Visitar Sardenha: Roteiro de 5, 7 e 10 dias pelo Norte e Sul

Visitar Sardenha: Roteiro de 5, 7 e 10 dias pelo Norte e Sul

Anda a sonhar com uma viagem à paradisíaca Sardenha, mas ainda não sabe bem o que incluir no seu roteiro? Não se preocupe que nós damos-lhe uma mãozinha com o nosso guia completo para visitar a Sardenha, onde vamos partilhar consigo não uma, mas quatro sugestões de roteiros para visitar a Sardenha com os nossos lugares favoritos, as melhores praias e muitas dicas práticas que lhe vão facilitar a logística e permitir desfrutar ao máximo da sua viagem a esta deslumbrante ilha da Itália.

Visitar Sardenha: Roteiro de 5, 7 e 10 dias pelo Norte e Sul
Costa Paradiso

A Sardenha é uma das ilhas mais populares do Mediterrâneo e não deixa os créditos por mãos alheias. As suas extensas praias de areia branca e quentinhas águas azul-turquesa aliadas às suas recônditas calas de um apaixonante verde-esmeralda, fazem da Sardenha um dos melhores destinos de férias de praia de toda a Europa. O número de praias paradisíacas por quilómetro quadrado da Sardenha é verdadeiramente absurdo e, no Velho Continente, dificilmente encontra rival. Sem exagero.

Visitar Sardenha: Roteiro de 5, 7 e 10 dias pelo Norte e Sul
Cabo Carbonara

Mas o melhor de tudo é que a Sardenha está longe de ser apenas um estupendo destino balnear. É guardiã de inúmeros tesouros naturais e património histórico invejável.

Visitar Sardenha: Roteiro de 5, 7 e 10 dias pelo Norte e Sul
Castelsardo

Para além de idílicas praias e vistas costeiras de cortar a respiração, tem à sua espera cidades medievais que @ vão fazer viajar no tempo, pitorescas vilas piscatórias, verdejantes florestas esconderijo de surpreendentes cascatas, formações rochosas de mil formas e feitios, imponentes bastiões plantados no topo de dramáticas falésias, uma miríade de ruínas de antigas civilizações (com destaque para os ancestrais Nuragues, Fenícios e Romanos) e uma gastronomia de comer e chorar por mais. Sim, há sérios riscos da Sardenha se tornar “um amor para a vida toda”!

Conteúdo deste Artigo

Informações, guia e dicas de viagem para visitar a Sardenha

Informações práticas

  • Língua: Italiano e Sardo
  • Moeda: Euro
  • Fuso Horário: GMT +1
  • Indicativo Itália: +39
  • Visto Itália: sendo um país da EU, os cidadãos portugueses podem viajar para a Sardenha apenas com o Cartão de Cidadão, não sendo necessário qualquer tipo de visto. Os cidadãos brasileiros terão de levar o passaporte, mas também não precisam de visto para visitar a Sardenha (estadias para fins turísticos até 90 dias).

Onde fica a Ilha da Sardenha?

Visitar Sardenha: Roteiro de 5, 7 e 10 dias pelo Norte e Sul
Baía das Ninfas – Roteiro para visitar a Sardenha

A Sardenha fica localizada no mar Mediterrâneo, a oeste da Península Itálica (sensivelmente à frente da região da Campânia), a norte da Tunísia e imediatamente a sul da vizinha ilha francesa da Córsega.

A Sardenha tem mais de 24 000 km², o que faz dela a segunda maior ilha do Mediterrâneo, só superada pela Sicília. A sua linha costeira tem aproximadamente 1850 km de extensão. Para ter uma noção da sua dimensão, a Sardenha é ainda maior que toda a região do Norte de Portugal, que tem sensivelmente 21 000 km².

Quando visitar a Ilha da Sardenha?

Visitar Sardenha: Roteiro de 5, 7 e 10 dias pelo Norte e Sul
Bosa – Roteiro para visitar a Sardenha

Como já referimos a Sardenha figura entre os destinos balneares mais famosos da Europa. Posto isto, a Sardenha assiste a um elevado afluxo de visitantes no verão, sendo muito concorrida de finais de junho a inícios de setembro. O clima costuma ser quente e ensolarado, perfeito para relaxar na praia. Sendo esta a alta temporada, os preços dos alojamentos e alugueres de carros estão nos píncaros e convém ir mentalizad@ para encontrar as cidades e praias mais populares da Sardenha à pinha.

Visitar Sardenha: Roteiro de 5, 7 e 10 dias pelo Norte e Sul
Praia La Pelosa – Roteiro para visitar a Sardenha

Se optar por visitar no verão, sugerimos que aposte no sul e oeste da Sardenha em detrimento do norte da ilha, que é muito mais turístico e dispendioso, sobretudo a costa nordeste onde fica a famosa Costa Esmeralda e o Arquipélago de Maddalena. Ambos são destinos extremamente populares do jet set, o que faz com que os preços dos alojamentos e serviços turísticos alcancem valores a roçar o astronómico.

Visitar Sardenha: Roteiro de 5, 7 e 10 dias pelo Norte e Sul
Cascata Sa Spendula – Roteiro para visitar a Sardenha

Tendo tudo isto em conta, não hesitamos em afirmar que a melhor época para visitar a Sardenha é nas shoulder seasons: de maio a inícios de junho ou de finais de setembro a outubro. O clima é, por norma, quente com dias de céu limpo, há muito menos multidões, os serviços turísticos estão abertos e os alojamentos têm melhores preços. Na primeira fase, na primavera, as águas ainda não estão muito quentes (conte com temperaturas entre 19°C e 24°C), mas na segunda, no outono, tem o bónus de ainda poder desfrutar das praias com as águas aquecidas pelo sol intenso do verão (espere 22°C a 26°C de temperatura de água)

Visitar Sardenha: Roteiro de 5, 7 e 10 dias pelo Norte e Sul
Cala Spinosa – Roteiro para visitar a Sardenha

A Sardenha fica bem mais calma no inverno, com apenas alguns turistas a aproveitar o sol de inverno dos países do sul da Europa. Mas achamos que não é a melhor época para visitar a Sardenha pois os invernos são por norma chuvosos e frios (chega a nevar nas montanhas mais altas da Sardenha) e a maioria dos serviços turísticos fecha.

Visitar Sardenha: Roteiro de 5, 7 e 10 dias pelo Norte e Sul
Alghero – Roteiro para visitar a Sardenha

Se optar por visitar a Sardenha nos meses de inverno, foque a sua visita numa das principais cidades, como a capital, Cagliari, ou Alghero. Aí vai encontrar imenso património histórico para explorar e, se apanhar uns bons dias de sol, tem várias mãos cheias de praias à mão de semear para lavar as vistas.

Quantos dias são necessários para visitar a Sardenha?

Visitar Sardenha: Roteiro de 5, 7 e 10 dias pelo Norte e Sul
Cabo Malfatano – Roteiro para visitar a Sardenha

Para desfrutar ao máximo do roteiro para visitar a Sardenha que desenhamos para si, o ideal é alocar pelo menos 10 dias à sua viagem. Caso consiga acrescentar mais alguns dias, tanto melhor.

Visitar Sardenha: Roteiro de 5, 7 e 10 dias pelo Norte e Sul
Cagliari – Roteiro para visitar a Sardenha

Assim, terá tempo para conhecer sem pressas a maioria dos pontos de interesse da Sardenha referidos no nosso roteiro, ou explorar mais locais mágicos da Sardenha, ou viver mais experiências (como mergulho, passeios de barco, caminhadas, não falta o que fazer na Sardenha), ou simplesmente desfrutar de uns relaxantes dias de praia.

Visitar Sardenha: Roteiro de 5, 7 e 10 dias pelo Norte e Sul
Costa Esmeralda – Roteiro para visitar a Sardenha

Até porque, o maior desafio de uma viagem à Sardenha é ter disciplina para não passar o dia inteiro em modo dolce far niente nas suas maravilhosas praias. Vá estando atento às nossas dicas durante a descrição do roteiro de 10 dias para visitar a Sardenha.

Visitar Sardenha: Roteiro de 5, 7 e 10 dias pelo Norte e Sul
Cidade Fenícia de Tharros – Roteiro para visitar a Sardenha

Como sabemos que nem sempre existe disponibilidade para fazer uma viagem de 10 dias, desenhamos também um roteiro de 7 dias. Obviamente que a viagem será num passo bem mais apressado e, claro está, tivemos que subtrair, de forma cirúrgica, lugares e experiências ao itinerário de 10 dias. Ainda assim, acreditamos que vai regressar a casa igualmente maravilhad@.

Visitar Sardenha: Roteiro de 5, 7 e 10 dias pelo Norte e Sul
Cala Coticcio – Arquipélago de Maddalena

Críamos ainda dois roteiros de 5 dias, um focado no Norte da Sardenha e outro no Sul da Sardenha, para o caso de querer fazer duas viagens distintas à Sardenha. Caso queira fazer uns dias de praia são também excelentes opções para uma ou até mesmo duas semanas de relaxantes férias.

Norte da Sardenha vs Sul da Sardenha: qual é melhor para férias?

Visitar Sardenha: Roteiro de 5, 7 e 10 dias pelo Norte e Sul
Punta Molentis – Roteiro para visitar a Sardenha

Norte ou sul da Sardenha, qual é a melhor opção? Esta é uma das questões que mais nos colocam, sobretudo as pessoas que têm pouco tempo disponível para visitar a Sardenha ou pretendem fazer umas relaxantes férias de praia (algo que prometemos a nós mesmos fazer na próxima vez que formos visitar a Sardenha).

Esta questão não tem uma resposta fácil. Mas como fizemos uma roadtrip de 15 dias distribuídos equitativamente entre o norte e o sul da Sardenha, ganhamos uma noção das principais diferenças entre as regiões. Abaixo partilhamos consigo as nossas impressões para @ ajudar a tomar a melhor decisão possível de acordo com os seus interesses e estilo de viajante.

