Visitar Sintra: roteiro de 1 dia com o que ver e fazer

Visitar Sintra Roteiro

Não sabe o que fazer em Sintra num dia? Pois bem, prepare-se porque Sintra num dia vai saber a pouco, a muito pouco. Não há roteiro de Lisboa que não sugira visitar Sintra se tiver mais um dia pela capital Portuguesa e tem razão de ser.

Se os contos de fadas se tornassem reais, Sintra seria a terra de encantos onde aconteceriam. A menos duma hora de Lisboa, Sintra concorre com destinos mundialmente famosos na categoria das cidades mais românticas da Europa.

Património Mundial da UNESCO, Sintra tem tudo para um dia perfeito de passeio. E se forem mais dias, melhor ainda, pois há pontos de interesse turístico mais do que suficientes para preencher bem um roteiro de 2 dias em Sintra, ou até três, explorando mistérios e encantos do Parque Natural de Sintra-Cascais numa serra de verde luxuriante que se estende até ao mar, como sejam as praias com dunas e falésias, as aldeias castiças, as cascatas secretas, o ponto mais ocidental da Europa no Cabo da Roca ou os trilhos e percursos pedestres.

Portanto, pode começar a planear um fim de semana repleto de aventuras quer vá viajar com amigos, fazer uma viagem em família ou surpreender a sua cara-metade com uma escapadinha romântica inesquecível.

Quando visitar Sintra?

Como chamariz turístico que é, Sintra acaba por sofrer com o elevado número de turistas que recebe. Entre a primavera e o outono, tanto a vila como a serra, são mesmo muito populares entre os visitantes (de abril a setembro).

Para que o seu tempo a visitar Sintra seja repleto de momentos de prazer e não uma tarefa penosa, evite os meses de verão (julho e agosto). O calor na serra pode ser forte e as multidões vão ser constrangedoras. Afinal, se vive em Portugal, olhe para Sintra como aquele passeio de fim de semana ideal para recarregar baterias.

Programe visitar Sintra em qualquer um dos restantes 10 meses do ano para fugir às multidões. Haverá certamente um fim de semana de sol em cada um deles, ou não fosse este país bafejado pela sorte de ter um clima ameno. A nossa última visita a Sintra foi em fevereiro e apanhamos dois fantásticos dias com céu limpo e temperaturas primaveris (20ºC).

Se tiver a sorte de não estar dependente do fim de semana, então conseguirá o melhor de dois mundos visitando em qualquer dia da semana: Sintra ao seu ritmo sem as hordas de turistas!

Clique para conhecer 25 passeios perto de Lisboa perfeitos para uma escapadinha

Mapa dos Principais Pontos de Interesse de Sintra


Clique no canto superior direito para aumentar o mapa.

Como passar um dia perfeito em Sintra?

Conhecida pelo radiante Palácio da Pena e as ruínas de um Castelo dos Mouros que espreita acima das nuvens, Sintra está em todos os guias de Portugal – e merece estar.

Mas não são apenas estes dois pontos turísticos que fazem da vila de Sintra uma cena de contos de fadas; são as ruelas tranquilas, são as casinhas coloridas decoradas com vasos florais, são os trilhos de serra “off-the-beaten-path”, menos concorridos e conhecidos, que o levam às duas coroas da serra, são lojinhas de artesanto, são esplanadas soalheiras que tornam visitar Sintra uma experiência verdadeiramente mágica.

Nas encostas da Serra de Sintra, a segunda cidade mais turística da Grande Lisboa atrai visitantes de todo o mundo que querem ter um gostinho desta terra de conto de fadas. Santuário de frescura eleito por reis, o intenso verde da imponente serra está pontilhado de palácios decorados com esplendor e requinte rodeados de idílicos jardins.

Clique para ler o nosso artigo sobre as cascatas secretas de Sintra

Visitar Sintra: lugares imperdíveis

Palácio da Pena

O Palácio da Pena é o palácio mais popular de Sintra, e provavelmente de Portugal inteiro. Os tons vividos de amarelo, vermelho e lavanda das torres deste palácio romântico correm mundo.

