruturas de apoio excelentes. Se as ondas do Areal de Santa Bárbara lhe tiraram a vontade de ir a banhos de mar, tem aqui uma oportunidade de ouro para dar o mergulho salgado do dia.

Roteiro São Miguel (Açores): o que visitar em viagem de 3, 5 e 7 dias
Tromba do Elefante vista do Miradouro das Pedras Negras

E o melhor de tudo é que logo ao lado dos Poços de S. Vicente vai encontrar três miradouros estupendos. São eles o Miradouro das Pedras Negras (de onde pode observar o famoso rochedo com o formato de uma Tromba de Elefante), o Miradouro das Capelas (para além das vistas tem um simpático parque de merendas mesmo ao lado) e o Miradouro do Navio (onde foi colocada a proa de um navio naufragada a servir de vigia baleeira – o barco já lá não está mas as vistas continuam magníficas). Dos poços ao último miradouro são somente 800 metros, logo, é uma excelente desculpa para uma caminhada à beira mar.

Roteiro São Miguel (Açores): o que visitar em viagem de 3, 5 e 7 diasVistas desfrutadas, siga viagem até Rabo de Peixe, uma das mais carismáticas vilas piscatórias de São Miguel. Desfrute das vistas sobre o impressionante Porto de Pesca, visite a Igreja de Bom Jesus e deambule pelo colorido e autêntico bairro dos pescadores, onde as crianças ainda brincam na rua e os vizinhos desfiam conversa à porta das casas com um sorriso no rosto.

E para fechar em beleza o quinto dia do seu roteiro a visitar São Miguel, nada como ir jantar ao Restaurante Associação Agrícola de São Miguel, onde o espera o mítico Bife à Associação, o melhor bife regional dos Açores que vai comer na sua vida. Reserve é com muita antecedência, ou arrisca-se a ficar a ver navios.

Onde dormir?

Roteiro para visitar São Miguel | Açores: Dia 6

Ribeira Grande – Miradouro do Cintrão – Miradouro de Santa Iria – Fábrica de Chá Gorreana – Trilho Moinho do Félix – Miradouro do Salto da Farinha – Cascata do Risco e Poço Azul – Parque Natural da Ribeira dos Caldeirões – Miradouro da Vigia das Baleias – Nordeste
Ribeira Grande

O sexto dia do nosso roteiro para visitar São Miguel será dedicado a explorar a costa norte de São Miguel, desde a Ribeira Grande até à vila de Nordeste. Prepare-se para conhecer sedutoras povoações piscatórias, desfrutar de paisagens costeiras arrebatadoras e descobrir cascatas de sonho.

Roteiro São Miguel (Açores): o que visitar em viagem de 3, 5 e 7 dias
Edifício dos Paços do Concelho da Ribeira Grande

Comece o dia a explorar o riquíssimo património histórico da Ribeira Grande, a segunda maior cidade de São Miguel. Os locais que consideramos de visita obrigatória e as experiências que não pode perder numa visita a Ribeira Grande são as seguintes:

  • Edifício dos Paços do Concelho, onde sobressaí um singular arco e uma imponente Torre do Relógio
  • Igreja Matriz de Nossa Senhora da Estrela e Igreja do Espírito Santo
  • Tomar uma bebida numa das aprazíveis esplanadas do Largo 5 de Outubro enquanto observa os locais a jogar xadrez e damas em tabuleiros gigantes
  • Passear pelo romântico Jardim Municipal de Ribeira Grande, que rodeia a ribeira que dá nome à terra, e onde sobressai um antigo moinho de água Durante o passeio terá ainda oportunidade de apreciar a icónica Ponte dos 8 Arcos dos mais variados ângulos

Ribeira Grande visitada, está na hora de ir conhecer os primeiros miradouros do sexto dia do seu roteiro a visitar São Miguel. O primeiro deles é o altaneiro Miradouro do Cintrão, que devido às soberbas vistas sobre a costa norte, serviu inclusivamente de posto de vigia às companhias baleeiras dos finais do século XIX e primeira metade do século XX. As vistas sobre a enorme Baía de Santa Iria e a Ponta Formosa são simplesmente divinais. É também um ponto privilegiado para observar os simpáticos cagarros, uma das aves marinhas mais emblemáticas dos Açores.

