Visitar Zagreb | Croácia: roteiro de 2 e 3 dias com o que ver e fazer

Visitar Zagreb roteiro

Muitos viajantes “esquecem-se” de visitar Zagreb como ela merece, limitando-se a usar a capital da Croácia como ponto de entrada ou saída aérea do país para as férias de verão nas apetecíveis praias costeiras.

Visitar Zagreb roteiroEm nossa opinião, Zagreb oferece coisas incríveis que vale a pena conhecer. Aliás, quando afirmamos que é uma boa ideia visitar Zagreb como destino citadino cultural, recebemos sempre aquele olhar intrigado. Não entendemos este menosprezo porque visitar Zagreb equivale a imersão cultural numa cidade moderna, barata e deveras interessante. Zagreb é uma lufada de sofisticação, uma cidade que se mostra no seu dia-a-dia autêntico e não embrulhadinha num pacote turístico todo engalanado.

Visitar Zagreb roteiroAlém da relativamente recente história colorida, berço de expressões artísticas genuínas, acessíveis ao público em geral, é uma cidade com comida absolutamente incrível, uma cultura vibrante de cafés e esplanadas, uma cena de cerveja artesanal local emergente, e alguns dos museus mais incomuns da Europa que ou são gratuitos, ou praticamente de borla.

Visitar Zagreb roteiroBem vistas as coisas, temos aqui muitas razões que justificam visitar Zagreb, principalmente para os amantes da cultura. E se estas razões ainda não lhe despertaram a curiosidade, continue a ler este roteiro para visitar Zagreb que nós descobrimos por lá mais do que motivos que o vão convencer.

Clique para ler o nosso Roteiro da Croácia

Quando visitar?

Tratando-se de um destino citadino, é certo que se pode visitar Zagreb em qualquer altura do ano, já que há sempre uma vasta agenda cultural, de eventos e festividades a preencher os dias longos e soalheiros de verão como os mais cinzentos e frios de inverno.

Visitar Zagreb roteiroAinda assim, a melhor época para visitar Zagreb é em maio e junho ou setembro e outubro, quando o clima é agradável, com dias longos cheios de luz e ensolarados. São meses também menos movimentados do que os meses de verão de julho e agosto. Estes meses são a temporada alta, tanto na capital como no resto do país. Os dias podem inclusivamente ser muito quentes, principalmente à tarde.

Como Chegar?

De avião: Há voos diários de Lisboa e Porto (sempre com escala) para o Aeroporto Internacional de Zagreb Franjo Tuđman (ZAG).

Como ir do Aeroporto ao centro de Zagreb?

Distância do Aeroporto ao centro de Zagreb: 15 km

Bus: O “airport shuttle” Pleso Prijevoz liga o terminal das chegadas do aeroporto (das 6:00h às 22:30h) à Estação Central dos Autocarros no centro de Zagreb (das 4:30h às 21:30h), com corridas a cada 30 minutos (duração da viagem entre 35 a 40 miuntos). O custo de cada viagem é de 30 HRK (kunas croatas). A Linha 290 do ZET é a outra possibilidade de chegar ao centro de Zagreb. A viagem é mais longa pois tem 20 paragens pelo caminho.

Taxi: É uma alternativa que pode ser cómoda, mas sai dispendiosa. À saída dos terminal das “chegadas”, existem indicações para o parque de Taxis. Uma corrida fica entre 30€ a 40€ (circa 220HRK), dependendo do trânsito e distância. Não há tarifa fixa.

Serviço de transfer: para uma logística sem complicações, é preferível reservar um serviço de transfer. Espreite este transfer bem cotado por ser privado, rápido e eficiente, para uma viagem tranquila do aeroporto ao seu hotel ou vice-versa.

Onde ficar em Zagreb – Sugestões de alojamento

Da última vez que estivemos em Zagreb ficamos alojados no Hotel Dubrovnik. A excelente localização do hotel, mesmo ao lado da Praça Bana Jelačića, permitiu-nos ir a todos os locais de interesse a pé. O nosso quarto era super espaçoso e confortável e adoramos o pequeno-almoço. Overall, gostamos muito da relação qualidade-preço. Clique para mais informações, ler reviews de hóspedes e reservar a sua estadia no Hotel Dubrovnik.