Norte da Sardenha

Visitar Sardenha: Roteiro de 5, 7 e 10 dias pelo Norte e Sul
Praia La Pelosa

As praias mais badaladas da Sardenha estão localizadas no norte da ilha. Devem ser poucas as pessoas que nunca ouviram falar da Praia La Pelosa e da Costa Paradiso, e sobretudo da hollywoodesca Costa Esmeralda e do Arquipélago de Madallena, que, no verão, assistem a autênticos desfiles de celebridades internacionais.

Visitar Sardenha: Roteiro de 5, 7 e 10 dias pelo Norte e Sul
Praia Capriccioli – Costa Esmeralda

Isso faz com que o norte da Sardenha seja muito mais turístico que o sul, algo que no verão inevitavelmente se traduz em preços elevados e praias à pinha. Esteja ciente que as praias do norte da Sardenha são mais rochosas e tem areais bem mais pequenos do que os que encontra no sul da ilha.

Visitar Sardenha: Roteiro de 5, 7 e 10 dias pelo Norte e Sul
Cala Napoletena – Ilha Caprera

Se dinheiro não é problema, quer ver as praias mais famosas da Sardenha e pretende umas férias glamorosas e com muita animação (diurna e noturna), o norte da Sardenha é para si!

Sul da Sardenha

Visitar Sardenha: Roteiro de 5, 7 e 10 dias pelo Norte e Sul
Praia Su Giudeu

O sul da Sardenha é consideravelmente menos turístico do que o norte, os preços dos alojamentos e restauração são mais baratos e, em nossa opinião, é bem mais genuíno e family-friendly que o norte, algo que encontra reflexo na simpatia com que se é tratado nos serviços turísticos.

Visitar Sardenha: Roteiro de 5, 7 e 10 dias pelo Norte e Sul
Cala Domestica – Costa Iglesiente

Apesar das praias não granjearem da mesma fama do norte da ilha, achamos que são igualmente paradísicas. Com a vantagem de terem gigantescos areais, logo, não tem de brigar por um cantinho para estender a sua toalha sobre a fina areia branca.

Visitar Sardenha: Roteiro de 5, 7 e 10 dias pelo Norte e Sul
Villasimius

Se o seu objetivo é ter umas férias mais sossegadas, ver a face mais autêntica da Sardenha, fintar as multidões e poupar uns euros no processo, o sul da Sardenha é a melhor aposta!

Como chegar à Sardenha? Dicas de voos

Visitar Sardenha: Roteiro de 5, 7 e 10 dias pelo Norte e Sul
Praia del Poetto – Cagliari

A forma mais económica e rápida de chegar à Sardenha é de avião, sendo que a ilha conta com três aeroportos internacionais: Cagliari (sul), Alghero (noroeste) e Olbia (nordeste).

Várias companhias aéreas garantem voos diários para a Sardenha partindo de Portugal, mas praticamente todos implicam fazer escala. Presentemente, só a Ryanair tem voos diretos para Alghero na Sardenha, e somente durante o inverno.

Numa lógica de roadtrip, em teoria a melhor opção seria voar para Cagliari e regressar via Alghero ou Olbia (ou vice versa). Contudo, convém ter em atenção que as empresas de rent-a-car costumam cobrar taxas elevadas por levantar os carros num local e entregar noutro. E isso muda tudo!

Foi precisamente este o contratempo com que nos deparamos quando tivemos que alugar o carro. Como tal, optamos por um voo ida e volta para Cagliari da Ryanair, com escala, pelo qual pagamos 160€ por pessoa, com embarque prioritário e 2 bagagens de cabine (bolsa pessoal + mala de cabine até 10 kg). Tivemos de fazer mais 300 km regressando ao ponto de partida para entregar o carro alugado, mas no nosso caso valeu a pena. Clique para ler as nossas dicas para comprar voos baratos.

Seguro de Viagem para a Sardenha

Visitar Sardenha: Roteiro de 5, 7 e 10 dias pelo Norte e SulAlgo que consideramos muito importante numa viagem à Sardenha é um bom seguro de viagem com coberturas que nos façam sentir totalmente protegidos. E no atual contexto epidemiológico, é de crucial importância que um seguro de viagem tenha cobertura COVID-19. Só assim é possível viajar com tranquilidade.

Na hora de comprar um seguro de viagem, a nossa escolha recai sempre na IATI Seguros. É uma agência 100% especializada em seguros de viagem, apresenta sempre o melhor rácio custo-benefício do mercado, e todos os seus seguros contam com excelentes coberturas COVID-19, a preços surpreendentemente económicos.

Clique para fazer uma simulação para a sua viagem à Sardenha e não se esqueça que, ao utilizar o nosso link, terá um desconto de 5% na compra seu seguro de viagem.

Conduzir na Sardenha e aluguer de carro

Visitar Sardenha: Roteiro de 5, 7 e 10 dias pelo Norte e SulSomos da opinião que a melhor maneira de explorar a Sardenha é fazendo uma roadtrip. Não só permite maximizar o seu tempo, como o facto de poder parar em qualquer lugar vai-lhe permitir desfrutar de paisagens maravilhosas e praias menos turísticas.

Até porque, excetuando as cidades, a grande maioria dos locais de interesse da Sardenha não são servidos por transportes públicos. Por isso, a não ser que só pretenda visitar cidades ou recorrer sempre a tours para fazer as suas visitas, diríamos que é crucial alugar carro na Sardenha.

A experiência de condução na Sardenha não difere muito do que encontra em Portugal. Sim, os italianos são algo acelerados e vê-los fazer ultrapassagens em cruzamentos e sobre traços contínuos é o prato do dia. Mas basta respirar fundo e ir com calma que, por norma, tudo corre bem. O preço da gasolina é similar ao de Portugal e as autoestradas na Sardenha não têm portagens (aleluia!).

Nós alugamos o nosso carro através da AutoEurope e correu tudo cinco estrelas, como de costume. O que gostamos da AutoEurope é que permite comparar os preços de dezenas de empresas de rent-a-car (e assim encontrar o melhor preço disponível) sendo ainda possível cancelar o aluguer sem qualquer custo até 48h antes da partida.

Clique para ver todas as opções de aluguer de carro na Sardenha

Onde ficar na Sardenha? Sugestões de localidades para reservar hotel

Tendo em conta que o nosso roteiro para visitar a Sardenha em 7 e 10 dias abrange uma grande área geográfica, é imperativo dividir as noites de hospedagem por várias localidades ao invés de ficar sempre alojado no mesmo local.

Caso opte por uma das nossas sugestões dos roteiros para visitar a Sardenha em 5 dias, focados no norte ou no sul da Sardenha, considere montar base numa só localidade (ou dividir a estadia em apenas duas localidades) e fazer os seus passeios a partir daí, visto que exige menos logística e torna a experiência mais relaxante (andar a fazer e desfazer malas todos os dias é sempre chato, sobretudo se viajar com crianças).

Independentemente da sua opção, é importante referir que na maioria das localidades da Sardenha, que referimos neste artigo, encontra excelentes soluções de alojamento, que vão desde o alojamento local às grandes unidades hoteleiras, passando por charmosos boutique hotéis e casas de turismo rural.

Na hora de escolher onde ficar na sua roadtrip pela Sardenha, recomendamos que tenha sempre em atenção se a localidade conta com uma boa oferta de alojamentos e demais serviços dos quais vai seguramente precisar durante a viagem (restaurantes, supermercados, etc). Por norma, quanto maior a oferta, mais fácil é encontrar quartos a bons preços, sobretudo se reservar alojamento com alguma antecedência. Se deixar as reservas de alojamento para a última hora, arrisca-se a pagar o dobro do preço ou mais, sobretudo se viajar durante a época alta.

Posto isto, as localidades que sugerimos para passar a noite no nosso roteiro de 10 dias para visitar a Sardenha são:

Alghero | Bosa | Cagliari | Costa Paradiso | Ilha de La Maddalena | Oristano | Palau | Porto Cervo | Sant’Antioco 

Mas pode fazer pequenas alterações ao roteiro e optar por ficar em outras localidades vizinhas com boa oferta de alojamentos, como sejam:

Iglesias | Olbia | Sassari | Teulada

(Clique nos nomes das localidades para ver as melhores ofertas de alojamento e opte sempre por reservar unidades hoteleiras que permitam o cancelamento, não vá ter algum imprevisto.)

Por último, queremos salientar que, ao longo do roteiro, vamos sugerir-lhe os nossos alojamentos favoritos para cada um dos dias – testados e aprovados por nós – e adicionamos ainda algumas sugestões dos hotéis da respetiva localidade que apresentam a melhor relação qualidade-preço.

Roteiro para visitar a Sardenha em 10 dias | Roadtrip com o melhor da ilha da Sardenha

Visitar Sardenha: Roteiro de 5, 7 e 10 dias pelo Norte e Sul
Cagliari – Roteiro para visitar a Sardenha

O nosso roteiro para visitar a Sardenha tem início em Cagliari, no sul da ilha, e termina na Costa Esmeralda, no nordeste da ilha. Claro que pode fazê-lo na ordem inversa sem qualquer problema, ou até mesmo começar num dos pontos de interesse sugeridos que lhe seja mais conveniente e, a partir daí, desenhar o seu próprio roteiro para visitar a Sardenha.

Visitar Sardenha: Roteiro de 5, 7 e 10 dias pelo Norte e Sul
Praia Rosa – Arquipélago de Maddalena

É importante referir que o número de dias que sugerimos neste roteiro para visitar a Sardenha é meramente indicativo e pressupõe que a viagem seja feita com viatura própria, não incluindo os dias de viagem do local de origem para a ilha da Sardenha e vice-versa. Logo, a não ser que o seu voo de ida seja matutino e o de regresso mais tardio, terá sempre de acrescentar mais dois dias para a ida e volta desde o seu ponto de partida até à Sardenha.