Um pouco mais à frente irá encontrar o Miradouro de Santa Iria de onde poderá desfrutar de mais um arrebatador quadro paisagístico, com o azul do mar em contraste com as verdejantes plantações de chá que subsistem nesta zona da ilha de São Miguel.

Roteiro São Miguel (Açores): o que visitar em viagem de 3, 5 e 7 diasE a próxima paragem do nosso roteiro para visitar São Miguel será precisamente numa plantação de chá, mais concretamente na Fábrica de Chá Gorreana, a primeira plantação de chá na Europa, em atividade desde 1883.

A Camellia Sinensis, a planta usada para a produção de chá verde e preto, foi introduzida na ilha de São Miguel no seculo XIX, com sementes trazidas do Rio de Janeiro, e a elevada humidade da ilha aliada ao solo argiloso desta região fez com que encontrasse as condições perfeitas para vingar.

A visita à fábrica e à plantação de Chá da Gorreana é completamente grátis e até foi criado um percurso pedestre (PRC28 SMI) que percorre os locais mais emblemáticos da plantação. Já na fábrica poderá descobrir mais sobre a cultura do chá na ilha de São Miguel e aprender sobre todo o processo de produção do chá até à sua comercialização. Se visitar durante o horário de expediente, é ainda possível assistir ao processo de produção. E claro, poderá experimentar e adquirir o aromático chá da Gorreana.

Chá tomado, continue o seu roteiro para visitar São Miguel rumando até ao Miradouro do Salto da Farinha, de onde irá gozar de vistas privilegiadas sobre uma das cascatas mais imponentes de São Miguel.

Caso queira ir até à base do Salto da Farinha terá de fazer uma curta (mas exigente) caminhada de sensivelmente 2 km (ida e volta). Contudo, apesar de curta, a descida é mesmo muito inclinada o que faz com que a subida seja verdadeiramente penosa. Há quem arrisque levar o carro até ao estacionamento que fica junto à Foz da Ribeira das Coelhas (e que só dista de 300 metros da cascata), mas tendo em conta o forte declive não recomendamos de todo esta opção.

Poço Azul

Do Salto do Farinha siga viagem até ao Parque de Merendas do Pesqueiro, nas imediações da aldeia da Achadinha. A ideia não é merendar, mas sim ir conhecer a Cascata do Risco e o encantador Poço Azul. Contudo, para conhecer estas duas pérolas de São Miguel, não se livra de uma pequena caminhada de sensivelmente 3 km (ida e volta) seguindo pelo trilho pedestre PR21 (SMI) Padrão das Alminhas – Salto da Farinha. Não é propriamente um passeio no parque, mas não vai dar por mal empregue o esforço, sobretudo se a Cascata do Risco e o Poço Azul estiverem com um bom caudal (pergunte na aldeia antes de se colocar a caminho).

Dica VagaMundos: se for apaixonado por caminhadas como nós, e puder acrescentar mais um dia ao seu roteiro para visitar São Miguel, não deixe de percorrer a totalidade do PR21 (SMI), que liga o Padrão das Alminhas ao Salto da Farinha, passando pela Cascata do Risco e o Poço Azul. Assim “mata dois coelhos com uma cajadada só”. O percurso oficial é linear (10 km ida e volta), mas estudando um pouco o mapa consegue facilmente transformá-lo num percurso circular com aproximadamente 8 km.

Para complementar o dia de caminhada pode ir percorrer o percurso pedestre circular TM06 – Trilho do Moinho do Félix, que arranca junto à igreja da vizinha aldeia Lomba de São Pedro. O trilho tem sensivelmente 5,5 km de extensão e tem como principais pontos de interesse as Ruínas do Moinho do Félix, a Cascata do Homem, a Cascata de Teófilo, a Cascata da Gruta e o Miradouro da Rocha. É um dia de caminhada em cheio!

Continue o seu roteiro para visitar São Miguel com uma visita ao Parque Natural da Ribeira dos Caldeirões localizado ao longo do curso de água da Ribeira dos Caldeirões nos declives da Serra da Tronqueira.

Roteiro São Miguel (Açores): o que visitar em viagem de 3, 5 e 7 dias
Cascata da Ribeira dos Caldeirões

No Parque Natural da Ribeira dos Caldeirões é possível observar uma abundante e variada flora macaronésia, com destaque para a Floresta Laurissilva, à qual se somam os tropicais fetos arbóreos, as coloridas hortênsias e criptomérias de grande porte. É um pequeno paraíso de biodiversidade que enche o coração de qualquer amante da natureza.