Qual coroa no cume duma montanha revestida de luxuriante vegetação, o Palácio da Pena é mais do que uma impressionante obra, é uma experiência sensorial em todas as vertentes. Se os opulentes salões impressionam com a decoração sublime e rico mobiliário, um passeio pelo Parque do Palácio da Pena completa o ciclo de maravilhamento com jardins idílicos, sons da natureza e odores florais.

O melhor miradouro do Palácio da Pena é na Cruz Alta com vistas soberbas sobre todo o complexo palaciano, a Serra de Sintra e o mar no horizonte!

Aconselhamos a que comece o seu dia bem cedo. O horário do Palácio da Pena abre a visitas às 9:30h e enche-se de gente depressa (mesmo muito depressa). Comece pelo interior do Palácio da Pena, pode ser que ainda o consiga visitar sem muita gente, e reserve os jardins do Parque da Pena para depois.

Há um parque de estacionamento uns metros antes do portão principal, mas arranjar lugar em dias de grande afluência é uma missão quase impossível. Se estiver a pé, aconselhamos que apanhe o Scotturb ou um táxi, vai agradecer não ter que fazer a subida extenuante, apesar de ser um dos trilhos mais belos que saem do centro da vila.

Castelo dos Mouros

Da ocupação árabe na região, restaram umas ruínas da fortificação moura que ainda hoje perdura. O Castelo dos Mouros serviu de baluarte de vigia após conquista pelos reis cristãos que o foram restaurando e aumentado.

A localização subjuga qualquer visitante. Bem no alto dum penedo, a aparência é de autêntica fortaleza, imbatível e intransponível. Hoje não vivemos o tempo das batalhas medievais, mas pode imaginar. Qualquer exército que ousasse pensar em tomar Sintra, duvidava do sucesso da contenda.

Este é um lugar imperdível de Sintra que ainda pode visitar parcialmente de borla. É que desde a estrada até ao portão de entrada, tem um lindíssimo percurso pedonal que pode percorrer a seu bel-prazer, com alguns achados arqueológicos, penedos altivos, escadinhas e plataformas ao longo das ameias e até uma capelinha transformada em espaço museológico. E o trilho pedestre de volta ao centro da vila é uma imersão divinal no meio de elementos geológicos e florestais da Serra de Sintra. Com a vantagem de ser sempre a descer.

Palácio Nacional de Sintra

Embora seja milenar e exista desde o período mouro, o palácio que vemos hoje no centro da vila é fruto de adições feitas desde o tempo do rei D. Dinis I, mas maioritariamente do início do século XV, quando os reis portugueses começaram a passar mais tempo em Sintra em busca de frescura para fugir ao calor de verão de Lisboa.

Do exterior, a característica mais marcante do Palácio Nacional de Sintra são as duas enormes chaminés que lhe dão uma forma invulgar. Mas é fácil perceber que estão lá por razões práticas e serviam a enorme cozinha real. No interior, os quartos são decorados com mobiliário e arte dos períodos em que o palácio foi mais utilizado. As decorações em azulejo mudéjar são particularmente interessantes e merecem atenção.

Destaques no Palácio Nacional de Sintra: Sala dos Cisnes, principal espaço de aparato; elementos decorativos manuelinos (portas e janelas) e revestimentos em azulejo (decoração geométrica mudéjar prova a ligação mourisca dos artífices); pátios interiores intimistas a céu aberto.

Quinta da Regaleira

A Quinta da Regaleira é um lugar de magia e mistério, e imperdível em qualquer visita a Sintra. A arquitetura romântica do palacete e o parque exuberante são os elementos aglutinadores desta Mansão Filosofal Lusa, uma maravilha aninhada na densa vegetação da Serra de Sintra.

O palácio foi completado em 1910, quando o milionário Carvalho Monteiro comprou a propriedade à Viscondessa da Regaleira em 1892 e decidiu preenchê-lo de exotismo e excentricidade. A obra é do arquitecto italiano Luigi Manini (autor do Palácio Hotel do Buçaco), com influências romanas, góticas, renascentistas e manuelinas.

