Serpa: o que visitar, ver e fazer | Roteiro

Serpa: o que visitar, ver e fazer | Roteiro e onde ficar alojado

Visitar Serpa desperta-lhe curiosidade? Então, está na hora de a satisfazer. Esta cidade raiana do Alentejo, cingida pelas muralhas do seu castelo medieval, fulcral na defesa de Portugal, serve um repasto de experiências e sensações surpreendentes. Depois da primeira “prova” (e não nos referimos só ao seu famoso queijo), Serpa apetece mais. Património, paisagem, pessoas e cultural local são um só. Um museu aberto que convida a (re)conhecer os seus encantos e valores.

Serpa: o que visitar, ver e fazer | Roteiro e onde ficar alojado

Comece a planear a sua escapadinha a uma das terras mais históricas do Alentejo. Saiba o que visitar em Serpa, cidade e concelho, quando visitar, o que ver e fazer numa escapadinha ou semana de férias, sugestões de hotéis e restaurantes e mapa interativo. Atreva-se a abrir a caixinha de surpresas que esta Terra Forte lhe reserva.

Serpa: o que visitar, ver e fazer | Roteiro e onde ficar alojado
Escadas de Santa Maria – Roteiro para visitar Serpa
Na preparação da sua viagem para visitar Serpa, não deixe de ler também os seguintes artigos:

Onde fica Serpa?

Serpa: o que visitar, ver e fazer | Roteiro e onde ficar alojado
Portas de Beja – Roteiro para visitar Serpa

Serpa é uma cidade do distrito de Beja, localizada no Alentejo, mais especificamente na antiga província do Baixo Alentejo. Tem como vizinhos os concelhos de Moura, Vidigueira, Beja e Mértola. A típica planície alentejana que caracteriza a sua paisagem é marcada pela Serra de Serpa (sul), a Serra da Adiça e a Serra de Ficalho (leste) atingindo nesta a altitude mais elevada (518m) no Talefe de Ficalho. O território estende-se desde a margem esquerda do rio Guadiana até ao rio Chança que delimita a fronteira entre Portugal e Espanha, mais concretamente com a província de Huelva da região autónoma da Andaluzia, desde Vila Verde de Ficalho até ao Pomarão (Mértola) onde se junta ao Guadiana.

Quando visitar Serpa?

Serpa: o que visitar, ver e fazer | Roteiro e onde ficar alojado
Porta de acesso ao Terreiro Humberto Delgado – Roteiro para visitar Serpa

Situada no Alentejo Interior, Serpa tem um clima mediterrânico a tender para o semiárido. Ou seja, os verões são secos e quentes (nos meses mais quentes, julho e agosto, as temperaturas chegam a atingir os 40ºC) e os invernos, apesar de curtos, são bem frios (noites com temperaturas negativas não são surpresa). Olhando pelo lado positivo, Serpa goza de mais horas de sol e menos chuva ao longo do ano que outras regiões do país.

Serpa: o que visitar, ver e fazer | Roteiro e onde ficar alojado
Igreja de Santa Maria – Roteiro para visitar Serpa

A melhor época do ano para visitar Serpa depende muito dos seus interesses e do tipo de atividades que pretende fazer na sua viagem.

Serpa: o que visitar, ver e fazer | Roteiro e onde ficar alojado
Torre do Relógio – Roteiro para visitar Serpa

Se o principal objetivo da sua escapadinha a Serpa for conhecer o riquíssimo património da região, (edificado, imaterial, gastronómico e cultural) todas as estações são boas, até porque cada estação revela a faceta única da paisagem marcadamente rural e é garantido que encontra sempre uma experiência diferente.

Serpa: o que visitar, ver e fazer | Roteiro e onde ficar alojado
Parque Natural do Vale do Guadiana – Roteiro para visitar Serpa

Em nossa opinião, a melhor época do ano para visitar Serpa é durante a primavera e o outono. Os dias soalheiros e longos, de temperaturas amenas, tornam ambas as estações perfeitas para uma escapadinha a explorar a cidade e o território, e sobretudo para usufruir do imenso potencial de atividades outdoor que a região oferece, em particular no Parque Natural do Vale do Guadiana.