Roteiro São Miguel (Açores): o que visitar em viagem de 3, 5 e 7 diasOs grandes ex-libris do parque são a fantasiosa Cascata da Ribeira dos Caldeirões e os cinco moinhos de água primorosamente recuperados (um deles é inclusivamente um museu etnográfico onde é possível ver o moinho em funcionamento), aos quais se soma mais uma série de pequenas quedas de água e até mesmo um pequeno lago. Não faltam sombras e merendeiros, perfeitos para repor forças ou relaxar, e cantinhos românticos para namorar. Simplesmente maravilhoso e completamente grátis!

Roteiro São Miguel (Açores): o que visitar em viagem de 3, 5 e 7 diasA próxima paragem do nosso roteiro para visitar São Miguel será no Miradouro da Vigia das Baleias, o nosso favorito da costa norte da ilha. Como o próprio nome indica este era um posto de vigia utilizado pelas companhias baleeiras. Felizmente hoje já não se caçam baleias nos Açores, mas o posto de vigia das baleias ainda lá está e as vistas sobre a costa norte da ilha são de deixar qualquer um de queixo caído. Para além das maravilhosas paisagens costeiras vai encontrar também uma pequena capela em homenagem a Nossa Senhora e um merendeiro simplesmente extraordinário. É claramente o melhor sítio para fazer um picnic no sexto dia do nosso roteiro para visitar São Miguel.

Roteiro São Miguel (Açores): o que visitar em viagem de 3, 5 e 7 diasO sexto dia do nosso roteiro para visitar São Miguel termina na castiça vila do Nordeste. Entre os vários pontos de interesse da vila destacamos a Igreja Matriz de São Jorge, o edifício dos Paços do Concelho, a Ponte dos Sete Arcos, o Jardim do Largo com o seu belo coreto e o Miradouro da Boca da Ribeira, de onde poderá usufruir de uma vista privilegiada sobre a foz da Ribeira do Guilherme, onde se encontra localizada a piscina de água salgada da Boca da Ribeira. Perfeita para fechar o sexto dia do roteiro a visitar São Miguel com um mergulho!

Onde dormir?

Roteiro para visitar São Miguel | Açores: Dia 7

Nordeste – Miradouro da Ponta do Arnel – Miradouro da Ponta do Sossego – Miradouro da Ponta da Madrugada – Faial da Terra – Trilho do Sanguinho e Salto do Prego – Miradouro do Pico dos Bodes – Miradouro do Pôr-do-Sol – Povoação – Miradouro do Salto do Cavalo

O último dia do nosso roteiro para visitar São Miguel vai ser dedicado a explorar os encantos dos concelhos do Nordeste e da Povoação, uma das regiões da ilha mais inexploradas e onde a natureza se encontra quase em estado bruto.

Bem sabemos que por esta altura já viu largas dezenas de miradouros. Mas estamos desconfiados que alguns dos que irá ver ao longo da manhã do sétimo dia do roteiro para visitar São Miguel, vão direitinhos para a sua lista dos melhores miradouros dos Açores.

Farol da Ponta do Arnel

O primeiro ao qual recomendamos visita é o Miradouro da Ponta do Arnel de onde poderá avistar o Farol da Ponta do Arnel, o primeiro farol a ser construído na ilha de São Miguel. Caso queira ir até perto do farol não ceda à tentação de levar o carro, pois a estrada tem pontos em que a inclinação é de 35%. O melhor mesmo é seguir a pé, até porque, ir e vir, é somente 1 km.

Miradouro da Ponta do Sossego

Os próximos dois miradouros que consideramos de visita obrigatória no concelho do Nordeste são também dois parques de merendas extraordinários, mais floridos e cuidados do que muitos jardins que já visitamos nas nossas viagens. São eles o Miradouro da Ponta do Sossego e o Miradouro da Ponta da Madrugada. As vistas de ambos sobre a costa leste de São Miguel é simplesmente divinal!

Dica VagaMundos: se optar por dormir no Nordeste e gostar de madrugar, não hesite em ir assistir ao nascer do sol de um dos miradouros que referimos atrás. Dizem que é simplesmente divinal!

Depois de lavar as vistas com as singulares paisagens costeiras do concelho do Nordeste continue o seu roteiro para visitar São Miguel rumando até Faial da Terra, conhecida pelo cognome de “Presépio da Ilha”.

