Visitar Seia | Serra da Estrela: roteiro com locais a visitar e onde ficar a dormir

Visitar Seia | Serra da Estrela: roteiro com o que ver e fazer

Visitar Seia é sempre algo que nos desperta o sentido do paladar. Assim que ouvimos o seu nome desta cidade da Serra da Estrela, nasce-nos logo água na boca ao lembrar pão barrado do seu maravilhoso Queijo da Serra amanteigado. Contudo, os seus atrativos não se resumem à gastronomia e produtos regionais serranos (que na nossa opinião são dos melhores que temos em Portugal). Estava mais do que na hora de desenharmos um roteiro de Seia com o melhor da cidade e do concelho, onde ficar numa escapadinha ou para férias, restaurantes onde comer e mapa interativo para levar consigo e não perder pitada quando visitar Seia da próxima vez. E prepare-se para um encontro com a natureza no seu estado mais puro.

É inegável que as paisagens da Serra da Estrela, verdadeiras obras-primas da natureza, são o maior chamariz para visitar Seia. Porém, Seia não deixa créditos por mãos alheias e valoriza os atributos geográficos, climatéricos e culturais com uma oferta turística onde brilham também o património histórico-religioso, as paisagens culturais e o ecoturismo.

Visitar Seia | Serra da Estrela: roteiro com locais a visitar
Torre da Serra da Estrela – o “ponto alto” de qualquer roteiro para visitar o Concelho de Seia

Talvez não saiba que num roteiro a visitar Seia pode descobrir, por entre serras e vales, aldeias históricas onde há uma simbiose entre tradições seculares e visão de futuro. Há miradouros com paisagens de cortar a respiração, muito para além da Torre.

Visitar Seia | Serra da Estrela: roteiro com locais a visitar
Poço da Broca

Há rios e ribeiras, ora selvagens ora plácidos, que nos brindam com cascatas, lagoas e praias fluviais idílicas. Há trilhos e percursos pedestres para todos os gostos por entre curiosas formações rochosas únicas no mundo. E, claro está, há uma gastronomia com sabor a montanha baseada no saber de sempre – nem precisávamos de mencionar.

Seia, onde fica?

Visitar Seia | Serra da Estrela: roteiro com locais a visitar
Centro histórico de Seia

Seia é uma cidade serrana do distrito da Guarda, na antiga província da Beira Alta no Centro de Portugal. Situa-se na encosta oeste da Serra da Estrela, a uma altitude de 550 metros, estando boa parte do Parque Natural da Serra da Estrela inserido no seu território. Nomeadamente a Torre, o ponto mais alto da serra (que partilha com Covilhã e Manteigas) com a única estância de ski de neve natural de Portugal.

Como chegar?

É servida principalmente pela Nacional 17 e cruzada pela Nacional 231, que permitem uma ligação à A25, A24 e IP3. Os bons acessos rodoviários “encurtaram” as distâncias da cidade de Seia relativamente às principais cidades do país.

Distâncias de Seia:

  • Lisboa 298 km/aprox. 3h;
  • Porto 163 km/aprox. 2h;
  • Viseu 45 km/aprox. 1h;
  • Coimbra 95 km/aprox. 1h20min;
  • Guarda 67 km /aprox. 1h.
Dica VagaMundos: Se não tem carro próprio e precisa de alugar um carro para a sua visita a Seia, recomendamos que utilize o Rentalcars. Permite comparar os preços de dezenas de empresas de rent-a-car e é possível cancelar o aluguer sem custos até 48h antes da partida.  Clique para ver todas as opções de aluguer de carro.

Quando visitar Seia?

Em Seia, o verão é curto, morno, seco e de céu quase sem nuvens. O inverno é muito frio, com precipitação e de céu parcialmente encoberto. Ao longo do ano, em geral a temperatura varia entre os 2°C e os 29°C e raramente é inferior a -3°C ou superior a 35°C.

Visitar Seia | Serra da Estrela: roteiro com locais a visitar
Lagoa Comprida no Inverno – Roteiro para visitar Seia

Estando a Torre tão perto, é sabido que Seia é mais popular no inverno, já que é uma excelente base para férias de neve. Nos melhores invernos, cai neve entre dezembro e fevereiro nas terras altas. Se as temperaturas se mantiverem baixas, com sorte, há neve até abril. Olhando para o calendário, é um destino para os feriados de dezembro, Natal (uma visita a Cabeça Aldeia Natal é memorável), Ano Novo, Carnaval e Páscoa.