Roteiro para visitar a Sardenha: Dia 1

Cagliari

Cagliari

Visitar Sardenha: Roteiro de 5, 7 e 10 dias pelo Norte e Sul
Bastião de Saint Remy

O nosso roteiro para visitar a Sardenha arranca no sul da ilha, mais concretamente em Cagliari. Há muitos viajantes que se limitam a ir à capital da Sardenha apanhar os voos, excluindo Cagliari do seu roteiro para visitar a Sardenha. Nem imaginam o que perdem!

Visitar Sardenha: Roteiro de 5, 7 e 10 dias pelo Norte e Sul
Bairro de Stampace

É certo que Cagliari não tem o glamour da muralhada cidade de Alghero ou da colorida Bosa. Em contrapartida, é uma das cidades mais autênticas da Sardenha. E como não sofre de excesso de turistas, os preços da restauração e hotelaria são muito mais em conta do que nas restantes cidades deste roteiro para visitar a Sardenha.

Visitar Sardenha: Roteiro de 5, 7 e 10 dias pelo Norte e Sul
Duomo de Cagliari

Cagliari tem um centro histórico extremamente interessante, um ambiente super descontraído, animadas praças e ruas pedonais repletas de esplanadas, imensos locais de interesse turístico e uma das maiores praias urbanas de toda a Itália. Cagliari é a Sardenha sem maquilhagem e nós caímos de amor pela sua beleza natural.

Corso Vittorio Emanuele II

O que ver e fazer em Cagliari é mais do que suficiente para lhe ocupar um dia de roteiro e, como o centro histórico é relativamente compacto, é perfeito para se explorar a pé.

Visitar Sardenha: Roteiro de 5, 7 e 10 dias pelo Norte e Sul
Porta do Elefante

Os locais que consideramos de visita obrigatória e as experiências a não perder no centro histórico de Cagliari são as seguintes:

  • Subir a fotogénica escadaria do Bastião de Saint Remy, ponto de união da downtown de Cagliari com o altaneiro bairro histórico Il Castello, e explorar o terraço Umberto I, onde será brindad@ com algumas das vistas mais espetaculares de Cagliari.
  • Visitar a Piazza Palazzo, o coração do bairro Il Castello, onde irá encontrar o Palácio Real, o Palácio Episcopal, o Palazzo di Citta e a lindíssima Catedral de Santa Maria, o Duomo de Cagliari.
  • Atravessar as portas da antiga muralha de Cagliari, com destaque para a Porta Cristina, a Porta de San Pancrazio e a Porta do Elefante (a nossa favorita). Ao lado destas duas últimas erguem-se as imponentes Torre de San Pancrazio e Torre do Elefante, respetivamente. Não deixe de subir a pelo menos uma delas.
  • Deambular pelas estreitas e labirínticas ruelas da antiga judiaria de Cagliari não deixando de visitar a monumental Basílica de Santa Croce.
  • Explorar a Cidadela dos Museus, epicentro dos melhores museus de Cagliari, nomeadamente: o Museu Arqueológico Nacional de Cagliari, o Museu de Arte Siamesa, a Pinacoteca Nacional e o Museu de Cera Anatómica Clemente Susini.
  • Visitar o animado Mercado San Benedetto, o maior mercado de Cagliari, onde irá encontrar inúmeros produtos locais. Aproveite para comprar umas iguarias para fazer um picnic. Não vão faltar oportunidades para tal ao longo do nosso roteiro para visitar a Sardenha.
  • Percorrer a rua pedonal Corso Vittorio Emanuele II, a animada rua dos restaurantes na baixa do centro histórico de Cagliari. Se gosta de pizza, não deixe de ir ao restaurante Framento. Foi onde comemos as melhores pizzas da nossa viagem à Sardenha!
  • Passear pelo colorido bairro de Stampace, o nosso favorito da capital sarda, onde irá encontrar a Igreja e Cripta do Santo Efísio (padroeiro de Cagliari), a Igreja Colegiada de Santa Ana, a Torre dello Sperone e a Igreja de São Miguel.
  • Apreciar a arquitetura do imponente Palazzo Civico de Cagliari (câmara municipal) e passear pelas suas arcadas. Aproveite para ir comer um gelato artigianale à Gelateria Peter Pan. São deliciosos!
Salinas de Cagliari

Centro histórico de Cagliari visitado, pegue no carro e suba até ao Monte Urpinu para desfrutar das melhores vistas de Cagliari. De um lado terá uma visão panorâmica da capital da Sardenha, do outro terá a seus pés as fantásticas Salinas de Cagliari (a casa de milhares de flamingos cor de rosa) e a Praia del Poetto, a maior praia urbana da Sardenha com uns impressionantes 7 km de extensão.

E é precisamente na Praia del Poetto que recomendamos que feche o primeiro dia do seu roteiro para visitar a Sardenha. Pode aproveitar para dar o primeiro mergulho da sua viagem, fazer um passeio pelo seu gigantesco calçadão, ou simplesmente relaxar num dos seus aprazíveis bares de praia.

Visitar Sardenha: Roteiro de 5, 7 e 10 dias pelo Norte e Sul
Praia da Punta Molentis
Dica VagaMundos: acrescente mais um dia ao seu roteiro para visitar a Sardenha, ficando mais uma noite em Cagliari, e vá explorar as fantásticas praias em torno de Villasimius e do Capo Carbonara, situadas a oeste da capital da Sardenha. As nossas favoritas são a Praia Cala Pira, a Praia da Punta Molentis e a Praia do Porto Giunco.

Onde ficar a dormir no 1º dia

Bluemoon Sardinia

Aos contemporâneos quartos e suites privados, espaçosos, impecavelmente limpos e confortáveis, a guesthouse Bluemoon Sardinia soma outros atributos como a localização no pitoresco e tranquilo bairro de Villanova, a 500 metros a pé do Bastião de Saint Remy, o WiFi gratuito e o estacionamento privado por 10 €/dia. Não precisamos, mas fica a informação. A relação qualidade-preço é tão boa que esgota num ápice.

Relais Santa Croce

Quartos climatizados espaçosos, com casa de banho privada moderna, alguns com varanda, ambiente enobrecido pelos elementos vintage do edifício histórico com vistas de sonho. O Relais Santa Croce fica a meros 250 metros da Catedral de Cagliari, tem WiFi, é pet-friendly e family-friendly.

Birkin Castello

Guesthouse estilo boutique repleta de charme, praticamente “colada” à Catedral de Cagliari. O Birkin Castello supera as expetativas dos hóspedes, quer optem pelo quarto rústico sofisticado, quer pelos de estilo clássico elegante. Muito elogiada pelo fabuloso pequeno-almoço e funcionários 5 estrelas.

Clique para ver mais opções de alojamento em Cagliari

Roteiro para visitar a Sardenha: Dia 2

Cagliari – Estrada Panorâmica SP 71 – Sant’Antioco

Estrada Panorâmica da Costa Sul da Sardenha – SP 71

Visitar Sardenha: Roteiro de 5, 7 e 10 dias pelo Norte e SulO segundo dia do nosso roteiro para visitar a Sardenha marca o verdadeiro início da roadtrip pela Sardenha. E, para abrir em grande, vamos levá-l@ a percorrer a fantástica Estrada Panorâmica da Costa Sul da Sardenha, a SP 71, que serpenteia ao longo da costa entre Chia e a Marina do Porto de Teulada.

Praia Su Giudeu

A SP 71 tem somente 25 km de extensão, mas o que lhe falta em tamanho sobeja-lhe em beleza e locais de interesse para visitar. A cada curva será brindad@ com vistas costeiras de cortar a respiração e encontrará algumas das melhores praias do sul da Sardenha pelo caminho.

Praia Cala Cipolla

Dificilmente vai resistir a parar o carro a cada par de quilómetros. Nós demoramos para lá de meio dia para a percorrer na totalidade, e fomos bem seletivos com as paragens.

Visitar Sardenha: Roteiro de 5, 7 e 10 dias pelo Norte e Sul
Torre del Budello

Os locais e praias que mais gostamos ao longo da Estrada Panorâmica SP 71 são os seguintes (pela ordem de visita):

  • Praia Su Giudeu e a vizinha Praia Cala Cipolla, com águas cristalinas azul-turquesa de fazer cair o queixo. Para ir à Cala Cipolla terá de fazer uma curta caminhada a partir da Praia Su Giudeu (aproximadamente 1 km ida e volta).
  • Farol do Cabo Spartivento (acessível a pé desde a Cala Cipolla, cerca de 2 km ida e volta). As vistas da costa são soberbas!
  • A idílica baía da Praia de Tuerredda (que sonho!).
  • Miradouro para o Cabo Malfatano na SP 71, onde se encontra uma das mais belas torres de vigia da era espanhola no sul da Sardenha (sim, a Sardenha esteve sobre domínio espanhol entre o séc. XV e o séc. XVIII).
  • Praia da Caletta e Torre de Pixinni.
  • Torre del Budello, onde será brindado com uma linda vista sobre a baía da foz do rio Leonaxiu e a Marina de Teulada.
  • Praia do Porto Tramatzu (já não fica na SP71, mas vale bem a pena o pequeno desvio).

Ilha de Sant’Antioco

Lungomare de Sant’Antioco

SP 71 percorrida, rume até à Ilha de Sant’Antioco, onde termina o segundo dia do nosso roteiro para visitar a Sardenha. Sant’Antioco é a quarta maior ilha da Itália depois da Sardenha, Sicília e Elba. Apesar de ser uma ilha, Sant’Antioco está ligada à Sardenha por uma ponte, logo, não é preciso apanhar nenhum ferry para a visitar, o que facilita imenso a logística.

