Zaragoza: o que visitar e fazer | Roteiro 1, 2 e 3 dias

Zaragoza, o que visitar | Roteiro com o que ver e fazer

Se tem dúvidas sobre o que ver e fazer em Zaragoza, além da famosíssima Catedral del Pilar, aqui está a nossa proposta de roteiro para visitar Zaragoza que @ ajudará no planeamento da sua viagem à capital de Aragão, no norte de Espanha.

Zaragoza, o que visitar | Roteiro com o que ver e fazer
Vista da Torre San Francisco de Borja – Roteiro para visitar Zaragoza

Qualquer cidade com dois mil anos de história é, no mínimo, interessante. Zaragoza é muito mais que isso. Há muito a descobrir na César Augusta que viu romanos, muçulmanos, judeus e cristãos deixarem a sua marca: os vestígios da cidade romana bimilenar, arquitetura mourisca encabeçada por um palácio, o primeiro santuário mariano… Mas nem tudo remonta a tempos longínquos.

Zaragoza, o que visitar | Roteiro com o que ver e fazer
Palácio da Aljafería – Roteiro para visitar Zaragoza

Zaragoza é atualmente uma fusão cativante do ontem e do hoje, da cultura e do entretenimento, da arte e do lazer, do património e da natureza, do tapeo e do chocolate. Logo, um destino perfeito para uma escapadinha de fim de semana a uma urbe cultural, histórica, divertida e foodie. Para que não perca pitada dos encantos da capital aragonesa que se mira no espelho de água do rio Ebro, neste artigo encontra o que ver e fazer num roteiro para visitar Zaragoza (e arredores), a par de dicas de viagem de como chegar, quando ir, hotéis onde ficar e restaurantes onde comer.

Onde fica Zaragoza

Estátua de Caesar Augusto, o fundador de Zaragoza

Zaragoza é a capital da província de Zaragoza e da comunidade autónoma de Aragão, no nordeste da Espanha, situada às margens do rio Ebro. A sua localização geográfica privilegiada faz dela um importante centro de negócios e de turismo. Está equidistante (a cerca de 300 km) de grandes cidades espanholas, como Madrid, Barcelona e Valência, de cidades importantes do País Basco, como Bilbau, e do Principado de Andorra.

Como chegar a Zaragoza?

Zaragoza, o que visitar | Roteiro com o que ver e fazer
Plaza del Pilar – Roteiro para visitar Zaragoza

A cidade de Zaragoza, como hub logístico da Espanha, goza de excelentes acessos rodoviários às principais cidades espanholas e até à fronteira com Portugal, que fica a 450 km de distância (mínimo).

De qualquer grande cidade portuguesa, chegar a Zaragoza de carro implica no mínimo seis horas de condução. Indo de carro, prepare-se para uma longa e cansativa viagem. Se quiser “cortar” a viagem a meio, a nossa sugestão é visitar Zamora ou Valladolid sendo o Porto o seu ponto de partida. Caso parta de Lisboa, junte o útil ao agradável parando em Cáceres ou Salamanca ou Madrid.

Zaragoza é servida pelo comboio de alta velocidade AVE que em cerca de 2 horas liga Madrid ou Barcelona, por exemplo, à estação ferroviária de Zaragoza Delicias.

É também servida por um aeroporto internacional situado a 12 km da cidade onde várias companhias aéreas low cost e de bandeira operam voos diários com ligação a algumas cidade europeias. Contudo, as ligações com os principais aeroportos de Portugal implicam, na grande maioria das combinações, duas escalas e muitas horas de viagem. Ou então, os voos são muito caros.

Para ir do aeroporto ao centro da cidade de Zaragoza tem como opções o autocarro/ônibus Linha 505 (ver preços e horários no site da consorciozaragoza.es), os táxis à saída do terminal das chegadas, ou o transfer privado.

Quando visitar Zaragoza?

Catedral do Salvador – Roteiro para visitar Zaragoza

Para decidir quando visitar Zaragoza, saiba que a melhor época é nos meses quentes de maio a setembro. O clima de Zaragoza caracteriza-se por semi-árido o que significa que os meses de julho e agosto são muito quentes. Para fugir do calor, agende o seu roteiro para visitar Zaragoza para a primavera, de abril a inícios de junho, ou outono, de de setembro a outubro. Se viajar em outubro, ainda pode fazer coincidir a sua viagem com as festas populares do Pilar, que se celebram durante a semana de 12 de outubro.