Visitar Seia | Serra da Estrela: roteiro com locais a visitar
Trilho do Covão dos Conchos

Na primavera e no outono, o município explode de cor e torna-se perfeito para os amantes das caminhadas (160 km de trilhos), do ciclismo (150 km de trilhos cicláveis) e dos desportos de natureza (ski, snowboard, montanhismo, escalada…) São também épocas excelentes para roteiros gastronómicos com as festas das castanhas nas aldeias e a Noite das Caçoilas no Sabugueiro. Pense só nisto: cabrito e cordeiro na Páscoa, época das colheitas e das vindimas no outono… Isto significa que já tem o que fazer nos feriados do 25 de Abril, 1 de Maio, Corpo de Deus, ou o 5 de Outubro e Todos os Santos.

Visitar Seia | Serra da Estrela: roteiro com locais a visitar
Praia Fluvial de Loriga

Estava longe do seu pensamento visitar Seia no verão, mas quando ler este artigo, vai pensar duas vezes. Não menospreze a animação e riqueza cultural das festas populares da cidade e das aldeias vizinhas. Se calhar desconhece que, quando o calor aperta, há uma série de idílicas praias fluviais para refrescar o corpo.

Onde ficar a dormir em Seia? Sugestões de alojamento

Complemente a sua visita a Seia com uma experiência de genuíno acolhimento serrano dormindo (pelo menos) uma noite num dos admiráveis alojamentos do concelho de Seia. Há soluções na cidade para quem procura a proximidade a serviços turísticos. Mas não deixe de almejar algo diferenciador. A qualidade do turismo rural nas aldeias é notável e tornam ainda mais memorável a sua escapadinha romântica, viagem em família ou com amigos.

Casa do Vidoeiro

Localizada no centro da cidade de Seia, a Casa do Vidoeiro dispõe de modernos estúdios e apartamentos auto-suficientes. A casa remonta ao século XIX mas nem se vai aperceber. Decoração e interiores modernos, aproveitamento da luz natural e comodidades fantásticas, com piscina exterior, fazem deste alojamento um dos melhores da cidade de Seia. Soberbo para estadias independentes e com uma ótima relação qualidade-preço.

Chão do Rio

Fuja para o Chão do Rio se precisa dum refúgio absoluto do bulício citadino. Descanse corpo e espirito neste Turismo de Aldeia (em Travancinha) entregando-se aos inúmeros afazeres do repouso total. Em volta da piscina biológica há cinco casinhas de pedra e telhado de colmo, ideais para quem busca uma estadia independente. Hectares de espaço,  aos pés da Serra da Estrela, com animais, pomares, cogumelos e flores raras desafiando bravamente os gigantes de granito. Sinta-se convidado logo à chegada: a cesta para o pequeno-almoço já está pronta para saborear a vida rural da aldeia, da serra e do campo.

Casas Da Lapa, Nature & Pleasure

Contacto privilegiado com a natureza e máximo conforto reúnem-se num hotel moderno na típica aldeia de montanha da Lapa dos Dinheiros. Casas Da Lapa, Nature & Pleasure marca pontos em todas as frentes. Os quartos, suites e estúdio apresentam mobiliário contemporâneo, alguns com banheira de hidromassagem. Dispõe ainda dum restaurante onde servem um excecional pequeno-almoço, piscina exterior com terraço, uma sauna e uma sala de jogos para satisfazer os seus desejos.

Casa do Pastor

Para que nada lhe falte na aldeia de Póvoa Velha, a Casa do Pastor disponibiliza todos os serviços sem precisar de “sair de casa”. Casas tradicionais seculares dão lugar a quartos rústicos com toque e comodidades modernas, com um soberbo pequeno-almoço incluído. Os chalés disponibilizam cozinha e varanda. Há um restaurante e até uma pequena mercearia. Espaço não falta nem atividades com que ocupar os momentos de lazer.

Clique para ver mais opções de alojamento em Seia

O que visitar em Seia?

Sabemos que já está em pulgas para ler neste artigo aqueles segredos da Serra da Estrela que se escondem no Concelho de Seia. Já lá vamos. Antes, queremos dar-lhe motivação para visitar Seia, a cidade. Só para lhe dar a conhecer um pouco do património arquitetónico, religioso e civil (por muitos, inexplorado) que merece a sua apreciação. Prometemos ser rápidos.