Outro hotel que apresenta um excelente rácio custo-benefício é o histórico Palace Hotel Zagreb. Fica mesmo ao lado do parque principal da cidade, o edifício tem imenso glamour e os quartos apresentam um nível de conforto excecional. Não é à toa que é um dos campeões de vendas de Zagreb.

Se procura uma estadia mais económica em Zagreb, mantendo bons níveis de conforto, sugerimos o Hotel National. Na faixa de preços em que se insere é quase imbatível. A grande desvantagem é que não fica mesmo no centro, mas como fica ao lado da estação de autocarros e tem o tram (os característicos elétricos azuis de Zagreb) quase à porta, chega aos principais locais de interesse num instante.

No segmento dos hostels, ninguém bate o Hostel Shappy. É super central, o staff é muito boa onda e, para além dos beliches, oferece também quartos privados com ou sem casa de banho partilhada.

Para estadias de luxo a melhor aposta é o clássico e glamouroso Esplanade Zagreb Hotel, fundado em 1925 para ser o alojamento de excelência para os passageiros do mítico Expresso do Oriente.

Clique para ver mais opções de alojamento em Zagreb

O Melhor de Zagreb num roteiro de 2 dias

Visitar Zagreb roteiroÉ certo que Zagreb não tem o glamour de Dubrovnik. Em contrapartida tem um ambiente super descontraído, com animadas praças repletas de esplanadas, espaços verdes espetaculares, museus de classe mundial e imensos locais de interesse turístico. E como não sofre de excesso de turistas, os preços da restauração e hotelaria são muito mais em conta do que nas excessivamente turísticas cidades costeiras de Dubrovnik ou Split.

Visitar Zagreb roteiroO compacto centro histórico de Zagreb é fácil de explorar a pé, e este roteiro está preparado para lhe dar um gostinho da cultura animada da cidade, sempre nas calmas.

A cidade de Zagreb divide-se em Cidade Alta e Cidade Baixa. Na origem da Cidade Alta estão as cidades gémeas de Gradec, o centro de comércio e negócios, e Kaptol, centro religioso, antigamente divididas pelo riacho Medvešča.

Roteiro para visitar Zagreb: 1º dia

Comece o seu primeiro dia naquele que é considerado o coração de Zagreb, com uma visita à Trg Ban Jelačić, a praça principal e ponto focal de quase tudo que acontece em Zagreb. Associe-se aos locais no seu ponto-de-encontro favorito de toda a cidade, “debaixo da torre do relógio”.

Visitar Zagreb roteiroMarcada pela arquitetura estilo Biedermeier, Art-Nouveau e pós-modernista, destaca-se no centro da praça a estátua equestre do herói croata que lhe deu nome. Cumpra o ritual na fonte de Manduševec: peça um desejo e atire uma moeda para a fonte, cuja lenda está na origem do nome da cidade.

Visitar Zagreb roteiroContemple o maior templo católico romano de toda a Croácia, com mais de oito séculos de existência. A Catedral de Zagreb foi reconstruída em estilo neo-gótico na viragem do século XX, recuperando o aspeto glorioso e imponente de outrora, apesar dos inúmeros incêndios e terramotos que a afetaram desde a sua origem nos inícios do século XII. A coluna em frente à catedral é o Monumento à Assunção da Bem-Aventurada Virgem Maria cuja estatuária dourada impressiona qualquer visitante.

Em redor, erguem-se as muralhas e baluartes renascentistas, erguidos no século XVI para suster as invasões otomanas.

Visitar Zagreb roteiroRegale os sentidos no colorido mercado agrícola de Dolac, com os seus icónicos chapéus-de-sol vermelhos. Flores, queijos, aves, ovos, fruta e vegetais frescos são exibidos com orgulho e esmero nas dezenas de banquinhas a que todos acorrem para as compras do dia. Venha de manhã cedo para poder escolher os produtos mais frescos. E aproveite para “cumprimentar” a kumica, a estátua-homenagem da aldeã que sobe à cidade para vender o fruto do seu árduo trabalho às gentes da cidade, nos seus trajes tradicionais e de cesta à cabeça.

Sobranceira à praça do Dolac, está a igreja de Santa Maria. Longe de ter a imponência da catedral, é uma das prediletas dos locais.

Vamos conhecer agora a rua mais vibrante de Zagreb, a Tkalčićeva ulica, Tkalča para os amigos. Lojas, boutiques, bares, restaurantes e esplanadas alinham dum lado e doutro desta rua pedonal com um charme especial, onde não faltam energia e diversão (noite e dia).