Quantos dias para visitar Zaragoza?

Zaragoza, o que visitar | Roteiro com o que ver e fazer
Igreja de San Juan de los Panetes e Torreón de la Zuda

É possível visitar Zaragoza em 1 dia. É fácil deslocar-se a pé, uma vez que a maioria das suas atracões turísticas se situa no centro histórico, um dos maiores de Espanha.

Embora um dia seja suficiente para visitar os principais pontos de interesse de Zaragoza, um roteiro para visitar Zaragoza em 2 dias seria o ideal. Assim consegue conhecer a cidade de uma forma mais descontraída e desfrutar da animação que não abandona as suas ruas, de dia e de noite.

Caso tenha 3 ou 4 dias para visitar Zaragoza já terá tempo para partir à descoberta de lugares surpreendentes perto da cidade. No final do artigo apresentamos algumas sugestões nesse sentido e damos dicas extras do que ver e fazer perto Zaragoza.

Seguro de Viagem para Zaragoza

Jardim Interior do Palácio da Aljafería

Algo que consideramos muito importante numa viagem a Zaragoza é um bom seguro de viagem com coberturas que nos façam sentir totalmente protegidos. E no atual contexto epidemiológico, é de crucial importância que um seguro de viagem tenha cobertura COVID-19. Só assim é possível viajar com tranquilidade.

Na hora de comprar um seguro de viagem, a nossa escolha recai sempre na IATI Seguros. É uma agência 100% especializada em seguros de viagem, apresenta sempre o melhor rácio custo-benefício do mercado, e todos os seus seguros contam com excelentes coberturas COVID-19, a preços surpreendentemente económicos.

Clique para fazer uma simulação para a sua viagem a Zaragoza e receba um desconto de 5% na compra do seu seguro de viagem usando o nosso link.

Onde ficar em Zaragoza? Sugestões de alojamento

A qualidade e modernidade dos hotéis de Zaragoza é admirável. Por isso, ficar a dormir uma noite (pelo menos) permite usufruir muito mais da sua vibe artística, noturna e cultural. A melhor zona onde ficar em Zaragoza é o centro histórico, estando perto da maior parte das atracões turísticas sem necessidade de pegar no carro ou apanhar transportes. Lembre-se de reservar o seu hotel com antecedência, principalmente nos meses da época alta (julho e agosto) e por altura das Festas del Pilar, na semana do 12 de outubro. Nessas alturas, a cidade é invadida por turistas e os preços do alojamento em Zaragoza disparam às alturas.

Abaixo encontra os hotéis de Zaragoza que mais gostamos – testados e aprovados por nós – e adicionamos algumas sugestões de alojamentos que apresentam a melhor relação qualidade/preço na sua categoria.

Catalonia El Pilar

O Catalonia El Pilar é um hotel de quatro estrelas situado a dois passos da Basilica de Nuestra Señora del Pilar. Tem uma fachada em estilo modernista elegante, coberta de varandas de ferro forjado e graciosamente ornamentada. Os quartos são elegantes e funcionais, decorados em tons suaves com pisos de madeira polida. O hotel serve diariamente um pequeno-almoço buffet com produtos de charcutaria, queijos e produtos de pastelaria, além de um ginásio moderno.

INNSiDE by Meliá

É verdade que basta dizer que o INNSiDE by Meliá Zaragoza em uma piscina, bar e restaurante (e vista) incrível no rooftop para se tornar irresistível de reservar. Some-lhe glamour urbano, design elegante, comodidades brilhantes e equipamento sofisticado. A satisfação total atinge-se nos quartos, luxuosos e sumptuosos, decorados com tons suaves e mobiliário de design, e um pequeno almoço buffet delicioso para completar.

NH Collection Gran Hotel de Zaragoza

O Gran Hotel de Zaragoza é um hotel histórico e grandioso mesmo no coração de Zaragoza. A magnífica cúpula do hall de entrada, com um lustre brilhante, dá o tom ao hotel – pense em glamour do velho mundo aliado a conforto moderno. Os quartos exalam um estilo contemporâneo e sofisticado com uma decoração em branco puro. Com um bar de tapas, um restaurante requintado, um bar divertido, um ginásio e um fabuloso pequeno almoço, o hotel tem tudo o que é necessário.

