Roteiro Toscana: o que visitar em 5 e 7 dias | Roadtrip

Roteiro Toscana: o que visitar em 5 e 7 dias | Roadtrip

Anda a sonhar com visitar a região italiana da Toscana, o Berço do Renascentismo, mas o planeamento da viagem está a revelar-se uma dor de cabeça? Não se preocupe que nós damos-lhe uma mãozinha. Neste artigo vai encontrar um guia e roteiro para visitar a Toscana com os nossos lugares favoritos e muitas dicas práticas que lhe vão facilitar a logística e permitir desfrutar ao máximo da sua viagem por uma das regiões mais bonitas da Itália.

Roteiro Toscana: o que visitar em 5 e 7 dias | Roadtrip
San Gimignano – Roteiro para visitar a Toscana

A região que viu nascer Michelangelo, Leonardo Da Vinci e Dante é de uma beleza desarmante, parecendo ter sido retirada de um cenário de filme. Cidades mágicas onde se respira arte a cada esquina, apaixonantes vilas medievais empoleiradas no topo de colinas, idílicas paisagens naturais, estradas cénicas ladeadas de ciprestes que tocam o céu, património histórico riquíssimo, vinhos divinais (Chianti e Brunello diz tudo) e gastronomia de babar, fazem da Toscana um destino muito difícil de igualar. Prepare-se para verdadeiros momentos de dolce vita!

Roteiro Toscana: o que visitar em 5 e 7 dias | Roadtrip
Florença – Roteiro para visitar a Toscana

Clique para ler os nossos roteiros com o melhor da Itália

Informações, guia e dicas de viagem para visitar a Toscana

Quando visitar a Toscana?

Roteiro Toscana: o que visitar em 5 e 7 dias | Roadtrip
Montalcino – Roteiro para visitar a Toscana

A melhor época para visitar a Toscana depende muito dos seus interesses. Se pretende explorar o património histórico-cultural de cidades como Florença, qualquer estação do ano é adequada. Contudo, entre finais de maio e inícios de setembro, quando o clima quente traz festivais de arte e música e as esplanadas convidam para jantares al fresco, vai encontrar nas cidades toscanas aquele estilo de vida italiano que sonha experimentar. Você e o mundo inteiro, logo, vá a contar com a companhia de largos milhares de viajantes, sobretudo nos meses de julho e agosto.

Roteiro Toscana: o que visitar em 5 e 7 dias | Roadtrip
Capela della Madonna di Vitaleta – Val d’Orcia

Para fugir das multidões, há vantagens em visitar na shoulder season. Por isso, considere os meses de abril e maio (primavera) e setembro e outubro (outono). Até porque, se o principal objetivo da sua viagem for desfrutar das bucólicas paisagens campestres da Toscana, nada bate a primavera, com os ondulantes montes toscanos pintados de tons florais, e o outono com a sua maravilhosa palete de cores outonais, sobretudo na época das vindimas, a altura certa para viver fantásticas experiências de Enoturismo.

Quantos dias são necessários para visitar a Toscana?

Roteiro Toscana: o que visitar em 5 e 7 dias | Roadtrip
Siena – Roteiro para visitar a Toscana

Para desfrutar ao máximo do roteiro para visitar a Toscana que desenhamos para si, o ideal é alocar pelo menos 7 dias à sua viagem. Caso consiga acrescentar mais alguns dias, tanto melhor.

Roteiro Toscana: o que visitar em 5 e 7 dias | Roadtrip
Volterra – Roteiro para visitar a Toscana

Assim, terá tempo para conhecer sem pressas a maioria dos pontos de interesse da Toscana referidos no nosso roteiro, como ainda lhe possibilita fazer várias atividades, como sejam provas de vinhos, e uma série de desdobramentos que lhe permitirão conhecer mais uma miríade de locais verdadeiramente mágicos da Toscana. Vá estando atento às nossas dicas durante a descrição do roteiro de 7 dias para visitar a Toscana.

Paisagem rural da Toscana

Só tem 5 dias disponíveis para visitar a Toscana? Não deixe de ir! Obviamente que a viagem será num passo bem mais apressado e terá de deixar para outra viagem alguns dos locais que destacamos no roteiro de 7 dias para visitar a Toscana. Se for esse o seu caso, espreite a nossa sugestão de roteiro para visitar a Toscana em 5 dias.

Roteiro Toscana: o que visitar em 5 e 7 dias | Roadtrip
Ponte Vecchio – Florença

Caso vá visitar a Toscana numa escapadinha de 3 dias sugerimos que foque a sua viagem na capital, Florença, e que dedique um dos dias para fazer um tour pela região. Se for esta a sua opção, espreite este tour de 1 dia à Toscana partindo de Florença. É um dos mais completos que conhecemos e tem uma excelente relação qualidade-preço. O tour incluí visita a Pisa, Siena, San Gimignano e à zona rural do famoso vinho Chianti (tendo o almoço e uma prova de vinhos já incluídos no preço). Assim já fica com um gostinho das maravilhas da Toscana.

Como chegar à Toscana? Dicas de voos

Pisa – Roteiro para visitar a Toscana

A principal porta de entrada na Toscana é a sua capital, Florença. Várias companhias aéreas garantem voos diários para Florença partindo de Portugal, mas praticamente todos implicam fazer escala. Presentemente, só a TAP tem voos diretos de Lisboa para Florença.