Roteiro pelo Centro Histórico de Seia

Visitar Seia | Serra da Estrela: roteiro com locais a visitarSuba ao Castelo de Seia para vistas panorâmicas da cidade, da Serra da Estrela, do Vale do Mondego e das terras medievais de Senhorim, hoje concelho de Nelas. Dirá que estamos a alucinar pois Seia não tem castelo. Pois saiba que já teve. No lugar hoje ocupado pela Igreja de Nossa Senhora da Anunciação, igreja matriz de Seia em estilo neobarroco com duas torres sineiras, pelo Jardim do Largo Dr. José Quelhas Bigotte e algum casario antigo.

Visitar Seia | Serra da Estrela: roteiro com locais a visitar
Igreja Matriz de Seia

O castelo desaparecido é anterior à nacionalidade e é referido em documentos históricos até à segunda metade do século XVI. A partir daí… desaparece misteriosamente. Se observar o brasão de armas da cidade de Seia verá duas torres castelares, o último testemunho da sua existência.

Visitar Seia | Serra da Estrela: roteiro com locais a visitarDesça as Escadinhas do Castelo onde ainda sobrevive um pequeno trecho das Muralhas do Castelo de Seia. Passe pela singela Capela do Santo Cristo do Calvário, quinhentista com um curioso púlpito circular exterior, que integra os Passos da Via Sacra em Seia. Prossiga até ao Largo António Borges Pires e depare-se com o solar nobre pombalino, a Casa das Obras, atual edifício da Câmara Municipal de Seia. Atente à Fonte da Casa das Obras a sul do largo.

Casa das Obras, atual edifício da Câmara Municipal de Seia

O edifício dos antigos Paços do Concelho, do lado oposto do monte, acolhe atualmente o Conservatório de Música e mesmo em frente ergue-se o Pelourinho novecentista de Seia.

Visitar Seia | Serra da Estrela: roteiro com locais a visitar
Pelourinho de Seia

Suba a rua até à Fonte das Quatro Bicas, um chafariz de granito e obelisco decorando a praça dominada pelo escadório e fachada barroca da Igreja da Misericórdia. Mesmo ao lado surge, contrastante, a simplicidade espartana da Capela de São Pedro de traça românica. Do outro lado da estrada, estará perante o Solar Botelho.

Visitar Seia | Serra da Estrela: roteiro com locais a visitar
Igreja da Misericórdia – roteiro para visitar Seia

Se viajar com miúdos, dê-lhes a alegria de visitar o Museu do Brinquedo com milhares de brinquedos de Portugal e do mundo, do passado e ao presente.

Museu do Pão de Seia

Escusado será dizer que o fantástico Museu do Pão em Seia é de visita obrigatória. Para além de uma viagem ao interessante mundo do pão, “meta as mãos na massa” e conheça o Ciclo do Pão, a Arte do Pão e o aspeto Social e Religioso do Pão nas três salas do museu. Há ainda uma loja de produtos regionais, um espaço temático que faz as delícias dos mais novos e um restaurante, que dá muito jeito quando a visita coincide com a hora da refeição. Senão, aproveite para comprar um pãozinho acabado de fazer e umas iguarias regionais, para um picnic na serra.

O que visitar no concelho de Seia – Passeios perto de Seia

Agora, pegue no carro e descubra o que visitar perto de Seia. Avisamos de antemão que temos sugestões para ocupar (na boa) uma semana de férias! Portanto, para escapadinha, terá que fazer escolhas para desenhar o seu roteiro de Seia conforme os seus gostos e a proximidade dos pontos de interesse. Damos-lhe pano para mangas, ou seja, tem aqui matéria-prima para visitar Seia em uma, duas ou três escapadinhas.

Parque Natural da Serra da Estrela

Obviamente que vamos começar por sugerir as maravilhas imperdíveis da Serra da Estrela que pode usufruir quando visitar o concelho de Seia.

Torre

A Torre é o ponto alto de qualquer roteiro de Seia. Literalmente. A 1993 metros, Torre é famosa pelos seus imensos lençóis de neve durante os meses de inverno. Destino exclusivo para os desportos de neve, aqui encontra a única estância de ski de neve natural de Portugal. No inverno, lutas de bolas de neve, anjos de neve, bonecos de neve são brincadeiras irresistíveis. Ou até mesmo praticar um dos desportos favoritos dos milhares de turistas que todos os anos visitam a Torre: o “sku”. Mesmo que não haja neve, não vai ficar nada defraudado com a Torre, pois as vistas são simplesmente sublimes e, em dias limpos, até se consegue avistar o mar.