O jardim é representação do cosmos numa ambiência paradisíaca que não nega a existência do mundo inferior dantesco. Entre outros atributos distintivos, observe com atenção a intrincada capela. Cada elemento existe por uma razão, embora muitas sejam obscuras e enigmáticas já que é tido que a Quinta da Regaleira está associada à Maçonaria Portuguesa.

Caminhe pelo parque e passe por torres, lagos, poços – o Poço Iniciático é dos mais fotografados do mundo –, túneis subterrâneos, fontes e estátuas.

Palácio e Jardins de Monserrate

Imagine-se no seu jardim botânico privado, no meio dum ambiente idílico de romantismo! É o que vai viver ao visitar o Palácio e Jardins de Monserrate. A sensação que vai ter é que algum milionário árabe resolveu trazer a sua mansão para as encostas da serra de Sintra.

O interior do palácio está magnificamente decorado com elementos arabescos, dando-lhe uma beleza estonteante de exuberância que convida à contemplação. E o ciclo fecha-se nos espaços ajardinados por entre estufas, pontes, estátuas, cascatas e fontes.

Nos jardins terá a oportunidade de ver espécies de flora e fauna trazidas de todo o mundo nos espaços dedicados temáticos dedicados a lugares como o México e a Austrália. Um passeio inspirador num monumento único e impressionante.

Convento dos Capuchos

Em total contraste com a opulência dos palácios de Sintra, encontramos a total humildade e despojo decorativo do convento franciscano dos Capuchos, ou Convento de Santa Cruz.

Diz a lenda que D. João de Castro, vice-rei da Índia, se perdeu numa caçada vendo-se forçado a dormir debaixo dum penedo na Serra de Sintra. A ideia dum templo cristão naquele lugar surgiu-lhe em sonho, mas a morte roubou-lhe o tempo de cumprir a promessa.

Passando o desejo ao filho, o convento surge na total observância dos valores franciscanos e acolhe uma minúscula comunidade de monges vindos da Província da Arrábida, os mesmos que durante séculos cumpriram os votos de pobreza, humildade e castidade no Conventinho da Arrábida.

O Convento dos Capuchos está integrado no Parque de Monserrate, mas para visitar tem que ir de carro pela estrada N247-3. Há um parque de estacionamento gratuito que utilizamos sempre que vamos fazer caminhadas na natureza, dentre dois trilhos na Serra de Sintra que são os nossos prediletos.

O que ver e fazer no centro histórico da vila de Sintra?

Para além do Palácio Nacional de Sintra, há outros pontos de interesse que merecem a sua atenção no centro da vila de Sintra. Falamos da Igreja de São Martinho, do palacete do Posto de Turismo, da Torre do Relógio, do Pelourinho no largo frente ao Palácio Nacional de Sintra e até a Câmara Municipal é um edifício apalaçado que o vai impressionar. O Parque da Liberdade é um favorito dos casais de namorados: grátis e com vistas fantásticas para o centro histórico.

Restaurantes onde comer em Sintra?

E obviamente que não pode deixar Sintra sem provar os representantes máximos da doçaria conventual medieval que deu fama à vila: os travesseiros, as queijadas de Sintra, os pastéis da Pena, as nozes de Galamares, ou os fofos de Belas.

Os famosos Travesseiros da Piriquita

Se ficar para jantar, obviamente que Sintra é rica em pratos de peixe e marisco, afinal a costa é mesmo ali ao lado. Mas nas carnes tem identidade própria nos pratos típicos de leitão de Negrais ou de carne de porco às Mercês. O vinho de Colares, principalmente da casta Ramisco (única no mundo) é o néctar produzido na região que dá vida aos pratos e granjeia fama e prémios mundiais.

Dentre os nossos restaurantes favoritos, destacamos:

  • Metamorphosis
  • Bacalhau na Vila
  • Restaurante da Adraga
  • Romaria de Baco
  • Saudade

Onde dormir em Sintra?