Hotel Sauce

O Hotel Sauce fica a um minuto a pé da Plaza del Pilar, e a 500 m da famosa zona de bares de tapas e restaurantes de El Tubo. Este hotel com ótima relação qualidade-preço apresenta 40 quartos simples, climatizados, luminosos e arejados, em tons pastel, e serve um pequeno almoço caseiro soberbo (vale a pena passar na pastelaria deles mesmo que não seja hóspede).  Disponibiliza estacionamento privado pago, receção 24 horas e acesso Wi-Fi gratuito.

Hotel Diagonal Plaza

Embora fora da cidade, mas convenientemente próximo do aeroporto, o Hotel Diagonal Plaza tem atributos de sobra para ser uma ótima escolha de alojamento em Zaragoza. A começar por ser uma opção económica com máximo conforto, ideal para quem esteja de carro. Desde a arquitetura contemporânea intransigente até aos interiores meticulosamente modernos, passando pelo bar e Restaurante Goya que oferece um menu de pratos mediterrânicos, bem como um pequeno-almoço buffet variado e delicioso.

Clique para ver mais opções de alojamento em Zaragoza

O que visitar em Zaragoza? Roteiro de 1 dia com o que ver e fazer

Basílica del Pilar – Roteiro para visitar Zaragoza

Situada junto ao rio Ebro, a quinta maior cidade de Espanha é um prazer de ver, ouvir, cheirar e sentir ao ritmo dum moroso passeio. Das largas avenidas às vielas do labiríntico Casco Viejo, repleto de bares de tapas e restaurantes, há dois mil anos de história, arquitetura e tradição a descobrir. Bem como lojas interessantes, preços muito convidativos e poucos turistas – exceto na Festa del Pilar, obviamente.

Zaragoza, o que visitar | Roteiro com o que ver e fazer
Catedral do Salvador – Roteiro para visitar Zaragoza
Dica VagaMundos: se está à vontade com a língua espanhola, espreite este free walking tour por Zaragoza de 2h, o mais popular e melhor cotado da Civitatis. Não tem preço fixo mas os guias esperam uma gorjeta de acordo com a satisfação.
Zaragoza, o que visitar | Roteiro com o que ver e fazer
Calle Alfonso – Roteiro para visitar Zaragoza

Como não podia deixar de ser, este roteiro para visitar Zaragoza começa no centro histórico, mais precisamente na Plaza del Pilar que reúne um naipe invejável de monumentos, entre eles, o ícone da capital aragonesa.