Lagoa Comprida

A Lagoa Comprida é a maior das lagoas do maciço superior da Serra da Estrela. Originalmente era uma pequena lagoa, mas no início do século XX foi construída uma barragem com o objetivo de criar o maior reservatório de água da Serra da Estrela.

Dica VagaMundos:

Mata do Desterro

Praia Fluvial do Doutor Pedro – Mata do Desterro

Mais do que um 2 em 1, a Mata do Desterro é um 5 em 1. O principal motivo de visita é o Museu Natural da Eletricidade de Seia. Depois vale a pena deambular pela floresta encantada da Mata do Desterro, com direito a passadiços. Pelo caminho, vai-se deparar com uma surpresa refrescante: a Praia Fluvial do Doutor Pedro, também conhecida como Praia Fluvial da Senhora do Desterro.

Santuário da Senhora do Desterro

Nome decalcado do Santuário da Senhora do Desterro, destino de romaria e devoção do concelho de Seia. Para além do santuário há mais seis capelas. Se tiver tempo e energia para subir à capela do Senhor do Calvário, ainda tem como bónus o penedo de granito da Cabeça da Velha.

Aldeias de Montanha de Seia

Loriga, uma das aldeias mais bonitas do concelho de Seia

Uma das regiões rurais mais vivas e genuínas de Portugal, as aldeias de Montanha de Seia são um destino de turismo rural perfeito para uma escapadinha na natureza. Devido à sua localização remota em montanha, estas aldeias de Seia têm uma identidade especial de singular autenticidade. Revelam-se nas tradições ancestrais que as gentes arduamente preservam e nos costumes que ditam o passar do tempo. São tesouros patrimoniais, etnográficos e gastronómicos à espera de serem descobertos por si.

Cabeça

Terra de lendas e tradições, Cabeça é dominada pela igreja de São Romão à volta da qual cresceu o casario rodeado de pinhal e socalcos agrícolas. Encravada na cumeada duma encosta da Serra da Estrela, Cabeça é rústica e inovadora – uma con’tradição, dirá o caro leitor. Pioneira no acesso gratuito à internet e 1ª Aldeia LED de Portugal, foram as pessoas da terra que a colocaram no mapa com o projeto Cabeça Aldeia Natal.

Loriga

Frequentemente apelidada de “Suíça Portuguesa” devido à sua extraordinária localização geográfica, Loriga fica situada a cerca de 770 metros de altitude e está rodeada de imponentes montanhas, como a Penha do Gato e a Penha do Abutre. Aqui o ar é do mais puro que há. O povoado impressiona, mas prepare-se para ficar de queixo caído com a maravilhosa Praia Fluvial de Loriga, uma das praias fluviais mais bonitas de Portugal.

Sabugeiro

Sobranceira ao rio Alva, na cota dos 1050 metros, a aldeia do Sabugueiro é dita a aldeia mais alta de Portugal. Sendo ou não, esta é uma das mais típicas e encantadoras aldeias de montanha de Seia. No museu etnográfico conta-se a história desta aldeia de pastores, da transumância e de tradições seculares. A Fonte do Ferreiro traz “água fresca no verão e água morna no inverno”. Coma da caçoila e, claro, aproveite para comprar um belo Queijo da Serra.

Alvoco da Serra

A aldeia onde nasce o verão. Alvoco da Serra ergue-se na encosta soalheira da Serra da Estrela e a ribeira de Alvoco faz parte da paisagem natural de montanha e convida a banhos na praia fluvial no verão. Parta à descoberta das maravilhas e segredos da serra pelo Vale Glaciário do Covão do Alvoco, entre lendas e histórias antigas. Uma delas reavivada na Festa do Solstício, a 23 de junho que trouxe novamente à luz uma antiga tradição: a rega de levada à luz da candeia.

Lapa dos Dinheiros

Castiça, serrana e idílica, a Lapa dos Dinheiros detém numerosas razões para merecer destaque. Num cabeço granítico entre o Rio Alva e a Ribeira da Caniça, a aldeia é como uma varanda na encosta da serra e proporciona vistas de tirar o fôlego sobre o vale do Mondego. Enquadrada na paisagem de montanha, a praia fluvial da Lapa dos Dinheiros tem águas límpidas, ostenta o galardão de acessível e tem vigilância.