Outra boa alternativa é voar para a vizinha cidade de Pisa, que é servida por várias companhias low cost. Por exemplo a Ryanair tem voos diretos desde Lisboa para Pisa durante quase todo o ano. Para conseguir os melhores preços sugerimos que leia as nossas dicas para comprar voos baratos.

Seguro de Viagem para a Toscana

Roteiro Toscana: o que visitar em 5 e 7 dias | Roadtrip
Torre Guinigi – Lucca

Algo que consideramos muito importante numa viagem à Toscana é um bom seguro de viagem com coberturas que nos façam sentir totalmente protegidos. E no atual contexto epidemiológico, é de crucial importância que um seguro de viagem tenha cobertura COVID-19. Só assim é possível viajar com tranquilidade.

Na hora de comprar um seguro de viagem, a nossa escolha recai sempre na IATI Seguros. É uma agência 100% especializada em seguros de viagem, apresenta sempre o melhor rácio custo-benefício do mercado, e todos os seus seguros contam com excelentes coberturas COVID-19, a preços surpreendentemente económicos.

Clique para fazer uma simulação para a sua viagem à Toscana e não se esqueça que, ao utilizar o nosso link, terá um desconto de 5% na compra seu seguro de viagem.

Transportes públicos ou alugar carro para visitar a Toscana?

Roteiro Toscana: o que visitar em 5 e 7 dias | RoadtripSomos da opinião que a melhor maneira de explorar a Toscana é fazendo uma roadtrip. Não só permite maximizar o seu tempo, como o facto de poder parar em qualquer lugar vai-lhe permitir desfrutar das maravilhosas paisagens rurais da Toscana. Os conselhos que lhe damos é que só alugue o carro após visitar Florença e que ligue a opção “evitar portagens” do seu GPS: poupa nas portagens e vai percorrer algumas das estradas mais cénicas de toda a Itália.

Nós alugamos o nosso carro através da AutoEurope e correu tudo cinco estrelas, como de costume. O que gostamos da AutoEurope é que permite comparar os preços de dezenas de empresas de rent-a-car (e assim encontrar o melhor preço disponível) sendo ainda possível cancelar o aluguer sem qualquer custo até 48h antes da partida.

Clique para ver todas as opções de aluguer de carro na Toscana

No caso de querer visitar somente as principais cidades da Toscana (como Florença, Pisa e Siena), o caso já muda de figura e os transportes públicos são, de longe, a melhor opção. Até porque o coração dos centros históricos estão por norma fechados ao trânsito e livra-se da dor de cabeça do estacionamento.

Onde ficar na Toscana? Sugestões de localidades para reservar alojamento

O alojamento na Toscana vai comer uma fatia considerável do seu orçamento de viagem. Os preços dos alojamentos não são tão altos como os que encontra nos países do norte da Europa, mas ainda assim são consideravelmente superiores à média cobrada em Portugal.

Se deixar as reservas de alojamento para a última hora, arrisca-se a pagar o dobro do preço (ou pior ainda nos casos de Florença e Siena). Sobretudo se viajar durante a época alta, recomendamos vivamente que reserve os seus alojamentos com bastante antecedência através do Booking.com, pois permite cancelar sem custos praticamente todas as reservas.

Na hora de escolher onde ficar na sua roadtrip pela Toscana, recomendamos que tenha sempre em atenção se a localidade conta com uma boa oferta de alojamentos e demais serviços dos quais vai seguramente precisar durante a viagem (restaurantes, supermercados, etc). Por norma, quanto maior a oferta, mais fácil é encontrar quartos a bons preços.

Posto isto, as localidades que sugerimos para pernoitar no nosso roteiro de 7 dias para visitar a Toscana são (ordenados pela ordem da viagem):

Florença | Pisa | Siena | Montepulciano

Mas pode fazer pequenas alterações ao roteiro e optar por ficar em outras localidades vizinhas com boa oferta de alojamentos, como sejam:

Lucca | San Gimignano | Montalcino | Arezzo

(Clique nos nomes das localidades para ver as melhores ofertas de alojamento e opte sempre por reservar unidades hoteleiras que permitam o cancelamento, não vá ter algum imprevisto.)

Por último, queremos salientar que, ao longo do roteiro, vamos sugerir-lhe os nossos alojamentos favoritos para cada um dos dias – testados e aprovados por nós – e adicionamos ainda algumas sugestões dos hotéis da respetiva localidade que apresentam a melhor relação qualidade-preço.

Roteiro para visitar a Toscana em 7 dias | Roadtrip com o melhor da Toscana

Roteiro Toscana: o que visitar em 5 e 7 dias | Roadtrip
Duomo de Florença

O roteiro sugerido neste artigo é circular, com início e fim em Florença, a capital da região da Toscana. Pode fazê-lo na ordem que considere mais vantajosa, e até mesmo começar num dos pontos de interesse sugeridos que lhe seja mais conveniente e, a partir daí, desenhar o seu próprio roteiro.

Roteiro Toscana: o que visitar em 5 e 7 dias | Roadtrip
Arezzo – Roteiro para visitar a Toscana

É importante referir que o número de dias que sugerimos para o roteiro de 7 dias para visitar a Toscana não inclui os dias de viagem do ponto de origem para Florença e vice-versa. Logo, a não ser que o seu voo de ida seja matutino e o de regresso mais tardio (existem várias opções nesse sentido), terá sempre de acrescentar mais dois dias para a ida e volta desde o seu ponto de partida até à região da Toscana.