Visitar Zagreb roteiroÉ daquelas ruas icónicas que fazem os lugares, das memoráveis, com um passado emblemático e uma atmosfera própria. Imagine que por baixo corria um riacho que separava Kaptol e Gradec (as tais duas cidades que deram origem a Zagreb e lutavam entre si por uma posição de domínio). Um padre emprestou-lhe o nome, mas foi a rua dos bordéis até à 2ª Guerra Mundial. Acontece que o riacho foi pavimentado e agora Tkalčićeva é a alma da arte de bem comer e beber. Para além da gastronomia local, vai encontrar muitos restaurantes internacionais e os bares onde vai poder degustar a cerveja artesanal local.

Visitar Zagreb roteiroContinue o seu roteiro por Zagreb rumando até ao Portão de Pedra, o portão medieval Kamenita Vrata, e deixe-se envolver pela profunda devoção à Virgem Maria que leva os croatas, vindos de todo o mundo, a acender as suas velas na diminuta capela resguardada debaixo da única porta sobrevivente das muralhas medievais.

Diz a lenda que a cidade foi totalmente arrasada num incêndio em 1731, salvando-se milagrosamente a pintura da Virgem que ocupa a capelinha do Portão de Pedra. A capelinha está forrada com placas votivas das graças e louvores.

Visitar Zagreb roteiroO nosso roteiro para visitar Zagreb segue para uma das praças históricas mais emblemáticas da capital croata. Falamos da Praça de São Marcos no centro da qual está a Igreja de São Marcos em estilo gótico com o seu simbólico telhado colorido. Feito em cerâmica vidrada, o telhado está adornado com os brasões de armas da cidade de Zagreb e do reino da Croácia. Em redor da praça estão alguns edifícios de grande beleza e valor arquitetónico, como o Parlamento da Croácia, a sala de concertos Zagrebački Solisti, e o Tribunal Constitucional Croata.

Dica VagaMundos: se tiver tempo e interesse, passe pelo Museu de História Croata. Se não para ver uma das exposições temporárias, para ver o majestoso palácio onde a elite da cidade se reunia para soirées, bailes e concertos.

Aprecie o manancial de palácios barrocos que alinham a rua Ćirilometodska e pare para apreciar a fachada da co-catedral Greco-Ortodoxa. Descubra a Câmara Municipal Velha onde ainda se realizam casamentos. E não deixe de explorar dois dos museus mais singulares do mundo: o Museu da Arte Naïve e o Museu das Relações Quebradas.

Dica VagaMundos: Zagreb é uma cidade que tem dos museus mais sui generis e únicos da Europa. E o melhor é que são gratuitos ou mesmo muito baratos. Só para ter uma ideia: Museu de Tortura, Museu dos Cogumelos, Museu dos Anos 80 de Zagreb e espera-se ansiosamente a abertura do Museu dos Sentidos. Só mesmo em Zagreb!

Visitar Zagreb roteiroSiga caminho para a Torre Lotrščak, onde, exatamente ao meio-dia, um canhão explode: o som é ensurdecedor, a experiência, alucinante. Os sinos das igrejas dão continuidade sonora à “celebração” do meio-dia, mas com algo mais harmónico e musical.

Dica VagaMundos: As melhores vistas panorâmicas 360º sobre a cidade de Zagreb são obtidas da Torre Lotrščak, mas se não quiser pagar para subir, faça um passeio pela Promenade Strossmayer que as vistas não lhe ficam muito atrás.

Em frente à entrada principal da Torre Lotrščak, está um dos funiculares mais curtos do mundo, com apenas 66 metros de comprimento. O Funicular liga a Cidade Alta ao centro da Cidade Baixa na rua Ilica, numa questão de um minuto. Foi inaugurado no final do século XIX e originalmente era movido a vapor.

Dica VagaMundos: antes de descer, não perca a oportunidade de dar um passeio pelo Art Park, um dos spots que mais gostamos de frequentar na Cidade Alta. E como bónus, no mapa interativo ainda lhe revelamos o melhor miradouro gratuito com vista panorâmica de Zagreb – não que o mural premiado de Etien, Anamorphose Baleine, nas suas costas não mereça a sua atenção também.

