Visitar Siena: Roteiro de 1 e 2 dias com o que ver e fazer

Visitar Siena: Roteiro de 1 e 2 dias com o que ver e fazer

Visitar Siena é obrigatório em qualquer roteiro pela região da Toscana. Siena é uma das cidades medievais mais bem preservadas da Itália com tradições de tempos passados ainda bem vivas. Amada pelos seus e pelos que a visitam, Siena é mundialmente conhecida pelo seu admirável património artístico e pela notável harmonia estilística do seu centro histórico, classificado pela UNESCO como Património da Humanidade.

Visitar Siena: Roteiro de 1 e 2 dias com o que ver e fazer
Piazza del Campo – Roteiro para visitar Siena

Neste artigo revelamos o que ver e fazer num roteiro para visitar Siena (e arredores) em 1 e 2 dias, a par das dicas de viagem sobre como chegar, quando ir, hotéis onde ficar e restaurantes onde comer, para aproveitar ao máximo a sua “viagem no tempo” numa das cidades mais apaixonantes de Itália, senão mesmo do mundo.

Na preparação da sua viagem para visitar Siena, sugerimos que leia também os seguintes artigos:

Onde fica Siena

Visitar Siena: Roteiro de 1 e 2 dias com o que ver e fazerSiena situa-se no coração da Toscana, rodeada pelas colinas montanhosas de Chianti, Montagnola Senese e Crete Senesi, e os vales dos rios Arbia, Merse e Elsa. Siena fica a 78 km de distância de Florença, a 125 km de Pisa e 170 km de Bolonha.

Como chegar a Siena

Infelizmente, Siena não tem aeroporto. Os aeroportos mais próximos da cidade são o de Peretola, em Florença (a 80 km de distância), e o Aeroporto Internacional Galileo Galilei, em Pisa (que dista 140 km). Destes aeroportos terá que recorrer a autocarros, comboios ou alugar um carro para chegar a Siena. O Aeroporto Guglielmo Marconi em Bolonha também tem ligações de transporte.

Quando visitar Siena

Visitar Siena: Roteiro de 1 e 2 dias com o que ver e fazer
Duomo de Siena

Em termos de clima, Siena caracteriza-se por ter um clima mediterrânico continental com estações bem demarcadas, ou seja, verões quentes e secos, e invernos muito frios e chuvosos. Regra geral, o mês mais frio é janeiro, o mais chuvoso é novembro, o mais seco é julho, sendo também o mês mais quente (máximas podem ultrapassar os 30ºC).

A melhor época para visitar Siena depende muito dos seus interesses, duração e orçamento de viagem.

Visitar Siena: Roteiro de 1 e 2 dias com o que ver e fazer
Biblioteca Piccolomini – Roteiro para visitar Siena

Se pretende explorar o património histórico-cultural da cidade, qualquer estação do ano é adequada. Contudo, entre maio e setembro, quando o clima quente traz festivais de arte e música e as esplanadas convidam para jantares al fresco, vai encontrar nesta cidade toscana aquele estilo de vida italiano que sonha experimentar. Você e o resto do mundo, logo, vá a contar com a companhia de largos milhares de viajantes e preços inflacionados, sobretudo nos meses de julho e agosto.

Para fugir das multidões, há vantagens em visitar na shoulder season. Por isso, considere os meses de abril e maio (primavera) e setembro e outubro (outono) que trazem temperaturas mais agradáveis, dias longos e soalheiros, e preços mais razoáveis. Até porque, se também quiser desfrutar das bucólicas paisagens campestres da Toscana, nada bate a primavera, com os ondulantes montes toscanos pintados de tons florais, e o outono com a sua maravilhosa palete de cores outonais, sobretudo na época das vindimas, a altura certa para viver fantásticas experiências de Enoturismo.