Roteiro Toscana: o que visitar em 5 e 7 dias | Roadtrip
Catedral de Siena – Roteiro para visitar a Toscana

Queremos também sublinhar que o número de dias que sugerimos neste roteiro para visitar a Toscana pressupõe que a viagem seja feita com recurso a carro alugado durante, pelo menos, os 4 dias que irá passar a visitar as zonas mais campestres da Toscana. Caso opte por utilizar apenas transportes públicos, vai precisar de fazer alguns cortes ao nosso roteiro de 7 dias ou, em alternativa, acrescentar mais um ou dois dias à sua viagem.

Roteiro Toscana: o que visitar em 5 e 7 dias | Roadtrip
Piazza dell’Anfiteatro – Lucca

Se é nosso leitor assíduo, já sabe que nos nossos roteiros o número de dias é meramente indicativo. Se abdicar de fazer algumas das atividades que sugerimos ou cortar alguns pontos de interesse, pode fazer este roteiro em menos dias. Por isso mesmo, e como já referimos atrás, desenhamos também um roteiro de 5 dias para visitar a Toscana. Pode consultá-lo imediatamente abaixo do roteiro de 7 dias.

Templo de San Biagio – Roteiro para visitar a Toscana

No sentido inverso, caso queira visitar mais alguns pontos de interesse da região (e arredores), acrescente mais uns dias e alargue este roteiro para visitar a Toscana para 10 ou mais dias. Ao longo do artigo vamos dar-lhe algumas sugestões nesse sentido.

Roteiro para visitar a Toscana: Dia 1 e 2

Florença

Os primeiros dois dias do nosso roteiro para visitar a Toscana serão totalmente dedicados a explorar a sua apaixonante capital, Florença. Visitar Florença e percorrer as suas ruas é sensivelmente igual a percorrer um museu ao ar livre. Afinal de contas, Florença é uma das poucas cidades do mundo cujo centro histórico inteiro está na lista do Património Mundial da UNESCO.

A razão deve-se ao facto de Florença abrigar centenas (senão mesmo milhares) de alguns dos maiores tesouros artísticos e arquitetónicos do mundo. Não nos esqueçamos que Florença é o Berço da Renascença e transporta-nos para um mundo de estética singular. Abaixo encontra as nossas sugestões para os dois dias que vai passar a visitar Florença.

Dia 1 em Florença

Duomo de Florença

Nada melhor para começar a sua visita a Florença do que por um dos símbolos mais famosos de Itália: a catedral Santa Maria del Fiore, universalmente conhecida como Duomo de Florença.

Com a sua cúpula de tijolo, é a quarta maior catedral da Europa e o mais alto edifício da cidade. Para além da obrigatória visita ao Duomo, não deixe também de visitar o Batistério de São João e o Campanile.

Após percorrer o recinto exterior da catedral e de se extasiar a admirar a joia de Florença nos seus inúmeros detalhes, prepare-se para dar corda aos sapatos e subir os mais de quatrocentos degraus de escada que o separam da cúpula do Duomo, a 91 metros de altura.

Dica VagaMundos: as filas para o Duomo são intermináveis e vai desperdiçar tempo precioso à espera da sua vez de entrar. Aconselhamos vivamente que compre o bilhete de ingresso online, com hora marcada para a visita ao Duomo. Esta entrada com visita guiada que lhe sugerimos (clique para ver no GetYourGuide) inclui as entradas prioritárias nos monumentos do complexo de Santa Maria del Fiore: o Duomo, o Batistério, o Campanile, e a Cripta di Santa Reparata.
Ponte Vecchio

Continue a sua visita a Florença rumando até à Piazza di San Lorenzo que dá nome ao Mercato di San Lorenzo. Aqui pode encontrar inúmeras banquinhas que vendem um pouco de tudo. Local ideal para comprar alguns souvenirs ou mesmo adquirir peças em couro, artesanato pelo qual a Toscana é famosa, ou um frutado Chianti. Na Piazza di San Lorenzo pode também visitar o sempre animado e colorido Mercato Centrale e a Basilica di San Lorenzo.

De seguida vá até à Piazza della Repubblica. É uma zona comercial com a maior concentração das lojas de marca e as melhores griffes mundiais de moda, joalharia e perfumaria. Aqui encontra alguns dos cafés e pastelarias mais antigos e requintados da capital toscana.

Feche o primeiro dia em Florença com um passeio pelas margens do rio Arno. No horizonte vai surgir a ponte mais famosa de Florença, a Ponte Vecchio. Atravessá-la é o final perfeito para o primeiro dia do seu roteiro a visitar a Toscana!

Dia 2 em Florença

Palazzo Vecchio

Começamos este segundo dia na Piazza della Signoria que tem como sua maior atração o Palazzo Vecchio. Na piazza vai encontrar cópias de algumas das mais famosas esculturas do mundo, como é o caso do David de Michelangelo. Nota ainda para a bela Fontana di Nettuno em que o deus do mar, rodeado por ninfas, comemora as vitórias navais toscanas.

Dica VagaMundos: o David original encontra-se na Galleria dell’Accademia, perto do mercado San Lorenzo. Os entusiastas das artes não vão querer perder este museu. Como é o segundo mais popular de Florença, aconselhamos que reserve o seu horário de visita comprando antecipadamente o seu bilhete. Links no artigo de florença

Galleria degli Uffizi

Praticamente ao lado do Palazzo Vecchio encontra-se a Galleria degli Uffizi, a maior galeria italiana onde pode encontrar pinturas como o Pormenor da Anunciação de Leonardo da Vinci, O Nascimento de Vénus de Botticelli, a Sagrada Família de Michelangelo, a Vénus de Urbino… E muito mais!