Se procura um lugar tranquilo e harmonioso, afastado da vida agitada de Zagreb, o Strossmayer Promenade é o lugar certo para si. Localizado ao longo dos restos das fortificações medievais de Zagreb, oferece vistas panorâmicas sobre a Cidade Baixa. O passeio romântico é sombreado por castanheiros altos e fica ainda mais atmosférico durante os festivais de verão, quando está cheio de barracas de comida, artistas e música.

Visitar Zagreb roteiroÉ aqui que as pessoas se reúnem para o pôr-do-sol durante as noites quentes de verão que acabam invariavelmente na rua Tkalča. É perfeito para fechar o primeiro dia do seu roteiro de Zagreb!

Dica VagaMundos: ao entardecer, tente vislumbrar os funcionários da cidade que ainda cumprem um trabalho interessante: os lampiões. A cidade velha ainda tem 217 lâmpadas a gás e todas as noites, estes senhores estão encarregues de alumiar cada uma delas.

Roteiro para visitar Zagreb: 2º dia

Como no seu primeiro dia de roteiro a visitar Zagreb já cobriu praticamente todos os monumentos históricos mais emblemáticos da capital croata, neste segundo dia de roteiro aproveite para conhecer a faceta mais moderna, alternativa e descontraída da cidade.

Cidade Alta visitada, apanhe o histórico funicular de Zagreb e parta à descoberta dos encantos da Cidade Baixa, onde impera a arquitetura Austro-Húngara e da ex-Jugoslávia. Além da famosa praça Ban Jelačić, do popular Museu das Relações Quebradas e da vibrante Tkalčićeva ulica, há uma Zagreb de parques e espaços verdes que são uma tentação.

Retomamos na praça Ban Jelačić, na direção oeste para percorrer a rua comercial mais popular e mais longa da moderna Zagreb: a Ilica. Aqui encontram-se as lojas de marcas internacionais e locais mais famosas, a par de pequenos cafés cheios de charme, o acesso ao emblemático funicular azul, e entrada para um mundo subterrâneo. Pode-lhe também interessar dar um pulinho no Museu das Ilusões.

Dica VagaMundos: para um pequeno-almoço autêntico e cheio de sabor, vá à padaria. O pão é mais do que um alimento, faz parte da identidade croata e em Zagreb encontramos uma padaria em cada quarteirão. A variedade de pães é alucinante, e o cheirinho do pão acabado de cozer faz nascer água na boca.

No meio do glamour das lojas, escapa a um visitante normal o misterioso mundo subterrâneo de Zagreb. Vamos revelar-lhe o mistério do túnel Grič. O túnel Grič foi construído durante a Segunda Guerra Mundial e a sua primeira e principal função foi a de proteção dos ataques aéreos durante a guerra. Depois da guerra, o túnel caiu no esquecimento.

Até o início da década de 1990, o túnel era quase inutilizável. Então, começaram a acontecer as primeiras rave parties em Zagreb, exatamente no túnel Grič, e, desde então, tornou-se num atrativo turístico. Um túnel monótono e cinzento que se tornou num lugar colorido, uma galeria de arte, um espaço vivo de exposições que pessoas talentosas abrilhantam com arte, cor e luz, principalmente no Advento.

O túnel Grič tem apenas 350 metros de comprimento e duas entradas principais – uma na Rua Mesnička, e outra na Rua Radićeva. Pensa-se que este é apenas um dos túneis existentes debaixo de Zagreb.

“Desenterre” tesouros doutros tempos na feira da ladra da Britanski trg. Antiguidades, peças vintage e peças de colecionador invadem a praça ao fim de semana que é um mercado de frescos durante os dias da semana. Os mercados de Zagreb são pontos de encontro e o sítio certo para saborear um café ou os produtos locais.

Sinta o burburinho da movimentada praça Petar Preradović, mais conhecida como Praça das Flores, assim chamada pelas icónicas banquinhas de flores. A praça acolheu várias feiras desde o século XIV, e hoje é o epicentro da špica, o passatempo favorito de Zagreb (principalmente aos sábados de manhã) em que todos saem à rua muito aperaltados para ver e serem vistos – Ah! E para tomar café.

Existem poucas cidades onde ruas e espaços verdes vivem tão intimamente interligados quanto em Zagreb, onde os parques são um oásis de paz e relaxamento. Um dos lugares mais românticos de Zagreb é o Parque Zrinjevac. A primeira impressão é a de um passeio verde repleto de canteiros de flores.