É deste pequeno povoado do concelho de Povoação que arranca o percurso pedestre PRC9 SMI Sanguinho, um dos nossos trilhos favoritos na Ilha de São Miguel. Este percurso circular com sensivelmente 4,5 km de extensão arranca junto à paragem de autocarros que se encontra à entrada da terra, e conduz-nos por entre uma luxuriante floresta até ao Salto do Prego, uma sumptuosa queda de água que forma uma paradisíaca lagoa a seus pés. A cascata é encantadora e o anfiteatro natural em que está inserida, que parece recortado de uma selva tropical, ainda potencia mais a sua celestial beleza.

Mas o motivo de interesse do PRC9 SMI está longe de se resumir ao Salto do Prego. No regresso a Faial da Terra não ceda à tentação de ir pelo caminho mais curto e vá conhecer a mítica aldeia de Sanguinho, que inclusivamente é quem dá o nome ao trilho.

Sanguinho foi fundada por famílias abastadas de Faial da Terra para fugir às usuais cheias que assolavam o povoado. Contudo, devido à forte emigração para as Américas nos anos 60 e 70 acabou por ser completamente abandonada e quase que caiu em esquecimento, o que lhe valeu o cognome da “aldeia perdida dos Açores”. Presentemente a aldeia encontra-se em fase de requalificação, sendo já possível ver algumas casas restauradas para turismo rural mantendo a típica arquitetura açoriana. Um local verdadeiramente mágico ao qual só é possível chegar a pé ou de 4×4.

Dica VagaMundos: se lhe apetecer esticar um bocadinho a aventura, sugerimos que do último cruzamento que encontra antes de chegar ao Salto do Prego siga pelo PR11 SMI até ao Salto do Cagarrão, outra apaixonante cascata de São Miguel. Neste caso terá de percorrer aproximadamente mais 4 km, mas em nossa opinião o esforço extra é bem recompensado.

Caminhada terminada, volte a pegar no carro e continue o seu roteiro para visitar São Miguel rumando até ao altaneiro Miradouro do Pico dos Bodes, onde será brindado com uma vista panorâmica sobre a costa sul de São Miguel, desde o Faial da Terra a Vila Franca do Campo. Isto se o tempo estiver pelos ajustes pois, dada a sua altitude, o Miradouro do Pico dos Bodes está muitas vezes envolto em nevoeiro. Como pode ver pela fotografia, nós não fomos lá muito bafejados pela sorte!

Se também for o seu caso, não fique triste. Praticamente ao lado vai encontrar o Miradouro do Pôr-do-Sol, que por estar localizado a mais baixa altitude não é tão castigado pelo nevoeiro. Perde a vista sobre o Faial da Terra é certo, mas ganha um vistão sobre a vila da Povoação, idilicamente encaixada num verdejante vale com o oceano a seus pés, e um cantinho perfeito para fazer um picnic (sim, este é mais um dos miradouros-jardim com merendeiro de São Miguel).

O roteiro para visitar São Miguel aproxima-se do seu fim, mas ainda há tempo para ir conhecer a bela vila da Povoação, o local onde desembarcaram os primeiros povoadores da ilha de São Miguel.

Igreja de Nossa Senhora do Rosário

Os locais que consideramos de visita obrigatória e as experiências que não pode perder em Povoação são as seguintes:

  • Fazer um passeio pela marginal da povoação, passando pela marina e terminando na Praia da Povoação, ao lado das quais encontra umas aprazíveis piscinas e um parque infantil que faz as delícias da garotada
  • Visitar a imponente Igreja Matriz de Povoação e a Igreja de Nossa Senhora do Rosário, a primeira igreja da ilha de São Miguel a ser construída.
  • Comer uma Fofa da Povoação, um dos doces mais famosos dos Açores, semelhantes aos éclairs

Povoação visitada, está na hora de regressar a Ponta Delgada e colocar um ponto final no nosso roteiro para visitar São Miguel. Mas ainda o vamos desafiar a fazer um pequeno desvio. Desta feita, para ir desfrutar das esplêndidas vistas do Miradouro do Salto do Cavalo.

Do alto dos seus 750 metros de altitude poderá observar todo o Vale da Povoação, com as suas famosas Sete Lombas, o Vale das Furnas, com a resplandecente Lagoa das Furnas e praticamente toda a costa norte e sul da ilha de São Miguel. Assistir ao pôr-do-sol do Miradouro do Salto do Cavalo é o cair do pano perfeito de uma viagem pela Ilha de São Miguel!