Dica VagaMundos: se quer visitar os Uffizi, planeie muito bem a sua visita. Sendo um dos lugares imperdíveis de Florença, as filas de entrada são infindas. Para evitar perdas de tempo, recomendamos o tour com entrada prioritária para grupo pequeno, acompanhado por um guia especializado.

Se pretende explorar a Galleria degli Uffizi ao seu ritmo, só precisa do bilhete de ingresso com hora marcada que pode comprar clicando neste link.

Vista do miradouro da Piazzale Michelangelo

Continue a sua visita por Florença rumando até à casa de Dante. Relativamente perto encontra-se também a Chiesa di Santa Margherita dei Cerchi. Siga para Santa Croce, uma igreja gótica do século XIII, que contém os túmulos e monumentos de muitos florentinos famosos, como Michelangelo, Galileu e Maquiavel.

Para fechar com chave de ouro a sua visita a Florença, atravesse para o outro lado do rio Arno e suba à Piazzale Michelangelo. Este é o miradouro com a melhor vista panorâmica sobre a Florença. E ao pôr-do-sol, fica ainda mais apaixonante!

Quer mais dicas sobre Florença? Então, não deixe de ler o nosso guia e roteiro detalhado com o que ver e fazer em Florença.

Onde ficar em Florença? Sugestões de Alojamento

Reservar alojamento em Florença não será tarefa difícil já que há vasta oferta para todas as bolsas e para todos os gostos. O alojamento no coração de Florença é, no geral, mais dispendioso, mas os hotéis de Florença mais bem cotados costumam fazer promoções agressivas.

Boutique Hotel del Corso

O Boutique Hotel del Corso é uma das opções dentre os hotéis de Florença que apresentam a melhor relação qualidade-preço. Quartos elegantes e primorosamente decorados, com todo o requinte dum palácio do século XVI bem preservado, tornaram a nossa estadia num sonho. Para terminar o dia em beleza, aproveitávamos o ensolarado terraço para beber um divinal Chianti. Nada como sentir na pele o dolce far niente.

La Porta del Paradiso

Uma solução mais económica é o bed & breakfast La Porta del Paradiso. A cerca de um quilómetro da Igreja de Santa Maria Novella, oferece acomodações com Wi-Fi gratuito, ar-condicionado, lounge partilhado e terraço. Todos os quartos incluem uma área de estar.

25hours Hotel Florence Piazza San Paolino

Se dinheiro não for problema, aposte no 25hours Hotel Florence Piazza San Paolino. O conceito boémio, a decoração artística arrojada, aqui inspirada na obra de Dante, as comodidades modernas e o mini bar de oferta, são a imagem de marca. Integrando um antigo mosteiro, fica perto de tudo, a 800 metros da Piazza del Duomo di Firenze e a menos de 1 km da Piazza della Signoria. Tem restaurante, bar, terraço e jardim.

Clique para ver mais opções de alojamento em Florença

 Roteiro para visitar a Toscana: Dia 3

Florença – Lucca – Pisa

Lucca

O terceiro dia do nosso roteiro para visitar a Toscana arranca com uma visita a Lucca, uma encantadora cidade muralhada conhecida pelo cognome de “Cidade das 100 Igrejas”, devido à enorme concentração de edifícios religiosos edificados no seu centro histórico.

Sugerimos que comece a sua visita a Lucca percorrendo as suas colossais muralhas, o principal cartão postal da cidade. Têm quase 5 km de extensão, 30 metros de largura, 12 metros de altura e rodeiam todo o centro histórico de Lucca. É uma obra arquitetónica ímpar na Itália!

Roteiro Toscana: o que visitar em 5 e 7 dias | Roadtrip
Muralhas de Lucca

As muralhas foram edificada entre os séculos XVI e XVII e presentemente no seu topo existe um enorme parque urbano, com ciclovia e tudo. É quase como andar na rua mais alta de Lucca onde, para além dos turistas, irá encontrar muitos dos habitantes de Lugo a praticar o seu exercício diário e a fazer picnics. Se gosta de pedalar, não hesite em alugar uma bicicleta para percorrer toda a muralha.

Duomo de Lucca

Para além do incontornável passeio pela muralha os locais que consideramos de visita obrigatória e as experiências a não perder no centro histórico de Lucca são os seguintes:

  • Piazza dell’Anfiteatro, o coração de Lucca, edificada no local onde se encontrava o antigo Anfiteatro Romano. Ainda é possível ver alguns vestígios do anfiteatro romano incorporados nos edifícios construídos ao redor da praça.
  • Cattedrale di San Martino (Duomo di Lucca), o principal templo religioso de Lucca.
  • Piazza Napoleone, onde irá encontrar o Palazzo Ducale e a sede dell’Istituto D’Arte di Lucca.
  • Percorrer a Via Fillungo, a principal rua do centro histórico de Lucca e onde se encontra a Torre delle Ore (Torre do Relógio), a torre mais alta da cidade.
  • Subir à Torre Guinigi, em cujo topo irá encontrar um pequeno jardim. São mais de 200 degraus, mas as vistas compensam o esforço.
  • Chiesa di San Michele in Foro.
  • Basilica di San Frediano.