Visitar Siena: Roteiro de 1 e 2 dias com o que ver e fazer
Piazza del Campo, o palco do Palio, vista da Torre del Mangia

O maior evento da cidade de Siena é o Palio, uma corrida de cavalos que tem lugar na Piazza del Campo a 2 de julho e a 16 de agosto, com mais de 500 anos de tradição. É um evento como nenhum outro. Tal como Veneza vive para o seu Carnaval, Siena vive para o seu Palio. Cada Contrada (bairro), dum total de 17, desafia as restantes para uma corrida de cavalos que durará uns minutos, no máximo. Apenas dez poderão concorrer ao prémio máximo, o Palio – no fundo, a honra. Mas a energia que move cada membro nascido no seio duma Contrada, antes, durante e após o Palio, é inflamada pela mais profunda paixão e orgulho pelos trajes, cores, hinos e estandartes da sua Contrada.

Escusado será dizer que a cidade fica lotada para assistir ao evento mundialmente famoso (e James Bond tem a sua quota parte de culpa, ao fazer das suas pela cidade em 007 – Quantum of Solace). Portanto, reserve alojamento com muita antecedência se visitar Siena nessas datas.

Quantos dias para visitar Siena

Visitar Siena: Roteiro de 1 e 2 dias com o que ver e fazer
Piazza Salimbeni – Roteiro para visitar Siena

Visitar Siena em 1 dia é possível. O ideal, a nosso ver, será planear 24 horas em Siena dormindo uma noite na cidade podendo apreciar as várias facetas de dia e de noite. É simplesmente memorável!

Montalcino, um dos locais a visitar perto de Siena

Embora um dia seja suficiente para visitar as principais atrações turísticas da cidade, recomendamos que aloque no mínimo 2 dias ao seu roteiro para visitar Siena. Assim consegue conhecer a cidade de uma forma mais descontraída, descobrir alguns segredos bem guardados, deliciar-se com a gastronomia local e até partir à descoberta de lugares surpreendentes da sempre espantosa Toscana. No final do artigo apresentamos algumas sugestões nesse sentido e damos dicas extras do que ver e fazer perto de Siena.

Dica VagaMundos: está a visitar Florença e quer apenas fazer um passeio de 1 dia a Siena sem ficar lá a dormir? Nesse caso, considere fazer esta excursão de 1 dia a Siena, Pisa e San Gimignano que inclui transporte de e para Florença, visita guiada em Siena, almoço e prova de vinhos da Toscana. Assim, não perde tempo com logística e aproveita melhor o seu tempo.

Seguro de Viagem para Siena

Loba de Siena

Algo que consideramos muito importante numa viagem é um bom seguro de viagem com coberturas que nos façam sentir totalmente protegidos. E no atual contexto epidemiológico, é de crucial importância que um seguro de viagem tenha cobertura COVID-19. Só assim é possível viajar com tranquilidade.

Na hora de comprar um seguro de viagem, a nossa escolha recai sempre na IATI Seguros. É uma agência 100% especializada em seguros de viagem, apresenta sempre o melhor rácio custo-benefício do mercado, e todos os seus seguros contam com excelentes coberturas COVID-19, a preços surpreendentemente económicos.

Clique para fazer uma simulação para a sua viagem a Siena e receba um desconto de 5% na compra do seu seguro de viagem usando o nosso link.

Onde ficar em Siena? Sugestões de alojamento

Visitar Siena: Roteiro de 1 e 2 dias com o que ver e fazerSe quiser estar no coração da cidade e desfrutar de uma experiência autêntica, a melhor opção é ficar alojado no centro histórico de Siena. É o lar da famosa Piazza del Campo e da Catedral de Siena, logo, mais vantajoso para quem gosta de deambular por ruas encantadoras com fácil acesso às atracões turísticas, restaurantes, serviços e eventos. No entanto, o preço dos hotéis no centro histórico tende a ser mais alto, devido à localização centralíssima.

Se procura preços mais razoáveis de hotel em Siena, já terá que procurar nas zonas limítrofes, de preferência fora das muralhas. Neste caso, as áreas à saída da estacão ferroviária Siena FS, da Porta Camollia ou da Porta Ovile podem ser boas opções.

Abaixo encontra os nossos hotéis favoritos de Siena – testados e aprovados por nós – e adicionamos algumas sugestões de alojamentos que apresentam a melhor relação qualidade/preço na sua categoria.