Cante Alentejano – Roteiro para visitar Serpa

E se olharmos para o calendário de eventos, festas e feiras, sobejam motivos para visitar Serpa. O grande destaque vai para a Feira do Queijo, em fevereiro, mas há outras oportunidades para vivenciar a dinâmica e cultura da comunidade fazendo coincidir a sua visita a Serpa com os seguintes eventos:

  • Feira do Queijo do Alentejo: fevereiro, último fim de semana
  • Semana Gastronómica do Queijo: fevereiro, correr capelinhas a comer queijo. Vários estabelecimentos mostram ao mundo os múltiplos (e deliciosos) usos dos queijos de Serpa na gastronomia (de ovelha ou cabra, fresco, requeijão, almece, curado, amanteigado…), com as suas sugestivas propostas, doces e salgadas, feitas à base de queijo.
  • Festas de Serpa: durante a Páscoa, com Cortejo Etnográfico. São as grandes festas dedicadas a Nossa Senhora de Guadalupe, com procissão da imagem para a cidade de Serpa no domingo de Páscoa, regressando à ermida na terça-feira seguinte, dia do feriado municipal móvel.
  • Encontro de Culturas: início de junho
  • Noites na Nora: julho
  • Feira Histórica e Tradicional de Serpa: agosto
  • Feira Agropecuária Transfronteiriça de Vale do Poço: setembro
  • Cante Fest: novembro, celebra o cante, Património Imaterial da Humanidade UNESCO

Onde ficar a dormir em Serpa? Sugestões de alojamento

O sossego e tranquilidade que Serpa oferece a quem busca um refúgio de absoluto repouso é irrecusável. Por isso, a qualidade e oferta de alojamento em Serpa tem vindo a melhorar substancialmente. Aos alojamentos de turismo rural das grandes herdades, com oferta de experiências diferenciadoras, têm-se vindo a juntar alojamentos locais com personalidade, e até um novíssimo hotel 4 estrelas com serviços de categoria. Serpa já merecia.

Abaixo encontra os nossos alojamentos favoritos onde ficar numa escapadinha a Serpa – testados e aprovados por nós – que apresentam a melhor relação qualidade-preço da região.

Serpa Hotel

Na última visita, fomos “estrear” o Serpa Hotel. Salientamos a atenção ao hóspede que supera expetativas. Bem como as comodidades: piscina exterior sazonal, restaurante, bar e café, Spa e centro de fitness, e estacionamento privado gratuito. Reinam conforto e limpeza nos quartos modernos, a brilhar de novos, com detalhes de madeira integrados na decoração clean-fresh. Da nossa varanda assistimos a um pôr do sol memorável. Custou-nos tanto abandonar o conforto da cama, mas havia um pequeno almoço soberbo à nossa espera.

Hotel Beatriz

Despretensioso e confortável, o Hotel Beatriz continua a ser uma excelente opção de alojamento no coração do centro histórico de Serpa. Agora que levou um facelift ficou ainda melhor. Esta guesthouse disponibiliza quartos privados twin, duplos e apartamentos para uma família de 4. Limpeza, localização e staff são os grandes trunfos.

Monte Da Morena Agro-Turismo

No Monte Da Morena a palavra de ordem é relaxar! Na espreguiçadeira, no terraço, no alpendre, no relvado, na piscina (irresistivelmente refrescante nos dias de verão). Se precisar de uma massagem, também se arranja. Assim que chegar ao quarto, deixe-se envolver pelo aconchego, com sotaque alentejano. Com aquecimento central e ar condicionado, não há frio ou calor que atrapalhem o seu descanso.

Clique para ver mais opções de alojamento em Serpa

O que ver e fazer em Serpa? Locais a visitar e experiências a não perder

Serpa é terra lendária, orgulhosa das suas tradições e costumes, hospitaleira e engenhosa. Terra forte, pelo seu castelo e fidelidade à Coroa Portuguesa.

Serpa: o que visitar, ver e fazer | Roteiro e onde ficar alojado

Das origens de Serpa, perdidas na memória, sabe-se que os povos fenícios, romanos, celtas e árabes aqui passaram e ficaram. Dos romanos ficou a ciência agrícola; dos celtas, um provável castro e o nome lendário; dos árabes, a arquitetura e o lânguido cantar. Desde 1166, aquando da primeira conquista por Afonso Henriques, andou a mudar de mãos na Reconquista Cristã, até que é definitivamente anexada à Coroa Portuguesa, e em 1296, no reinado de Dom Dinis, recebe foral e é ordenada a construção do castelo e cerca defensiva sobre o castelo mouro.

Serpa: o que visitar, ver e fazer | Roteiro e onde ficar alojado
Aqueduto de Serpa e Nora Mourisca – Roteiro para visitar Serpa

Quando visitar Serpa são estas imponentes muralhas, e uma bonita cidade branca aninhada dentro delas, que lhe vão surgir à vista desde longa distância.