Onde dormir?

Mapa do Roteiro de 7 dias (1 semana) para visitar São Miguel | Açores

Clique no canto superior direito para aumentar o mapa do roteiro de 7 dias (1 semana) para visitar São Miguel | Açores

Roteiro de 5 dias para visitar São Miguel | Açores

Roteiro São Miguel (Açores): o que visitar em viagem de 3, 5 e 7 diasSó tem 5 dias para visitar São Miguel? Naturalmente que vai ter de abdicar de visitar alguns dos pontos de interesse e fazer algumas escolhas no que diz respeito a caminhadas, banhos termais e mergulhos salgados. Ainda assim terá tempo para percorrer alguns trilhos, tomar umas belas banhocas e ter a oportunidade de conhecer a maioria dos locais mais emblemáticos da ilha de São Miguel.

Recomendamos também que, de forma a maximizar o tempo disponível para as visitas, opte por dormir algumas noites em localidades diferentes ao invés de ficar sempre alojado em Ponta Delgada.

Claro que pode sempre optar por condensar o roteiro de 7 dias em 5 dias, mas vai passar demasiado tempo na estrada e pouco tempo nos locais de interesse.

Abaixo encontra a nossa sugestão de roteiro para 5 dias, podendo ler a respetiva descrição dos locais de interesse no roteiro de 7 dias para visitar São Miguel.

Dia 1

Ponta Delgada – Miradouro do Ilhéu de Rosto de Cão – Praia das Milícias – Forte de São Caetano – Praia do Pópulo – Plantação de Ananases

Clique para ver as melhores opções de alojamento em Ponta Delgada

Dia 2

Miradouro Pico do Carvão – Aqueduto e Lagoa do Carvão – Lagoa das Empadadas (Lagoa Rasa e Miradouro do Pico do Paul) – Lagoa do Canário e Miradouro da Boca do Inferno (aka Miradouro Grota do Inferno) – Miradouro da Vista do Rei (ruínas do Monte Palace) – Miradouro do Cerrado das Freiras – Miradouro da Lagoa de Santiago – Lagoa das Sete Cidades – Mosteiros – Miradouro da Ponta do Escalvado – Ponta da Ferraria

Dia 3

Miradouro do Pico da Barrosa – Miradouro da Lagoa do Fogo – Monumento Natural da Caldeira Velha – Salto do Cabrito – Fábrica de Chá Gorreana – Miradouro de Santa Iria – Ribeira Grande – Praia do Areal de Santa Bárbara – Rabo de Peixe (Restaurante da Associação Agrícola de São Miguel)

Clique para ver as melhores opções de alojamento em Ribeira Grande

Dia 4

Miradouro do Pico do Ferro – Caldeiras e Fumarolas da Lagoa das Furnas – Furnas – Parque Terra Nostra – Lagoa do Congro – Miradouro da Nossa Senhora da Paz – Vila Franca do Campo – Cascata do Segredo (havendo tempo) – Praia de Água D’Alto

Clique para ver as melhores opções de alojamento em Vila Franca do Campo

Dia 5

Miradouro Salto do Cavalo – Povoação – Miradouro do Pôr-do-Sol – Miradouro da Ponta da Madrugada – Miradouro da Ponta do Sossego – Miradouro da Ponta do Arnel – Nordeste – Miradouro da Vigia das Baleias – Parque Natural da Ribeira dos Caldeirões – Miradouro do Salto da Farinha – Ponta Delgada

Clique para ver as melhores opções de alojamento em Ponta Delgada

Mapa do Roteiro de 5 dias para visitar São Miguel | Açores


Clique no canto superior direito para aumentar o mapa do roteiro de 5 dias para visitar São Miguel | Açores.

Roteiro de 3 dias para visitar São Miguel | Açores

Roteiro São Miguel (Açores): o que visitar em viagem de 3, 5 e 7 diasSó tem 3 dias para visitar São Miguel? Não se preocupe que nós damos-lhe uma ajuda para conhecer o essencial da ilha. Naturalmente que é impossível ver todos os locais de interesse da ilha de São Miguel. Ainda assim, vai conseguir ver os cartões-postais mais emblemáticos da ilha.