Pisa

Roteiro Toscana: o que visitar em 5 e 7 dias | RoadtripLucca visitada, continue o seu roteiro para visitar a Toscana rumando até Pisa onde o espera um dos monumentos mais emblemáticos de Itália: a Torre Inclinada de Pisa.

Os mais famosos monumentos da cidade concentram-se na Piazza dei Miracoli, Praça dos Milagres. Bem no centro da praça estão os três monumentos religiosos mais importantes da cidade: o campanário, mais conhecido como a Torre Inclinada de Pisa, a catedral ou Duomo e o Batistério.

Dica VagaMundos: é aconselhável comprar o bilhete de ingresso para visitar a Torre de Pisa com bastante antecedência. Visitar a Torre implica hora marcada pois há restrições no número de visitantes por dia e hora. Nós compramos o bilhete combinado, com hora marcada, para visitar a Catedral e a Torre de Pisa através do GetYourGuide e recomendamos vivamente.

Mas Pisa está longe de se esgotar na Piazza dei Miracoli. Não deixe de visitar também de fazer um passeio pelas margens do rio Arno e de visitar a Piazza dei Cavalieri, onde fica o Palazzo della Carovana, o Palazzo dell’ Orologio e a Igreja de Santo Stefano dei Cavalieri. Para mais dicas sobre a cidade não deixe de ler o nosso artigo dedicado a Pisa.

Onde ficar em Pisa? Sugestões de Alojamento

Villa Matilde

A Villa Matilde é um bed & breakfast excecional e com ótima relação qualidade-preço. Perto da estação de comboios e do aeroporto de Pisa, apresenta quartos privados, ar condicionado e um jardim com terraço. Disponibiliza estacionamento privado. Os anfitriões são cinco estrelas e o pequeno-almoço tipicamente italiano é muito bom.

Palazzo Cini Luxury Rooms in Pisa

Acabado de nascer ganhou logo o prémio de Melhor Novo Hotel da Europa. Situado a 13 minutos a pé da Piazza dei Miracoli de Pisa, o Palazzo Cini Luxury Rooms in Pisa disponibiliza quartos incrivelmente bem desenhados, modernos e luxuosos. Todos os quartos e suites privados deste boutique hotel incluem ar condicionado, TV ecrã plano, estão equipadas com máquina de café, chaleira e área de estar com secretária, alguns com varanda.

Clique para ver mais opções de alojamento em Pisa

Roteiro para visitar a Toscana: Dia 4

Pisa – Volterra – San Gimignano – Monteriggione – Siena

Volterra

Comece o quarto dia do seu roteiro para visitar a Toscana pegando no carro e rumando até Volterra, uma cidade de origem etrusca, idilicamente situada numa colina 450 metros acima do nível do mar, entre os vales de Cecina e Era.

Roteiro Toscana: o que visitar em 5 e 7 dias | Roadtrip
Piazza Dei Priori

Para além do estupendo enquadramento paisagístico, Volterra tem um lindo centro histórico medieval, onde dá gosto deambular sem pressas. Os locais que consideramos imperdíveis numa visita a Volterra são os seguintes:

  • Ruínas das muralhas etruscas onde ainda é possível apreciar três portas nomeadamente, a Porta all’Arco (a mais antiga e melhor preservada), a Porta San Francesco e a Porta San Felice.
  • Piazza Dei Priori, a principal praça de Volterra, onde irá encontrar o Palazzo dei Priori, o edifício municipal mais antigo da Toscana, e o Palazzo Pretorio.
  • Duomo de Santa Maria Assunta e Batistério de Volterra.
  • Fortaleza dos Medici e a adjacente Porta a Selci, um dos principais portões medievais de Volterra.
  • Anfiteatro Romano.
  • Museu Etrusco de Guarnacci.
  • Palazzo Minucci-Solaini, que presentemente alberga a Pinacoteca.
Curiosidade: a cidade de Volterra é a Volturi nos livros da famosa Saga Crepúsculo (Twilight). Contudo, os filmes acabaram por ser filmados na cidade toscana de Montepulciano. É caso para dizer que qualquer semelhança entre Volterra e Volturi é pura coincidência!

San Gimignano

De Volterra continue o seu roteiro para visitar a Toscana rumando até à cidade muralhada de San Gimignano, mais conhecida pelo cognome de “Cidade das Torres”.

No auge de sua glória San Gimignano tinha, nada mais, nada menos do que 72 impressionantes torres medievais, algumas com mais de 50 metros de altura. Embora apenas 14 tenham sobrevivido ao teste do tempo, San Gimignano ainda mantém uma fantástica atmosfera e aparência medieval.

Roteiro Toscana: o que visitar em 5 e 7 dias | Roadtrip
Vista da Torre Grossa

Percorrer as suas ruas e ruelas é uma experiência fantástica per se e garantia de uma viagem no tempo. Não deixe de visitar a La Rocca di Montestaffoli, as ruínas da altaneira fortaleza do século XIV, a Piazza della Cisterna e de subir à Torre Grossa, a mais alta da vila, para desfrutar de assombrosas vistas sobre San Gimignano e os vales da Toscana que a rodeiam.

Dica VagaMundos: não saia de San Gimignano sem provar o seu delicioso Vernaccia, um dos vinhos mais emblemáticos da Toscana. Mais tarde vai-nos agradecer a dica.