Hotel Duomo

Situado no interior de uma mansão do século XII posteriormente restaurada ao estilo renascentista, o Hotel Duomo foi totalmente reformado de modo a proporcionar uma fusão de confortos modernos com um ambiente histórico. Localizado no centro histórico de Siena, perto da catedral e da Piazza del Campo, oferece uma vista espetacular para as Colinas de Siena.

Hotel Athena

Favorito dos portugueses, o luxuoso Hotel Athena está situado dentro das muralhas históricas de Siena, oferece estacionamento gratuito, um restaurante italiano elegante e um terraço mobiliado com vista da cidade e do vale nos arredores.

Il giardino di Pantaneto

Se procura um estúdio com charme, a 5 minutos da Piazza del Campo tem o Il giardino di Pantaneto . Como o próprio nome indica, tem um jardim com terraço. Os quartos e estúdios privados, preservam o ambiente da residência de época em que se inserem mas munidos de todos os confortos modernos.

B&B San Francesco

A escassos metros da Piazza San Francesco, este soberbo bed & breakfast ocupa um edifício do século XV no centro histórico de Siena. O B&B San Francesco oferece quartos privados funcionais, confortáveis, limpos e acolhedores, alguns com vistas soberbas da cidade. O pequeno almoço é simplesmente divinal.

Clique para ver mais opções de alojamento em Siena

O que visitar em Siena? Roteiro de 1 dia com o que ver e fazer

Visitar Siena: Roteiro de 1 e 2 dias com o que ver e fazerMaravilhosa Siena! Siena é como aquela dama de corte de uma certa idade, bastante reservada. Ainda assim, incrivelmente elegante e bela. Siena é inesquecível. Siena é especial.

Visitar Siena é ir ao encontro de uma cidade cuja essência medieval se revela no emaranhado de ruelas, antigas, estreitas e sinuosas, aninhadas numa muralha com mil anos, onde se escondem muitas joias, que vão bem além de majestosas igrejas, soberbos palácios e maravilhosas praças, sempre animadas. As joias mais brilhantes de Siena são os seus habitantes. Ao longo dos séculos, homens e mulheres extraordinários conservaram o aspeto gótico da sua cidade, alcançado entre os séculos XII e XV.

Visitar Siena: Roteiro de 1 e 2 dias com o que ver e fazer
Duomo

No século XVI, Siena era uma das maiores cidades da Europa e uma importante força militar, que rivalizava com Florença, Veneza e Génova. Mas, enfraquecida por uma praga desastrosa e conquistada pelos seus rivais florentinos, Siena ficou “silenciosa” durante seis séculos.

Por causa dessa irrelevância política e económica, preservou a sua identidade da era gótica, sobretudo a sua grande e deslumbrante piazza central, alma e coração da cidade, a Piazza del Campo. Em Siena, todos os caminhos vão dar a Il Campo.

Visitar Siena: Roteiro de 1 e 2 dias com o que ver e fazer
Piazza del Campo

Toda a cidade de Siena, construída em torno da Piazza del Campo, foi concebida como uma obra de arte que se confunde com a paisagem circundante. As cores quentes e garridas das casas de pedra de Siena em contraste com o verde do campo toscano, são uma inspiração.

A Piazza del Campo é o centro nevrálgico de Siena, de onde se pode facilmente chegar a pontos de referência como a Catedral de Siena, os bastiões da Fortezza Medicea e vários museus. Mas, há mais a descobrir na cidade do que a sua praça histórica – aventure-se nos limites da muralha para descobrir os segredos mais intrigantes da cidade.

Visitar Siena: Roteiro de 1 e 2 dias com o que ver e fazer
Facciatone – Roteiro para visitar Siena

Cidade do Palio e das Contrade, Siena é muitas numa só. Cada uma das 17 Contrade tem a sua própria bandeira, emblema, hino, lema e cores e representa uma área da cidade. Deambulando pelas ruas de Siena, é fácil saber em que Contrada se está, observando as bandeiras e os emblemas expostos ao longo da rua: Torre, Águia, Dragão, Unicórnio… Tal como os sinais de trânsito, as esquinas designam frequentemente a entrada numa Contrada diferente.