Claro que os dias vão ser super preenchidos e terá de abdicar das caminhadas e da maioria dos momentos de relax, seja na praia, seja nas piscinas termais. Ainda assim, acreditamos que vai ter uma experiência muito completa e vai regressar a casa completamente rendid@ aos encantos de São Miguel. O efeito colateral é que vai ficar com uma enorme vontade de regressar aos Açores o mais rapidamente possível.

Abaixo encontra a nossa sugestão de roteiro para 3 dias, podendo ler a respetiva descrição dos locais de interesse no roteiro de 7 dias para visitar São Miguel.

Dia 1

Ponta Delgada – Miradouro do Ilhéu de Rosto de Cão – Praia das Milícias – Forte de São Caetano – Praia do Pópulo – Plantação de Ananases

Clique para ver as melhores opções de alojamento em Ponta Delgada

Dia 2

Miradouro Pico do Carvão – Aqueduto e Lagoa do Carvão – Lagoa do Canário e Miradouro da Boca do Inferno (aka Miradouro Grota do Inferno) – Miradouro da Vista do Rei – Miradouro do Cerrado das Freiras – Miradouro da Lagoa de Santiago – Lagoa das Sete Cidades – Ponta da Ferraria – Miradouro da Ponta do Escalvado – Mosteiros – Rabo de Peixe (Restaurante da Associação Agrícola de São Miguel) – Ribeira Grande

Clique para ver as melhores opções de alojamento em Ribeira Grande

Dia 3

Miradouro do Pico do Ferro – Caldeiras e Fumarolas da Lagoa das Furnas – Furnas – Parque Terra Nostra ou Poça Dona Beija (tem de escolher uma) – Lagoa do Congro – Vila Franca do Campo – Miradouro da Lagoa do Fogo (havendo tempo e estando o clima de feição)

Clique para ver as melhores opções de alojamento em Ponta Delgada

Mapa do Roteiro de 3 dias para visitar São Miguel | Açores


Clique no canto superior direito para aumentar o mapa do roteiro de 3 dias para visitar São Miguel | Açores.

Onde comer na Ilha de São Miguel (Açores) – Restaurantes

Roteiro São Miguel (Açores): o que visitar em viagem de 3, 5 e 7 dias
O famoso (e delicioso) bife do Restaurante Associação Agrícola de São Miguel

Ir aos Açores sem comer um bife, é pior que ir a Roma sem ver o Papa. O bife é uma religião com tanto devoto que as igrejas ficam à pinha quando chega a hora da missa. Metáforas à parte, o bife é uma instituição nos Açores e em São Miguel dá pelo nome de Bife à Regional ou Bife Micaelense.

Chicharros Fritos – Tasca Mané Cigano

Escusado será dizer que, depois de nos deliciarmos (e lambermos os dedos!) com o queijo fresco com pimenta da terra, as lapas grelhadas, os chicharros fritos, o bife de atum, o polvo à micaelense, a morcela com ananás, o bife regional, o cozido das furnas, o bolo lêvedo, as queijadas da vila e as fofas da povoação, regressamos a casa com uns bons quilos a mais. Por isso o nosso conselho é que deixe a dieta de lado quando visitar São Miguel. Depois “castiga-se” em casa!

O incontornável Cozido das Furnas – Restaurante Tony’s

Abaixo encontra os nossos restaurantes favoritos para degustar a irresistível gastronomia de São Miguel.

Tasca Mané Cigano (Ponta Delgada)

É mesmo uma tasca: ambiente, decoração e clientela. Mas limpinha. O pessoal mete a quinta e toca a rodar as únicas 5 mesas da exígua sala à hora de almoço. Quem vem tarde, tem que esperar. Mas todos sabem ao que vêm. Nós fomos aos Chicharros (jaquinzinhos fritos) com pasta de feijão branco assado no forno, inhame, batata, pimenta da terra, um pires com limão galego e cebola curtida, o pickle caseiro. Vendem que nem pãezinhos quentes. Não sobrou um carapauzinho para contar a história e já não houve espaço no estômago para doces. Há ainda a carne guisada do Mané Cigano, polvo, feijão assado com carnes de porco, arroz malandrinho e peixe frito que fazem as delícias dos habitués.

Restaurante Alcides (Ponta Delgada)

Um dos restaurantes mais antigos de Ponta Delgada que tem fama de servir o melhor bife do centro histórico (onde a concorrência é mais que muita) e fomos confirmar. Longe de os provarmos todos, o Bife à Alcides, com o seu molho guloso, muito alho e pimenta da terra, converteu-nos em fiéis sem margem para dúvidas. Se não quiser perder o seu lugar à mesa, reserve com antecedência.