Monteriggione

A próxima paragem do nosso roteiro para visitar a Toscana será em Monteriggione, um dos castelos mais importantes de toda a região, famoso por figurar na Divina Comédia de Dante.

O Castelo foi construído pela República de Siena entre 1213 e 1219 com o objetivo de defender a região contra as invasões da vizinha Florença. A fortificação está mesmo muito bem conservada, mantendo intactas as 14 torres que eram utilizadas pelos guardas para patrulhar as muralhas e os dois portões da vila.

Roteiro Toscana: o que visitar em 5 e 7 dias | Roadtrip
Piazza di Roma

Para além da visita às muralhas, não deixe de dar um saltinho à Piazza di Roma, no coração da vila muralhada, para visitar a bela igreja de Santa Maria Assunta.

Roteiro Toscana: o que visitar em 5 e 7 dias | Roadtrip
Siena

Termine o quarto dia do seu roteiro para visitar a Toscana rumando até Siena, onde provavelmente já vai chegar ao cair da noite. Mas não se preocupe que o próximo dia será todo ele dedicado a conhecer Siena, uma das joias mais cintilantes da Toscana.

Onde ficar em Siena? Sugestões de Alojamento

Hotel Duomo

Situado no interior de uma mansão do século XII posteriormente restaurada ao estilo renascentista, o Hotel Duomo foi totalmente reformado de modo a proporcionar uma fusão de confortos modernos com um ambiente histórico. Localizado no centro histórico de Siena, perto da catedral e da Piazza del Campo, oferece uma vista espetacular para as Colinas de Siena.

Hotel Athena

Favorito dos portugueses, o luxuoso Hotel Athena está situado dentro das muralhas históricas de Siena, oferece estacionamento gratuito, um restaurante italiano elegante e um terraço mobiliado com vista da cidade e do vale nos arredores.

Clique para ver mais opções de alojamento em Siena

Roteiro para visitar a Toscana: Dia 5

Siena

Siena

Roteiro Toscana: o que visitar em 5 e 7 dias | RoadtripO quinto dia do nosso roteiro para visitar a Toscana será todo ele dedicado a conhecer a maravilhosa Siena, cujo centro histórico foi declarado Património Mundial da UNESCO, devido à sua deslumbrante arquitetura, ao seu fantástico estado de conservação e por ser guardião de um riquíssimo património histórico e artístico.

Piazza del Campo

Siena também é internacionalmente conhecida por organizar a corrida de cavalos mais famosa da Itália, o Palio de Siena, uma festa de origem medieval que ocorre duas vezes por ano, a 2 de julho e 16 de agosto, no coração da cidade: a Piazza del Campo.

Catedral de Siena

Deambular a pé pelas ruas e ruelas medievais do centro histórico de Siena, pejadas de casas abrasonadas e animadas praças, figura entre os melhores momentos das nossas viagens à Toscana.

Frescos da Biblioteca Piccolomini

Como já deve ter desconfiado, há mesmo muito que ver e fazer em Siena e num só dia é praticamente impossível conhecer tudo, sobretudo se for um amante de arte. Posto isto, recomendamos que foque a sua visita nos seguintes pontos de interesse de Siena:

  • Piazza del Campo, o epicentro do casco histórico de Siena, onde irá encontrar o Palazzo Pubblico (a Câmara Municipal), o Museo Civico, a Fonte Gaia e a Torre del Mangia, cujos 102 metros de altura faz dela uma das torres medievais mais altas da Itália. Se as pernas estiverem pelos ajustes, não deixe de subir à Torre del Mangia para desfrutar da melhor vista sobre Siena.
  • Piazza del Duomo, onde irá encontrar um dos maiores tesouros de Siena, a belíssima Catedral de Siena (Duomo de Siena) e o seu Batistério. Tanto a fachada como o seu interior são uma autêntica obra de arte, de ficar boquiaberto. No interior da Catedral de Siena irá encontrar ainda a notável Biblioteca Piccolomini, que alberga um sem número de obras de arte mundialmente famosas e a Cripta da Catedral. Para fintar as filas recomendamos que compre com antecedência o bilhete skip the line para entrar na Catedral e na Biblioteca Piccolomini (com cancelamento até 24 horas de antecedência).
  • Museo dell’Opera del Duomo e a Facciatone, a fachada da inacabada Catedral Nova (Duomo Nuovo), cujo topo serve hoje de miradouro. Ambos pertencem ao Complexo da Catedral de Siena e se os quiser visitar a melhor aposta é comprar o bilhete Opa Si Pass que inclui a Catedral, a Biblioteca Piccolomini, a Cripta, o Batistério, o Museu e a vista panorâmica a partir do Facciatone. Assim poupa uns bons euros!
  • Complexo de Santa Maria della Scala, um dos hospitais mais antigos da Europa, onde os peregrinos são sempre bem-vindos. Siena fica ao longo da rota de peregrinação da Via Francigena. O complexo está localizado mesmo em frente ao Duomo.
  • Piazza Salimbeni, onde irá encontrar três fachadas de palácios totalmente distintos: o Palazzo Tantucci, o Palazzo Salimbeni e o Palazzo Spannocchi.
  • Porta dei Pispini, o portão das muralhas medievais de Siena melhor conservado.
  • Basílica de São Domingos e Basílica de São Francisco.
  • Fortaleza Medicea.
  • Pinacoteca Nazionale di Siena.
Quer mais dicas sobre Siena? Então, não deixe de ler o nosso guia e roteiro detalhado com o que ver e fazer em Siena.