Dica VagaMundos: se quiser “levantar o véu” sobre os segredos de Siena, o fervor das Contrade, a arte em cada esquina, nada como um walking tour com histórias, curiosidades e anedotas reveladas por um guia, apaixonado conhecedor da cidade. Espreite esta super bem cotada visita guiada pela cidade que já inclui o bilhete de entrada sem fila na Catedral de Siena.

Um passeio a pé é a melhor forma de visitar o centro histórico da cidade e respirar a atmosfera mágica que só uma cidade com um passado glorioso como Siena pode proporcionar.

Como já deve ter desconfiado, há mesmo muito que ver e fazer em Siena e num só dia é praticamente impossível conhecer tudo, sobretudo se for um amante de história e de arte. Posto isto, tendo apenas 1 dia para o seu roteiro para visitar Siena, recomendamos que foque a sua visita nos seguintes pontos de interesse. Deixe os seus sapatos italianos novos de lado – estamos a falar de calcorrear um centro histórico exclusivamente revestido de pedras de calçada. E apaixone-se por esta cidade cheia de encantos!

Piazza del Campo

O epicentro e coração de Siena, em Il Campo a vida acontece como há séculos. E não nos referimos apenas ao evento do Palio. Os senenses costumavam reunir-se aqui para trocar mexericos enquanto enchiam os seus jarros de água na Fonte Gaia; e continuam a fazê-lo, à volta duma mesa de esplanada.

A Piazza del Campo, onde se situava o fórum romano, foi reconstruída a mando do Conselho dos Nove, que governou Siena num regime quase democrático de 1287 a 1355. As nove secções do pavimento de tijolo vermelho em forma de leque da piazza representam o conselho e simbolizam o manto da Madonna que protege Siena. Entronando a praça está a simbólica e lendária Fonte Gaia e, dominante no lado oposto, o Palazzo Pubblico com a Torre del Mangia. Não conseguimos imaginar um local melhor para arrancar um roteiro para visitar Siena!

Palazzo Pubblico

O palácio cívico, construído entre 1297 e 1310, alberga ainda hoje os serviços municipais da cidade, à semelhança do Palazzo Vecchio de Florença. Alberga o Museu Cívico e o seu pátio interior tem entrada para a Torre del Mangia, cujos 88 metros de altura fizeram dela uma das torres cívicas medievais mais altas da Itália, apenas superada pela Torre Asinelli em Bolonha e a torre do Palazzo Vecchio de Florença. Se as pernas estiverem pelos ajustes, não deixe de subir ao topo da Torre del Mangia para desfrutar da melhor vista sobre Siena.

O Museu Cívico, por outro lado, oferece soberbas obras-primas de Siena. A Sala del Concistoro alberga uma das melhores obras de Domenico Beccafumi, os frescos no teto com alegorias sobre as virtudes do governo medieval de Siena. Mas é na Sala del Mappamondo e na Sala della Pace que se encontram os destaques do palácio: a enorme Maestà, o Retrato Equestre de Guidoriccio da Fogliano, e as Alegorias do Bom e do Mau Governo, outrora consideradas o mais importante conjunto de pinturas seculares da Idade Média.

Dica Vagamundos: se estiver nos seus planos, compre o seu ingresso no Palazzo Pubblico e Museu Civico com antecedência através do GetYourGuide para garantir a sua visita.

Via Bianchi di Sopra e Via di Città

Visitar Siena: Roteiro de 1 e 2 dias com o que ver e fazerEstas duas ruas formam o eixo medieval da cidade de Siena. São das principais artérias comerciais, mas não se restrinja a estas duas. As ruas íngremes de Siena seguem tudo menos uma linha reta, portanto, é fácil perder-se. E delicioso.

Enquanto vagueia sem pressas de se encontrar, será tentad@ pelas especialidades de Siena nas lojas ao longo do caminho: pastas gourmet, vinhos Chianti vintage, prosciutto de javali, azeites virgem extra e os doces panforte, cavallucci e ricciarelli.