Vide

Uma aldeia, duas serras. Vide estende-se ao longo das duas margens da Ribeira do Alvoco e tem um pé na Serra da Estrela e o outro na Serra do Açor. Para além da famosa praia fluvial e cascatas do Poço das Brocas, no lugar da Barriosa, há gravuras rupestres na freguesia, uma ponte e fontes romanas, uma igreja com mais de 300 anos e fornos comunitários a descobrir.

Dica VagaMundos: Há mais aldeias históricas da Serra da Estrela que merecem visita. Saiba porquê e quais são, lendo o nosso artigo sobre as mais belas aldeias de montanha da Serra da Estrela.

Praias Fluviais de Seia

Praia Fluvial do Poço das Brocas

As praias fluviais do concelho de Seia são autênticos paraísos de bem-estar e diversão no verão serrano. É que quando o calor aperta na região, não está para brincadeiras. A melhor forma de o contrariar é arranjar tempo para mergulhos e banhos nas melhores praias fluviais do concelho de Seia. Umas são grandes, outras são pequenas; umas são super populares, outras quase secretas; umas têm todo o tipo de infraestruturas de apoio que possa imaginar, outras são quase selvagens; umas têm apaixonantes lagoas, outras imponentes cascatas.

Nomeamos as nossas praias fluviais de Seia favoritas:

  • Praia Fluvial do Alvoco da Serra
  • Praia Fluvial do Doutor Pedro
  • Praia Fluvial da Lapa dos Dinheiros
  • Praia Fluvial de Loriga
  • Praia Fluvial do Poço das Brocas
  • Praia Fluvial do Sabugueiro
  • Praia Fluvial de Vila Cova à Coelheira

Para saber a localização e toda a informação sobre estas praias fluviais de Seia, e mais algumas no parque natural, leia o nosso artigo dedicado às Melhores Praias Fluviais da Serra da Estrela.

Trilhos de Seia

Covão dos Conchos

Não é à toa que Seia é um dos melhores destinos de Portugal para os amantes da natureza que adoram explorar a Serra da Estrela. Seia é também sinónimo de trilhos de classe mundial que revelam a cada passo verdadeiras obras-primas da natureza. Se gosta de caminhar, vai adorar Seia. Existem nada mais, nada menos do que 14 percursos pedestres devidamente marcados e com vários níveis de dificuldade.

Os nossos favoritos são a Rota da Caniça, a Rota da Levada, o Trilho do Covão dos Conchos e o exigente trilho da Rota da Garganta de Loriga.

  • PR1 SEI – Rota dos Meandros (Vide): 7 km
  • PR 2 SEI – Rota da Ribeira de Loriga (Loriga/Vide): 18 km
  • PR 3 SEI – Rota dos Socalcos (Cabeça): 3 km
  • PR 4 SEI – Rota da Eira (Loriga): 3 km
  • PR 5 SEI – Rota da Garganta de Loriga (Loriga): 9 km
  • PR 6 SEI – Rota da Missa (Teixeira): 4 km
  • PR 7 SEI – Rota das Canadas (Alvoco da Serra): 6 km
  • PR 8 SEI – Rota do Volfrâmio (Sazes da Beira): 4 km
  • PR 9 SEI – Rota das Minas do Círio (Valezim): 7 km
  • PR 10 SEI – Rota da Caniça (Lapa dos Dinheiros): 7 km
  • PR 11 SEI – Rota do Vale do Rossim (Sabugueiro): 8 km
  • PR 12 SEI – Rota da Fervença (Sabugueiro): 5 km
  • PR 13 SEI – Rota da Ribeira de Alvoco (Alvoco da Serra/Vide): 22 km
  • PR 14 SEI – Rota do Pastoreio (Alvoco da Serra/Torre): 7 km
Dica VagaMundos: se a sua paixão por caminhadas for como a nossa, não deixe de ler o nosso artigo das Melhores Rotas e Trilhos da Serra da Estrela, com toda a informação prática e os tracks GPS para download para o seu smartphone.