  • Chegar à Plaza del Pilar pela Calle Alfonso e ver a impressionante Basilica del Pilar é de deixar qualquer um boquiaberto. Visitar o interior, é de converter qualquer alma! O primeiro santuário mariano da Cristandade é atualmente o maior templo barroco da Espanha, construído em 1681. À sua espera estão frescos de Goya, um impressionante retábulo de alabastro do século XVI no altar-mor, mais de dez capelas ricamente ornadas, um maravilhoso órgão, o cadeiral do coro renascentista, o Humilladero e a Capela Santa que alberga a escultura de madeira da Virgem do Pilar, padroeira de Zaragoza, surpreendentemente pequena e discreta para a dimensão e esplendor do templo. Segundo a tradição, a basílica fica no exato local onde a Virgem Maria teria aparecido em cima de uma coluna de pedra (daí o nome “el pilar”) ao apóstolo Santiago durante as suas pregações na Península Ibérica.
  • Ainda na basílica, se quiser subir no elevador até ao topo da Torre San Francisco de Borja, vai desfrutar das melhores vistas 360º sobre a cidade, as cúpulas da basílica e o rio Ebro.
  • Explore a Plaza del Pilar, o “salão de visitas da cidade”. Desfrute das suas esplanadas e dos seus monumentos. Junto ao Ayuntamiento encontra-se La Lonja dos mercadores, a máxima expressão do renascimento aragonês (admire as abóbadas estreladas e desfrute das exposições gratuitas de artistas); o Palácio Arquiepiscopal (que acolhe o Museo Alma Mater); e o Museo del Foro de Caesaraugusta (um dos quatro polos museológicos da Zaragoza romana, junto com os museus do Porto Fluvial, do Teatro e das Termas.)
  • O segundo ponto obrigatório num roteiro para visitar Zaragoza é a Catedral do Salvador, La Seo, cujo muro exterior da Parroquieta de San Miguel Arcángel é uma joia da arte mudéjar aragonesa declarada Património da Humanidade UNESCO. No interior abundam elementos de estilo gótico, mudéjar, renascentista, barroco e neoclássico e acolhe o magnífico Museu de Tapeçarias Flamengas.
  • Por trás da Catedral do Salvador, passe pelo Arco del Deán, do século XIII num dos edifícios de arquitetura medieval mais bem preservados da cidade
  • Atravesse a praça apreciando as esculturas que a decoram, com destaque para o Cenotáfio de Goya, a Bola do Mundo e a Fonte da Hispanidade.
  • O imperador César Augusto, na verdade, a estátua do fundador da cidade, espera-@ no extremo da praça junto ao Mercado Central (modernista, inspirado no Les Halles de Paris, alegre, colorido e autêntico, com produtos locais irresistíveis) às Muralhas Romanas (apenas 80 metros restam dos 3 km originais), à igreja barroca de San Juan de los Panetes (com a sua torre inclinada), e ao Torreón de la Zuda (única torre sobrevivente do Alcáçar Muçulmano, que alberga o posto de turismo e o Mirador de las Cuatro Culturas – pode subir gratuitamente).
Interior da Basílica del Pilar
  • Do Mercado Central pode fazer um desvio para a apreciar a belíssima fachada em alabastro e visitar a igreja barroca dedicada a Santa Isabel de Portugal, a infanta de Aragão que desposou o rei português D. Dinis.
  • Continue o seu roteiro para visitar Zaragoza explorando o Casco Antiguo ao encontro de vestígios romanos, exemplares da arquitetura mudéjar aragonesa, casas medievais e arquitetura renascentista. E praticar a arte do tapeo.
  • A Plaza de San Felipe acolhe o templo barroco e classicista da Igreja de San Felipe e alguns palácios renascentistas, como o Palacio de los Condes de Argillo onde está exposta a obra do escultor Pablo Gargallo, um dos génios artísticos mais vanguardista do século XX. O outro museu de autor absolutamente imperdível num roteiro para visitar Zaragoza é o Museo Goya. Mas antes disso, vamos ali saciar a fome num dos bairros mais tradicionais.
  • O icónico El Tubo é a meca dos foodies com os melhores bares de tapas de Zaragoza. São centenas de tentadoras propostas tradicionais (Bodegas Almau é a mais antiga) e de vanguarda (Meli del Tubo domina na sofisticação) da gastronomia aragonesa em quase uma dezena de ruas e vielas estreitas: Plaza de Sas Santiago, El Coso, Mártires, Cuatro de Agosto, Pino, Cinegio, Libertad, Blasón Aragonés e Estebanes. Este foi o nosso ritual de iniciação no tapeo em El Tubo: migas zaragozanas na La Miguería, tapas de anchovas na Bodegas Almau, croquetas na Taberna Doña Casta, cogumelos do El Champi, e os huevos republicanos da… La Republicana. Sabia que Zaragoza foi a primeira cidade da Europa a conhecer os benefícios do chocolate trazido do Novo Mundo? Não deixe de entrar numa chocolatería para descobrir as delicias do chocolate zaragozano.
  • Rume à Plaza Pedro Nolasco onde encontra o Museo de las Termas Publicas dum lado e o emblemático Museo del Teatro de Caesaraugusta do outro.
  • Outro monumento imperdível num roteiro para visitar Zaragoza é a atual sede das Cortes de Aragão. O Palácio da Aljafería é uma joia arquitetónica com mais de mil anos de existência, residência dos reis muçulmanos e dos Reis Católicos. O “Palácio da Alegria” é o palácio islâmico mais setentrional da Europa, para além do mais luxuoso e melhor conservado da época da Taifa de Saraqusta. Por isso, é considerado um exemplar da arte hispano-muçulmana, juntamente com a Alhambra de Granada e a Mesquita de Córdoba. Esta impressionante fortaleza, de largas muralhas e sólidas torres, foi declarada Património Mundial pela UNESCO em 2001. Uma visita guiada ao interior revela a história fantástica dos seus três palácios: o Palácio Taifal de Al-Muqtadir, o Palácio de Pedro IV e o Palácio dos Reis Católicos. Destes destacam-se o Pátio de Santa Isabel (em homenagem à rainha portuguesa que nasceu neste palácio), a Sala do Trono e a Sala Dourada. Do palácio islâmico o destaque vai para o mihrab e a Torre dos Trovadores (século IX) que serviu de cárcere e inspirou Giuseppe Verdi na composição da ópera Il Trovatore.
  • Não se vá embora sem desfrutar dum mágico pôr-do-sol da Ponte de Pedra e do Balcão de San Lázaro, para fechar o seu roteiro para visitar Zaragoza com chave de ouro.
Zaragoza, o que visitar | Roteiro com o que ver e fazer
Basílica del Pilar vista da Ponte de Pedra