Roteiro para visitar a Toscana: Dia 6

Siena – Montalcino – Estrada Panorâmica SP146 – Montepulciano

Montalcino

Roteiro Toscana: o que visitar em 5 e 7 dias | RoadtripO sexto dia do nosso roteiro para visitar a Toscana irá levá-lo a percorrer algumas das estradas mais cénicas do deslumbrante do Val d’Orcia. A primeira delas é a SR2 que o irá conduzir até Montalcino, um vilarejo medieval fortificado internacionalmente conhecido pelo seu divinal vinho Brunello, um dos vinhos italianos mais apreciados. Escusado será dizer que não pode arredar pé de Montalcino sem provar o seu néctar dos deuses!

Rocca

Mas Montalcino está longe de se resumir ao seu famoso vinho. Apesar de ser um povoado relativamente pequeno, guarda várias mãos cheias de tesouros. O centro histórico é dominado pela imponente Rocca, uma fortaleza construída em 1361 de cujas muralhas irá poder desfrutar de vistas sobre o Val d’Orcia de fazer cair o queixo .

Roteiro Toscana: o que visitar em 5 e 7 dias | Roadtrip
Torre do Relógio

Os outros highlights de Montalcino, que consideramos de visita obrigatória, são o Palazzo dei Priori com a sua altaneira Torre do Relógio, a Piazza del Popolo, a principal praça da cidade, a Catedral del Santissimo Salvatore (Duomo de Montalcino), a Igreja da Madonna del Soccorso e a Igreja di Sant’Agostino.

Estrada Panorâmica SP146 – Val d’Orcia

Roteiro Toscana: o que visitar em 5 e 7 dias | RoadtripMontalcino visitada, está na hora de ir percorrer aquela que é, para nós, a mais bela estrada panorâmica do Val d’Orcia. Estamos a falar da fabulosa SP146, que liga o pequeno povoado de San Quirico d’Orcia a Montepulciano. Imagine uma ziguezagueante estrada que serpenteia por entre ondulantes colinas pinceladas de oliveiras, vinhedos e altaneiros ciprestes e fica com uma ideia do que o espera. É um autêntico quadro 3D da Toscana!

Pelo caminho não deixe de visitar a fotogénica Capela della Madonna di Vitaleta, que fica idilicamente situado no topo de um isolado monte. É uma das paisagens rurais mais instagramáveis da Toscana, daquelas que fazem capa das revistas de viagem.

Roteiro Toscana: o que visitar em 5 e 7 dias | RoadtripA outra paragem obrigatória na SP146 é no Templo de San Biagio, uma das obras-primas da arquitetura renascentista italiana, situada mesmo às portas de Montepulciano.

Montepulciano

Roteiro Toscana: o que visitar em 5 e 7 dias | Roadtrip
Piazza Grande

O sexto dia do nosso roteiro para visitar a Toscana termina em Montepulciano, outra linda cidade medieval da Toscana empoleirada no topo de uma colina, sobejamente conhecida pelo seu mundialmente famoso vinho Nobile di Montepulciano. Apesar de ter um centro histórico relativamente compacto não lhe faltam atrativos.

Roteiro Toscana: o que visitar em 5 e 7 dias | Roadtrip
Rua do centro histórico de Montepulciano

Os locais que consideramos de visita obrigatória e as experiências a não perder em Montepulciano são as seguintes:

  • Piazza Grande, a praça principal de Montepulciano, onde irá encontrar o Palazzo Comunale, o Palazzo Contucci e o Palazzo Tarugi.
  • Percorrer a Via del Corso, a principal artéria do centro histórico da cidade, pejada de lojas, cafés e osterias.
  • Catedral de Montepulciano.
  • Igreja de Sant’Agostino.
  • Torre del Pulcinella.
  • Porta al Prato, uma das portas da antiga muralha medieval de Montepulciano.
  • Igreja Santa Maria dei Servi e Igreja Sant’Agnese.
  • Fazer uma prova de vinhos Nobile di Montepulciano.

Onde ficar em Montepulciano? Sugestões de Alojamento

La Pievina

Num roteiro pela Toscana, dormir num alojamento de turismo rural é uma experiência única, e a nossa recomendação vai para a quinta La Pievina, a 3 km de Montepulciano. Dispõe de quartos privados e apartamentos, com cozinha equipada e lareira, de design rústico, camas de ferro forjado e mobiliário em madeira. Pode desfrutar da piscina e jardim nos 10 hectares com vistas panorâmicas para as colinas e vinhas circundantes. Ao pequeno almoço são servidas especialidades caseiras feitas com produtos da própria quinta.

La Terrazza Di Montepulciano

Se quiser ficar no coração do centro historico de Montepulciano, La Terrazza Di Montepulciano é uma boa aposta. Um hotel de 2 estrelas confortável, situado na rua principal, muito perto da bela Piazza Grande, que foi recentemente restaurado com materiais locais e é gerido pelo Roberto e Vitoria, um casal de simpatia desarmante que se desdobram em atenções.

Clique para ver mais opções de alojamento em Montepulciano

Roteiro para visitar a Toscana: Dia 7

Montepulciano – Cortona – Arezzo – Florença

Cortona

Piazza Della Republicca

A primeira paragem do último dia do nosso roteiro para visitar a Toscana será em Cortona, uma pacata vila medieval de raízes etruscas, que se tornou famosa por ser o cenário do filme Sob o Sol da Toscana.