Restaurantes onde comer em Seia

Já aqui falamos do maravilhoso Queijo da Serra, o produto rei de que Seia se orgulha ter produção de excelência. Ainda falta falar do fumeiro, cujo sabor faz jus à fama, dos buchos e botelos, paios e paiolas, chouriças e linguiças, farinheiras e morcelas… Dão belos petiscos acompanhados de pão de centeio do Sabugueiro ou Broa Serrana. Aliás, os sabores da serra só podiam resultar num “Casamento Feliz” – mas guarde este para adoçar o dente no fim da refeição.

O famoso (e delicioso) Queijo da Serra da Estrela

Depois há a Caçoila do Sabugueiro, o Cabrito Assado, os bacalhaus à moda serrana, acompanhados de couves ou grelos que a terra dá e regados com um fio de ouro de excelso azeite. O requeijão com doce de abóbora é uma sobremesa típica que nunca desilude. Mas não esqueça o Bolo Negro de Loriga. Indissociável da apalada gastronomia serrana de Seia está o Vinho do Dão, produzido nas encostas da serra da Estrela.

Margarida – Nossa Senhora do Desterro
(Nossa Senhora do Desterro, São Romão)
O restaurante da Margarida consegue aliar a arte de bem receber com a deliciosa comida serrana sem quebrar o orçamento. O espaço é acolhedor e a comida é reconfortante. Somos doidos pela chanfana à Senhora do Desterro (para nós é a melhor da Serra da Estrela) e pelos secretos com migas de alheira. Por norma, as doses são tão grandes que já nem conseguimos ir às sobremesas.

O Borges
(Travessa do Funchal, Seia)
Uma refeição n’O Borges é sempre um prazer. O prato com mais saída é o joelho de porco com arroz de feijão em pote de ferro. De lamber os beiços. O cabrito não é nada de desprezar e satisfaz-nos sempre que nos dá os apetites. Reserve espaço para o leite creme (se conseguir).

Museu do Pão
(Quinta Fonte do Marrão, Seia)
O ambiente requintado é uma pré-anúncio da qualidade. Entradas e sobremesas variadas, bem à vista logo à entrada, abrem de imediato o apetite. O bacalhau com broa ocupa lugar cimeiro nos nossos favoritos. Tudo servido com excelentes vistas para acrescentar valor a uma deliciosa experiência. Reserve com antecedência.

Seia: mapa turístico com o que visitar na cidade e no concelho


Clique no canto superior direito para aumentar o mapa dos principais locais de interesse para visitar no concelho de Seia.

Outros artigos do Centro de Portugal

Aveiro | Aldeias Históricas de Portugal | Cascata da Cabreia | Cascata da Pedra da Ferida | Castelo de Bode | Castro Daire | CoimbraEstações Náuticas Centro de PortugalPassadiços do Orvalho | Passadiços das Fragas de São SimãoPenamacor | Dornes | Monsanto | Óbidos | Ourém | Penedo Furado | PenichePiodão | Poço Negro | Serras de Aire e CandeeirosSanta Comba DãoSerra do AçorSerra da Estrela | Serra da Lousã | Tomar | Viseu

Prepare a sua próxima Viagem

Reserve o seu alojamento através do Booking.com. É onde encontramos sempre as melhores promoções e permite cancelar a reserva sem custos.

No GetYourGuide e na Civitatis encontra sempre os melhores tours locais e pode ainda reservar o seu transfer do aeroporto e saltar as filas comprando antecipadamente as entradas para os principais monumentos.

Jogue pelo seguro e faça um seguro de viagem na World Nomads ou na IATI Seguros. São ambas agências 100% especializadas em viagens e apresentam sempre os melhores rácios custo-benefício do mercado. Se optar pela IATI use o nosso link e terá um desconto de 5% por ser nosso leitor.

Anda à procura de voos baratos? Então utilize o Skyscanner para encontrar as melhores tarifas aéreas do mercado

Se precisa de alugar um carro para a sua próxima viagem recomendamos que utilize o Rentalcars. Permite comparar os preços de dezenas de empresas de rent-a-car e é possível cancelar o aluguer sem custos até 48h antes da partida.

Esta página contem links afiliados. Só recomendamos marcas que utilizamos e confiamos a 100%. Se efectuar as suas reservas através desses links recebemos uma pequena comissão. Dessa forma está a ajudar o blog "VagaMundos" a manter-se vivo. E o melhor de tudo é que você não paga mais por isso. Muito Obrigado!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.