Visitar Helsingborg (Suécia) – o que ver e fazer

E já que estamos em Helsingør, venham connosco dar o tal pulinho à sua congénere sueca, a cidade de Helsingborg. Afinal, são só 4km de travessia de ferry pelo Øresund.

Saídos do complexo portuário Knutpunkten (que reúne ferries, autocarros e comboios), um edifício neo-gótico, bordejado de torreões e de fachada trabalhada, chama a nossa atenção. É a Rådhus – câmara municipal – onde nos dirigimos para dar uma espreitadela aos vitrais que “contam” a história desta cidade.

E é uma história bem sangrenta. Desde o séc. XI, altura em que os dinamarqueses fortificaram a cidade, que os suecos a reconquistaram e perderam por uma boa meia dúzia de vezes. Só em 1710 Magnus Stenbock devolveu Helsingborg à Suécia de vez, mas por esta altura, e devido a tanta contenda bélica, a maior parte da cidade medieval havia sido arrasada e a população viu-se reduzida a cerca de 700 habitantes. Só em meados do séc.XIX, com a Industrialização, é que a cidade prospera tirando benefício da sua localização costeira.

Desses tempos idos restam apenas dois testemunhos. Vamos então subir a Stortorget para conhecermos o primeiro. Ao fundo da rua, somos brindados com uma escadaria acastelada com detalhes decorativos que criam uma certa expectativa em relação ao Kärnan, o verdadeiro castelo medieval. Mas a surpresa é bem diferente!

Kärnan é… isto! Uma espécie de torre fortificada e o único sobrevivente do castelo construído pelos dinamarqueses cujas sucessivas batalhas contra os suecos condenaram ao desaparecimento.

O aspecto mais positivo deste “monumento” é a localização: o facto de estar num ponto alto permite vistas surpreendentes sobre a cidade de Helsingborg, o estreito do Øresund e a congénere dinamarquesa Helsingør.

O segundo edifício medieval é a Sankta Maria Kirkan.

Não se deixem enganar pela simplicidade do exterior deste edifício do séc. XVI. É lá dentro que se guardam verdadeiros tesouros, como sendo o altar do séc. XV e o púlpito de estilo barroco.

Ainda resta tempo para visitarmos o palácio de Sofiero, famoso pelos seus jardins que na Primavera se enchem de cor devido aos milhares de rododendros que aqui florescem. Mas mesmo sem o espectáculo primaveril, é difícil resistir ao convite dos seus carreiros labiríntico para nos deleitarmos com a beleza das cores de Outono.

Prepare a sua próxima Viagem

Reserve o seu alojamento através do Booking.com. É onde encontramos sempre as melhores promoções e permite cancelar a reserva sem custos.

No GetYourGuide encontra sempre os melhores tours locais e pode ainda saltar as filas comprando antecipadamente as entradas para os principais monumentos.

Jogue pelo seguro e faça um seguro de viagem da World Nomads. São rápidos e fáceis de fazer, são a 100% especializados em viagens e apresentam sempre os melhores rácios custo-benefício do mercado.

Anda à procura de voos baratos? Então utilize o Skyscanner para encontrar as melhores tarifas aéreas do mercado

Se precisa de alugar um carro para a sua próxima viagem recomendamos que utilize o Rentalcars. Permite comparar os preços de dezenas de empresas de rent-a-car e é possível cancelar o aluguer sem custos até 48h antes da partida.

Esta página contem links afiliados. Só recomendamos marcas que utilizamos e confiamos a 100%. Se efectuar as suas reservas através desses links recebemos uma pequena comissão. Dessa forma está a ajudar o blog “VagaMundos” a manter-se vivo. E o melhor de tudo é que você não paga mais por isso. Muito Obrigado!

8 COMENTÁRIOS

  1. Olá, Vagamundos!
    Estou aprendendo muito sobre história escandinava com vosso blog. Incrível como nosso planeta tem lugares fascinantes e cheios de riquezas culturais e arquitetônicas.
    Quando abri o blog e vi a primeira foto de Helsingborg lembrei de Veneza…
    O jardim da última foto deve ser irresistível com as cores do outono. Gosto muito quando chega esta época, pena que os dias são mais curtos.
    Beijinhos e bons passeios!

  2. E lá está, na continuação do meu comentário anterior, estes "dois" são como o cão e o gato e vice-versa.
    Quanto ao resto, sempre a beleza arquitectónica e paisagística e a limpeza e arrumação tradicionais dos escandinavos.

    Saudações!

  3. Oi casal!
    Visitei há dois anos essas duas cidades: Helsingborg e Helsingor. Tenho dois posta bem parecidos. Confesso que achei meio sem graça. Tem coisas mais bonitas nessa região. Copenhagen é espetaacular.
    Bjs
    Claudia

  4. Olá Vagamundos,
    mais uma bela crónica enriquecida de bonitas fotos, que nos fazem conhecer um pouco essa região… Obrigados pela partilha!
    Beijos,
    AA

  5. Olá Juliana. Os jardins do palacio de Sofiero são mesmo muito bonitos. Ficamos contentes por saber que te temos dado a conhecer melhor a Escandinavia e a sua historia!
    Bjs

    Olá Roadrunner. É que é mesmo como referes: estilo "cão e gato" 🙂
    Abraço

    Olá Claudia. Copenhaga é sem duvida mais impressionante que Helsingor e Helsinborg, o que não é de espantar visto que é a capital da Dinamarca. Mas ainda assim, para quem venha com tempo e vontade de conhecer um pouco mais da Dinamarca e da Suecia, recomendamos uma visita às cidades visinhas de Copenhaga. E existe muito por onde se escolher 🙂
    Bjs

    Olá Alexandrina. Obrigado nós por nos acompanhares e pelo teu feedback 🙂
    Bjs

  6. Olá! Uma bela reportagem com bonitas fotos. Assim ficamos sabendo um pouco da história , e cultura de outros paises.
    Um abraço.

  7. Ola, Vagamundos!
    Continuem postando fotos e historias da bela Escandinavia. Um dia ainda vou conhecer a terra dos Viquingues.
    Beijinhos

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.