Duomo de Siena

Se Il Campo é o coração, o Duomo é a alma de Siena. E um dos seus maiores tesouros arquitetónicos. A belíssima Catedral de Siena e o seu Batistério ficam situados no ponto mais alto de Siena, visível a quilómetros de distância. Tanto a fachada como o seu interior são uma autêntica obra de arte, de ficar boquiaberto.

Interior da Catedral de Siena

A igreja listada de mármore escuro e claro, é do mais excessivo que o gótico pode ter. Por dentro e por fora, está repleta de estátuas e mosaicos. As cabeças de 172 papas observam todos os que entram.

Batistério – Roteiro para visitar Siena

Obras de grandes artistas, incluindo estátuas de Michelangelo, esculturas de Bernini e o púlpito de mármore esculpido por Nicola Pisano em 1268, preenchem o interior da igreja – uma autêntica “catequese” gótica: aproxime-se para estudar as cenas da vida de Cristo e o Juízo Final.

Biblioteca Piccolomini

No interior da Catedral de Siena irá encontrar ainda a notável Biblioteca Piccolomini, que alberga um sem número de obras de arte mundialmente famosas e a Cripta da Catedral. Para fintar as filas recomendamos que compre com antecedência o bilhete skip the line para entrar na Catedral e na Biblioteca Piccolomini (com cancelamento até 24 horas de antecedência).

Museo dell’Opera del Duomo e Facciatone

Vista do Facciatone – Roteiro para visitar Siena

Museo dell’Opera del Duomo e a Facciatone, a fachada da inacabada Catedral Nova (Duomo Nuovo), cujo topo serve hoje de miradouro, ambos pertencem ao Complexo da Catedral de Siena e se os quiser visitar a melhor aposta é comprar o bilhete Opa Si Pass que inclui a Catedral, a Biblioteca Piccolomini, a Cripta, o Batistério, o Museu e a vista panorâmica a partir do Facciatone. Assim poupa uns bons euros.

Santa Maria della Scala

Localizado mesmo defronte do Duomo, o complexo museológico de Santa Maria della Scala tem as suas origens no século XII quando começou a ser construído para ser um hospital cívico que acudia a doentes, peregrinos que rumavam a Roma pela Via Francigena, crianças e pobres.

Foi um dos primeiros hospitais da Europa e é um dos hospitais mais antigos existentes no mundo. Pelo seu importante papel cultural, é um dos três principais polos artísticos de Siena, dada a riqueza da sua coleção de pinturas, frescos e arte, com destaque para o Tesouro, e acolhe ainda o Museo Archeologico Nazionale de Siena.

Basílica de São Domingos

Visitar Siena: Roteiro de 1 e 2 dias com o que ver e fazerSiga os passos de Santa Catarina de Siena, padroeira da Europa e de Itália, via Fontebranda e a Casa-Santuário de Santa Catarina para descobrir os tesouros artísticos na Basílica de São Domingos com capela dedicada ao culto da santa. A basílica gótica, algo austera, guarda as relíquias sagradas de Santa Catarina, inclusivamente a cabeça.

Piazza Salimbeni

A Piazza Salimbeni é uma praça notável no centro de Siena, por ainda albergar o primeiro banco da Europa, Banca Monte dei Paschi di Siena, em funcionamento contínuo desde 1472. Está rodeado por três palácios distintos que foram harmonizadas em estilo neogótico durante o século XIX: o Palazzo Tantucci, o Palazzo Salimbeni e o Palazzo Spannocchi.

Basilica di San Francesco

Visitar Siena: Roteiro de 1 e 2 dias com o que ver e fazerOutro dos templos religiosos mais importantes e imponentes da cidade de Siena é a igreja franciscana de origem românica construída em meados dos século XIII que, posteriormente ampliada nos séculos XIV-XV, foi transformada no atual templo gótico da Basilica di San Francesco. Não hesite em incluí-la no seu roteiro para visitar Siena!