O que visitar perto de Zaragoza? Roteiro 2 ou 3 dias

Alquézar

Se tiver 2 dias para visitar Zaragoza, há museus temáticos que podem ser do seu interesse, como o Museo de Arte Contemporáneo IAACC Pablo Serrano ou o Museo del Origami. Dentre os parques verdes, o Parque Grande Jose Antonio Labordeta é rei. O heroísmo e resistência do povo zaragozano nos cercos das tropas napoleónicas de 1808 e 1809 pode ser conhecido fazendo a Ruta de Los Sítios. Se viajar com miúdos, não perca o Acuário de Zaragoza, o maior aquário fluvial da Europa.

Se procura outros lugares de interesse e experiências para completar um roteiro de 3 dias para visitar Zaragoza, vai gostar de saber que perto da capital aragonesa tem muito que visitar. Mas vai ter de fazer escolhas entre as sedutoras sugestões que apresentamos abaixo.

Huesca

Catedral de Huesca

Para mais um “gostinho” urbano no seu roteiro para visitar Zaragoza, a nossa primeira sugestão é passar um dia a visitar Huesca, a cidade conhecida como “a porta dos Pirenéus”. Huesca é uma cidade pequena e simpática, com uma história milenar.

Na sua visita a Huesca não pode perder os templos românicos do Convento de San Miguel e do Monasterio de San Pedro El Viejo, a Torre de la Zuda no Palácio Real dos reis de Aragão que acolhe agora o Museu de Huesca, a sua magnífica catedral gótica e renascentista, a Plaza Luis López Allué, e passar pelas Cuatro Esquinas da rua comercial El Coso a caminho da Plaza de Navarra onde encontra o Casino e as Fuente de las Musas. Relaxe no Parque Miguel Servet, o pulmão verde de Huesca e lar do símbolo da cidade, Las Pajaritas.

Castelo de Loarre

A meia hora de Zaragoza, o Castelo de Loarre é a fortificação românica mais bem conservada da Europa.

Alcandorada num penhasco rochoso, as vistas sobre toda a planície da Hoya de Huesca e as montanhas Las Peñas de Riglos das suas muralhas, miradouros e torreões, dos quais destacamos a Torre da Rainha, são absolutamente fascinantes. Esta é uma viagem aos tempos medievais que não vai querer perder no seu roteiro para visitar Zaragoza. Descubra-a com esta excursão saindo de Zaragoza.

Passadiços de Alquézar

A nossa próxima sugestão a incluir num roteiro para visitar Zaragoza é para os espíritos aventureiros. Entre os profundos barrancos da Serra de Guara, a panorâmica fascinante e as emoções fortes dos Passadiços de Alquézar (Pasarelas del Vero) atraem todos os que não resistem às paisagens do outro mundo desta última secção do abismal Cañon del río Vero.

Depois da aventura, recupere o fôlego no pitoresco vilarejo medieval de Alquézar, um dos Pueblos Más Bonitos de España, coroado pelo Castillo Y Colegiata Santa Maria la Mayor, de origens mouriscas e monumento nacional desde 1931. A seus pés fica o labirinto de ruelas e casario de pedra dos tempos medievais, absolutamente encantadores, declarado conjunto histórico artístico em 1982.