Se não sabe onde dormir em Sintra, sugerimos alguns dos melhores alojamentos entre económico, mid-range e de luxo.

Nice Way Sintra Hostel

O Nice Way Hostel é um pequeno hostel que fica numa zona tranquila e verdejante, Dispõe de económicos com uma decoração individual, oferece acesso Wi-Fi gratuito e um amplo jardim.

Hotel Sintra Jardim

Situado numa residência com 150 anos, o Hotel Sintra Jardim encontra-se rodeado por um jardim que serviu de inspiração para o nome. Os quartos são amplos e com decoração clássica. Bom pequeno almoço. Está munido duma piscina exterior e oferece vista sobre o Castelo dos Mouros.

Pestana Sintra Golf Resort & SPA Hotel

A nossa última escapadinha a Sintra resultou numa excelente noite de descanso no Pestana Pestana Sintra Golf Resort & SPA Hotel, na Quinta da Beloura a 6 km do centro da vila. Favorecido por um campo de golfe, atrativo principal dos hóspedes, o hotel não se resume a isso: dispõe dum spa, de piscinas interiores e exteriores e de campos de ténis. Os quartos são confortáveis, com ar condicionado e apresentam um design contemporâneo. Alguns incluem varandas com vistas para a serra. Pequeno almoço buffet excelente para agradar a todos os apetites.

Sintra Bliss Hotel

Uma guesthouse de design cheia de personalidade. O Bliss Hotel fica a 100 metros da Estação Ferroviária. Quartos equipados com ar condicionado, Tv de ecrã plano, um cofre e uma secretária. Os roupões de banho de cortesia dão um toque especial. Pequeno-almoço buffet excelente que pode ser apreciado no jardim tranquilo.

Sintra Marmoris Palace

Um solar do século XIX completamente remodelado em 2017 deu lugar ao Marmoris Palace. Luxuosos quartos e suites, com decoração clássica irrepreensível e confortos modernos. Localizado a 10 minutos a pé do centro histórico, disponibiliza uma piscina interior aquecida durante o Inverno, rodeada por um jardim muito amplo com magníficas vistas para o Castelo dos Mouros. À chegada, seja recebido com uma bebida de cortesia e espere todas as manhãs por um pequeno-almoço buffet revigorante.

Tivoli Palácio de Seteais

Sinta-se como uma celebridade no Tivoli Palácio de Seteais, simplesmente a estrela dos hotéis de luxo. O luxuoso hotel de 5 estrelas, tem conforto, amenidades, serviço e requinte a um nível de topo. Ao visitar Sintra não se limite a sonhar com a experiência duma vida palaciana, torne o sonho realidade e sinta na pele a sofisticação desta propriedade que prima por agradar os hóspedes nas suas necessidades, desejos e até caprichos.

Prepare a sua próxima Viagem

Reserve o seu alojamento através do Booking.com. É onde encontramos sempre as melhores promoções e permite cancelar a reserva sem custos.

Faça um seguro de viagem na World Nomads ou na Iati. São ambas agências 100% especializadas em viagens e apresentam sempre os melhores rácios custo-benefício do mercado. Se optar pela Iati use o nosso link e terá um desconto de 5% por ser nosso leitor.

Anda à procura de voos baratos? Então utilize o Skyscanner para encontrar as melhores tarifas aéreas do mercado

No GetYourGuide encontra sempre as melhores tours locais e pode ainda saltar as filas comprando antecipadamente as entradas para os principais monumentos.

Se precisa de alugar um carro para a sua próxima viagem recomendamos que utilize o Autoeurope. Permite comparar os preços de dezenas de empresas de rent-a-car e por norma é onde encontramos sempre os melhores preços.

Esta página contem links afiliados. Se efectuar as suas reservas através desses links recebemos uma pequena comissão. Dessa forma está a ajudar o blog “VagaMundos” a manter-se vivo. E o melhor de tudo é que você não paga mais por isso. Muito Obrigado!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.