Muralhas, Torreões e Portas de Siena

Visitar Siena: Roteiro de 1 e 2 dias com o que ver e fazer
Porta dei Pìspini – Roteiro para visitar Siena

Como um abraço, as muralhas cingem e protegem a cidade há séculos. São cerca de 7 km de muralhas de vários períodos que ainda subsistem de pé, sendo os mais relevantes os panos de muralha da Idade Média. Ao teste do tempo também sobreviveram nove portas com torres de defesa, sendo a mais antiga e bem preservada a Porta dei Pìspini.

Fortaleza Medicea

Visitar Siena: Roteiro de 1 e 2 dias com o que ver e fazer
Vista da Fortezza Medicea

Há outro miradouro, além da Torre del Mangia e do Facciatone, para desfrutar de soberbas vistas sobre a cidade no seu roteiro para visitar Siena. E este é grátis. Falamos da Fortezza Medicea, um castelo fortificado de tijolo, do típico tom ocre terra-de-siena, construído a mando de Cosimo de Medici em 1563. Foi convertido num parque público e hoje é um dos espaços de lazer favorito dos senenses. Ao pôr do sol, as vistas das muralhas e bastiões são mágicas, com a cidade pintada de mil tons de ocre e ouro.

Pinacoteca Nazionale de Siena

Se ainda tiver apetite por mais arte, sugerimos a Pinacoteca Nazionale para uma dose completa no seu roteiro para visitar Siena. É um dos museus de arte antiga mais importantes da Itália por ser guardião de obras primas da Escola de Siena que vão do período Trecento ao Seicento, e de autores consagrados como Duccio, Simone Martini, os irmãos Pietro e Ambrogio Lorenzetti, entre muitos outros.

Roteiro para visitar Siena em 2 dias

Siena é uma ótima base para explorar a região da Toscana, a nossa sugestão para o seu segundo dia do roteiro para visitar Siena. Entre as encantadoras vilas medievais, as idílicas paisagens dos vinhedos e montes ondulantes, e as provas de vinho Chianti, Brunello di Montalcino e Nobile di Montepulciano, tem tanto com que se entreter.

Para este dia, pode preferir alugar um carro para ter mais liberdade e maximizar o seu tempo de visita. O ponto mais negativo de alugar carro é que não se pode esticar nas provas de vinhos. Assim, talvez a melhor opção sejam as excursões organizadas com saída de Siena.

Abaixo encontra os melhores destinos de passeio perto de Siena – e as respetivas excursões – que pode optar por realizar no seu segundo dia de roteiro para visitar Siena.

Monteriggione

A nossa primeira sugestão para incluir no segundo dia do seu roteiro a visitar Siena é Monteriggione, uma apaixonante vila medieval, lar de um dos castelos mais importantes de toda a região da Toscana, famoso por figurar na Divina Comédia de Dante. O Castelo foi construído pela República de Siena entre 1213 e 1219 com o objetivo de defender a região contra as invasões da vizinha Florença.

A fortificação está muito bem conservada, mantendo intactas as 14 torres que eram utilizadas pelos guardas para patrulhar as muralhas e os dois portões da vila.

Para além da visita às muralhas, não deixe de dar um saltinho à Piazza di Roma, no coração da vila muralhada, para visitar a bela igreja de Santa Maria Assunta. Esta é a excursão de meio dia pela região de Chianti com degustação de vinhos que inclui visita guiada a Monteriggioni e à charmosa Castellina in Chianti.

San Gimignano

Outro excelente destino para incluir no segundo dia do seu roteiro a visitar Siena é a cidade muralhada de San Gimignano é mais conhecida pelo cognome de “Cidade das Torres”. No auge da sua glória, San Gimignano tinha 72 impressionantes torres medievais, algumas com mais de 50 metros de altura. Embora apenas 14 tenham sobrevivido ao teste do tempo, San Gimignano ainda mantém uma fantástica atmosfera e aparência medieval.

Percorrer as suas ruas e ruelas é viagem no tempo garantida. Não deixe de visitar a La Rocca di Montestaffoli, as ruínas da altaneira fortaleza do século XIV, a Piazza della Cisterna e de subir à Torre Grossa, a mais alta da vila, para desfrutar de assombrosas vistas sobre San Gimignano e os vales da Toscana que a rodeiam. Não se atreva a sair de San Gimignano sem provar o seu Vernaccia, um dos vinhos brancos mais emblemáticos da Toscana.