Serpa: o que visitar, ver e fazer | Roteiro e onde ficar alojado
Burgo Medieval – Roteiro para visitar Serpa

E se as imensas muralhas impressionam, o burgo medieval apaixona! Chegados ao Terreiro Humberto Delgado, saltou-nos logo à vista o Palácio dos Condes de Ficalho, integrado nas sólidas muralhas, apenas um aperitivo da monumentalidade e riqueza do património histórico, arquitetónico e cultural de Serpa que nos esperava. Para desvendar os seus segredos, nada como percorrer a pé o cativante centro histórico e burgo medieval.

Sem mais delongas, eis os locais que consideramos de visita obrigatória e as experiências que não pode perder em Serpa:

  • Subir a rua da Fonte Santa, “à cata” dos pórticos ogivais do típico casario.
  • Admirar o conjunto das torres semicirculares das Portas de Beja, a insólita e altiva arcaria do Aqueduto de Serpa (construído no séc. XVII sobre as muralhas e que fornecia a casa senhorial dos Condes de Ficalho de água), e a nora mourisca.
  • Atravessar as Portas de Beja. É a entrada mais triunfal na cintura muralhada de Serpa. Na primeira rua à direita ficam a Igreja da Misericórdia e uma afamada queijaria tradicional, ou “rouparia” como outrora lhe chamavam. Na primeira à esquerda sobe à colina do castelo chegando ao largo conhecido pelos nomes insólitos de dois santos, Próculo e Hilarião, donde se espalha o burgo primitivo, medieval, mouro e cristão.
  • Admirar a Igreja de Santa Maria, matriz de Serpa datada do século XIV, com impunemente pórtico ladeado de duas colunas suportando imagens de santos. A torre sineira, quadrangular por fora, tem no interior uma antiga estrutura cilíndrica, provavelmente a almádena da antiga mesquita.
  • Regendo o nosso tempo e os tempos da memória da cidade desde 1440, a Torre do Relógio é testemunha do antigo castelo mouro, e a terceira torre do relógio mais antiga do país.
  • Adentrar-se no perímetro do Castelo de Serpa. À entrada vai-se deparar com a ruína periclitante da Torre de Menagem, profundamente danificada por uma explosão de pólvora no século XVIII mas que nunca caiu ao chão. Tornou-se, por isso, uma das imagens de marca de Serpa, essa terra forte.
  • Deambular pela alcáçova e visitar o o Museu Arqueológico de Serpa, com uma muito interessante e bem conseguida exposição dos vestígios recuperados na região, do Paleolítico, do Neolítico, da Idade dos Metais e da época romana.
  • Subir às muralhas, o melhor miradouro de Serpa com vistas sublimes sobre a cidade e a planície. É daqui que ganhamos verdadeira perceção das dimensões da cerca urbana com 65000 m2 acolhendo a “cidade branca” onde casario térreo convive com a arquitetura erudita das casas solarengas, muitas delas brasonadas da aristocracia dos séculos XVII e XVIII. À saída do castelo, aproveite para ver a fachada principal do Palácio dos Condes de Ficalho, pois para visitar o interior, só com reserva prévia.
  • Descer as Escadas de Santa Maria para explorar o caráter singular da “vila antiga”, através do traçado labiríntico das ruas a desembocar em grandes largos.
  • Chegar à Praça da República quando perfumada pelo aroma das queijadas de Serpa acabadas de fazer vai pô-l@ a salivar. Melhor satisfazer a fome numa das esplanadas enquanto aprecia a arquitetura do gracioso largo dominado pela Câmara Municipal, ao lado da qual fica a casa-natal do Abade Correia da Serra. Além de adoçarmos o dente, aproveitamos esta pausa para descobrir a lenda da serpente alada de Serpa.
  • Rumar ao Museu do Relógio, (único na Península Ibérica até nascer o “mano mais novo” em Évora) instalado no antigo Convento do Mosteirinho.
  • Visitar a Casa do Cante. Conheça, observe, escute e sinta este nosso Património Imaterial UNESCO.
  • Espreitar o Largo do Corro, centrado por fonte centenária, não sem antes visitar o Museu Etnográfico de Serpa.
  • Explorar a Judiaria passando primeiro pelo Hospital de São Paulo, parte integrante do conjunto formado pelo antigo Mosteiro de Nossa Senhora da Consolação e a Igreja do Convento de São Paulo, uma das mais imponentes do Alentejo, contigua às Portas de Moura, a segunda sobrevivente das cinco portas originais da muralha medieval. Frente as estas, está uma sublime casa quinhentista com balcão e pórtico gótico.
  • Para terminar o circuito histórico intra-muros deste seu roteiro para visitar Serpa, aproveite para passar pela Igreja de Nossa Senhora do Carmo, ver os vestígios da barbacã das muralhas do recinto do castelo e, sendo do seu interesse, visitar a Galeria Municipal de Arte Contemporânea na Cadeia Velha, regressando assim à Praça da República.
  • Continuar o seu roteiro para visitar Serpa extra-muros, rumo à Igreja do Salvador, cuja data de origem se desconhece, aparecendo apenas em registos do século XV. Destaca-se pela arte sacra barroca que encontra no interior.
  • Aventurar-se fora das muralhas de Serpa é também a oportunidade de descobrir o fabuloso complexo religioso quinhentista do Convento de São Francisco, de arquitetura manuelina-mudéjar, maneirista e barroca. Provavelmente da mesma época é também a Ermida de São Sebastião, na estrada que liga a Beja, edifício exemplar da interpretação regional da linguagem arquitetónica manuelina-mudéjar vigente no século XVI.
  • Passear relaxadamente no fantástico espaço verde botânico do jardim municipal que homenageia o Abade Correia da Serra, filho ilustre de Serpa e fundador da Academia das Ciências de Lisboa. A sua estátua encontra-se à entrada, rodeada das Oliveiras Centenárias de Serpa.
Portas de Beja
Serpa: o que visitar, ver e fazer | Roteiro e onde ficar alojado
Castelo de Serpa
Serpa: o que visitar, ver e fazer | Roteiro e onde ficar alojado
Escadas de Santa Maria e a icónica Torre do Relógio de Serpa
Serpa: o que visitar, ver e fazer | Roteiro e onde ficar alojado
Portas de Moura
Igreja Matriz de Serpa