Dica VagaMundos: nós percorremos os Passadiços de Alquézar de forma independente, mas se estiver pouco à-vontade com alturas e ‘pasarelas’ desafiantes, recomendamos reservar esta excursão de dia inteiro com saída de Zaragoza.

Albarracín

Albarracín, outro dos Pueblos Más Bonitos de España, parece saído dum filme! No topo de um afloramento rochoso, o casario de cor avermelhada (pelo uso do arenito vermelho na construção) contrasta com o verde intenso das árvores e as imensas muralhas que rodeiam a vila – um cartão-postal incrível.

Pelo grande legado deixado por romanos, celtas e árabes, tem muitos lugares de interesse para visitar na medieval Albarracín como a Torre del Andador de herança islâmica, a muralha do arrabalde La Engarrada, a Catedral del Salvador e a Plaza Mayor.

Mosteiro de Pedra

A hora e meia de Zaragoza fica o famoso Monasterio de Piedra, uma joia monumental e paisagística de Aragão e de toda a Espanha. Inserido num estupendo parque natural, além do emblemático mosteiro cisterciense fundado em 1194 pode perder-se pelo espetacular parque-jardim histórico com cascatas, lagos, miradouros e grutas.

A entrada é paga. Caso fique alojado no hotel do mosteiro, tem condições especiais de acesso. Senão, pode reservar esta excursão de dia inteiro saindo de Zaragoza que inclui transporte e o bilhete de ingresso.

Mapa do roteiro para visitar Zaragoza


Clique no canto superior direito para aumentar o mapa com a localização dos principais pontos de interesse a incluir num roteiro para visitar Zaragoza.

Outros artigos da Espanha

Melhores Escapadinhas de Espanha | Melhores praias Sul de Espanha | Melhores praias da Galiza | Melhores Praias de CádizMelhores trilhos de EspanhaRoteiro da Andaluzia | Roteiro das Astúrias | Roteiro da Extremadura | Roteiro da Galiza | Roteiro de Maiorca | Roteiro do País Basco| Roteiro dos Picos da Europa | Roteiro dos Pueblos Blancos | Roteiro Sierra Nevada | Roteiro SomiedoRoteiro Tenerife | Parque Natural Arribes del Duero | Parque Natural Baixa Limia e Serra do Xurés | Ávila | Barcelona | Badajoz | Benidorm | Bilbao | Cáceres | Cádiz | Camino de HierroCórdoba | GibraltarGranadaIlhas Cíes | Ilha de OnsLago de Sanabria | Lalín | Madrid | Málaga | Mérida | OurensePalma de Maiorca | PlasenciaPontevedra | Puebla de Sanabria | Ronda | Salamanca | San Sebastián | Santiago de Compostela | Segóvia | Sevilha | Toledo | ValênciaVigo | Zamora

Prepare a sua próxima Viagem

Reserve o seu alojamento através do Booking.com. É onde encontramos sempre as melhores promoções e permite cancelar a reserva sem custos.

No GetYourGuide e na Civitatis encontra sempre as melhores atividades e tours locais e pode ainda reservar o seu transfer do aeroporto e saltar as filas comprando antecipadamente as entradas para os principais monumentos.

Jogue pelo seguro e faça um seguro de viagem na IATI Seguros. É uma agência 100% especializada em viagens e apresenta o melhor rácio custo-benefício do mercado, sendo que todos os seus seguros contam com excelentes coberturas COVID-19. Se utilizar o nosso link terá um desconto de 5% por ser nosso leitor.

Se precisa de alugar um carro para a sua próxima viagem recomendamos que utilize a AutoEurope. Permite comparar os preços de dezenas de empresas de rent-a-car e é possível cancelar o aluguer sem custos até 48h antes da partida.

Esta página contem links afiliados. Só recomendamos marcas que utilizamos e confiamos a 100%. Se efectuar as suas reservas através desses links recebemos uma pequena comissão. Dessa forma está a ajudar o VagaMundos a manter-se vivo. E o melhor de tudo é que você não paga mais por isso. Muito Obrigado!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.