Cala Lunga

Há muito que ver e fazer na Ilha de Sant’Antioco, mas, visto que o tempo numa roadtrip é sempre limitado, recomendamos que foque a sua visita nos seguintes pontos de interesse da Ilha de Sant’Antioco:

  • Cidade de Sant’Antioco, a capital da ilha. Não deixe de visitar o Forte Sabaudo Su Pisu (construído sobre as ruínas de um Nurague), a Basílica de Sant’Antioco, o Villagio Ipogeu (uma pequena aldeia subterrânea) e fazer um passeio pela sua extensa marginal (Lungomare).
  • Praia de Maladroxia, a melhor praia perto da Cidade de Sant’Antioco.
  • Praia Cala Lunga, a praia mais fotogénica da Ilha de Sant’Antioco.
  • Praia Cala Sapone e Praia Coaquaddus.
  • Cabo Sperone, o spot perfeito para ver o pôr-do-sol – Instagram alert!
Praia de Maladroxia

Onde ficar a dormir no 2º dia

Montellino’s Suites

Elegemos este B&B pela excelente relação qualidade-preço: excecionalmente bem cotado, localização central, duas suites privadas super confortáveis (Oro e Tortora), WiFi e estacionamento gratuitos, cozinha partilhada e disponibiliza bicicletas gratuitas. Expectativas altas superadas! Pietro, o anfitrião, é duma amabilidade desarmante e o pequeno almoço roça o divinal.

Lu’ Hotel Maladroxia

Se busca as comodidades dum hotel perto da praia, este hotel de 4 estrelas, a menos de 5 minutos da Praia de Maladroxia, é uma das melhores opções. Lu’ Hotel Maladroxia tem restaurante, bar, piscina exterior e terraço para banhos de sol. Os quartos com varanda e vista mar são fantásticos. Tem estacionamento privado gratuito e serve um pequeno almoço buffet continental.

Clique para ver mais opções de alojamento em Sant’Antioco

Roteiro para visitar a Sardenha: Dia 3

Sant’Antioco – Costa Iglesiente (Estrada Panorâmica SP 83) – Cascada Sa Spendula – Oristano

Costa Iglesiente – Estrada Panorâmica SP 83

Visitar Sardenha: Roteiro de 5, 7 e 10 dias pelo Norte e SulComece o terceiro dia do seu roteiro para visitar a Sardenha percorrendo a Estrada Panorâmica SP 83, ao longo da cénica Costa Inglesiente. Esta ziguezagueante estrada da costa oeste da Sardenha, entre Fontanamare e Portixeddu, brinda o visitante com esmagadoras vistas sobre o mar e as verdejantes montanhas da Costa Inglesiente, uma das zonas costeiras mais selvagens da Sardenha. E não faltam sítios onde encostar o carro para desfrutar das maravilhosas paisagens panorâmicas.

Praia Fontanamare

Escusado será dizer que, ao longo dos seus 30 km, vai encontrar mais uma miríade de paradisíacas praias para ir a banhos. E como a Costa Iglesiente foi outrora a principal região mineira da Sardenha, pelo caminho terá oportunidade de visitar também antigas minas e cidades mineiras.

Cala Domestica

À semelhança do que dissemos para a estrada SP 71, vai precisar de uma boa dose de disciplina para não parar a cada curva. Os locais que consideramos verdadeiramente imperdíveis ao longo da SP 83 são os seguintes (pela ordem de visita):

  • Praia Fontanamare: tem um extenso areal de areia branca e das melhores ondas da Sardenha, sendo por isso extremamente popular para a prática do surf e kitesurf. Não deixe de parar também no miradouro panorâmico da SP 83 para a ver de cima (no mapa que partilhamos no final do artigo tem a localização exata do miradouro).
  • Pan di Zucchero (Pão de Açúcar), um dos faraglioni mais impressionantes da Sardenha. Esta enorme formação rochosa, que faz lembrar o famoso Pão de Açúcar do Rio de Janeiro, tem mais de 130 metros de altura e é o grande símbolo da Costa Iglesiente. Vai poder observá-lo de diferentes ângulos ao longo da SP 83. Para o visitar, só mesmo de barco.
  • Praia de Masua, situada numa idílica enseada a dois passos do Pan di Zucchero e do Porto Flavia, um antigo porto mineiro escavado num gigantesco penhasco. O acesso ao Porto Flavia é feito exclusivamente de barco, sendo precisamente da Praia de Masua que arrancam os tours.
  • Cala Domestica, uma encantadora enseada, aninhada entre altas falésias calcárias. Areias brancas, águas cristalinas e o entorno natural simplesmente estupendo fazem desta a nossa cala favorita da Costa Iglesiente. A Grande Rota Cammino Minerario di Santa Barbara passa por lá, logo, é uma excelente oportunidade para uma boa caminhada.
  • Buggerru, a cidade mineira mais emblemática da Costa Iglesiente.
  • Praia Portixeddu: tem um fantástico areal com mais de dois quilómetros de extensão, abraçado por um frondoso pinhal, e águas azul-celeste simplesmente maravilhosas. Muito cuidado com as correntes, que aqui, por norma, são traiçoeiras.
Visitar Sardenha: Roteiro de 5, 7 e 10 dias pelo Norte e Sul
Pan di Zucchero visto da Praia de Masua

Cascata Sa Spendula

Costa Iglesiente visitada, continue o seu roteiro para visitar a Sardenha rumando até ao interior da ilha, para ir conhecer a esplendorosa Cascata Sa Spendula. Sim, na Sardenha também existem maravilhosas cascatas!

A Cascata Sa Spendula tem sensivelmente 60 metros de altura, com três quedas de água consecutivas que formam um igual número de idílicas piscinas naturais. Para ver a Cascata Sa Spendula basta fazer uma curtíssima caminhada desde o parque de estacionamento. Caso queira ir pertinho dela ou refrescar-se nas suas águas já terá de saltitar pelas pedras da ribeira. Mas não vai dar por mal empregue o esforço!

Oristano

Visitar Sardenha: Roteiro de 5, 7 e 10 dias pelo Norte e Sul
Duomo de Oristano

O terceiro dia do nosso roteiro para visitar a Sardenha termina em Oristano, a principal cidade do centro-oeste da Sardenha, famosa pelo seu evento equestre Sa Sartiglia, a festa de Carnaval mais original de toda a ilha.

Visitar Sardenha: Roteiro de 5, 7 e 10 dias pelo Norte e Sul
Piazza Eleonora d’Arborea

Oristano foi uma das cidades mais importantes da Sardenha na Idade Média e isso reflete-se no seu riquíssimo património histórico. Por isso, apesar do centro histórico de Oristano ser relativamente compacto, não lhe faltam locais de interesse para visitar.

Torre de Mariano

Os locais de visita obrigatória e as experiências a não perder em Oristano são as seguintes:

  • Piazza del Duomo, morada da imponente Catedral de Santa Maria Assunta.
  • Piazza del Roma, onde se encontra localizada a majestosa Torre de Mariano, uma das torres sobreviventes da muralha medieval.
  • Piazza Eleonora d’Arborea, o coração da vida social e política em Oristano. Nela irá encontrar o neoclássico Palácio Scolopi (que presentemente alberga a Câmara Municipa), o Palácio Campus Colonna e a emblemática estátua da famosa giudicessa (governante) de Oristano, Eleonora d’Arborea.
  • Igreja de São Francisco e Mosteiro de Santa Clara.
  • Percorrer as animadas ruas pedonais Via de Castro e Corso Umberto I, repletas de cafés e bares com aprazíveis esplanadas, perfeitas para fechar o terceiro dia do seu roteiro para visitar a Sardenha a tomar um refrescante Aperol Spritz ou a degustar um gelato artigianale.

Onde ficar a dormir no 3º dia

Sa Domu e Crakeras

A guesthouse é um oásis de paz no coração de Oristano. A localização é incrível. Sa Domu e Crakeras está, literalmente, a dois passos do centro histórico e tem estacionamento privado gratuito no pátio interior. Adoramos a genuinidade do anfitrião, um autêntico embaixador de Oristano e da Sardenha. É como ir passar férias ao casarão dum tio-avô. Com pequeno-almoço incluído, a relação qualidade-preço é simplesmente imbatível.

Mariano IV Palace Hotel

Um clássico, na decoração e no estilo. O Mariano IV Palace Hotel pode estar um pouco outdated, mas continua a ser um valor seguro em Oristano. Afinal, ter os serviços dum hotel 4 estrelas na Sardenha a estes preços (mesmo em época alta), é um achado.

Clique para ver mais opções de alojamento em Oristano

Roteiro para visitar a Sardenha: Dia 4

Oristano – Tharros e Península de Sinis – Bosa

Tharros e Península de Sinis

O quarto dia do nosso roteiro para visitar a Sardenha arranca com uma visita ao sítio arqueológico de Tharros, um dos legados arqueológicos mais importantes do Mediterrâneo. A antiga cidade de Tharros fica localizada junto ao Golfo de Oristano, mais concretamente no Cabo San Marco, o extremo sul da península de Sinis.

Em Tharros encontrará mais de dois mil anos de história. Já foi um povoado nurágico, o primeiro povo a ocupar a Sardenha, mas foram os fenícios que a tornaram num dos mais importantes postos comerciais do Mediterrâneo. Posteriormente foi uma fortaleza cartaginesa, uma urbe romana e um centro administrativo bizantino. É caso para dizer que meio mundo já passou por Tharros. E agora é a sua vez de pisar as puídas pedras desta cidade milenar e explorar o enorme legado deste autêntico anfiteatro natural com vista para o mar.