O que visitar perto de Serpa (para uma escapadinha perfeita)?

Quando for visitar Serpa, ouse ir além das muralhas e aproveite para conhecer outros encantos da região. Devido à sua excelente localização geográfica, Serpa é uma excelente base para explorar o território abrilhantado pelo Parque Natural do Vale do Guadiana e o Grande Lago do Alqueva, um dos maiores lagos artificiais da Europa. Continue a ler pois ainda temos uma mão cheia de atrativos para incluir no seu roteiro para visitar Serpa.

Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe

Serpa: o que visitar, ver e fazer | Roteiro e onde ficar alojadoHora de pegar no carro e rumar ao “Altinho”, a Serra de São Gens a dois quilómetros a sul de Serpa, onde se ergue a Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe, padroeira de Serpa. É desta ermida de estilo mudéjar, singela e despojada de adornos, mas sempre impecavelmente caiada de branco, que sai a pequena imagem que dá mote à festa mais importante do concelho.

Miradouro(s) de São Gens

Depois de sentir a espiritualidade deste lugar de grande devoção, não deixe de desfrutar do panorama imenso da planície a perder de vista, pontuado pelos vastos olivais que rodeiam Serpa, quer da capelinha, quer do miradouro junto à antiga Pousada de S. Gens.

Mas nós temos outra sugestão se quiser ter as vistas mais desafogadas para a cidade Serpa: faça como a malta nova e vá até ao miradouro da colina logo à frente do Altinho. Fica a dica VagaMundos!

Mértola

A vila muralhada medieval de Mértola tem origens remotas, mas é a herança árabe a que mais se destaca na Vila Museu alcandorada na margem do rio Guadiana. Passeios a pé pelas ruas empedradas, pelo castelo, museus e igrejas, ou passeios de canoa no rio, são sempre sinónimo de tempo muito bem empregue num roteiro para visitar Serpa.

Saiba mais sobre a Vila Museu lendo o nosso roteiro para visitar Mértola.

Cascata Pulo do Lobo | Vale do Guadiana

Como o é também partir à descoberta do Parque Natural do Vale do Guadiana, uma das maravilhas naturais que integra o território de Serpa, ao encontro das suas belas paisagens e segredos, como a Cascata do Pulo do Lobo, a mais imponente das cascatas do Alentejo. Os mais aventureiros podem até ousar uma descida em canoa pelo rio Guadiana a partir de Serpa.

Beja

E que tal incluir no seu roteiro para visitar Serpa a respetiva sede distrital, Beja? Calcorrear as ruas empedradas desta cidade com mais de 2500 anos de história, desde a cidade velha às “avenidas de comércio” do antigamente, levam-nos a recantos de encanto entre o sublime castelo e suas muralhas, casario antigo em convívio com a arte urbana, igrejas monumentais e conventos, parques e museus, sem esquecer os castiços bairros da Mouraria e da Judiaria. Fora o que se esconde “à de roda”.