É aqui que os amantes da arte se reúnem em massa e nunca há um momento chato no Zrinjevac. A somar, encontramos a primeira fonte decorativa de Zagreb (1893), a que chamam carinhosamente de “cogumelo”. O Museu Arqueológico albergado numa mansão histórica, a Academia Croata das Ciências e das Artes num palácio neorrenascentista e o Pavilhão da Arte oitocentista, alinham-se no parque acrescentando-lhe monumentalidade.

No extremo sul do “passeio”, impõe-se a estátua equestre do primeiro rei croata, Rei Tomislav, frente à grandiosa Estação Ferroviária Central e perto do magnífico e requintado Hotel Esplanade onde se alojavam os passageiros do Expresso Oriente que ligava Paris a Istambul.

Mas Zagreb não se fica por aqui em monumentalidade. Dignos da sua atenção, tanto para apreciar a beleza arquitetónica exterior como o esplendor dos interiores, são ainda o Jardim Botânico, o sublime edifício Art Nouveau do Museu Etnográfico, e, para fechar, sublime-se com o gigantesco Mimara Museum e a sua fabulosa coleção privada de arte.

Se tiver mais dias para visitar Zagreb

Lagos de Plitvice

E se em vez de 2 dias, tivesse 3 dias de roteiro para visitar Zagreb? Zagreb é um destino perfeito para uma escapadinha europeia de fim de semana prolongado. Junte o útil ao agradável e com mais um ou dois dias em Zagreb pode conhecer uma das maravilhas naturais mais belas e singulares do mundo. Os Lagos de Plitvice devem estar na sua lista dos “lugares imperdíveis a visitar no mundo”… Se não estão, deviam!

Lago Bled

Ou então, some um carimbo ao seu passaporte, o livro onde estão as suas melhores histórias de viagens, e dê um pulinho à vizinha Eslovénia. A partir de Zagreb, há possibilidade de visitar lugares imperdíveis como a capital Liubliana, um tesouro raro com muito por desvendar, ou o famoso e fabuloso Lago Bled.

 Tours de um dia a partir de Zagreb

Não se assuste com a logística para visitar os lugares que lhe propomos anteriormente para o seu roteiro de 3 ou 4 dias em Zagreb. Existem várias excursões de 1 dia que pode fazer a partir de Zagreb. Clique nos links abaixo para ver as nossas favoritas, ler reviews e fazer as suas reservas:

 Dica VagaMundos: na escolha dos tours, e porque os imprevistos acontecem, evite sempre reservar tours que não permitam cancelamento gratuito. Dê prioridade às excursões e actividades que tem boas reviews e permitam cancelar sem custos com (pelo menos) 48h de antecedência.

Zagreb: mapa dos Principais Pontos de Interesse


Clique no canto superior direito para aumentar o mapa do roteiro para visitar Zagreb.

Outros artigos da Croácia

Prepare a sua próxima Viagem

Reserve o seu alojamento através do Booking.com. É onde encontramos sempre as melhores promoções e permite cancelar a reserva sem custos.

No GetYourGuide e na Civitatis encontra sempre os melhores tours locais e pode ainda reservar o seu transfer do aeroporto e saltar as filas comprando antecipadamente as entradas para os principais monumentos.

Jogue pelo seguro e faça um seguro de viagem na World Nomads ou na IATI Seguros. São ambas agências 100% especializadas em viagens e apresentam sempre os melhores rácios custo-benefício do mercado. Se optar pela IATI use o nosso link e terá um desconto de 5% por ser nosso leitor.

Anda à procura de voos baratos? Então utilize o Skyscanner para encontrar as melhores tarifas aéreas do mercado

Se precisa de alugar um carro para a sua próxima viagem recomendamos que utilize o Rentalcars. Permite comparar os preços de dezenas de empresas de rent-a-car e é possível cancelar o aluguer sem custos até 48h antes da partida.

Esta página contem links afiliados. Só recomendamos marcas que utilizamos e confiamos a 100%. Se efectuar as suas reservas através desses links recebemos uma pequena comissão. Dessa forma está a ajudar o blog "VagaMundos" a manter-se vivo. E o melhor de tudo é que você não paga mais por isso. Muito Obrigado!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.