Após a visita às ruínas não deixe de subir à vizinha Torre de San Giovanni, um dos bastiões mais imponentes construídos pelos espanhóis para protegerem a Sardenha dos invasores. As vistas panorâmicas sobre as ruínas de Tharros, o Cabo San Marco e a cercana Praia de San Giovanni justificam bem o esforço e o preço do bilhete.

Visitar Sardenha: Roteiro de 5, 7 e 10 dias pelo Norte e Sul
Cabo San Marco
Dica VagaMundos: se gosta de caminhadas não deixe de ir até ao Farol do Cabo San Marco. Ir e vir desde a Torre de San Giovanni são sensivelmente 3 km repletos de vistas de cortar a respiração.

Tharros e Torre de San Giovanni visitados, continue o seu roteiro para visitar a Sardenha rumando até à maravilhosa Praia de Is Arutas, conhecida como a praia dos grãos de arroz, devido ao seu areal ser composta por uma infinidade de pequenos grãos de quartzo. As águas têm com uma coloração que varia entre o verde-esmeralda e o azul-turquesa e são simplesmente deliciosas. Depois da caminhada por Tharros e o Cabo de San Marco, estamos desconfiados que um mergulhinho vai saber-lhe que nem ginjas!

Bosa

Visitar Sardenha: Roteiro de 5, 7 e 10 dias pelo Norte e SulO quarto dia do nosso roteiro termina na apaixonante Bosa, a vila mais bonita da Sardenha. Bosa espraia-se ao longo da foz do rio Temo e, quando vir o multicolorido casario da cidade velha a crescer encosta acima até ao seu altaneiro castelo, o mais certo é cair imediatamente de amores.

Não há melhor maneira de conhecer Bosa do que calcorreando as ruas e ruelas do seu centro histórico. Até porque a maior parte da cidade velha encontra-se fechada ao trânsito. Posto isto, os locais que consideramos de visita obrigatória e as experiências a não perder em Bosa são as seguintes:

  • Atravessar a Ponte Vecchio sobre o rio Temo, a porta de entrada mais emblemática da cidade velha de Bosa.
  • Visitar a Catedral de Bosa e a Igreja do Rosário.
  • Percorrer a rua Corso Vittorio Emanuele II, a principal artéria da cidade velha.
  • Subir até ao Castelo de Serravalle pelas labirínticas ruelas do bairro do castelo. A subida é algo extenuante, mas o bairro do castelo é um encanto, sempre a pedir para lhe apontarem a lente, e as vistas são maravilhosas!
  • Passear pela marginal ribeirinha e atravessar a Ponte della Pace para ir conhecer Sas Conzas, o antigo bairro dos curtumes, situado na margem oposta do centro histórico de Bosa.
  • Dar um saltinho à Bosa Marina, a estância balnear da vila. A praia está longe de ser uma das nossas favoritas na Sardenha, mas vale bem a pena percorrer a sua marginal e conhecer o bastião Torre de Bosa.
Ponte Vecchio

Onde ficar a dormir no 4º dia

Palazzo Pischedda

Os serviços impressionam e a elegância arrebata. A 50 metros da Ponte Vecchio, este boutique hotel num edifício Art Nouveau tem ótima relação qualidade-preço, logo, o Palazzo Pischedda é uma das melhores opções de alojamento na pitoresca cidade de Bosa. Agarre um quarto com varanda com vista, particularmente impressionante ao entardecer devido às cores quentes e aveludadas. E o extra? Estacionamento privado gratuito.

Aghinas Albergo Diffuso

Localizado num edifício histórico no coração de Bosa, o Aghinas disponibiliza quartos privados de decoração mediterrânica, equipados com ar condicionado. Tem cozinha partilhada e sala de jantar num edifício anexo, Wi-Fi e estacionamento privado gratuitos. É possível fazer uma degustação do vinho branco Malvasia de produção própria.

Clique para ver mais opções de alojamento em Bosa

Roteiro para visitar a Sardenha: Dia 5

Alghero – Capo Caccia e Gruta de Neptuno

Alghero

Comece o quinto dia do seu roteiro para visitar a Sardenha com uma roadtrip pelas cénicas estradas costeiras SP 49 e SP 105 rumo à cidade muralhada de Alghero, conhecida pelo cognome de Cidade Catalã, por ter sido a capital da Sardenha durante a ocupação espanhola. Pelo caminho irá desfrutar de arrebatadoras vistas panorâmicas sobre a costa noroeste da Sardenha.

Em Alghero tem à sua espera uma autêntica mini-Dubrovnik. A cidade velha está completamente muralhada. Deambular pelas labirínticas ruas e vielas empedradas do centro histórico, pejado de casas abrasonadas e animadas praças, é uma autêntica viagem no tempo.

Visitar Sardenha: Roteiro de 5, 7 e 10 dias pelo Norte e Sul
Piazza Civica

Para mais, Alghero tem uma identidade completamente distinta das outras cidades da Sardenha. Por ter sido o centro de poder durante a ocupação espanhola da ilha, mantém um enorme orgulho na herança espanhola (mais concretamente catalã, visto que foi o Reino de Aragão que governou a Sardenha), bem patente no brasão da cidade, nas bandeiras catalãs que decoram algumas das casas do muralhado centro histórico e até nos pratos típicos, onde brilha a famosa Paella.

Muralhas de Alghero

Os locais de visita obrigatória e as experiências a não perder em Alghero são as seguintes:

  • Passear pelas Muralhas de Alghero, com lindas vistas sobre a costa e onde pode aproveitar para visitar algumas das torres e bastiões mais emblemáticos de Alghero, nomeadamente a Torre di Sant’Elmo, a Torre Della Polveriera, o Bastião de Marco Polo, a Torre San Giacomo e a icónica Torre di Sulis.
  • Piazza Civica, a principal praça do centro histórico, pejada de aprazíveis esplanadas.
  • Catedral de Alghero em estilo gótico-catalão e a sua altaneira Torre Sineira.
  • Igreja de São Miguel (com a sua cúpula colorida em azulejo policromado), a Igreja de São Francisco e a Igreja de Santa Bárbara, a igreja mais antiga de Alghero.
  • Torre de São Jorge e Torre di Porta Terra na linha de defesa terrestre.
  • Visitar o Museu do Coral (Alghero é a capital da Sardenha da joalharia feita de coral).
  • Passear pela marginal de Alghero.
Visitar Sardenha: Roteiro de 5, 7 e 10 dias pelo Norte e Sul
Torre di Sulis

Capo Caccia e Gruta de Neptuno (Grotta di Nettuno)

Baía das Ninfas -Capo Caccia

Depois de visitar Alghero, continue o seu roteiro para visitar a Sardenha rumando até ao Capo Caccia para ir conhecer a famosa Gruta de Neptuno, uma das maravilhas naturais mais impressionantes da Sardenha.

Visitar Sardenha: Roteiro de 5, 7 e 10 dias pelo Norte e SulA gruta de Neptuno está localizada a cerca de 25 km de Alghero na área marinha protegida de Capo Caccia-Isola Piana, dentro do Parque Natural Porto Conte. Para aceder à gruta terá de descer os 654 degraus esculpidos no penhasco do Capo Caccia pela cénica Escala del Cabirol (Escada do Corso em catalão).

Claro que depois terá de a subir no regresso! Como alternativa pode apanhar um barco em Alghero ou no cais de Porto Conte, o povoado que fica mais perto da gruta.

No interior da gruta irá ter a oportunidade de ver um sem número de estalactites e estalagmites, o Lago La Marmora, e várias salas, com destaque para a majestosa Sala do Palácio, a Sala Smith (também conhecida por sala do Orgão) e a Sala das Rendas.

Visitar Sardenha: Roteiro de 5, 7 e 10 dias pelo Norte e Sul
Miradouro do Ilhéu de Foradada

Após visitar a Gruta de Neptuno, não deixe de dar um saltinho ao vizinho Miradouro do Ilhéu de Foradada. Se quiser fechar o quinto dia do seu roteiro para visitar a Sardenha com um mergulho, no regresso a Alghero faça uma paragem na Praia di Mugoni ou na Praia del Lazzaretto. São ambas estupendas!

Onde ficar a dormir no 5º dia

Hotel Sa Cheya Relais & Spa

Porque já merecíamos e é irresistível! Com vistas 360ºC para os 5 hectares de campo e colinas, este lindo hotel ecológico é um mundo à parte, a meros 5 km de Alghero. O Sa Cheya junta o melhor de todos os mundos: modernidade num ambiente rural, pequeno almoço fantástico, estacionamento privado gratuito, restaurante, piscina infinita com bar, jardim cuidado, pet-friendly e… Spa privado nas suites king & queen. Memorável!

Alghero Roof Garden

Sobram trunfos a este boutique B&B: perto das melhores atrações, lojas e restaurantes de Alghero, jardim florido e colorido no rooftop e quartos privados espaçosos com ar condicionado, decoração de muito bom gosto, com detalhes que se cruzam entre o vintage, aristocrático e clássico. O Alghero Roof Garden só peca por não ter estacionamento.

Clique para ver mais opções de alojamento em Alghero

Roteiro para visitar a Sardenha: Dia 6

Praia La Pelosa – Sassari – Castelsardo – Costa Paradiso

Praia La Pelosa

Maravilhosa! Divinal! Fantástica! Paradisíaca! Um pedacinho do céu na terra! Sim, estamos a tentar descrever a Praia La Pelosa, a primeira paragem do sexto dia do nosso roteiro para visitar a Sardenha, e, diga-se em abono da verdade, sem grande sucesso.

É que todos os superlativos nos parecem curtos para descrever a La Pelosa, para nós a praia mais bonita da Sardenha, para não dizer de toda a Itália ou até mesmo da Europa.

Imagine uma praia de fina areia branca, fundo marinho transparente, águas calmas e pouco profundas que permitem andar largas dezenas de metros com água até ao joelho, uma coloração azul-turquesa que parece Photoshop e um enquadramento paisagístico maravilhoso e fica com uma ideia do que @ espera quando visitar a La Pelosa.