Esta excursão de dia inteiro (muito completa) inclui visita a San Gimignano e Montalcino, à região de Chianti e do Val d’Orcia – Património Mundial UNESCO-, e degustações de Chianti e Brunello de Montalcino, com almoço.

Montalcino

São 50 km de Siena a Montalcino por uma das estradas mais cénicas que cruza o Val d’Orcia (a SR2), Património Mundial UNESCO.

Montalcino é um vilarejo medieval fortificado internacionalmente conhecido pelo seu divinal vinho Brunello, um dos vinhos italianos mais apreciados. Escusado será dizer que não pode arredar pé de Montalcino sem provar o seu néctar dos deuses!

O centro histórico é dominado pela imponente Rocca, uma fortaleza construída em 1361 de cujas muralhas irá poder desfrutar de vistas sobre o Val d’Orcia de fazer cair o queixo. Os outros highlights de Montalcino são o Palazzo dei Priori com a sua altaneira Torre do Relógio, a Piazza del Popolo, a principal praça da cidade, a Catedral del Santissimo Salvatore (Duomo de Montalcino), a Igreja da Madonna del Soccorso e a Igreja di Sant’Agostino.

Para aproveitar o seu tempo ao máximo, recomendamos esta excursão a Montalcino e Abadia Beneditina de Sant’Antimo desde Siena com almoço e prova de vinhos em três vinícolas produtoras de Brunello de Montalcino.

Montepulciano

Montepulciano é outra linda cidade medieval da Toscana empoleirada no topo de uma colina, sobejamente conhecida pelo seu mundialmente famoso vinho Nobile di Montepulciano.

Apesar de ter um centro histórico relativamente compacto não lhe faltam atrativos. Verdadeiramente imperdível é a Piazza Grande, a praça principal de Montepulciano e lar da Cattedrale di Santa Maria Assunta, do Palazzo Comunale, do Palazzo Contucci e do Palazzo Tarugi. Percorra a Via del Corso, a principal artéria do centro histórico da cidade, pejada de lojas, cafés e osterias.

Descubra a tradição dos “nobres” vinhos em uma histórica Cantina (ou duas ou três!) no coração de Montepulciano. Esta visita de 1 hora a uma adega histórica de Montepulciano, inclui prova de 5 vinhos DOC e DOCG di Montepulciano acompanhado de queijos pecorinos de várias idades.

Mapa do roteiro para visitar Siena


Clique no canto superior direito para aumentar o mapa com a localização dos principais pontos de interesse turístico a incluir num roteiro para visitar Siena.

Outros artigos da Itália

Prepare a sua próxima Viagem

Reserve o seu alojamento através do Booking.com. É onde encontramos sempre as melhores promoções e permite cancelar a reserva sem custos.

No GetYourGuide e na Civitatis encontra sempre as melhores atividades e tours locais e pode ainda reservar o seu transfer do aeroporto e saltar as filas comprando antecipadamente as entradas para os principais monumentos.

Jogue pelo seguro e faça um seguro de viagem na IATI Seguros. É uma agência 100% especializada em viagens e apresenta o melhor rácio custo-benefício do mercado, sendo que todos os seus seguros contam com excelentes coberturas COVID-19. Se utilizar o nosso link terá um desconto de 5% por ser nosso leitor.

Se precisa de alugar um carro para a sua próxima viagem recomendamos que utilize a AutoEurope. Permite comparar os preços de dezenas de empresas de rent-a-car e é possível cancelar o aluguer sem custos até 48h antes da partida.

Esta página contem links afiliados. Só recomendamos marcas que utilizamos e confiamos a 100%. Se efectuar as suas reservas através desses links recebemos uma pequena comissão. Dessa forma está a ajudar o VagaMundos a manter-se vivo. E o melhor de tudo é que você não paga mais por isso. Muito Obrigado!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.