A Tasca (Ponta Delgada)

As filas à porta denunciam logo que este é o mais popular restaurante de Ponta Delgada. Muitos vão pelos petiscos (como as deliciosas e míticas lapas que recompensaram a espera na fila) ou pelo suculento bife de atum, pela bifana de atum ou pelo polvo à tasqueiro. De manhã à noite, não há parança. Escusa de telefonar para reservar. Todos têm de esperar pela sua vez, seja Pedro ou seja Paulo.

Bar da Caloura (Caloura)

As pessoas queixam-se do serviço lento e dos acompanhamentos básicos, mas a verdade é que continuam a fazer fila à porta pelo peixe grelhado. Esqueça a reserva. Se houver fila, é chegar, escrever nome e número de comensais no quadro de ardósia e esperar que chamem. Esqueça menus fixos. Todos os dias o cardápio varia e depende do peixe que vem à rede na faina do dia, garantidamente fresco. Esse é o argumento de peso do Bar da Caloura. E na cozinha há alguém com arte e engenho para grelhar cada um dos peixes que habitam o mar açoriano.

Restaurante Associação Agrícola de São Miguel (Rabo de Peixe)

Pergunte a um micaelense e ele vai-lhe dizer, sem hesitar, que não existe Bife à Regional dos Açores como o da Associação. O mítico Bife à Associação é uma das noves variações de bifes que vêm em todos os formatos e feitios, com três cortes à escolha, lombo (top!), vazia (de primeira!) ou pojadouro. Com conta, peso e medida. Bem, a conta vem no fim e pela qualidade do bife a peso, o preço até é leve para a medida. Reserve com muita antecedência, ou arrisca-se a ficar a ver navios. O bife da Associação é uma instituição e as filas à porta do restaurante, inevitáveis. Já vimos romarias com bem menos afluência.

Restaurante Tony’s (Furnas)

Quando alguém diz que vai a São Miguel, é certo que outro alguém diz imediatamente “vai às Furnas comer o cozido” (nós, inclusive!) Preparado em caldeiras vulcânicas, tem um sabor único e inesquecível. É lentamente cozinhado em panelas enterradas no solo aproveitando o calor proveniente da atividade vulcânica. As carnes de vaca, de porco e de frango, desfazem-se na boca de tão tenras. Os enchidos de morcela preta regional e chouriço típico picante são ricos de sabor. Acompanham repolho branco, batata branca, batata-doce, inhame, cenoura e couve verde. Desta vez, o nosso eleito para o imperdível Cozido das Furnas foi o Restaurante Tony’s. O sabor de cada ingrediente mantido, sem um vestígio de sabor sulfuroso, e de paladar equilibrado. Os preços também são agradáveis: a dose para dois ficou em 25€. Adoramos e recomendamos vivamente. Reservar com antecedência é indispensável para garantir o seu cozido no Tony’s.

Outros guias e roteiros de Portugal

Prepare a sua próxima Viagem

Reserve o seu alojamento através do Booking.com. É onde encontramos sempre as melhores promoções e permite cancelar a reserva sem custos.

No GetYourGuide e na Civitatis encontra sempre as melhores atividades e tours locais e pode ainda reservar o seu transfer do aeroporto e saltar as filas comprando antecipadamente as entradas para os principais monumentos.

Jogue pelo seguro e faça um seguro de viagem na IATI Seguros. É uma agência 100% especializada em viagens e apresenta o melhor rácio custo-benefício do mercado, sendo que todos os seus seguros contam com excelentes coberturas COVID-19. Se utilizar o nosso link terá um desconto de 5% por ser nosso leitor.

Se precisa de alugar um carro para a sua próxima viagem recomendamos que utilize a AutoEurope. Permite comparar os preços de dezenas de empresas de rent-a-car e é possível cancelar o aluguer sem custos até 48h antes da partida.

Esta página contem links afiliados. Só recomendamos marcas que utilizamos e confiamos a 100%. Se efectuar as suas reservas através desses links recebemos uma pequena comissão. Dessa forma está a ajudar o VagaMundos a manter-se vivo. E o melhor de tudo é que você não paga mais por isso. Muito Obrigado!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.