Basilica de Santa Margherita

Os locais que consideramos imperdíveis numa visita a Cortona são os seguintes:

  • Muralhas de Cortona, com destaque para as Portas Colonia, Santa Maria e Bifora.
  • Piazza Della Republicca, onde ficam localizados o Palazzo del Capitano del Popolo e o Palazzo Comunale.
  • Piazza Signorelli, onde irá encontrar o Palazzo Casali, que presentemente alberga o Museo dell’Accademia Etrusca, e o Teatro Signorelli.
  • Catedral de Cortona.
  • Igreja de Santo Agostinho.
  • Igreja di San Francesco.
  • Basilica de Santa Margherita.
  • Fortezza del Girifalco.

Arezzo

Piazza Grande

A última paragem do nosso roteiro para visitar a Toscana, antes de regressar a Florença, é na cidade de Arezzo, cenário do premiado filme A Vida é Bela de Roberto Benigno.

Roteiro Toscana: o que visitar em 5 e 7 dias | Roadtrip
Duomo San Donato

Apesar de uma parte significativa do seu centro histórico ter sido destruído durante a Segunda Guerra Mundial, Arezzo preserva ainda um riquíssimo património histórico literalmente digno de Hollywood. Os nossos destaques vão para os seguintes pontos de interesse:

  • Piazza Grande, onde para além de uma miríade de aprazíveis bares e restaurantes, irá encontrar a Igreja de Santa Maria della Pieve.
  • Duomo San Donato, a Catedral de Arezzo.
  • Fortaleza Medicea.
  • Basílica de São Francisco de Assis.
  • Palazzo dei Priori.
  • Igreja da Santíssima Annunziata.
  • Casa Vasari, um dos mais belos palácios de Arezzo.
  • Passeggio del Prato, um jardim público situado na parte mais alta da cidade que o vai brindar com excelentes vistas.
Vale de Chianti – Roteiro para visitar a Toscana
Dica VagaMundos: se quiser acrescentar mais um dia ao seu roteiro para visitar a Toscana, sugerimos que parta à descoberta da região vinícola do Vale de Chianti, não deixando de fazer uma prova de vinhos. Se não se quiser preocupar com questões logísticas (e quiser estar à vontade para degustar os maravilhosos vinhos Chianti), pode sempre integrar uma excursão ao Vale de Chianti, partindo de Florença, e já com as provas de vinhos e degustação de iguarias locais incluídas.

Mapa do Roteiro de 7 dias (1 semana) para visitar a Toscana


Clique no canto superior direito para aumentar o mapa do roteiro para visitar a Toscana em 7 dias (1 semana). 

Roteiro de 5 dias para visitar a Toscana

Roteiro Toscana: o que visitar em 5 e 7 dias | RoadtripSó tem 5 dias para visitar a Toscana? Naturalmente que a viagem será feita num passo um pouco mais apressado e terá de abdicar de visitar alguns dos pontos de interesse que referimos no nosso roteiro de 7 dias. Ainda assim, o itinerário que desenhamos, vai permitir-lhe visitar os locais mais emblemáticos da Toscana.

Claro que pode sempre optar por condensar o roteiro de 7 dias em 5 dias, mas vai passar demasiado tempo a correr de um lado para o outro e pouco tempo nos locais de interesse.

Abaixo encontra a nossa sugestão de roteiro para 5 dias na Toscana, podendo ler a respetiva descrição dos locais de interesse no roteiro de 7 dias para visitar a Toscana.

Dia 1 e 2

Florença

Clique para ver as melhores opções de alojamento em Florença

Dia 3

Lucca – Pisa

Clique para ver as melhores opções de alojamento em Pisa

Dia 4

San Gimignano – Siena

Clique para ver as melhores opções de alojamento em Siena

Dia 5

Montalcino – Montepulciano – Florença

Clique para ver as melhores opções de alojamento em Florença

Mapa do Roteiro de 5 dias para visitar a Toscana


Clique no canto superior direito para aumentar o mapa do roteiro para visitar a Toscana em 5 dias.

Outros artigos da Itália

Prepare a sua próxima Viagem

Reserve o seu alojamento através do Booking.com. É onde encontramos sempre as melhores promoções e permite cancelar a reserva sem custos.

No GetYourGuide e na Civitatis encontra sempre as melhores atividades e tours locais e pode ainda reservar o seu transfer do aeroporto e saltar as filas comprando antecipadamente as entradas para os principais monumentos.

Jogue pelo seguro e faça um seguro de viagem na IATI Seguros. É uma agência 100% especializada em viagens e apresenta o melhor rácio custo-benefício do mercado, sendo que todos os seus seguros contam com excelentes coberturas COVID-19. Se utilizar o nosso link terá um desconto de 5% por ser nosso leitor.

Se precisa de alugar um carro para a sua próxima viagem recomendamos que utilize a AutoEurope. Permite comparar os preços de dezenas de empresas de rent-a-car e é possível cancelar o aluguer sem custos até 48h antes da partida.

Esta página contem links afiliados. Só recomendamos marcas que utilizamos e confiamos a 100%. Se efectuar as suas reservas através desses links recebemos uma pequena comissão. Dessa forma está a ajudar o VagaMundos a manter-se vivo. E o melhor de tudo é que você não paga mais por isso. Muito Obrigado!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.