Quer mais dicas sobre Beja? Então, não deixe de ler o nosso roteiro para visitar Beja numa escapadinha perfeita.

Lago do Alqueva

Fica a menos duma hora de Serpa e é um dos destinos mais populares de Portugal, especialmente no verão por causa das suas praias fluviais. Falamos do Grande Lago do Alqueva. A construção da Barragem do Alqueva deu origem a uma albufeira com 250 km2 que, à tranquilidade das planícies e montados deste Alentejo Interior, somou paisagens fantásticas, aldeias ribeirinhas, praias fluviais e um sem número de atividades náuticas para diversão. Vai resistir a incluir o maior lago artificial da Europa no seu roteiro para visitar Serpa?

Para mais dicas, não deixe de ler o nosso guia e roteiro para visitar o Grande Lago do Alqueva.
 

Onde comer em Serpa? Melhores Restaurantes

Serpa: o que visitar, ver e fazer | Roteiro e onde ficar alojado
Queijo de Serpa

Antes do “onde”, vamos po-l@ a salivar com “o que comer em Serpa”. O Queijo Serpa DOP, dispensa apresentações. Este queijo amanteigado de rico sabor é, muito provavelmente, o herdeiro do mais antigo queijo produzido em Portugal. Na base estão o leite de ovelha, a flor de cardo e sal, mas a arte milenar só os “roupeiros” (queijeiros) a sabem. E executam com mestria.

Cozido de Grão, um dos pratos que não pode deixar de provar quando visitar Serpa

Mesa serpense que se preze não dispensa pão, azeite, queijos, enchidos, mel e vinho (de Pias, se faz favor!) Depois é escolher entre as açordas, gaspachos ou migas, cozido de grão, borrego ou porco alentejano. Se na doçaria as queijadas de Serpa são rainhas, tosquiados e popias caiadas, a sua corte.

Adega Molhó Bico
Rua Quente 1, Serpa

Cervejaria Lebrinha
Rua do Calvário 6, Serpa

Restaurante O Adro
Largo de Santo António 20, Pias

Mapa com a localização dos principais pontos de interesse a visitar em Serpa


Clique no canto superior direito para aumentar o mapa com a localização dos principais pontos de interesse a visitar em Serpa.

Outros artigos do Alentejo

Roteiros para uma roadtrip no Alentejo | Roteiro Alto AlentejoRoteiro Costa Vicentina | Roteiro Lago do Alqueva | Roteiro Serra de São Mamede | Aldeias mais bonitas do AlentejoCascatas do AlentejoPraias da Costa Alentejana | Praias da Costa VicentinaPraias Fluviais do Alentejo | Praias de Troia, Comporta e Melides | Alcácer do Sal | ArraiolosBejaCastelo de Vide | Cromeleque dos Almendres | ElvasÉvoraMarvãoMértolaMonsarazMora | Ponte de SorPortalegre | Santiago do Cacém | Sines e Porto CovoVila Nova de Mil FontesVila ViçosaZambujeira do MarPassadiço do AlamalPassadiço do GameiroPassadiços de NisaPassadiços da Serra de OssaRota VicentinaTrilhos do Conhal – NisaTrilhos Parque Natural do GuadianaMelhores Hotéis do AlentejoMelhores Hotéis do Alentejo com Piscina InfinitaMelhores Hotéis da Costa VicentinaTurismo Rural no Alqueva

Prepare a sua próxima Viagem

Reserve o seu alojamento através do Booking.com. É onde encontramos sempre as melhores promoções e permite cancelar a reserva sem custos.

No GetYourGuide e na Civitatis encontra sempre as melhores atividades e tours locais e pode ainda reservar o seu transfer do aeroporto e saltar as filas comprando antecipadamente as entradas para os principais monumentos.

Jogue pelo seguro e faça um seguro de viagem na IATI Seguros. É uma agência 100% especializada em viagens e apresenta o melhor rácio custo-benefício do mercado, sendo que todos os seus seguros contam com excelentes coberturas COVID-19. Se utilizar o nosso link terá um desconto de 5% por ser nosso leitor.

Se precisa de alugar um carro para a sua próxima viagem recomendamos que utilize a AutoEurope. Permite comparar os preços de dezenas de empresas de rent-a-car e é possível cancelar o aluguer sem custos até 48h antes da partida.

Esta página contem links afiliados. Só recomendamos marcas que utilizamos e confiamos a 100%. Se efectuar as suas reservas através desses links recebemos uma pequena comissão. Dessa forma está a ajudar o VagaMundos a manter-se vivo. E o melhor de tudo é que você não paga mais por isso. Muito Obrigado!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.