Visitar Sardenha: Roteiro de 5, 7 e 10 dias pelo Norte e SulO único defeito que lhe vemos é que metade da Europa (para não dizer mais) já descobriu este paraíso, o que levou mesmo as autoridades a estabelecer um limite diário de visitantes e a cobrar entrada durante os meses de verão, mais concretamente entre 1 de junho e 30 de setembro. O preço do bilhete é de 3,5€ (grátis para crianças com menos de 12 anos) e é imperativo reservar a entrada com antecedência através do site oficial. Quem disse que a entrada do paraíso não tem um preço?

Sassari

Catedral de São Nicolau

Se conseguir arredar pé da Praia La Pelosa, continue o seu roteiro para visitar a Sardenha com uma visita a Sassari, a segunda maior cidade da ilha.

Rua do centro histórico de Sassari

Apesar de ser uma cidade muito grande, o centro histórico de Sassari é relativamente compacto, sendo perfeito para se visitar a pé.

Piazza Italia

Os principais locais de interesse a visitar em Sassari são os seguintes:

  • Piazza Italia, o coração da cidade velha, rodeada de ostensivos palácios entre os quais brilha o Palazzo Giordano.
  • Catedral de São Nicolau
  • Palácio Ducal
  • Teatro Civico
  • Igreja de Santa Catarina e Igreja de São Apolinário

Castelsardo

De Sassari é um saltinho até Castelsardo, a próxima paragem do nosso roteiro para visitar a Sardenha. Castelsardo é uma das vilas medievais mais bonitas da Sardenha e tem uma localização simplesmente idílica, a fazer lembrar os povoados da famosa Cinque Terre e da Costa Amalfitana.

A beleza do quadro paisagístico no qual Castelsardo está inserido é fascinante: uma baía de águas azul-turquesa e uma miríade de casas coloridas cravadas num escarpado monte, corado por um castelo.

O bairro medieval encontra-se no interior das muralhas e, a não ser que tenha a sorte de apanhar um dos poucos lugares vagos para estacionar junto à entrada da fortaleza, não se livra de ter de superar a ingrime subida desde a baía de Castelsardo, onde é relativamente fácil estacionar. Nós fomos no mês de maio e não nos livramos da caminhada!

Catedral de Santo António Abade

Os principais monumentos do burgo medieval de Castelsardo são o Castelo de Doria, a Catedral de Santo António Abade e a Igreja Santa Maria delle Grazie. Mas o melhor de Castelsardo é mesmo deambular pelas suas labirínticas ruelas e escadarias, que invariavelmente o vão levar a descobrir castiças pracetas e miradouros com soberbas vistas sobre o mar.

Dica VagaMundos: nas imediações de Castelsardo, em direção à Costa Paradiso, vai encontrar a famosa Rocha do Elefante. Fruto da erosão dos elementos, este penedo assemelha-se, como o próprio nome indica, a um elefante. Vale a pena o mini-desvio!

Cala Li Cossi – Costa Paradiso

Para fechar o sexto dia do seu roteiro para visitar a Sardenha com chave de ouro, nada como ir conhecer a fantástica Cala Li Cossi, a mais bela das praias da Costa Paradiso, um nome que assenta que nem uma luva a este pedacinho de costa do norte da Sardenha.

Visitar Sardenha: Roteiro de 5, 7 e 10 dias pelo Norte e SulEsta linda praia encontra-se encaixada entre cénicas falésias de rocha traquito rosa que criam um contraste estupendo com o areal dourado e as águas verde-esmeralda da baía.

Para a visitar terá de fazer uma pequena caminhada, mas não se assuste que ida e volta desde o parque de estacionamento é pouco mais de 1,5km e o caminho vai brindá-l@ com uma paisagem digna de cartão postal.

Onde ficar a dormir no 6º dia

Hotel Costa Paradiso

Respondendo a todos os requisitos e a um preço super simpático (elogio extensível ao staff), nem hesitamos em reservar este hotel de 4 estrelas à beirinha do Porto da Costa Paradiso, com estacionamento privado gratuito. Os quartos privados, climatizados e espaçosos, todos com varanda, são confortáveis e funcionais. O Costa Paradiso goza dum ambiente descontraído, de veraneio, nas áreas muito amplas inspiradas no mar, no restaurante e no bar. Fechar o dia em beleza a desfrutar da piscina de água salgada no terraço panorâmico com vista-mar, não teve preço.

Clique para ver mais opções de alojamento na Costa Paradiso

Roteiro para visitar a Sardenha: Dia 7

Capo Testa – Nuraghe La Prisgiona – Costa Esmeralda / Porto Cervo

Capo Testa

Cala Spinosa

Comece o sétimo dia do seu roteiro para visitar a Sardenha rumando até à península do Capo Testa, o extremo norte da ilha da Sardenha.

Farol do Capo Testa

Um dos cenários naturais mais fotogénicos da Sardenha espera por si. Nesta recôndita península da Sardenha, ligada à ilha por apenas uma estreita língua de areia (a fazer lembrar o nosso querido Baleal), irá encontrar gigantescas formações rochosas de granito, das mais variadas formas e feitios, e mais de uma mão cheia de calas e praias brutais. As oportunidades para uma boa caminhada são virtualmente infinitas.

Visitar Sardenha: Roteiro de 5, 7 e 10 dias pelo Norte e Sul
Vale da Lua

Os locais que mais gostamos de visitar no Capo Testa foram os seguintes:

  • Praias Rena di Ponente e Rena di Levante: ficam localizadas na língua de areia que une a península à ilha da Sardenha e a escolha entre uma e outra depende unicamente da direção do vento. No dia em que as visitamos a Praia Rena di Ponente tinha o mar tão calmo que parecia uma piscina. A Praia Rena di Levante, umas ondas valentes.
  • Praia Zia Culumba: areia fina, águas calmas, pouco profundas e cristalinas. Perfeita para ir com crianças e para praticar snorkel.
  • Praia Cala Spinosa: o acesso é complicado, pois é preciso descer uma escarpada ravina, mas é mais um pedacinho do céu. Se for com crianças, nem pense nisso.
  • Farol do Capo Testa: um dos locais mais mágicos do Capo Testa, acessível fazendo uma curta caminhada durante a qual poderá apreciar as deslumbrantes formações rochosas de granito. É também o ponto de partida do trilho até à praia selvagem Cala Francese, que, infelizmente, já não tivemos tempo de visitar.
  • Vale da Lua (Cala Grande): enseada escondida por colossais muros de granito moldados pelos elementos. Acessível a pé desde o pequeno povoado de Funtanaccia (caminhada de menos de 2 km ida e volta).

Nuraghe La Prisgiona

Visitar Sardenha: Roteiro de 5, 7 e 10 dias pelo Norte e SulA próxima paragem do nosso roteiro para visitar a Sardenha será no Nurague La Prisgiona, um dos sítios arqueológicos nurágicos mais importantes da Sardenha. Para nós, ir à Sardenha e não visitar um Nurague é quase como ir a Roma e não ver o Papa.

A área arqueológica de La Prisgiona inclui o complexo Nurague e a aldeia com aproximadamente 100 cabanas que se estende ao seu redor. O Nurague em si consiste numa torre de menagem, ladeada por duas torres laterais, sendo o conjunto protegido por um imponente baluarte.

O que são Nuragues?
Nuragues são edifícios megalíticos fortificados, que podem ser encontrados exclusivamente na Sardenha, tendo sido construídos pelo primeiro povo que habitou a ilha 1900 e 730 aC. Alguns tinham apenas uma torre, ao redor da qual crescia a aldeia, mas os maiores Nuragues eram complexos fortificados compostos por múltiplas torres.

Porto Cervo

O sétimo dia do nosso roteiro para visitar a Sardenha termina em Porto Cervo, a capital da famosa Costa Esmeralda, indiscutivelmente a costa mais badalada e glamorosa da Sardenha.

A vila à beira-mar surgiu em torno de uma enseada natural que se assemelha a um veado (daí o nome). Se por lá passar no verão, vai assistir a um autêntico desfile de iates de luxo, e a probabilidade de se cruzar com uma estrela de Hollywood, um cantor Pop ou um famoso desportista é extremamente elevada. Sim, Porto Cervo é um dos destinos mais procurados pelo jet set internacional e no verão fica, literalmente, à pinha.

Posto isto, não é de admirar que as principais atividades em Porto Cervo sejam disfrutar dos seus bares e restaurantes (a maioria com aprazíveis esplanadas), fazer compras e passear na marina. O único monumento de destaque é mesmo a castiça igreja Stella Maris. Honestamente, não é muito a nossa onda, mas é uma excelente base para partir à descoberta das paradisíacas praias da Costa Esmeralda.

Onde ficar a dormir no 7º dia

Colonna Hotel Country & Sporting

Convenceu-nos a relação qualidade-preço e elogiamos o conforto e limpeza do quarto, as comodidades e o staff. As famílias podem optar pelas villas (perfeitas) do Colonna. Só pelo pequeno almoço já vale a pena: o mais variado e completo que vimos em toda a Sardenha. Este hotel de 4 estrelas baseia-se no conceito de aldeamento turístico ao pé da praia Cala Granu. Tem 3 piscinas, restaurante, bar, amplos jardins e estacionamento gratuito.

Dolce Vita Boutique Hotel

O Dolce Vita é um hotel simpático que oferece as tradicionais boas-vindas calorosas da região de Gallura, situado sobre uma colina a 1,2 km da marina e a 2,5 km do centro de Porto Cervo. Relaxar é uma certeza no Dolce Vita.

Clique para ver mais opções de alojamento em Porto Cervo

Roteiro para visitar a Sardenha: Dia 8

Porto Cervo – Praias Costa Esmeralda – Palau

Praias Costa Esmeralda

Praia de Capriccioli

A Costa Esmeralda é morada de algumas das praias mais badaladas da Sardenha. Como tal, a maior parte do oitavo dia do nosso roteiro para visitar a Sardenha será inteiramente dedicado a conhecê-las. Só um aviso: conte com muitos momentos “Uau!” e, claro, com igual número de mergulhos.

Praia Pevero

Existem largas dezenas de praias na Costa Esmeralda, e a sua beleza não facilita a escolha. As praias da Costa Esmeralda que mais nos encheram as medidas, ordenadas pela distância em relação a Porto Cervo, são as seguintes:

  • Praia Pevero: a praia mais famosa de Porto Cervo é, na realidade, composta por duas praias: a praia Piccolo Pevero e a praia Grande Pevero. É possível caminhar de Piccolo Pevero até Grande Pevero, pois estão separadas por pouco mais de 500 metros.
  • Praia del Principe (Poltu Di Li Cogghj): uma das mais belas praias de toda a Costa Esmeralda, com águas rasas de um azul-turquesa inacreditável. Para a visitar terá de fazer uma pequena caminhada, desde o estacionamento da praia, de aproximadamente 1,8km. O esforço é muito bem recompensado!
  • Praia de Capriccioli: imperdível! Esta pequena praia da Costa Esmeralda encontra-se dividida em duas por enormes rochas graníticas e está rodeada de exuberante vegetação mediterrânica. As suas águas são uma verdadeira delícia e as vistas panorâmicas sobre as ilhas de Mortorio, Soffi e Le Camere, que se encontram pertinho da costa, são de babar. Tem mesmo de a incluir no seu roteiro para visitar a Sardenha!
  • Praia Cala Sabina: já não fica na Costa Esmeralda, mas no vizinho Golfo de Aranci. Quando colocar os olhos em cima deste pedacinho do céu com areia branca e águas cristalinas azul celeste, dificilmente se vai importar com esse detalhe.

Palau

Termine o oitavo dia do seu roteiro para visitar a Sardenha rumando até à cidade balnear de Palau, para no dia seguinte apanhar um ferry matutino para a Ilha de La Maddalena, a maior das 7 ilhas que constituem o Arquipélago de Maddalena.

Visitar Sardenha: Roteiro de 5, 7 e 10 dias pelo Norte e SulSe vir que ainda tem tempo, não deixe de dar um saltinho ao Capo d’Orso para ir visitar a Rocha do Urso, a formação rochosa mais emblemática da Costa Esmeralda.

Onde ficar a dormir no 8º dia

L’Orso e il Mare

Pura e simplesmente excecional! Nota 10 em todas as frentes: localização, limpeza, comodidades e conforto, simpatia e disponibilidade dos anfitriões. Desdobram-se em atenções para que nada falte aos hóspedes (Pietro e Agnese, são uns amores!) Este B&B com alma é um achado na localidade de Palau – talvez em toda a Sardenha. O estacionamento público gratuito fica a escassos metros. Famílias, temos pena, mas o L’Orso e il Mare é adults only!

Hotel Palau

Uma excelente opção para as famílias é este hotel, a 10/15 minutos a pé da praia. Localizado na alta de Palau, o Hotel Palau tem um ambiente tranquilo e deliciosas vistas panorâmicas para as Ilhas Maddalena e Caprera. Os quartos (alguns familiares) e suites estão elegantemente decorados, são climatizados e têm casa de banho privativa. Inclui comodidades como restaurante, bar, piscina e Spa.

Clique para ver mais opções de alojamento em Palau

Roteiro para visitar a Sardenha: Dia 9 e 10

Ilha de La Maddalena – Ilha La Caprera – Tour de Barco pelas Ilhas Desertas do Arquipélago de Maddalena
Visitar Sardenha: Roteiro de 5, 7 e 10 dias pelo Norte e Sul
Praia Rosa, uma das praias selvagens mais bonitas do Arquipélago de Maddalena

Os últimos dois dias do nosso roteiro para visitar a Sardenha serão dedicados a explorar o paradisíaco Arquipélago de Maddalena, que é inclusivamente um parque nacional.

Antes de revelarmos o que ver e fazer no destino mais paradisíaco da Sardenha vamos partilhar consigo algumas dicas e informações práticas que vão ser úteis na hora de planear a sua visita ao Arquipélago de Maddalena.

Como ir visitar o Arquipélago de Maddalena? Infos e dicas práticas

  • Os ferries para o Arquipélago de Maddalena partem exclusivamente do porto de Palau e vão levá-lo até à Ilha da Maddalena, a maior ilha do arquipélago e a única onde existe alojamento. A viagem demora sensivelmente 20 minutos e, por norma, a primeira viagem é entre as 8h e as 9h (existem ferries no máximo de hora a hora até às 20h-21h).
  • É possível (e recomendado) levar o carro consigo para a Ilha da Maddalena pois é, de longe, a melhor solução para explorar tanto a Ilha Maddalena como a Ilha La Caprera, que está unida à ilha principal do arquipélago por uma ponte. As restantes ilhas só podem ser visitadas de barco.
  • O Arquipélago da Maddalena é extremamente popular logo recomendamos vivamente que desenhe o seu roteiro para visitar a Sardenha para que os dias de visita à Maddalena calhem em dias de semana. Assim não estraga a experiência.
  • Caso só tenha um dia disponível para visitar o Arquipélago da Maddalena, e não queira lidar com questões logísticas, pode visitar o Arquipélago da Maddalena inserido num tour de barco a partir de Palau. Se for o seu caso, espreite este tour de barco pelas mais belas ilhas do Arquipélago da Maddalena do GetYourGuide (clique para ler reviews e reservar). Apresenta uma excelente relação qualidade/preço e permite cancelamento sem custos até 24 horas de antecedência. Foi inclusivamente o passeio de barco que fizemos no último dia que passamos no arquipélago, só que no nosso caso partimos da Ilha da Maddalena.

Arquipélago de Maddalena

Agora que já leu as nossas dicas práticas para visitar o Arquipélago da Maddalena, está na hora de lhe mostrarmos os principais locais de interesse do Arquipélago da Maddalena que deve incluir nos últimos dois dias do seu roteiro para visitar a Sardenha.

Dia 1 no Arquipélago de Maddalena

Visitar Sardenha: Roteiro de 5, 7 e 10 dias pelo Norte e Sul
Cidade La Maddalena

O primeiro dia no Arquipélago de Maddalena será inteiramente dedicado a explorar a Ilha La Maddalena, percorrendo a estrada panorâmica que dá a volta na ilha. São aproximadamente 40 quilómetros (desvios incluídos) que @ vão brindar com vistas de cortar respiração e onde não faltam boas praias para mergulhos.

Praia Bassa Trinita

Os locais que mais gostamos de visitar na Ilha da Maddalena são os seguintes:

  • Cidade da Maddalena, a única cidade do arquipélago. O monumento de relevo é a Igreja de Santa Maria Maddalena, mas o melhor da cidade é mesmo deambular pelas ruelas do centro histórico, pejado de coloridas casas, e passear pelo seu sempre animado porto.
  • Capela da Madonnetta, uma pequena capela à beira-mar plantada. As vistas são soberbas!
  • Praia Bassa Trinita, uma das praias mais bonitas da ilha, com areia branca, fácil acesso e estacionamento quase “à porta”.
  • Praia Monti di Rena, uma das maiores praias de areia da Ilha Maddalena. Uma autêntica piscina natural!
  • Praia del Cardellino: uma pequena praia de areia grossa, muito sossegada e com um encantador entorno natural. Uma pequena pérola!
  • Praia Cala Spalmatore: linda enseada bem protegida do vento. A praia é pequenina e como fica ao lado da estrada no verão costuma estar à pinha.
  • Praia Testa del Polpo: a nossa praia favorita no pequeno ilhéu Giardinelli. Vai ter de dar um bocado à perna para lá ir (conte com 20-30 minutos para cada lado desde o estacionamento) mas estamos confiantes de que não se vai arrepender.
  • Praia de Punta Tegge: imagine os puídos barrocos de granito da Beira Alta rodeados de águas turquesa e fica com uma ideia do maravilhoso quadro paisagístico desta praia. A areia é pouca e as pedras são escorregadias (leve aquashoes) mas as vistas são maravilhosas. É o local perfeito para assistir ao pôr-do-sol, e assim fechar em grande o penúltimo dia do seu roteiro para visitar a Sardenha.
Visitar Sardenha: Roteiro de 5, 7 e 10 dias pelo Norte e Sul
Praia Testa del Polpo

Dia 2 no Arquipélago de Maddalena

Para o último dia do roteiro para visitar a Sardenha temos não uma, mas duas propostas para si. Escolha de acordo com os seus interesses. Se não se conseguir decidir por apenas uma (o que compreendemos bem), pode sempre acrescentar mais um dia ao seu roteiro para visitar a Sardenha e fazê-las a ambas. Foi precisamente o que nós fizemos.

Opção 1: Ilha La Caprera
Monte Teialone, o ponto mais alto da Ilha Caprera

A primeira proposta que temos para si é ir visitar a Ilha La Caprera, a segunda maior ilha do Arquipélago da Maddalena, que foi outrora uma base militar.

Cala Napoletena, uma das praias mais bonitas da Ilha Caprera

Hoje é uma ilha com pouco mais de uma centena de habitantes onde irá encontrar praias selvagens simplesmente divinais e uma enorme colónia de cabras selvagens que dela fizeram a sua casa (Caprera significa cabra em italiano, como por esta altura já se deve ter apercebido). Chegar à ilha é super fácil pois está conectada com a Ilha Maddalena por uma ponte.

Sinalização dos trilhos para visitar as praias mais bonitas da Ilha Caprera

Já para ir conhecer as suas praias, a conversa é outra. A maioria delas só é acessível a pé, logo, não se esqueça de levar calçado de caminhada. Percorrer os trilhos da Ilha Caprera com chinelos de praia não é, de todo, uma boa ideia!

Posto isto, os locais que consideramos de visita obrigatória na Ilha La Caprera são os seguintes:

  • Monte Teialone, o ponto mais alto da ilha, onde será brindado com vistas de cortar a respiração. Isto se ainda tiver fôlego depois de subir a empinada escadaria desde o parque de estacionamento!
  • Bateria Arbuticci, onde se encontra o Memorial do Giuseppe Garibaldi, que escolheu a Ilha Caprera para passar os seus últimos anos de vida.
  • Praia Cala Serena, acessível por um trilho desde a vizinha praia Cala Garibaldi (1,5 km ida e volta).
  • Praia Cala Caprarese, acessível por um trilho desde a Bateria Arbuticci (3,5 km ida e volta).
  • Praia Cala Napoletena, acessível por um trilho desde a vizinha Cala Caprarese (2 km ida e volta)
  • Praia Cala Coticcio, acessível por um trilho que arranca de um pequeno parque de estacionamento localizado perto da Bateria Arbuticci (3 km ida e volta). Esta e a Cala Napoletena são as nossas favoritas na Ilha La Caprera.
  • Praia due Mari e Cala Caprese, localizadas mesmo ao lado da estrada. Se for com crianças, são a sua melhor opção. Na Praia due Mari até vai encontra espreguiçadeiras, chapéus-de-sol e um bar de apoio.
  • Bateria Militar Poggio Rasu Superiore, tem vistas panorâmicas excelentes e é o ponto de partida do trilho para ir à praia da Cala Brigantina (2 km ida e volta)
Visitar Sardenha: Roteiro de 5, 7 e 10 dias pelo Norte e Sul
Cala Coticcio
Opção 2: Passeio de Barco pelas Ilhas Desertas do Arquipélago de Maddalena

Visitar Sardenha: Roteiro de 5, 7 e 10 dias pelo Norte e SulA segunda proposta que temos para o último dia do seu roteiro para visitar a Sardenha é fazer um passeio de barco pelas Ilhas Desertas do Arquipélago de Maddalena, as ilhas Budelli (onde se encontra a famosa Praia Rosa), Razzoli, Santa Maria, Spargi (a Cala Corsara é um pedacinho do céu) e Santo Stefano. Até porque é a única maneira de as visitar!

Visitar Sardenha: Roteiro de 5, 7 e 10 dias pelo Norte e Sul
Ilha de Spargi

É possível alugar pequenos barcos para visitar as ilhas selvagens em La Maddalena. A não ser que seja um marinheiro experimentado, a melhor opção é mesmo recorrer a um tour.

Nós reservámos este passeio de barco, com tempo para nadar nas melhores praias, através do GetYourGuide (clique para ver) e recomendamos sem hesitar. Excelente relação qualidade-preço e cancelamento gratuito até 24 horas de antecedência, o que nos permitiu garantir lugar para o dia que queríamos, sem arriscar nem pagar mais por isso.

Praia Rosa – Ilha Budelli

Onde ficar a dormir no 9º e 10 º dia

Excelsior

Conforto, comodidades, funcionários e relação qualidade-preço ao nível do nome, excelentes. Está a 2 minutos dos ferries, mas o interior do Excelsior é um oásis de sossego. Quartos modernos climatizados, espaçosos, elegantes e limpos, mobiliário clássico italiano e casa de banho privada com amenities. Agarramos uma campanha promocional dum quarto com vista mar com pequeno almoço incluído (muito bom, by the way) por menos de 50 €. Tem preços imbatíveis quando reservado com antecedência.

Hotel Villa Del Parco

Apenas a 400 metros da praia de Punta Tegge, este hotel 3 estrelas, com detalhes charmosos, dispõe de quartos e suites em estilo rural, com kitchenette e um terraço mobilado. No Villa Del Parco servem um pequeno almoço buffet, soberbo segundo os hóspedes.

B&B Il Corallo

Quartos impecáveis, decorados com bom gosto e com todas as comodidades necessárias, e a linda vista para o mar são as aspetos mais elogiados do Il Corallo, um B&B familiar que sabe acolher e mimar os hóspedes. O pequeno almoço promete sabores caseiros e regionais.

Clique para ver mais opções de alojamento em La Maddalena

Mapa do roteiro para visitar a Sardenha em 10 dias


Clique no canto superior direito para aumentar o mapa do Roteiro para visitar a Sardenha em 10 dias.

Roteiro para visitar a Sardenha em 7 dias (1 semana)

Visitar Sardenha: Roteiro de 5, 7 e 10 dias pelo Norte e SulSó tem 7 dias para visitar a Sardenha? Naturalmente que vai ter de abdicar de alguns dos pontos de interesse da Sardenha que referimos no nosso roteiro de 10 dias para visitar a Sardenha e fazer algumas escolhas no que diz respeito a praias e mergulhos salgados. Ainda assim, o itinerário que desenhamos, vai permitir-lhe visitar os principais pontos de interesse do norte e do sul da Sardenha e ter tempo para tomar umas belas banhocas nas quentinhas águas do Mediterrâneo.

Claro que pode sempre optar por condensar o roteiro de 10 dias em 7 dias, mas vai passar demasiado tempo a correr de um lado para o outro e pouco tempo nos locais de interesse.

Abaixo encontra a nossa sugestão de roteiro para 7 dias, podendo ler a respetiva descrição dos locais de interesse no roteiro de 10 dias para visitar a Sardenha.

Dia 1

Cagliari

Clique para ver as melhores opções de alojamento em Cagliari

Dia 2

Estrada Panorâmica da Costa Sul da Sardenha (SP 71) – Sant’Antioco

Clique para ver as melhores opções de alojamento em Sant’Antioco

Dia 3

Costa Iglesiente (Estrada Panorâmica SP 83) – Tharros – Oristano

Clique para ver as melhores opções de alojamento em Oristano

Dia 4

Oristano – Bosa – Alghero – Capo Caccia

Clique para ver as melhores opções de alojamento em Alghero

Dia 5

Capo Caccia – La Pelosa – Castelsardo – Costa Paradiso

Clique para ver as melhores opções de alojamento na Costa Paradiso

Dia 6

Capo Testa – Porto Cervo – Praias Costa Esmeralda (escolher 2 da lista que referimos no dia 7 do roteiro para visitar a Sardenha em 10 dias)

Clique para ver as melhores opções de alojamento na Costa Esmeralda

Clique para ver as melhores opções de alojamento na Costa Esmeralda (coloca Palau ou Porto Cervo por trás)

Dia 7

Mapa do roteiro para visitar a Sardenha em 7 dias


Clique no canto superior direito para aumentar o mapa do Roteiro para visitar a Sardenha em 7 dias (1 semana).

Roteiro para visitar a Sardenha em 5 dias

Visitar Sardenha: Roteiro de 5, 7 e 10 dias pelo Norte e SulSe só tem 5 dias disponíveis para visitar a Sardenha, temos duas propostas de roteiro para si. Uma focada no Norte da Sardenha e a outra focada no Sul da Sardenha, para escolher de acordo com os seus interesses. Assim já fica com itinerários para duas viagens completamente distintas à Sardenha

Abaixo encontra as nossas duas sugestões de roteiros para visitar a Sardenha em 5 dias, podendo ler a respetiva descrição dos locais de interesse no roteiro de 10 dias para visitar a Sardenha:

Roteiro para visitar o Norte da Sardenha em 5 dias

(Clique nos nomes das localidades finais de etapa para ver as melhores opções de alojamento)

Mapa do roteiro para visitar o Norte da Sardenha


Clique no canto superior direito para aumentar o mapa do Roteiro para visitar o Norte da Sardenha em 5 dias.

Roteiro para visitar o Sul da Sardenha em 5 dias

  • Dia 1: Cagliari
  • Dia 2: Capo Carbonara e Praias de Villasimius 
  • Dia 3: Estrada Panorâmica da Costa Sul da Sardenha (SP 71) – Ilha de Sant’Antioco
  • Dia 4: Sant’Antioco – Costa Iglesiente (Estrada Panorâmica SP 83) – Cascada Sa Spendula – Oristano
  • Dia 5: Oristano – Tharros e Península de Sinis – Cagliari

(Clique nos nomes das localidades finais de etapa para ver as melhores opções de alojamento)

Mapa do roteiro para visitar o Sul da Sardenha


Clique no canto superior direito para aumentar o mapa do Roteiro para visitar o Sul da Sardenha em 5 dias.

Outros artigos da Itália

Prepare a sua próxima Viagem

Reserve o seu alojamento através do Booking.com. É onde encontramos sempre as melhores promoções e permite cancelar a reserva sem custos.

No GetYourGuide e na Civitatis encontra sempre as melhores atividades e tours locais e pode ainda reservar o seu transfer do aeroporto e saltar as filas comprando antecipadamente as entradas para os principais monumentos.

Jogue pelo seguro e faça um seguro de viagem na IATI Seguros. É uma agência 100% especializada em viagens e apresenta o melhor rácio custo-benefício do mercado, sendo que todos os seus seguros contam com excelentes coberturas COVID-19. Se utilizar o nosso link terá um desconto de 5% por ser nosso leitor.

Se precisa de alugar um carro para a sua próxima viagem recomendamos que utilize a AutoEurope. Permite comparar os preços de dezenas de empresas de rent-a-car e é possível cancelar o aluguer sem custos até 48h antes da partida.

Esta página contem links afiliados. Só recomendamos marcas que utilizamos e confiamos a 100%. Se efectuar as suas reservas através desses links recebemos uma pequena comissão. Dessa forma está a ajudar o VagaMundos a manter-se vivo. E o melhor de tudo é que você não paga mais por isso. Muito Obrigado!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.